Bira e Bedé

Livremente inspirada na peça Esperando Godot. elas se esforçam para se integrar à multidão. ora como um protesto da incapacidade de se separaram. Bira e Bedé . aparentam estar sempre a espera de algo ou alguém que nunca chega . não importa quem esteja ali. irmãs gêmeas. incapaz de ser quebrado. obrigadas pelo costume do tempo a estarem sempre juntas. “Bira e Bedé Esperando” é uma intervenção urbana composta por dois bonecos habitáveis e seus respectivos intérpretes e objetos. Bira e Bedé.presas em movimentos repetitivos de um cotidiano tedioso. A interação com o público surge ora como um alívio. idênticas no semblante e opostas em personalidade.Apresentação Não importa o lugar. Mas apesar de seus semblantes pouco convidativos e de suas enormes estaturas. de Samuel Beckett.

de Beckett Direção e concepção plástica: Eduardo Felix Construção dos bonecos: Eduardo Felix.Faixa etária: livre Gênero: Marionetes habitáveis . Apesar de seus semblantes pouco convidativos e de suas enormes estaturas. elas são duas gêmeas idênticas completamente diferentes uma da outra. Evandro Serodio e Taís Scaff Elenco: Eduardo Felix e Igor Godinho. mas qualquer tentativa de discrição por parte delas é inútil.Intervenção Urbana Ficha Técnica Autor: Livre adaptação de “Esperando Godot”. elas se esforçam para se integrar ao mundo moderno. Enquanto esperam. . Violaine Fimbel e Maria Leite Produção : Julianne Paranhos Realização: Pigmalião Escultura Que Mexe Release Bira e Bedé Bira e Bedé têm um encontro marcado. Figurinos: Eduardo Felix Costureira: Endira Drummond Operação de som: Mariliz Schrickte Fotografia: Mariana Blanco. tentam passar o tempo com pequenas distrações e vaidades. Já em idade avançada.

fazer um mergulho profundo na subjetividade humana. A equipe busca desenvolver e aprofundar o trabalho de manipulação. numa forma de intercâmbio de idéias e conhecimentos teóricos e técnicos. além disso. através de narrativas visuais. Procuram se formar e trocar experiências com outros grupos e pessoas. dúvidas. § Dramaturgia. que nem sempre passam pelo caminho lógico do discurso. § Autômatos e sua mecânica. § Trabalho de ator. o Pigmalião busca um aprofundamento conceitual e estético (tanto na linguagem dramatúrgica quanto em plástica) baseado em linhas de pesquisas aprofundadas. § Escultura estática. duplicado. procura representar o homem com suas aspirações. espelhado. § Escultura cinética. Assim. Essas narrativas visuais se constroem a partir de diversas pesquisas: . um histórico de pesquisa nas relações concernentes entre o atormanipulador e sua relação com o boneco. suas idealizações e suas obras. e a experimentação de novos suportes e materiais. § Cinema de animação. suas loucuras e seu eterno anseio por ver se ver representado. Destaca-se um cuidado com a qualidade técnica e artística do teatro de marionetes. e para isso o elenco que manipula é o próprio grupo. para tecer narrativas ou simplesmente imagens. Buscam abarcar um público amplo e eclético. Suas inquietações artísticas baseiam-se numa investigação da escultura animada. unindo arte e mecânica através de vários meios e suportes ar tísticos.. O grupo investiga formas de simular vida em objetos inanimados. para representar reações e questionamentos do homem perante o mundo e a vida . O Grupo Bira e Bedé Formado em 2007.. fraquezas. O grupo vem traçando. a delicadeza na manipulação. a pesquisa de autômatos e escultura cinética.§ Teatro de formas animadas relação do atormanipulador com o objeto. a investigação de possibilidades do movimento mecânico da marionete. § Teatro de Sobras.

2006. Espetáculo: A Bela Adormecida. Belo Horizonte. Espetáculo: O Aniversário da Infanta. Belo Horizonte. Bira e Bedé . MG. Belo Horizonte. RJ. Exposição: Quebra Nozes. Direção de Adriano e Fernando Guimarães. com Bya Braga. e réplicas de armas. 2007. MG. Grupo de Teatro Armatrux. adereços. Belo Horizonte.G. Espetáculo: O Presente.Criação e confecção de cenários. julho 2009. Espetáculo: Pequenos Milagres. Serroni. . . Charleville Mézières. . Pigmalião: Escultura que Mexe. Estágio supervisionado no Giramundo Teatro de Bonecos. Direção de Luiz Fernando Carvalho. DF. 2010.Criação e construção de pernas de pau. Belo Horizonte. Experiência Profissional: . com Beth Penido. Balé do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.Cenografia e construção de bonecos. Direção de Álvaro Apocalypse. Espetáculo: No Pirex. cenografia. Oficina de construção e manipulação de bonecos com o Grupo Catibrum. Pigmalião: Escultura que Mexe. dramaturgia. Microsérie: Hoje É Dia De Maria. MG. Oficina de Interpretação.Currículo do Diretor Eduardo Felix de Miranda Leite DRT – 8285-MG Formação: Bacharelado em Belas Artes com habilitação em Escultura. MG. Rio de Janeiro. Espetáculo: Tambores Meninos. em 2004. figurinos. pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais. Armazém Companhia de Teatro. 2007. Cenografia.Direção. criação. dramaturgia. criação e confecção de marionetes. Grupo Galpão. com Marcelo Bonés. MG. construção e manipulação de bonecos e máscaras. 2009 . Rede Globo de Televisão. Direção de Paulo de Moraes. 2005. com J. Espetáculo: Mãe Coragem e Seus Filhos. construção e manipulação da marionete de fios gigante.Construção de réplicas de armas. iluminação e manipulação. Oficina de Clown. RJ. em 2002. 2009 .Criação de cenários. Copacabana Filmes.Criação e construção de marionetes de fio. RJ. Belo Horizonte. Giramundo Teatro de Bonecos. Direção de Maurício Tizumba e Selma Duarte.Direção. figurinos e adereços. Setembro 2009. Direção de Eid Ribeiro. estagio com Stephen Mottram. Remontagem dirigida por Beatriz Apocalypse. Rio de Janeiro. . M. Brasília. criação de bonecos de fios e sombras. .Criação de mecanismos. Voz e Violão.Criação. Belo Horizonte. em 2003. 2009. manipulação. em 2002. 2004. .Direção. construção e manipulação de marionetes de fios. Espetáculo de rua: O Mendigo Marrom.C.. Oficina de improvisação. Rio de Janeiro. Belo Horizonte. Fundação Clóvis Salgado. em 2003. Espetáculo: Seu Geraldo. França. Cursos: Revisiting the strings puppets. . Direção de Paulo de Moraes. Direção de Carla Camurati. 2008. Junho de 2008. 2007 .

Nossa Senhora do Carmo.com .Sala: 120 Carmo – Belo Horizonte/MG Cep: 30.310-000 Tel: (031) 2535-5930/8871-3059 E-mail: pigmaliaoesculturaquemexe@gmail. 221 .Av.