P. 1
Pablo Capilé, do Foro de Eixo: o Ninja do PT

Pablo Capilé, do Foro de Eixo: o Ninja do PT

|Views: 228|Likes:
Published by FORAFORO
Fonte: VEJA
Fonte: VEJA

More info:

Published by: FORAFORO on Aug 11, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/21/2013

pdf

text

original

Brasii

o NINJA DO PT
Quem é Pablo Capilé', o líder por trás do Mídia Ninja com um pé fora do eixo e o outro demro do governo

P

HELENA BORGES

ablo Santiago Capilé Mendes, de 34 anos, vive em dois mundos. No circuito Fora do Eixo (FdE), nome da comunidade que fundou e da qual é líder com status de guru, ele diz ser politicamente apartidário e defende a independência tinanceira do grupo a ponto de, dentro dele, fazer circular um dinheiro de mentirinha, o card. A '"moeda" serve para "remunerar" o trabalho de cerca de centenas de jovens que moram nas 25 casas do FdE, espécie de repúblicas de muros grafitados onde mdo é de todo mundo — incluindo as roupas, guardadas em um armário iinico e à disposição do primeiro que chegar. Já no outro mundo em que vive. Capilé é um "companheiro'", como se referiu a ele o presidente do PT, Rui Falcão, e o dinheiro com que lida não só é de verdade como vem. em boa parte, dos cofres públicos. O mais recente empreendimento do Fora do Eixo, por exemplo — uma casa inaugurada em Brasília no mês de j u nho para hospedar convidados estran64 I 14DEAGOSTO, 201.1 ] ve)a

geiros e a cúpula da organização —, foi montado com dinheiro da Fundação Banco do Brasil. A título de convénio, a fundação repassou à turma de Capilé 204000 reais destinados, segundo sua assessoria, a "estruturação do local, salários de educadores e implementação de uma estação digital". O Fora do Eixo tem outras duas dezenas de casas espalhadas pelo Brasil em lugares como Fonaleza, Porto Alegre e Belém do Pará. Não tão chiques nem tão bem aparelhadas quanto a de Brasília, elas abrigam, no mesmo esquema da casa de São Paulo, jovens que trabalham voluntariamente para a organização. Parte deles atua no Mídia Ninja, grupo que ficou conhecido por fotografar, filmar e transmitir pela internet em tempo real os protestos de rua de junho. Ouura parcela, bem maior, trabalha na organização e na divulgação de atividades culturais, como os festivais de música — o negócio mais forte do Fora do Eixo, e o caminho mais cuno para o dinheiro público. Para chegar até ele. Capilé conhece bem os atalhos. Em 2010, durante a gestão do também petista Juca Ferreira no Ministé-

rio da Cultura, ele foi nomeado membro do comité técnico de música do Fundo Nacional de Cultura — entidade que financia projetos com dinheiro do governo e que tem na fila pedidos do próprio Fora do Eixo avaliados em 2 milhões de reais. Esses comités costumam ter em sua composição representantes de variados movimentos culturais. Capilé não é o único. Mas é inegável que. desse posto de observação privilegiado, fica bem mais fácil vencer a apertada disputa por recursos públicos. Hoje. outro integrante do FdE é suplente no mesmo comité. Embora se diga desvinculado de partidos, o companheiro Capilé posa e age como petista. Em sua página no

o mo DE CAPILÉ Embora negue ter ligação com partidos, o líder do Fora do Eixo tem seu nome em conselhos do governo de Dilma Rousseff e de Fernando Haddad, mobilizou ativistas para apoiar Mana Suplicy nas redes sociais e recebeu Jose Dirceu na casa comunitária onde mora, em São Paulo. A foto de sua visita ao Instituto Eula, em julho passado, está em sua página no Facebook com a legenda "Da série grandes encontros =}"

j Facebook. aparece com o ex-presidente Lula. abraçado à presidente Dilma Rousseff e em um papo animado com o prefeito de São Paulo. Fernando Haddad. Mas seu elo com o PT não se resume a fotos com gente importante. Em setembro do ano passado, quando Mana Suplicy foi nomeada ministra da Cultura, ele e os ativistas do Fora do Eixo espalharam elogios sem fim à nova t i tular da pasta nas redes sociais, sob a hashtag #novoMinc. Nas eleições municipais dc 2012. fez campanha para um candidato a vereador do panido em Belo Horizonte. Arnaldo Godoy.

Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, Capilé afirmou que o Fora do Eixo movimenta de 3 milhões a 5 milhões de reais por ano, dos quais no máximo 19c seriam recursos pilblicos. Uma olhada nas planilhas exibidas na internet, no entanto, desmente a afirmação. Em 2012 entraram no caixa do FdE 627 900 reais em dinheiro de renúncia fiscal e verbas públicas, o que corresponde a 12%. ou 20% da movimentação financeira do FdE. Entre as empresas que patrocinam o Fora do Eixo pelo mecanismo da renúncia fiscal, estão a Petrobras, que vem pingando DO OUTRO MUNDO Casa do Fora do Eixo em São Paião, onde o dinheiro é de meniirinha e ntdo é de todo mundo, inclusive as roupas: guardadas num armário único, são comparlilluidas por iodos os moradores

777500 reais no cofrinho de Capilé desde 2010. e a Vale, que contribuiu com 160000 reais em 2011. Nascido em Mato Grosso, o guru do FdE é do tipo eloquente em público e tímido ein particular. Passou a adolescência trancado em casa, receoso de expor o angioma na face. doença resultante de má-formação venosa e de difícil controle. Hoje. é admirado por boa pane da comunidade que lidera — para outra pane. uma minoria, é autoritário e de "revolucionário só tem a pose", como disse um ex-colaborador. Nas casas do FdE. um minuto de tête-à-tête com ele é considerado um privilégio. Para Capilé, o fato de contar com dinheiro púbUco e os vínculos com empresas não são um problema. "Temos independência porque construímos os meios de produção", diz ele, referindose à mão de obra gratuita fornecida pelos moradores do FdE. Alguns deles deixaram seus filhos para viver na comunidade. Nesses casos, é o FdE que paga a pensão das crianças. No ano passado, nasceu o primeiro bebé que, segundo o Facebook do grupo, será criado coletivamente. "Benjamin Guarani-Kaiowá", anunciou alegremente o FdE em um post, "tem mãe e pai biológicos, mas será criado por uma enorme rede. veloz e nómade. Nasceu on-line com regisn^o midialivrista e será uma construção/experimentação dos novos bandos urbanos". Se a turma de Capilé soa assim meio fora do eixo. seu líder não rasga dinheiro — pelo menos não o de verdade. •
4DF...\GOSTO,20I3 | 65

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->