P. 1
Caso 7

Caso 7

|Views: 91|Likes:
Published by Nathalia Farias

More info:

Published by: Nathalia Farias on Jul 07, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/19/2014

pdf

text

original

Joaquim, contribuinte do INSS veio a falecer.

Joana, alegando ser sua companheira, pleiteia em juizo que o INSS realize para si o pagamento das pensoes previdenciárias. Referida demanda tramita perante a 3ª Vara Federal de SP/Capital. Maria, esposa de joaquim, tomando conhecimeto de referida demanda, antes mesmo do INSS contestá-la, procura advogado, pretendendo que este defenda os seus interesses, para que a entidade previdenciária seja condenada a lhe pagar as pensões devidas e não para Joana, em razão do falecimento de seu marido, que era contribuinte.

- o candidato deve apresentar uma oposição interventiva, nos termos do art. 59 do CPC. - como se trata de uma demanda prejudicial àquela anteriormente proposta, devem estar presentes todos os requisitos da petição inicial, destacando-se que no pólo passivo temos um litisconsórcio necessário formado pelo INSS e Joana.

EXELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 3ª, VARA FEDERAL DE SÃO PAULO, CAPITAL. Distribuído por dependência Processo nº...

Maria, nacionalidade, viúva, profissão,portadora do RG ......, inscrita no CPF/MP sob o numero ................, residente e domiciliada em ................, vem , por seu advogado , a baixo assinado , respeitosamente a presença de Vossa Excelência propor: OPOSIÇÃO Conforme o artigo 59 do Código de Processo Civil, em fade de Joana, nacionalidade, estado civil, profissão portadora de RG ............, inscrita no CPF/MP sob o numero ................, residente e domiciliada em ................, e Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) com sede à ........... Pelas Razoes de Fato e de direito a seguinte expostas. I. DOS FATOS Joaquim, contribuinte do INSS , veio a falecer ,oposta alegando ser a sua companheira pleiteia em juízo que o INSS realize para si o pagamento das pensões presidenciais .Porem, opoente , esposa de Joaquim , tomando conhecimento de referida demanda, antes do mesmo do INSS contesta-la , procura advogado , requerer a defesa dos seus interesses , para que tenha o direto de receber as pensões derivadas pagas pelo INSS. II. DOS FUNDAMENTOS A opoente, amparada na relação jurídica estabelecida com o falecido é parte legitima

já por sua vez a oposta mantém uma relação extraconjugal com o falecido. DO PEDIDO Ante o exposto. Diante do exposto. Proverá o alegado por todos os meios s de Prova em direitos Admitidos dá se valor da causa ao valor das pensões derivadas. procedência da oposição reconhecendo o direto do oponente a pensão a ser paga pelo oposto INSS.da ação. . ao pagamento das custas e honorários. Requer ainda a citação dos advogados dos opostos. a condenação dos opostos. suspensão do processo principal . Advogado OAB/SP. sendo assim concubina do falecido não tem direito a pensão do falecido. III. ___ de ___________ de 2013. pois não preenche os requisitos necessários para ser parte legítima do processo. a opoente conforme o artigo 56 e 59 ambos do Código do Processo Civil vêm discutir a legitimidade do processo. pois a opoente é de fato casada com o falecido. São Paulo. Temos em que Pede-se a procedência ao pedido. requer a distribuição por dependências aos atos nº _____.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->