You are on page 1of 38

Curso prático sobre Imposto de

Renda Pessoa Física 2009


IRPF2009
FACISABH

Diretor da FACISABH www.facisa.com.br 31.3421-


2207
Conselheiro do CRCMG
Presidente da Baiao Consultoria & contabilidade Ltda
Especialista em Gestão Financeira
Objetivos:
1. Saber definir rendimento isento, tributável e tributado
exclusivamente na fonte
2. Conhecer as diferenças da declaração completa e
simplificada
3. Conhecer as despesas dedutíveis e limites, quando
existentes
4. Conhecer os pagamentos lançados e que não são
deduções
5. Conceituar ano calendário e ano base
6. Analisar se a declaração não apresenta risco aparente
de cair na “malha fina”
7. Fazer a conclusão fiscal da declaração
História recente do IRPF no
Brasil
1. Até 1991
2. Após 1991
3. Atualmente
4. No curto prazo: autonomia
da RFB
Atual cenário
Entidades informam mensalmente
todas as nossas movimentações...
Cartões de Crédito; Cartórios de
Reg. Imóveis; CREAs; DETRANS;
Instituições Financeiras; Cias
Telefônicas; Sec. Municipal de
Finanças; Juntas Comerciais;
Imobiliárias; ....etc.
Quem Está Obrigado a Declarar ?
• Rendimentos tributáveis
acima de R$ 16.473,72
• Rendimentos isento, não
tributáveis ou tributáveis
exclusivamente na fonte,
cuja soma for superior a
R$ 40.000,00.
Quem Está Obrigado a Declarar ?
• Participou do quadro
societário de empresas,
inclusive inativas, como
sócio,titular ou
cooperado.
Quem Está Obrigado a Declarar ?
• Realizou alienação de
bens, ou direitos e obteve
ganho de capital sujeito à
incidência do imposto.
Quem Está Obrigado a Declarar ?
• Realizou operações com
bolsas de valores, de
mercadorias, de futuro e
assemelhados.
Quem Está Obrigado a Declarar ?
• Receita bruta da atividade
rural em valor superior a
R$ 82.368,60.

• Patrimônio superior a R$
80.000,00.
Quem Está Obrigado a Declarar ?
• Passou a ser residente no
país até 31/12/2008.
Respondam à seguinte questão?
• Uma pessoa física que
ganhou no ano de 2008 R$
15.000,00, portanto inferior
ao piso da
obrigatoriedade, pode
estar obrigada a declarar
IRPF?
Erros Geradores de “Malha Fina”
•Omissão de Rendimentos
•Dependentes Ilegítimos
•Despesas Médicas* (Maiores de 20%)
•Aumento Patrimonial*
•Participações Societárias
•Aplicações Financeiras*
Tabela Progressiva mensal
Rendimento Alíquota Dedução

Até 1.372,81 ----------- ------------


1.372,82 até
2.743,25 15,00 % 205,92
Acima
2.743,25 27,50 % 548,82
Tabela Progressiva Anual
Rendimento Alíquota Dedução

Até 16.473,72 ------- ------------


16.473,73 até
32.919,00 15,00 % 2.471,04
Acima
32.919,01 27,50 % 6.585,84
Tabela Progressiva

Dedução Por Dependente

R$ 137,99 mensal

R$ 1.655,88 anual
Rendimentos

Se a fonte pagadora for empresa


(pública/privada) é provável que
informem através da DIRF a RFB
(até 28/02), ou seja, se “desejarem
omitir” o rendimento, correrão o
risco de posteriormente pagar as
multas e os juros sobre o
montante total.
Cuidado especial! Exemplo:

Rendimento de aluguéis com


valores superior a R$ 6.000,00/ano.
A Pessoa que pagou declara como
pagamento, mas não é dedutível
para ela, no entanto, é tributável
para quem recebe. Caso típico de
malha fina.
RFB está muito veloz

O tempo de decadência para


verificar irregularidades é de 5
anos, atualmente tem sido em
média 2 anos no máximo (dado
não oficial)
Nos casos de falecimento e no
processo de inventário se vier a
descobrir que o falecido não
cumpriu obrigações tributárias....

