Curso – Técnico de Higiene e Segurança no Trabalho Módulo – Metodologias de avaliação de riscos profissionais Formador – Luís Antunes Formando – Hugo

Vasconcelos 28-01-2013

Tendo concluído mais um módulo, este de 25 Horas nos leccionados pelo formador Luís Antunes, módulo este extremamente importante para um técnico de HST, pois neste módulo o objectivo era Aplicar as técnicas adequadas à avaliação e controlo dos riscos associados às condições de segurança e higiene no trabalho. Assim sendo, neste módulo aprendemos a avaliar, calcular os custos físicos, psicológicos e financeiros através de metodologias que nos permite fazer tal avaliação. Daí que abordamos 3 métodos de avaliação de riscos, que por sua vez são os mais utilizados, pois são eficazes e de boa compreensão: Começamos por abordar o Método William Fine em que a fórmula de cálculo do mesmo é GP = C*E*P em que depois de fazer este cálculo, nos dará um resultado, que por sua vez dividimos este Fc*Gc (factor de custo; grau de correcção), efetuado todo este cálculo nos dará um resultado, em que através da nossa tabela conseguimos concluir se este acidente, justifica ter correcção ou não. Concluindo-se se o mesmo foi deveram ente severo ou se não. O segundo método que abordamos foi o Método Marat, este método tem como fórmula NE*ND nos dará o nível de probabilidade em que depois calculamos o nível de risco da seguinte maneira NR = NP*NS, por sua vez nos dará um resultado e em que depois vamos a uma tabela NC (nível de controlo) e vemos o nosso resultado, onde encaixa vai entre os níveis I e V em que no nível I o nível de risco é extremo; nível II é elevado; nível III é significativo; nível IV é médio; nível V é baixo. Em terceiro abordamos o Método de William Fine Adaptado, que a meu ver é o Método mais simples, contudo em todos os métodos temos que os saber aplica-los consoante for o acidente, no adaptado temos as consequências e a probabilidade em que tem como formula CR= C*P, o resultado obtido temos uma tabela de pontos quantitativos em que na mesma com o resultado obtido qualificamos o risco de; mínimo, baixo, médio, alto. Este módulo em muito será importante para um técnico de segurança pois esses métodos são ferramentas fundamentais para se poder avaliar os acidentes os custos e também o que devemos de fazer para que não suceda de novo tal acidente.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful