P. 1
Kiai

Kiai

|Views: 6|Likes:

More info:

Published by: Gilberto Antônio Silva on Aug 15, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/20/2014

pdf

text

original

O KIAI

Gilberto Antonio Silva KIAI é uma palavra japonesa composta por dois ideogramas (veja a figura). O primeiro, KI, pode ser traduzido por espírito, sopro ou mais comumente, energia (existe uma análise mais pormenorizada na Oriente #3). Seria a energia universal que permeia e toma parte em todas as coisas. O segundo, AI, significa harmonia ou mais precisamente, ficar junto. É formado por um telhado ou tampa sobre um receptáculo, mostrando a condição de se ficar “fechado” com alguma coisa ou ficar junto. Como podemos perceber, KIAI significa “liberar energia”. Trocando em miúdos, KIAI pode ser entendido como a liberação da energia (Ki) que estava armazenada, em harmonia com o praticante (Ai). O Ki deve ser aumentado e conservado no Hara, o centro de energia do ser humano, como se estivesse dentro de um pote tampado. Isso demonstra que seu significado é muito mais profundo e cheio de nuances do que se imagina. ASPECTOS ENERGÉTICOS A base do Kiai está no Hara e na concentração total do praticante nessa área, chamado de Haragei. Discutiremos o Hara e o Haragei em outra ocasião. O GRITO Mas então onde fica o grito? O grito que se escuta constantemente nas artes marciais japonesas e coreanas é uma forma de se liberar o KI para formar o “receptáculo” com o oponente e ao mesmo tempo funcionar como arma. Vamos por partes. A respiração é de suma importância nas artes marciais, como é de conhecimento comum. É através dela que tiramos o KI do ar e controlamos o fluxo de energia em nossos movimentos, como por exemplo, quando expiramos ao mesmo tempo em que desferimos um golpe. Sempre que fazemos um esforço muito grande nós soltamos naturalmente um KIAI, sendo que na maioria das vezes isso não passa de um grunhido, como quando levantamos um grande peso ou quando os lenhadores cortam uma árvore. Esse som gutural não é produzido completamente na garganta mas parece vir de dentro, da barriga. Essa é a essência do KIAI! O som que emitimos deve vir da região abdominal, do HARA, e não da garganta e deve ser simultâneo com o golpe! O que vemos em muitos campeonatos de Karatê não passa de encenação para a platéia ou para dar a entender ao juíz que o golpe teve força. Balela! Não basta gritar, mas deve haver certas qualidades presentes, como veremos a seguir. O KIAI COMO ARMA Alguns autores consideram que todas as artes marciais japonesas que se utilizam do KIAI (e TODAS utilizam de uma ou outra maneira) deveriam ser enquadradas como

O KIAI pode ser emitido sozinho ou acompanhado de percussões no corpo do paciente.50 metro do oponente (para maior eficácia) O KIAI MEDICINAL O KIAI também pode ser utilizado como agente estimulador na recuperação de praticantes que sofreram síncopes. ele é silencioso (quando então é chamado de KENSEI). Uma síncope é um estado clínico em que há perda mais ou menos completa da consciência e do movimento. Tais técnicas são cuidadosamente estudadas e aplicadas numa arte denominada KUATSU. pulmões.Deve ser súbito e intenso . intestinos. Um tom autoritário.A distância deve ser entre 0.KIAI JUTSU (A Arte do KIAI). Observe o desenho esquemático do ouvido e suas ligações nervosas.Grito grave e gutural . Sua força é tão grande que a arte do KIAI também é chamada de TOATE-NO-JUTSU (A Arte de Golpear à Distância). efeito que pode ser agravado com o mesmo fenômeno ocorrendo no ouvido interno.A postura da voz deve ser observada. Mas o KIAI não é apenas algo “esotérico” como a influência do KI de um oponente a outro. fígado. e outros órgãos.80 e 1. firme. O sistema simpático estimula os órgãos a ele associados enquanto o parassimpático atenua. Um estímulo muito intenso do ouvido médio pode provocar uma queda da pressão arterial. Assim. Contam-se várias histórias de Mestres que podiam paralisar seus oponentes ou mesmo matá-los apenas com o poder de seu KIAI! Mas para que o KIAI seja eficiente são necessários alguns fatores: . esses dois sistemas agem antagônicamente. Qualquer estimulação do sistema parassimpático (como o pneumogástrico) causa uma queda da atividade dos órgãos. estas comprovadas cientificamente. com parada ou pelo menos diminuição das batidas cardíacas. Como podemos perceber. agindo sobre o sistema nervoso simpático que estimula o sistema cardíaco. aliás. dada a importância dele. Os nervos vegetativos do ouvido médio condensam-se em um plexo que se relaciona diretamente com os nervos pneumogástrico e simpático. O grito emitido nestes casos é mais agudo. estômago. um som intenso e repentino incidindo sobre esses dois aparelhos delicados pode provocar uma síncope por diminuição da pressão arterial e dos batimentos cardíacos. Muitas vezes. da circulação e dos movimentos respiratórios. CONCLUSÃO Como pudemos ver.É preciso que o grito seja carregado de emoção .O som deve nascer do HARA . deve ser empregado ao invés de um grito muito alto . o KIAI está muito longe de ser apenas um grito. Grande parte das . enquanto uma estimulação do sistema simpático acarreta uma estimulação. O Pneumogástrico é um dos mais importantes nervos parassimpáticos. acelerando os batimentos. e sobre o circulatório. O nervo auditivo que parte do ouvido interno está em conexão direta com o sistema simpático. mas possui poder de produzir síncopes. desde que executado da maneira devida. dilatando os vasos sangüineos. agindo sobre o coração. Tal estado pode ser induzido pelo KIAI.

artes marciais chinesas são silenciosas mas possuem o KIAI. Espero que você não se engane mais com a aparente superficialidade do KIAI e estude e treine. treine. Já as coreanas o conhecem por KIHAP e as vietnamitas por HET. treine muito nesta que é uma das artes maravilhosas do Oriente e que está em processo de esquecimento. utilizando-o muito. Gilberto Antonio Silva estuda Filosofia Oriental e Artes Marciais a mais de 18 anos e é Diretor do Núcleo de Estudos Orientais .

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->