POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE E O FAZER DO PSICÓLOGO

Mariza Pereira Santos Secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul

mental e social. . Este conceito ampliado implica ações também abrangentes e não apenas técnica terapêutica no sentido tradicional da clínica.Definição de saúde pela Organização Mundial de Saúde (OMS) Inclui três componentes indissociáveis: físico.

bio-psicosocial. O homem é um ser integral. direcionado a promover. Todo cidadão é igual perante o SUS e será atendido conforme suas necessidades até o limite do que o sistema puder oferecer para todos.  Integralidade: .As Políticas Públicas de Saúde são orientadas pelos princípios doutrinários do Sistema Único de Saúde . e deverá ser atendido mediante esta concepção integral por um sistema de saúde também integral.SUS:  Universalidade:  Equidade: É a garantia de atenção à saúde por parte do sistema a todo e qualquer cidadão. a proteger e a recuperar sua saúde.

Elementos organizativos das atuais Políticas Públicas de Saúde:  Fortalecimento da rede de serviços de saúde no território  Fortalecimento da intersetorialidade  Olhar para o usuário como cidadão detentor de direitos individuais e coletivos .

Perfil do Profissional de Saúde  Oferecer acolhimento e atendimento humanizado  Ter um olhar para além da queixa individual ou coletiva: análise das condições de vida. do pensamento crítico . lazer. escola. trabalho.família. dentre outros  Trabalho multiprofissional  Trabalho articulado entre diferentes áreas do conhecimento – pluralidade de saberes  Trabalho intersetorial  Inovação no sentido da transformação. incluindo os diversos espaços sociais .

O fazer do psicólogo nesta conjuntura O psicólogo tem uma atuação transversal na rede de saúde:  Em todos os níveis de complexidade da assistência  Na gestão das três esferas de governo  Na formação .

e pelo fato de ser hoje o maior espaço social de trabalho na área da saúde. Considerando a importância do SUS. torna-se urgente a atualização dos currículos na graduação para preparar os profissionais com a visão da saúde pública. .

Lembrando Basaglia:  Colocar possibilita a doença entre parênteses as suas vislumbrarmos dos sujeitos. e não apenas focarmos na doença. . potencialidades experiências de vida.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful