IESPͲInstitutodeEstudosSociaisePolíticos

UniversidadeEstadualdoRiodeJaneiro 

Açãoafirmativanoensinosuperiorbrasileirohoje:
análiseinstitucional
JoãoFeresJúnior(coordenador)1
VerônicaTosteDaflon
LuizAugustoCampos 

O 

acompanhamento do debate atual sobre as políticas de ação afirmativa pela grande
mídiabrasileira,pormaisatento,dedicadoecuidadosoqueseja,permiteapenasqueo
leitordisponhadeumarepresentaçãomuitoparcialeenviesadadessasmedidas.Critériosde
noticiabilidade jornalística com freqüência operam um recorte da realidade que acaba por
eleger alguns casos específicos de ação afirmativa como paradigmáticos, a exemplo do que
sucedecomaUerjeUnB,delongeasexperiênciascommaisvisibilidadenamídia.
A presente pesquisa de análise institucional tem por objetivo proporcionar ao leitor uma
melhor compreensão do desenho e dos aspectos procedimentais das políticas de inclusão
atualmente em vigência nas universidades brasileiras. Para este fim, estudamos os manuais
dos candidatos e editais do vestibular das 70 universidades federais e estaduais que hoje
adotam alguma modalidade de ação afirmativa no acesso aos cursos superiores. Foram
recenseadas apenas universidades públicas federais e estaduais, excluindoͲse, portanto,
universidades públicas municipais, faculdades, centros, institutos superiores, bem como
instituiçõesprivadas.
A partir desse levantamento, é possível refutar alguns dos mitos que se sedimentaram no
imaginário coletivo em torno das políticas de ação afirmativa e também apresentar alguns
dadosquedimensionammelhoraspectosqueenvolvemessaspolíticas.   

1

JoãoFeresJúnioréprofessordeciênciapolíticadoIESPͲUERJ(exͲIUPERJ)ecoordenadordoGrupode
EstudosMultidisciplinaresdaAçãoAfirmativa(GEMAA).
VerônicaTosteDaflonémestreemsociologia,doutorandadoprogramadesociologiadoIESPe
pesquisadoradoGEMAA.
LuizAugustoCamposémestreemsociologia,doutorandodoprogramadesociologiadoIESPe
pesquisadordoGEMAA.  

Contato:gemaa@iesp.uerj.br 

1

tel:21Ͳ2266Ͳ8300/8325

4%  A tabela também mostra.enãosomentearacial. EvoluçãodaimplantaçãodeprogramasdeaçãoafirmativaemUniversidadesPúblicas FederaiseEstaduaisbrasileirasporano Ano 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Universidades Estaduais 2 5 7 2 4 2 5 4 1 Universidades Federais 0 1 2 5 4 5 12 7 2 Total 32 38   2 Estãocontabilizadastodasasmodalidadesdeaçãoafirmativa.comodemonstraatabelaabaixo. PercentualdeUniversidadesPúblicasFederaiseEstaduaisbrasileiras comprogramasdeaçãoafirmativaporregião UniversidadesPúblicasFederaiseEstaduais Totalde Percentualde Comação universidades universidades  afirmativa2 naregião comAA Norte 5 12 41. mas uma realidade presente em maisde70%dasuniversidadespúblicasdenossopaís.6% CentroͲoeste 7 8 87.IESPͲInstitutodeEstudosSociaisePolíticos UniversidadeEstadualdoRiodeJaneiro  1.7% Nordeste 22 28 78.uerj.br  2 tel:21Ͳ2266Ͳ8300/8325 . ao contrário da impressão que se possa ter a partir do debate midiático.5% Sul 13 24 54.  Contato:gemaa@iesp.2% Total 70 98 71.comomostraatabelaabaixo. Adistribuiçãonacionaldaspolíticas Adespeitododebatemidiáticoserconcentradoemalgunscasosparticulares.aspolíticasde açãoafirmativaemuniversidadespúblicasestãodistribuídasportodooterritórionacionalde maneirabastantehomogênea. que a ação afirmativa não é um projeto futuro.5% Sudeste 23 26 88.

7% 54.quedevidoàautonomiauniversitáriapodemnão serobjetodelegislaçãofederal.quasemetadedosprogramasdeaçãoafirmativahoje emvigorestãoemuniversidadesestaduais. Políticadogovernofederal? Outrolugarcomumnodebatepúblicoéatribuirosurgimentoecrescimentodaspolíticasde ação afirmativa ao governo do presidente Lula. TipodeuniversidadepúblicacomAA Tipode universidade Estadual Federal Total Nº 32 38 70 % 45.uerj. ou do PT.emgrandemedidaresultantedatramitaçãonocongressodepelo menos3projetosdeleisobreoassunto.noexercíciodesuaautonomia. a maioriadosprogramasdeaçãoafirmativaforamcriadosporresoluçõesinternasdaspróprias universidades. Ademais.IESPͲInstitutodeEstudosSociaisePolíticos UniversidadeEstadualdoRiodeJaneiro  Evoluçãodaaçãoafirmativano Brasil 18 16 14 12 10 8 6 4 2 0 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010  2. Na verdade.3% 100%  3. não há qualquer legislação federal que regule tais políticas no país. como mostra a tabela abaixo. Federalouestadual? Ainda que haja uma discussão sobre a criação de uma lei federal de regulamentação das políticasdeaçãoafirmativa.br  3 tel:21Ͳ2266Ͳ8300/8325 .    Contato:gemaa@iesp.

 A modalidadequeédelongeamaispraticadabeneficiaalunosoriundosdaescolapública.comomostraatabela abaixo.0%  Aindaqueseagruparmososdados.     Contato:gemaa@iesp.uerj. programas que utilizam categorias étnicoͲraciais não são sequer os mais comuns entre as modalidades de ação afirmativa no ensino superior público de nosso país.nemtodososprogramasseguemdefatoessemodelo.9% 100%  4.60% 32.vemosqueamodalidadecotasédelongeamaiscomum. Na verdade.4% Total 70 100.1% 1.br  4 tel:21Ͳ2266Ͳ8300/8325 .0% 10. Tipodeprograma Cota Bônus Acréscimodevagas  59 13 23 % 84.90% 5. Tiposdeprogramasenúmerodeuniversidadesqueosadotam TipodePrograma Cotas Bônus Acréscimodevagas Cotasebônus Cotaseacréscimodevagas Bônuseacréscimodevagas Nº 35 7 3 5 19 1 % 50.30% 18.3% 7.1% 16 70 22.1% 27.que podeserconsideraumtipodeaçãoafirmativasocial.0% 4. Açãoafirmativa=cotasraciais? Essa talvez seja a maior distorção produzida sobre o debate público acerca do tema.IESPͲInstitutodeEstudosSociaisePolíticos UniversidadeEstadualdoRiodeJaneiro  Procedimentosdeadoçãodaspolíticasdeaçãoafirmativa: resoluçãouniversitáriaouleiestadual? Meiodeadoção Resoluçãodeconselho universitário Leiestadual Total Nº 54 % 77. Açãoafirmativa=cotas? Ainda que as políticas de ação afirmativa tenham sido batizadas no debate público com o termo““cotas””.

4%  Odebatepúblicotambémseconcentraquasequeexclusivamentenosprogramasparanegros.emespecialaalunosdeescolaspúblicas.3% 3 4.IESPͲInstitutodeEstudosSociaisePolíticos UniversidadeEstadualdoRiodeJaneiro  Beneficiáriosdaaçãoafirmativa Beneficiários AlunosdeEscolaPública Negro Indígena Deficiente Licenciaturaindígena Quilombola Nativodoestado Baixarenda Professordaredepública Interiordoestado Filhosdepoliciais.3% 3 4.uerj.1% 40 57.9% 1. Atualmente.deficientesetc).estassãoacompanhadaspelobenefícioaoutros grupos. ainda que o número de programas para esse grupo seja muito próximo do número de programas de ação afirmativa para indígenas no ensino superior. além de outros beneficiários (indígenas.4% 13 18. Em todos os 40 casos de universidadescomaçõesafirmativasraciais.    Contato:gemaa@iesp. 37 das 40 universidades que contemplam beneficiários negros também têm programas de ação afirmativa para alunos de escolas públicas. Além disso.1% 36 51. é muito importantesalientarquenenhumauniversidadebrasileiraatualmenteaplicaumprogramade ação afirmativa que contemple apenas candidatos negros.bombeiros etcmortosouincapacitados emserviço Mulher Nº Percentual 61 87.6% 3 4.3% 2 1 2.UnBeUnemat)têmprogramasparaindígenas ouformaçãodeprofessoresparacomunidadesindígenas.6% 6 8.Asdemais(UEMS.3% 3 4.3% 3 4.br  5 tel:21Ͳ2266Ͳ8300/8325 .

