PESQUISA OPERACIONAL

Atividade Avaliativa 01 Problema de Programação Linear

Uma fábrica de brinquedos de madeira possui dois produtos principais: trens e carrinhos de madeira. A venda de um trem de madeira gera um lucro de $30 para a empresa, enquanto que um carrinho gera um lucro de $40. A demanda máxima prevista para a próxima semana é de 10 unidades de trens e de 25 unidades de carrinhos. Para fabricar um trem, gasta-se 1 hora de trabalho, enquanto que a construção de um carrinho leva 2 horas para ser concluída. Sabendo que a fábrica possui 40 horas de trabalho disponíveis por semana, o gerente de produção deseja saber as quantidades de trens e carrinhos que devem ser fabricadas para maximizar seus lucros semanais.

Questão 1

Variáveis de Decisão (o que se quer saber)

Variável X – Quantidade de trens Variável Y – Quantidade de carrinhos de madeira
 Função Objetivo

maximizar os lucros semanais da fábrica. Portanto:

max Z = 30X + 40Y

Questão 2
Restrições É aquilo que impede o ganho infinito da fábrica. É a limitação de recursos, na vida real: Não se pode ter tudo. Restrição 1 – Demanda Máxima

X ≤ 10 ; Y ≤ 25
Restrição 2 – Horas de Trabalho

X + 2Y ≤ 40
Restrição 3 – Não Negatividade

X,Y≥0

Questão 2
Restrições É aquilo que impede o ganho infinito da fábrica. É a limitação de recursos, na vida real: Não se pode ter tudo.

max Z = 30X + 40Y Sujeito a X + 2Y ≤ 40 X ≤ 10 Y ≤ 25 X,Y≥0

Questão 3
Produzir 12 unidades do trens e também 5 de carrinhos. Qual Lucro? É viável?

PARÂMETRO Horas de trabalho por brinquedo Lucro esperado por brinquedo Trens (X) Carrinhos (Y) Horas de Trab. 12 Restrições: ≤10 5 ≤25 220 ≤40 Trens (X) 1 30 Lucro 12 x 30 + 5 x 40 = 560 Carrinhos (Y) 2 40 Viável? Não

Questão 4
max Z = 30X + 40Y Sujeito a X + 2Y ≤ 40 X ≤ 10 Y ≤ 25 X,Y≥0
Cálculo dos pontos das restrições a fim de construção do gráfico

RESTRIÇÃO X + 2Y ≤ 40

PONTO 1 X Y 0 20

PONTO 2 X Y 40 0

(as demais restrições não precisam ser calculadas, pois só cortam os eixos X e Y)

Questão 4

Método gráfico para solucionar o PPL formulado
Construindo o gráfico – representação da área viável
A linha Verde indica a demanda por trens (x), ou seja, 10 por semana. A vermelha, a demanda por carrinhos (y), 25 por semana. Já a linha Azul é a restrição por tempo de fabricação. A área rosa é a Área Viável. Está entre os vértices, o ponto que maximiza o lucro da fábrica. (a,b,c,d).

Questão 4
 Método gráfico para solucionar o PPL formulado
Conforme aprendido, um dos vértices da área viável será a solução ótima. A tabela a seguir testa os vértices: Lembrando a função objetivo que maximiza o lucro é:

max Z = 30X + 40Y
Vértice Vértice Vértice Vértice a b c d Trens (X) Carrinhos (Y) 0 0 10 0 10 15 0 20 Lucro 0 300 900 800

<==

Questão 5
Método Simplex para solucionar o PPL formulado
Inserindo as variáveis de folga, utilizei x1, x2, x3 e x4, no lugar x, y, v,w.

max Z = 30X + 40Y X + 2Y ≤ 40 X ≤ 10 Y ≤ 25 (desprezada)

Z – 30x1 – 40x2 = 0 x1 + 2x2 + x3 = 40 x1 + x4 = 10 x1 , 2x2 , x3 , x4 ≥ 0

Var. Básica Eq. Z 0 X3 1 X4 2

Z 1 0 0

Coeficientes X1 X2 X3 -30 -40 0 1 2 1 1 0 0

X4 0 0 1

Const

0 40 10

Método Simplex para solucionar o PPL formulado
PRIMEIRA INTERAÇÃO Coluna Pivô : X1 Var. Linha Pivô : X4 Básica Número Pivô : 1 Z X3 X4

Questão 5
Eq. 0 1 2 Z 1 0 0

Coeficientes X1 X2 X3 -30 -40 0 1 2 1 1 0 0

X4 0 0 1
Const

Const

0 40 10

Nova Pivô = Antiga Pivô / Número Pivô X1 X2 X3 X4 Antiga Pivô 1 0 0 1 Número Pivô 1 1 1 1 Nova Pivô 1 0 0 1
X1 1 -30 -30 -30 0 X2 0 -30 0 -40 -40 X3 0 -30 0 0 0

10 1 10

Nova Linha 0 = Antiga Linha 0 - (Coeficiente Coluna Pivô*Nova Linha Pivô)

Nova Pivô Coeficiente Res. Parcial Antiga Linha 0 Nova Linha 0

X4 Const 1 10 -30 -30 -30 -300 0 0 30 300

Questão 5 Método Simplex para solucionar o PPL formulado - continuação
PRIMEIRA INTERAÇÃO Coluna Pivô : X1 No va Linha 1= A ntiga Linha 1- (Co eficiente Co luna P ivô *No va Linha P ivô ) Linha Pivô : X4 X1 X2 X3 X4 Const Número Pivô : 1

Nova Pivô Coeficiente Res. Parcial Antiga Linha 1 Nova Linha 1

1 1 1 1 0

0 1 0 2 2

0 1 0 1 1

1 1 1 0 -1

10 1 10 40 30

Passando para a nova forma tabular,

Var. Básica Eq. Z 0 X3 1 X1 2

Z 1 0 0

Coeficientes X4 X2 X3 0 -40 0 0 2 1 1 0 0

X4 30 -1 1

Const

300 30 10

Método Simplex para solucionar o PPL formulado - continuação
SEGUNDA INTERAÇÃO Coluna Pivô : X2 Var. Linha Pivô : X3 Básica Número Pivô : 2 Z X3 X1

Questão 5
Eq. 0 1 2 Z 1 0 0

Coeficientes X4 X2 X3 0 -40 0 0 2 1 1 0 0

X4 30 -1 1

Const

300 30 10

Nova Pivô = Antiga Pivô / Número Pivô X1 X2 X3 X4 Const Antiga Pivô 0 2 1 -1 30 Número Pivô 2 2 2 2 2 Nova Pivô 0 1 01/fev -0,5 15
Nova Linha 0 = Antiga Linha 0 - (Coeficiente Coluna Pivô*Nova Linha Pivô)

Nova Pivô Coeficiente Res. Parcial Antiga Linha 0 Nova Linha 0

X1 0 -40 0 0 0

X2 1 -40 -40 -40 0

X3 01/fev -40 -20 0 20

X4 -0,5 -40 20 30 10

Const

15 -40 -600 300 900

Método Simplex para solucionar o PPL formulado - continuação
SEGUNDA INTERAÇÃO Coluna Pivô : X2 No va Linha 2 = A ntiga Linha 2 - (Co eficiente Co luna P ivô *No va Linha P ivô ) Linha Pivô : X3 X1 X2 X3 X4 Const Número Pivô : 2

Questão 5
0 0 0 1 1 1 0 0 0 0

Nova Pivô Coeficiente Res. Parcial Antiga Linha 1 Nova Linha 1

1/2 0 0 0 0

-1/2 0 0 1 1

15 0 0 10 10

Nova forma tabular,

Var. Básica Eq. Z 0 X2 1 X1 2

Z 1 0 0

Coeficientes X1 X2 X3 0 0 20 0 1 1/2 1 0 0

X4 Const 10 900 -1/2 15 1 10