Seus familiares não merecem


herdar dívidas tributárias!
Se além do rendimento do trabalho
assalariado, você ainda prestar
serviços eventuais na condição de
pessoa física, como: consultoria;
advocacia; contabilidade;
medicina; odontologia;
psicologia; fisioterapia; educação
física...etc)
Poderá fazer o Livro Caixa para
tentar reduzir a carga tributária
Documentação para fazer o IRPF.
Os mais comuns. Cada declaração
pode requerer determinada
documentação.
•Rendimentos - Fontes Pagadoras
•Plano de Saúde
•Escolas/Faculdades (21 ou 24 anos)*
•Psicólogos / Fisioterapeutas / T.O.
•Guias de Retenções na Fonte
Como deve fazer a declaração?
Simplificada X Completa
DEPENDE BÁSICAMENTE DE
DOIS ITENS:

•RENDIMENTO BRUTO
•RENDIMENTOS
DEDUTÍVEIS
Se as despesas dedutíveis em relação aos
rendimentos, não representam 20%, opte em
fazer sua declaração simplificada.

Se as despesas dedutíveis representam um


percentual acima de 20% em relação aos
rendimentos, opte pela declaração completa.

Dica: Faça sempre o modelo completo. O


programa ajuda na definição do modelo mais
favorável ao contribuinte
Caso precise complementar o
recolhimento de IRPF, faça-o
parcelando diretamente com a
RFB, pois a alíquota cobrada está
mais atrativa do que as taxas de
juros cobradas pela maioria das
instituições financeiras.

Parcelamento Máximo 08 Vezes


Iniciando em 30/04/2009
Despesas Dedutíveis
• Contribuições à
Previdência Oficial,
privada e FAPI, limitada a
12,00 % do total dos
rendimento tributáveis.
Despesas Dedutíveis
• Dependentes, dentro do
limite de R$ 1.655,88 por
pessoa.
• Despesas com educações,
dentro de limite de R$
2.592,29, por dependente ou
para o próprio contribuinte.
Despesas Dedutíveis
• Despesas Médicas
(Sem Limite)
Muita Cuidado !

Posteriormente Serão “checadas”


Junto aos Emitentes.
Despesas Dedutíveis
• Pensão Judicial
(Sem Limite)

CUIDADO COM
PENSÃO ALIMENTÍCIA
PAGA SEM DECISÃO
JUDICIAL
Despesas Dedutíveis
• Despesas de Livro Caixa,
ligadas ao ramo de
atividade do contribuinte.
Despesas Dedutíveis
• Contribuição Patronal à
Previdência do Empregado(a)
Doméstico, Dentro de Limite de
R$ 651,40.
Fichas disponíveis
Identificação do contribuinte
Cadastro dos dependentes
Rendimentos tributáveis recebido de PJ:
declarante
Rendimentos tributáveis recebido de PJ:
dependentes
Rendimentos tributáveis recebido de PF:
declarante
Rendimentos tributáveis recebido de PF:
dependentes
Fichas disponíveis
Rendimentos isentos e não tributáveis
Rendimentos sujeitos a tributação
exclusiva/definitiva
Imposto pago
Pagamentos e doações efetuados
Bens e direitos
Dividas e ônus reais
Informações do cônjuge
Espólio
Fichas disponíveis
Doações a partidos políticos...
Atividade rural
Ganhos de capital
Moeda estrangeira
Renda variável
Comparativo
Resumo da declaração
Quando estiver em dúvida em relação a ficha
a função “F1” lhe ajudará..
Casos práticos
O contribuinte ganhou 25.000,00 em
2008
Adquiriu um carro por R$ 50.000,00
em 09/08 em 10 parcelas fixas
Tem 3 dependentes
Qual o melhor modelo?
Pode ter problema de malha fina?
Casos práticos
O contribuinte ganhou 15.000,00 em
2008, teve retenção de R$ 38,40,
recebeu de 13º. Salário R$ 1.045,50.
teve desconto previdenciário de R$
1.350,00
Não possui bens, dividas, não tem
dependentes. Não há nada mais a
declarar nas demais fichas.
Está obrigado a declarar?
Se positivo, qual o melhor modelo?
Completo ou simplificado?
Estudo de caso
Informe de rendimentos:
Estudo de caso
Outras informações:

Poupança 31/12/07: 1.413,41; 31/12/2008: 2.656,87 Rendimento:


76,77

Fundo Inv. 3.140,41; 2.091,92 Rendimento:


190,08

Pagamento de instrução do próprio declarante à FACISABH R$


5.398,56

Plano saúde Caixa Assist.dos Advogados de MG CNPJ


22.644.512/0001-23, no valor R$ 16.463,89

Casa no Bairro Belvedere, adquirida em 1985, no valor R$


306.950,00
Realização:
FACISABH, a sua Faculdade
Baião Consultoria &
Contabilidade Ltda
Obrigado!

contato: baiao@baiao.com.br
facisa@facisa.com.br
Telefone: 31 3421.2207