IESPͲInstitutodeEstudosSociaisePolíticos UniversidadeEstadualdoRiodeJaneiro  Outrosbeneficiáriosdosprogramasdeaçãoafirmativa emquehámedidasdeinclusãoparacandidatosnegros(40universidades)   UERJ UENF UFRA UESC UFBA UFSC UEAP UFMA UFS UEG UEMG Unimontes UFSM Unipampa UEZO UFPA UNEB UFMT UFABC UFSCAR UFSJ Unicamp UEL UFRB UFPR UFRGS UFSJR UESPI UFAL UEFS UESB UNCISAL UFG UFJF UFMG Unifesp UEPG UEMS UnB Unemat Negro                                         EscolaPública                                         Indígena                                         Deficiente                                         Outros                                             Contato:gemaa@iesp.uerj.br  6 tel:21Ͳ2266Ͳ8300/8325 .

5% 10.Entretanto.0% 100. CritériosdecortesócioͲeconômicodosbeneficiáriosàsaçõesafirmativasraciais Critériosdecorte EscolaPública Renda Ambos Nenhum Total Nº Percentual 75.eleestálonge deserverdadeiro. Tribunaisraciais? AAçãodeDescumprimentodePreceitoFundamental(ADPF186)queoratramitanoSupremo TribunalFederaltemcomoumdeseuspilaresoargumentodequeacomissãodeverificação do programa de ação afirmativa da UnB é um tribunal racial. veremos que ela é francamente minoritária: 7.0% 12.0% 1 2.5%.5% estabelecemcritériosderendae2.Podemosverque75%dessesprogramasexigemque os candidatos negros sejam também oriundos da escola pública.comomostraatabelaabaixo.br  7 tel:21Ͳ2266Ͳ8300/8325 . A grande maioria dos programas(85%)usaocritériodaautodeclaração.5% 40 100.naqualototalde100%correspondesomente aosprogramasparanegros(40. Procedimentosdedefiniçãoracialparaconcorreràsaçõesafirmativasraciais Procedimentodedefiniçãoracial AutoͲdeclaração Comissãodeverificação Fotografia Fotografiaecomissãode verificação Total Nº Percentual 34 85.0% 30 5 1 4 40  7. se verificarmos a quantidade de programas de ação afirmativa de recorte étnicoͲracial que usam esse procedimento.0% 3 7. Benefíciodaclassemédianegra? O argumento de que a ação afirmativa beneficia majoritariamente a classe média negra é outrolugarcomumnostextosqueamídiapublicasobreoassunto.uerj. Contudo.apenas 10%dosprogramasnãoestabelecemqualquerparâmetrosócioͲeconômicoparaaentradade candidatosnegros.IESPͲInstitutodeEstudosSociaisePolíticos UniversidadeEstadualdoRiodeJaneiro  6.5% 2 5.0%  Contato:gemaa@iesp.5%combinamosdoiscritérios.Emoutraspalavras.nototal). enquanto que 12.5% 2.comomostraatabelaabaixo.

3% 10. nossa pesquisarevelaqueagrandemaioriadosprogramasseconcentranafaixaquevaide20%a 50% das vagas.  Proporçãodasvagasreservadasnas59universidadesqueadotamamodalidadedascotas Proporção 51%oumais 50% Entre40e49% Entre30e39% Entre20e29% Entre10e19% 5%oumenos Nº 2 18 12 6 14 5 2 % 3.2% 23. O estardalhaço gerado pela primeira versão do programa de cotas da Uerj.5% 3. Contudo. Percentualdevagasreservadas Outro dado interessante é a porcentagem de vagas do total que são redistribuídas pelos programas de ação afirmativa nas 59 universidades que adotam a modalidade das cotas. de um total de 59.br  8 tel:21Ͳ2266Ͳ8300/8325 .0%    Contato:gemaa@iesp. e somente dois.4% 30. que os demais candidatos não teriam mais chances de participar. ultrapassam 50%.5% 20.IESPͲInstitutodeEstudosSociaisePolíticos UniversidadeEstadualdoRiodeJaneiro  Procedimentosdedefiniçãoracial 4% 5% AutoͲdeclaração 8% Comissãodeverificação Fotografia 85% Fotografiaecomissãode verificação 8.uerj. que reservou uma quantidademuitoelevadadevagasparacandidatosnegrosealunosdeescolapúblicadeixou emmuitosaimpressãodequeessaspolíticasreservamquantidadespercentuaistãoelevados de vagas.7% 8.4% Total 59 100. As variações são em grandemedidaexplicadaspelasdiferentescaracterísticasdemográficasdecadaregião.

br  9 tel:21Ͳ2266Ͳ8300/8325 %da cota 40% 40% 33% 20% Ͳ 60% 30% 30% 35% Ͳ 50% 50% Ͳ .3 UFPA 1.3 1.3 1.3=Acréscimodevagas %da cota 50% 50% 50% 20% 50% 50% 10% 20% 45% 50% Ͳ 20% 43% Ͳ Ͳ 45% 20% 5% 20% 50% 50% 50%  CentroͲ Oeste UNEMAT UEG UFMT UEMS UFG UnB UFGD Tipo 1.3 3 1 1 1.3    UNEAL 1    UNIVASF 1.3    UFPE 2    UFPI 1    UFRB 1.3 80% UESC 1.uerj.3 2 1 1 2.3 3 1 1 3 *Acotaseráproporcionalaonºdecandidatosinscritosdecadagrupobeneficiário.3    UESPI 1    UFAL 1.3 UEAP 1 10% UEFS 1.           Contato:gemaa@iesp.3    UFRN 2    UFRPE 2    UNEB 1    UPE 1    UVA 1    UNCISAL 1    UFS 1.3 1.2=Bônus.IESPͲInstitutodeEstudosSociaisePolíticos UniversidadeEstadualdoRiodeJaneiro  Universidades.2 1 1 1 1 1 1 2 1 1.3    UFMA 1.tiposdeprogramasadotadoseproporçãodascotassobreototaldevagas Norte Tipo %da Nordeste Tipo cota UEA 1.3 %da cota 25% 45% 50% 30% 20% 20% 25% Sudeste Tipo UFF UEMG UFABC UENF UERJ UFES UFJF UFMG UFOP UFSCAR UNICAMP UNIFESP Unimontes USP UFVJM UFRRJ UFSJ UFTM UFU UFV UEZO UFRJ UFSJR 1.3 1 1 1 1 1.3 1.2 UFRA 1 * UEMA 1 UFT 1 5% UEPB 1    UESB 1.2 1 2 1 2 1 1 1 %da cota 20% 45% 50% 45% 45% 40% 50% Ͳ 30% 20% Ͳ 10% 45% Ͳ 50% 20% 50% Ͳ 25% Ͳ 45% 20% 50% Sul Tipo UFPR UEL UEPG UEM UENP UERGS UFRGS UFSC UFSM Unioeste Unipampa UTFPR Unicentro           1.2      1=cota.3 50% UERN 1.3 1 1.3 1.2    UFBA 1.

portanto. centros.  Definiçõesdosbeneficiáriosdasações afirmativasraciais.faculdades.5% 2.universidadespúblicasmunicipais.0%   Contato:gemaa@iesp.5% 100.5% 20.uerj.bemcomoinstituiçõesprivadas.excluindo.IESPͲInstitutodeEstudosSociaisePolíticos UniversidadeEstadualdoRiodeJaneiro  9.0% 22.br  10 tel:21Ͳ2266Ͳ8300/8325 .talcomoconstanoseditais  Denominaçãodoscandidatos Negros Pretosoupardos Negros(pretosoupardos) AfroͲdescendentes AfroͲbrasileiros Negrosoupardos Total Nº 16 9 8 5 1 1 40 Percentual 40.institutossuperiores.0% 12.5% 2. Outrosdados RelaçãodeUniversidadesPúblicasFederaiseEstaduais brasileirascomprogramasdeaçãoafirmativa*  Norte Nordeste CentroͲOeste Sudeste Sul UEA UEFS UEG UEMG UEL UEAP UEMA UEMS UENF UEM UFPA UEPB UFG UERJ UENP UFRA UERN UFGD UFABC UEPG UFT UESB UFMT UFES UERGS  UESC UnB UFF UFPR  UESPI UNEMAT UFJF UFRGS  UFAL  UFMG UFSC  UFBA  UFOP UFSM  UFMA  UFRRJ Unioeste  UFPE  UFSCAR Unipampa  UFPI  UFSJ UTFPR  UFRB  UFTM Unicentro  UFRN  UFU   UFRPE  UFV   UFS  UFVJM   UNCISAL  UNICAMP   UNEAL  UNIFESP   UNEB  Unimontes   UNIVASF  USP   UPE  UFRJ   UVA  UEZO     UFSJR       Total:5 Total:22 Total:7 Total:23 Total:13 TotalnoBrasil:70  *Listamosapenasuniversidadespúblicasfederaiseestaduais.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful