P. 1
BMA 2009

BMA 2009

|Views: 89|Likes:
Published by David McLoughlin

More info:

Published by: David McLoughlin on Jun 11, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/16/2010

pdf

text

original

AGÊNCIA DE EXPORTAÇÃO DA MÚSICA BRASILIERA

A BM&A é uma organização privada de interesse público (OSCIP) fundada em Julho, 2001, com o objetivo de encorajar e organizar ações de difusão internacional de música brasileira, atraindo divisas ao Brasil, além de dar suporte às exportações através da ação cultural no exterior. Sua formação inicial se deu com a integração de selos, gravadoras e distribuidoras de música, empresas exportadoras de música, profissionais arrecadadores de direitos autorais e produtores culturais. Hoje, entre seus mais de 150 associados, a BM&A reúne também produtores de shows, de festivais, associações de música, empresários de artistas e profissionais de mídia digital. Quando, em 2002, a BM&A firmou seu convênio com APEX-Brasil o setor musical brasileiro desenvolvia ações internacionais através de ações individuais de algumas empresas, com resultados pulverizados. A primeira estratégia adotada foi reunir essas empresas e propor um programa que pudesse agregar esforços e acumular resultados. Atuando em toda a cadeia produtiva da música, a BM&A cada vez mais fortaleceu a amplitude de sua rede de colaboradores. Firmou acordos com diversas instituições, trabalhou com projetos de grandes artistas brasileiros, jovens ou já consagrados, e apoiou centros de debates como o congresso internacional de direito de autor em parceria com a OMPI (Organização Mundial da Propriedade Intelectual da ONU), visando atrair divisas ao país relativas à execução pública de obras brasileiras no exterior. Ainda, a BM&A firmou acordos com governos, associações nacionais e estrangeiras, e criou uma rede de relacionamentos internacionais que permitem mais e melhores oportunidades para a música brasileira exportada. Assim, a BM&A passou a se firmar no cenário cultural como uma entidade abrangente na difusão da música brasileira, permeando suas mais diversas áreas. Também, a BM&A se firmou em ações que visassem a adaptar a nossa indústria para as novas realidades do negócio da música. Trazendo ao Brasil nomes importantes de novas mídias (internet, vídeo-games, cinema), além de desenvolver inúmeros seminários de capacitação (só em 2008 foram 10, em diferentes cidades), a BM&A ajudou nossa indústria a entrar na vanguarda dos negócios da música. O resultado aparece em pesquisa realizada pela BM&A que demonstra que quase a metade de seus associados já trabalham com outras mídias (sincronização, distribuição digital) e quase todos eles trabalham na venda de show, outro negócio crescente hoje. A BM&A foi capaz de desconcentrar a exportação brasileira e envolver todo o Brasil. Nos últimos dois anos a BM&A visitou 16 estados brasileiros, sendo que o projeto Comprador e Imagem passou por Pará, Ceará, Goiânia, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Mato Grosso, São Paulo e Bahia. Com isso, se até 2006 apenas 3 estados haviam mandado representantes para as feiras internacionais nas quais a BM&A participa, nos últimos dois anos já foram mais de 10 estados.

Perfil dos associados
• • • • • • • • • Comercializadores e gestores de direitos autorais de música brasileira Criadores (compositor, intérprete e músico) Difusores Distribuidores Editoras Entidades Representativas do Setor Produtores de Shows Produtores Fonográficos Profissionais de mídia digital

É importante ressaltar que este projeto não visa beneficiar apenas às empresas associadas à BM&A, e sim o setor como um todo.

Focos estratégicos
• • • • Fortalecer trabalho descentralizado, com todo o Brasil, criando novas parcerias; Fortalecer negócios em novas mídias, sincronização e shows; Trabalhar em conjunto com outras associações de música; Trabalhar em conjunto com associações de outros setores culturais, como TV, propaganda e cinema

Objetivos
• • • • • • Ampliar a participação das empresas do público-alvo no comércio de música internacional Ampliar o número de países compradores de serviços e produtos musicais Ampliar a base brasileira de exportadores de produtos e serviços musicais Ampliar a participação brasileira nos nichos produtivos emergentes tais quais novas mídias e shows Incentivar a atuação das empresas brasileiras em outros mercados como games, filmes e propagandas Incentivar a desconcentração estilística da exportação da música brasileira

Produtos e Serviços Relacionados
• • • • • • Licenciamento de CD’s, fonogramas e DVD’s; Apresentações de músicos brasileiros ao vivo Shows promocionais no exterior Produtos de novas mídias Arrecadação de direitos autorais no exterior pela execução pública de música brasileira Sincronização de música em produtos de setores similares, tais como games, filmes, propagandas, etc.

Parceiros
• • • Ministerio de Desarrollo Económico de Buenos Ayres Projeto Música do Espírito Santo (Secult/ES, Sebrae/ES, Instituto Quorum) Abrafin - Associação Brasileira de Festivais Independentes

Com estes parceiros, temos convênios e acordos que permitem ações conjuntas no âmbito internacional. 1. O Ministerio de Desarrollo Económico de Buenos Ayres é órgão do governo de Buenos Ayres que cuida da exportação de música daquela cidade. Com ele, a BM&A tem um convênio que permite: trocas de informações, participação brasileira na feira Bafim e ações conjuntas em feiras internacionais (como promoção de receptivos conjuntos na Womex, Popkomm e Midem). Ainda, este convênio mira para o futuro desenvolver pesquisas sobre o mercado latinoamericano, atuar conjuntamente em órgãos internacionais e criar a rede latinoamericana de projetos de exportação de música. 2. O Projeto Música do Espírito Santo é desenvolvido pela Secretaria de Cultura e SEBRAE daquele estado e realizado pelo Instituto Quorum. Com este projeto, a BM&A possui parceria para implementação de processos de capacitação (em 2008 já fórum realizados dois seminários de capacitação em Vitória/ES) e promoção da música do Espírito Santo em feiras internacionais (em 2008 houve participação deste projeto nos estandes da BM&A nas feiras Popkomm e Womex). 3. A ABRAFIN é a Associação Brasileira de Festivais Independentes, reunindo hoje 32 destes festivais no Brasil. Com esta associação a BM&A tem uma parceria para a realização dos projetos Comprador e Imagem (em cada etapa deste projeto busca visitar um destes festivais) e desenvolver ação conjunta na feira South by Southwest.

Colaboradores
Sebraes: Nacional, Goiás, Ceará, Bahia, São Paulo, Distrito Federal, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Espírito Santo; Secretarias de Cultura, Fundações e Assembléias: Pernambuco, Ceará, Bahia, Tocantins, Goiás, Pará, Rio Grande do Sul, Espírito Santo; Feiras: Popkomm (Alemanha), Midem (França), Womex (Espanha), Bafim (Argentina), SXSW (EUA), Feira da Música de Fortaleza (Br), Porto Musical (Br), CMW (Canadá), London Calling (Reino Unido), Liverpool Sound City (Reino Unido); Instituições: Consulado Canadense em São Paulo (CA, BR), Bureau de la Musique Française (Fr), Unesco Alemanha e Brasil, Haus der Kulturen der Welt (Al), A2IM (EUA), Itaú Cultural (SP), Sesc-SP (Br), Abramus (Br), OMPI (mundial), ABMI (Br), AMMIG (Br), SIM (Br), Comum (Br), Cluster de Música (Uruguai). Empresas Culturais: Editora Espetáculo (Br), World Music Central (EUA), Mondomix (Fr), Tip Magazine (Al), Radio Multikulti (Al); Projetos Regionais: Brasil Central Music (GO), Original Soundtracks from Ceará (CE), Music From Pernambuco (PE), Música do Espírito Santo (ES). Com os colaboradores a BM&A mantém relação próxima para a realização de atividades específicas. Nos anos de 2007, 2008 e 2009 as entidades acima estiveram envolvidas no projeto de exportação da Música do Brasil como apoiadoras, consultoras ou como beneficiadas do projeto.

PRINCIPAIS ATIVIDADES DE EXPORTAÇÃO

FEIRAS INTERNACIONAIS
A participação nas principais feiras internacionais do setor é uma das mais importantes ferramentas para divulgação de marcas e produtos, alavancagem de negócios, assim como uma ótima oportunidade para medir a aceitação dos produtos junto ao mercado externo, além de permitir a comparação com concorrentes internacionais. No entanto, para que a participação traga resultados efetivos, é muito importante um trabalho preparatório, que envolve desde a preparação das empresas brasileiras à comunicação com o mercado internacional sobre a presença do Brasil. Por isso, as feiras são ligadas ao todo do projeto, como às bases regionais, plano de comunicação e seminários de sensibilização. Midem (Cannes, França) O Midem é a mais tradicional das feiras internacionais de música, com mais de 40 anos de existência, sendo também a mais representativa. Reúne expositores de cerca de 100 países e cerca de 9 mil profissionais participantes. O Brasil participa do evento de maneira estruturada desde 2002. Em 2003 e 2005 organizou, respectivamente, o “Brasil paístema” do Midem e o lançamento do Ano do Brasil na França. Nestas duas oportunidades, houve shows de 11 artistas brasileiros, como Seu Jorge, Cordel do Fogo Encantado, Tom Zé e Barbatuques. Em 2010, como resultado do acordo que inclui Brasil (representado pela BM&A), Argentina (representada pela Oficina de Exportação de Música do Governo de Buenos Aires) e Chile (representado pelo Ministério da Cultura) deverá ocorrer uma noite latino-americana nesta feira, com um artista de cada país se apresentando. Já na edição do Midem em 2009 Brasil e Argentina, em virtude do acordo, realizaram coquetel conjunto durante a feira, o que foi destaque na revista do evento, MidemNews.

Popkomm (Berlim, Alemanha) A Popkomm é uma feira voltada às indústrias fonográfica e de show, sendo uma das maiores do ramo, com mais de 50 países representados em estandes. Seu foco é extremamente diversificado, atendendo tanto o comércio internacional tradicional quanto as empresas de novas mídias. Outra característica importante da Popkomm é seu festival de música, que reúne mais de 300 artistas de todo o mundo, apresentando-se assim como uma grande oportunidade para o incremento da venda de shows brasileiros no exterior. O Brasil, que vem participando da Popkomm desde 2004 com estande, e que em 2006 foi selecionado como país tema da feira, vem se firmando como um dos principais países comercializadores neste evento. Segundo acordo firmado com esta feira, há a obrigação de seleção de ao menos 5 bandas brasileiras em cada edição. Em 2006 a BM&A organizou “Brasil paístema” da feira, contando com um estande de 200m2, 22 artistas brasileiros, CD promocional (70.000 cópias) distribuído com a Revista Tip Magazine de Berlim, palestras (contando, inclusive, com a parceria da UNESCO Alemanha em uma delas) e DVD promocional (15.000 cópias). Em 2007, em conseqüência do ano anterior, se fixou além do estande brasileiro, uma noite de shows com 5 artistas brasileiros, o que se repetirá todos os anos. Assim, nas edições 2006, 2007 e 2008, estiveram com a BM&A na Popkomm artistas como Lanny Gordin, Chico César, Dona Zefinha, B´Negão, Cidadão Instigado, Cabruera, Madame Mim, Stereo Maracanã, Kátia B, Tizumba, Sonic Jr, Badi Assad, Fabiana Cozza e Vanguart. Womex (Essen, Alemanha; Newcastle, Inglaterra; Sevilha, Espanha) Feira voltada à indústria dos festivais, em especial aqueles voltados para world music, contando com os mais importantes compradores de shows do mundo, sendo a maior do ramo, com mais de 90 países representados em estandes. O Brasil já tem uma longa tradição nesta feira, participando desde de 1993, e através da BM&A desde 2004. Segundo acordo firmado pela BM&A com a Womex, esta feira tem a obrigação de escolher ao menos 3 bandas brasileiras. Em 2007 colaborou com a ida de 2

artistas brasileiros para o festival – Yamandu Costa e Siba e a Fuloresta – e fez conferência sobre suas atividades. Em 2008 foram 4 as selecionadas: Andréia Dias (SP), Ramiro Mussoto (BA), Mundo Livre S/A (PE) e La Pupuña (PA). Canadian Music Week (Toronto, Canadá) A vitrine da indústria fonográfica no Canadá, sendo uma porta para o mercado norte-americano. Em 2007 e 2008 a BM&A, em parceria com o Consulado Canadense em São Paulo, foi a esta feira para pesquisar e fazer conferência sobre suas atividades e o mercado brasileiro. Em 2009 a BM&A convidou a ABRAFIN e a revista Rolling Stone Brasil para participar na feira. SXSW (Austin, Estados Unidos) O mercado norte-americano sempre foi um desafio para o Brasil e a feira South by Southwest é a maior neste mercado para o setor fonográfico. Ainda, esta feira trata não apenas de música, mas também de TV e artes interativas. O grande destaque da feira é seu festival, que reúne mais de 1.500 bandas de todo o mundo. Em 2008 foram 8 as bandas brasileiras que se apresentaram. Em 2009, em virtude da ação promocional da BM&A (que trouxe para o Brasil, dentro do projeto Comprador & Imagem, o diretor deste festival), foram 22 bandas as selecionadas. Ainda, na SXSW a BM&A possui uma parceria com a ABRAFIN, que permite apoio às bandas selecionadas em seus custos. Entre as ações desenvolvidas neste festival, além de estande, a BM&A preparou material promocional específico e 3 showcases para empresários estrangeiros. Também um RP especial para esta feira foi contratado. Por fim, pela proximidade – de datas e de local – com a feira Canadian Music Week e em virtude de acordo entre BM&A e Consulado Canadense, algumas empresas também participaram na feira do Canadá, em Toronto. BAFIM (Buenos Aires, Argentina) A BAFIM, que ocorre desde 2006, se firmou como a principal feira de música da América latina, com mais de 100 mil visitantes (é aberta ao público geral), e empresários de 15 países. Desde 2008, a BAFIM é parte do convênio entre BM&A e Governo de Buenos Aires, o que garante um espaço privilegiado de estande e a garantia de ao menos 3 bandas brasileiras selecionadas para shows, como ocorreu já em 2008. Ainda, os empresários brasileiros ganham grande benefício na aquisição de suas credenciais. Em 2008 foram 30 empresários que participaram desta feira no estande BM&A/APEX-Brasil, triplicando a participação brasileira em referência a 2007.

PROJETO COMPRADOR E IMAGEM:
Trata da vinda de jornalistas e compradores estrangeiros, voltados à música, para o Brasil. O objetivo é a geração de negócios, valorização da imagem do Brasil e promoção da música brasileira. Neste projeto, realizamos seminários, rodadas de negócios, visitas a empresas e encontros com empresários brasileiros. Em 2006 foram 3 profissionais, como o diretor da Popkomm (Alemanha) e visitamos os seguintes estados: Ceará, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Pernambuco. Em 2007 trouxemos 9 profissionais. Andrea Sbaragli (Itália, www.bras.it); Angel Romero (EUA, World Music Central); Beverly Koeckeritz (Canadá, Electronic Arts); Jody Gillett (Reino Unido, Free Associates); Marc Benaiche (França, Mondomix); Pat Berry (EUA, Six Degrees; Jordy Trachtenberg (EUA, The Orchard); Tom Windish (EUA, Windish Agency); Tracy Mann (EUA, MG Limited). Levamos estes profissionais a 4 Estados brasileiros (Goiás, São Paulo, Ceará e Bahia), onde organizamos seminários com nossos convidados, visitas a pontos turísticos, shows (em 2007 foram organizados mais de 30 shows para nossos convidados) e rodadas de negócios com empresários brasileiros. Em 2006 foram 10 profissionais, visitando os seguintes estados: Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Ceará e Pará. Brent Grulke (EUA, SXSW) John Bissell (EUA, trilhas sonoras) Olivier Lacourt (França, Discograph) Mark Gartenberg (EUA, Promotor) Neil Mowat (Reino Unido, Troca Brahma) Gene de Souza (EUA, Rhythm Foundation) Tracy Mann (EUA, MG Limited) Jody Gillett (Reino Unido, Mondomix) Alex Robinson (Reino Unido, Songlines, New York Times) Jim Carroll: (Irlanda, The Irish Times)

SEMINÁRIOS
Nossos seminários se voltam para a instrução e preparação de empresas brasileiras para a exportação. Desde 2002 já fizemos mais de 40 seminários nos seguintes estados: Rondônia, São Paulo, Pará, Acre, Tocantins, Rio Grande do Sul, Ceará, Pernambuco, Bahia, Goiás, Distrito Federal. Espírito Santo. Também a BM&A executa seminários no exterior, desta feita focando na promoção. Atuou nos seguintes países: Argentina, Canadá, Alemanha, Inglaterra, Espanha, França e Uruguai.

PORTAL BM&A
Lançamos em 2007 o Portal BM&A (www.bma.org.br) com notícias, informações, atividades e pesquisas, em inglês e português. Lançamos em 2007 o site BMATools (www.bmatools.com). BM&A Tools é um site de promoção direcionada de música. Ele é acessado por 500 profissionais estrangeiros – entre empresários, radialistas e jornalistas – cadastrados e aprovados pela BM&A a partir de seus reconhecidos interesses e importâncias no trabalho com a música brasileira. Este site é, na verdade, uma grande plataforma de promoção que a BM&A disponibiliza para o lançamento internacional de música brasileira. Podem-se promover discos ou shows. No caso do primeiro, há o upload da capa do disco, de suas faixas e do release do disco e do artista. A partir do momento em que há este upload os profissionais estrangeiros são informados da novidade por email. Ao fazê-lo eles passam a conhecer detalhes do artista e do disco e podem ouvir faixas por streaming ou mesmo fazer downloads destas. Os downloads são controlados pela BM&A, o que garante que seu uso seja estritamente para promoção. A partir do momento em que o profissional estrangeiro entra no BMATools e tem acesso a alguma novidade que está sendo promovida pela BM&A, ele é incentivado a expressar sua opinião sobre a música que teve acesso. Com isso, em tempo real tem-se o que ocorreu com cada música disponibilizada (se foi feito download ou streaming) e o que os estrangeiros acharam da música. Imediatamente a BM&A oferece um relatório baseado nestas informações para o responsável pelo disco ou pelo show e o ajuda a elaborar melhor sua estratégia de promoção.

MATERIAL PROMOCIONAL BM&A
CD Comercial. A BM&A produziu o CD Go! Brasil, em parceria com a distribuidora alemã Cargo, com músicas nacionais relacionadas ao futebol. Este CD foi vendido na Europa em 2006;

DVDs promocionais. Realizamos em 2006, em parceria com a ABGI, um DVD promocional com 20 artistas brasileiros participantes da Popkomm.

CD promocional Música do Brasil – Popkomm – Tip Magazine. Realizamos em 2006 em parceria com a feira Popkomm e a revista Tip Magazine (ambas alemãs) um CD com 20 artistas brasileiros que foi distribuído junto à influente revista de cultura Tip.

Catálogos promocionais. A BM&A produziu 8 catálogos promocionais que foram distribuídos nas feiras internacionais; Revistas. A BM&A produziu três revistas (2006 (x2) e 2007) sobre o mercado brasileiro tendo em vista os profissionais estrangeiros. Estas revistas foram distribuídas gratuitamente; CDs promocionais.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->