primeiro dia levava-me sempre a conhecer o diretor da escola e quase invariavelme nte conseguia convencê-lo a colocar-me um ano acima

. Como conseqüência, eu era sempre o mais novo da classe, criando mais uma barreira na possibilidade de fazer novos amigos. Conseqüentemente, tornei-me tímido, fingindo sentir prazer em ser um solitári o. Era uma vida muito perturbada. Cada vez que eu começava a fazer amigos, era alt ura de ir embora. - Sidney, acabo de vir da casa da Bea Factor. Ela diz que vais ser mundialmente famoso! Não é maravilhoso? O fato de eu escrever deixava Otto nervoso. O fato de escrever poesia deixava-o muito nervoso. Mais tarde soube que, como não se queria sentir embaraçado quando a r evista rejeitasse o meu poema, substituiu o meu nome pelo do meu tio Al e mandou -o assim. Duas semanas mais tarde, Otto foi almoçar com Al. - Otto, passou-se uma coisa muito esquisita. Porque será que a revista Wee Wisdom me mandou um cheque de cinco dólares? Foi assim que o meu primeiro escrito profissional foi editado sob o nome Al Marc us. Um dia a minha mãe entrou a correr no apartamento, quase sem fôlego. Abraçou-me e excl amou: De onde veio o dinheiro, não faço idéia, mas Natalie comprou um pequeno piano espineta em segunda mão e fez questão que eu começasse a ter aulas de piano. - Por quê? Perguntou Otto. - Depois verás. Respondeu. - Ele até tem mãos de músico. Eu gostava das minhas lições, mas acabaram pouco tempo depoi s, quando nos mudamos para Detroit. Otto gabava-se orgulhosamente de nunca ter lido um livro na vida. Foi Natalie qu em instigou em mim o amor pela leitura. Otto ficava preocupado porque eu gostava de ficar sentado em casa a ler os livros que trazia da biblioteca, quando podia estar no meio da rua a jogar basebol. - Vais dar cabo dos olhos. – Insistia - Por que é que não és como o teu primo Seymour? E sse joga futebol com os rapazes. O meu tio Harry foi mais longe. Uma vez ouvi-o dizer ao meu pai: - O Sidney lê demasiado. Vai acabar mal. Quando eu tinha dez anos, tornei as coisas piores, pois comecei a escrever. Havi a uma competição de poesia numa revista chamada Wee Wisdom, uma revista para crianças. Escrevi um poema e pedi a Otto que o enviasse para a revista para eu poder conc orrer. O fato de eu escrever deixava Otto nervoso. O fato de escrever poesia deixava-o muito nervoso. Mais tarde soube que, como não se queria sentir embaraçado quando a r evista rejeitasse o meu poema, substituiu o meu nome pelo do meu tio Al e mandou -o assim. Duas semanas mais tarde, Otto foi almoçar com Al.

.Depois verás. Uma vez ouvi-o dizer ao meu pai: . . Uma manhã. tinha-o morto.Por quê? Perguntou Otto. Eu gostava das minhas lições. quando nos mudamos para Detroit. . currais ma lcheirosos e o massacre do dia de São Valentim. quando podia estar no meio da rua a jogar basebol.Otto. um professor não gostou de alguma coisa que um aluno disse. A minha disciplina preferida na escola era o Inglês. mas Natalie comprou um pequeno piano espineta em segunda mão e fez questão que eu começasse a ter aulas de piano. . mas acabaram pouco tempo depoi s. carroças de gelo p uxadas por cavalos. Quanto a mim. Respondeu. Otto ficava preocupado porque eu gostava de ficar sentado em casa a ler os livros que trazia da biblioteca. onde sete mafiosos foram alinhados contra a parede de uma garagem e abatidos a tiros de metralhadora. clubes de strip-tease.Ele até tem mãos de músico. não faço idéia. Chicago nos anos vi De onde veio o dinheiro. Quanto a mim.Ele até tem mãos de músico.Por quê? Perguntou Otto. Um dia a minha mãe entrou a correr no apartamento. e muitas pessoas conhecida s atestavam-no. – Insistia . com dureza e agressividade. Fiquei demasiado aterrorizado para voltar à tarde.. pegou num dos pesados tinteiros de vidro que havia em cima das secretárias e atirou-o pelos ares em direção ao aluno. O meu tio Harry foi mais longe. Foi Natalie qu em instigou em mim o amor pela leitura. Uma das tarefas da turma era ler à vez em voz alta um livro de pequenos contos chamado Bea Factor era uma amiga dela conhecida por ser médium. Porque será que a revista Wee Wisdom me mandou um cheque de cinco dólares? Foi assim que o meu primeiro escrito profissional foi editado sob o nome Al Marc us. . quase sem fôlego. mas acabaram pouco tempo depoi s. Otto gabava-se orgulhosamente de nunca ter lido um livro na vida. eram os prof essores. não faço idéia. Chicago nos anos vi De onde veio o dinheiro. quando andava no terceiro ano. . era maravilhoso que a minha mãe acreditasse no que ela dissera.Por que é que não és como o teu primo Seymour? E sse joga futebol com os rapazes. Eu gostava das minhas lições. praias atulhadas de gente. Respondeu. quando nos mudamos para Detroit. e muitas pessoas conhecidas atestavam-no.Depois verás. . Bea Factor era uma amiga dela conhecida por ser médium. era maravilhoso que a minha mãe acreditasse no que e la dissera. passou-se uma coisa muito esquisita. Se lhe tivesse acerta do na cabeça. Havia co isas a voar pelas salas de aula. O sistema escolar era gerido como a cidade.Vais dar cabo dos olhos. mas Natalie comprou um pequeno piano espineta em segunda mão e fez questão que eu começasse a ter aulas de piano. Abraçou-me e excl amou: nte e trinta era a cidade dos barulhentos comboios de superfície. E nem eram os alunos que atiravam.

Por que é que não és como o teu primo Seymour? E sse joga futebol com os rapazes. era maravilhoso que a minha mãe acreditasse no que e la dissera. mas Natalie comprou um pequeno piano espineta . Vai acabar mal.Por quê? Perguntou Otto. – Insistia . Havi a uma competição de poesia numa revista chamada Wee Wisdom. Quando eu tinha dez anos. Otto gabava-se orgulhosamente de nunca ter lido um livro na vida. Chicago nos anos vi De onde veio o dinheiro.Vais dar cabo dos olhos. uma revista para crianças. Escrevi um poema e pedi a Otto que o enviasse para a revista para eu poder conc orrer. pois comecei a escrever. Otto ficava preocupado porque eu gostava de ficar sentado em casa a ler os livros que trazia da biblioteca. Foi Natalie qu em instigou em mim o amor pela leitura. . Otto ficava preocupado porque eu gostava de ficar sentado em casa a ler os livros que trazia da biblioteca.Vais dar cabo dos olhos. era maravilhoso que a minha mãe acreditasse no que ela disse ra. quando podia estar no meio da rua a jogar basebol.. O meu tio Harry foi mais longe. uma revista para crianças. O meu tio Harry foi mais longe. Escrevi um poema e pedi a Otto que o enviasse para a revista para eu poder conc orrer. Uma vez ouvi-o dizer ao meu pai: . . quando podia estar no meio da rua a jogar basebol. Havi a uma competição de poesia numa revista chamada Wee Wisdom. pois comecei a escrever. Uma vez ouvi-o dizer ao meu pai: .Por que é que não és como o teu primo Seymour? E sse joga futebol com os rapazes. e muitas pessoas conhecidas atesta vam-no. tornei as coisas piores.Depois verás. Quanto a mim. Foi Natalie qu em instigou em mim o amor pela leitura. Eu gostava das minhas lições. . e muitas pessoas conhecida s atestavam-no.O Sidney lê demasiado. Havi a uma competição de poesia numa revista chamada Wee Wisdom. tornei as coisas piores. Escrevi um poema e pedi a Otto que o enviasse para a revista para eu poBea Fact or era uma amiga dela conhecida por ser médium. Otto gabava-se orgulhosamente de nunca ter lido um livro na vida. . Respondeu. Quanto a mim. tornei as coisas piores. Quando eu tinha dez anos. mas acabaram pouco tempo depoi s. pois comecei a escrever. Vai acabar mal. Bea Factor era uma amiga dela conhecida por ser médium.Ele até tem mãos de músico. não faço idéia.O Sidney lê demasiado. Chicago nos anos vi De onde veio o dinheiro. . quando nos mudamos para Detroit. Vai acabar mal. mas Natalie comprou um pequeno piano espineta em segunda mão e fez questão que eu começasse a ter aulas de piano. – Insistia . não faço idéia.O Sidney lê demasiado. Quando eu tinha dez anos. uma revista para crianças.

. Talvez fosse um recuo atávico a algum antepassado há m uito desaparecido. Eu gostava das minhas lições. não faço idéia. Foi Natalie qu em instigou em mim o amor pela leitura. . Sempre que podi a. Quando tinha doze anos. . Quando eu tinha dez anos. mergulhei e puxei-o para cima. espanto dos espantos.em segunda mão e fez questão que eu começasse a ter aulas de piano. Vai acabar mal. professora. O décimo andar do hotel Sovereign era a velha piscina da vizinhança. O meu tio Harry foi mais longe.Claro que sim. Eu vi o que estava a acontecer. Enquanto falava com umas pessoas.O Sidney lê demasiado. De repente lembrei-me da grande excitação de Natalie com a profecia de Bea Factor. Respondeu. . todos quiseram entrar na peçBea Factor era uma amiga dela c . Ele tinha cinco anos. Foi direitinho para o fundo. uma revista para crianças. S idney vai ser mundialmente famoso. chamou-me à sua secretária e disse: . Havi a uma competição de poesia numa revista chamada Wee Wisdom. andava no sétimo ano da escola de Marshall Field.Depois verás. em Chica go. quando podia estar no meio da rua a jogar basebol. quando nos mudamos para Detroit. levava Richard até lá para brincar na piscina. deixei-o na zona baixa da piscina e nadei até a zona mais funda. escorregou e caiu lá dentro. Richard saiu da piscina. Ela leu-a. mas acabaram pouco tempo depoi s. Escrevi um poema e pedi a Otto que o enviasse para a revista para eu poder conc orrer. Quando termi nei. Nunca mais houve piscina para nós. entreguei-a a professora. ali estaria uma história escrita por mim. de O’Henry ou de Tarkington e eu ficava a sonhar que um dia o professor diria: ”Passem para a página vinte do vosso livro de l eitura” e. Chegou junto da parte mais funda.Por que é que não és como o teu primo Seymour? E sse joga futebol com os rapazes. e tinha uma aula de Inglês onde podíamos trabalhar nos nossos próprios projetos. tornei as coisas piores. Chegávamos a um conto de Põe. Uma vez ouvi-o dizer ao meu pai: . Um dia.Vou tratar das coisas para que a possas apresentar no grande auditório. Aquilo era o princípio.Ele até tem mãos de músico. à minha procura. Queres levá-la a cena? Se queria! . Eu estava muito excitado. – Insistia . D ecidi escrever uma peça sobre um detetive que investigava um homicídio. Quando os meus companheiros de c lasse ouviram a notícia.Por quê? Perguntou Otto. Otto gabava-se orgulhosamente de nunca ter lido um livro na vida. De onde m e vinha este sonho. pois comecei a escrever. der concorrer.Vais dar cabo dos olhos.Sidney. Otto ficava preocupado porque eu gostava de ficar sentado em casa a ler os livros que trazia da biblioteca. Elgin Reader. . eu acho que isto é mesmo muito bom.

– Insistia . Quando eu tinha dez anos. Otto gabava-se orgulhosamente de nunca ter lido um livro na vida. Chicago nos anos vi De onde veio o dinheiro. Escrevi um poema e pedi a Otto que o enviasse para a revista para eu poder conc orrer. e ra maravilhoso que a minha mãe acreditasse no que ela dissera. Uma vez ouvi-o dizer ao meu pai: . . não faço idéia. pois comecei a escrever. e muitas pessoas conhecidas atestavam-no. tornei as coisas piores. Quando eu tinha dez anos. Vai acabar mal. Otto gabava-se orgulhosamente de nunca ter lido um livro na vida. . Foi Natalie qu em instigou em mim o amor pela leitura. Quanto a mim. mas Natalie comprou um pequeno piano espineta em segunda mão e fez questão que eu começasse a ter aulas de piano. .Por quê? Perguntou Otto. uma revista para crianças. e muitas pessoas conhecida s atestavam-no.onhecida por ser médium. . – Insistia . Havi a uma competição de poesia numa revista chamada Wee Wisdom. quando podia estar no meio da rua a jogar basebol. Chicago nos anos vi De onde veio o dinheiro. Escrevi um poema e pedi a Otto que o enviasse para a revista para eu poder conc .Vais dar cabo dos olhos. Otto ficava preocupado porque eu gostava de ficar sentado em casa a ler os livros que trazia da biblioteca. era maravilhoso que a minha mãe acreditasse no que e la dissera.Ele até tem mãos de músico. mas Natalie comprou um pequeno piano espineta em segunda mão e fez questão que eu começasse a ter aulas de piano.Depois verás. Quanto a mim.Por que é que não és como o teu primo Seymour? E sse joga futebol com os rapazes. Havi a uma competição de poesia numa revista chamada Wee Wisdom. Bea Factor era uma amiga dela conhecida por ser médium.Ele até tem mãos de músico. . quando podia estar no meio da rua a jogar basebol. Foi Natalie qu em instigou em mim o amor pela leitura. . quando nos mudamos para Detroit. Respondeu. pois comecei a escrever. Eu gostava das minhas lições. Otto ficava preocupado porque eu gostava de ficar sentado em casa a ler os livros que trazia da biblioteca. quando nos mudamos para Detroit. O meu tio Harry foi mais longe. Respondeu. Eu gostava das minhas lições.O Sidney lê demasiado. Uma vez ouvi-o dizer ao meu pai: .Por quê? Perguntou Otto.Vais dar cabo dos olhos. Vai acabar mal. tornei as coisas piores. uma revista para crianças.O Sidney lê demasiado. mas acabaram pouco tempo depoi s. mas acabaram pouco tempo depoi s. O meu tio Harry foi mais longe.Por que é que não és como o teu primo Seymour? E sse joga futebol com os rapazes.Depois verás. . . não faço idéia.

. Ele corrigiu imediatamente. mas parou a me io e tentou transformar ”minuto” em ”breve”. Permitiram-me que ensaiasse depois das aulas no gr ande auditório e. Comecei a escolher os atores. o imenso auditório estava cheio. Na manhã seguinte. peça. em vez de dizer ”breve”. Sabia. Tu vais ser mundialmente famoso. O que saiu foi ”O inspetor deve chegar em min -breve”. Chegou à hora do espetáculo. com a minha idade. preparado para fazer a minha entrada. todos já com os fatos vestidos. Foi uma das épocas mais felizes da minha vida. à procura de falhas. Se eu. As gargalhadas tomaram conta de mim e fui ficando cada vez mais histéric o. que era o princípio de uma maravilhosa carreira. Não só lá estavam os alunos de Inglês como ambém o diretor e todos os professores que ouviram falar da minha peça. um telefone. e o ensaio correu perfeitamente. porque ria perdidamente.orrer. Quanto mais pensava na palavra. Os diálogos eram excelentes. pouco tempo depois. Nem queria acreditar. Ela olhava para mim.Consegui cancelar todas as aulas de Inglês para que todos possam vir ao auditório ver a tua peça. Podia até vir a ter peças na Broadway. mas sabia exatamente o que queria. Sentia que todo o meu futuro dependia do sucesso da peça. a trama desenrolava-se com leveza e a peça tinha um final inesperado. Estavam sentados lado a lado num sofá. era ca paz de escrever uma peça de sucesso. No meio de toda a excitação. Eu fazia o papel de um detetive que investigava o homicídio. tão cedo na vida.O inspetor deve chegar em breve. sem qualquer sombra de dúvida. A minha deixa era o momento em que o rapaz olhava para o relógio e dizia: .Estou pronto. não havia limite para onde podia chegar. Ia ser um sucesso ainda maior do que imaginara. Muito calmo. Mas eu não me conseguia mexer. ele enganou-se e começou a dizer ”um minuto”. mais gargalhadas dava. Deitado na cama revi cena por cena. Era tão engraçado que comecei a rir. Às dez da manhã. As conversas no auditório começaram a morrer e o teatro fic ou silencioso. ansiosos por verem o trabalho de uma criança prodígio. . Não consegu ia parar. Todos iam adorar. com o meu nome a néon. . radiante.. O cenário consistia numa sala de estar simples. Estava de pé nos bastid ores. E nunca mais consegui parar. O rapaz e a rapariga no palco olhavam fixamente para mim nos bastidores. Fiz um ensaio geral com os colegas que escolhi. Min-breve? Era o som mais engraçado que eu alguma vez ouvira. . onde um rapaz e uma rapariga representavam o papel de um marido e uma mulher. cujo amigo acabara de ser assassinado. a professora tinha uma surpresa para mim. à espera que eu entrasse. assim que cheguei à escola. a minha peça era o tema das conversas da escol a.Porque não amanhã à noite? Nessa noite não consegui dormir. Parecia-me perfeitamente normal que tudo aquilo me estivesse a aco ntecer. Deram-me todos os adereços que pedi: sofás. Fui ter com a professora: . quando quer que apresente a peça? Perguntei. eu estava calmo. mesas. mas era demasiado tarde. cadeiras. Mas. Não consegui encontr ar nenhuma.

Kirkland Junction? . Verificou-se que não havia prata na mina. e tinha um emprego na drugstore Afremow. fazíamos as malas e mudávamo-nos para Hammond. deitando abaixo os seus rivais e c riando o máximo de confusão que conseguiam. Fomos salvos por um telefonema do tio Harry. CAPÍTULO 3 Por volta de 1930. . enquanto Otto tentava dominar o mercado da prata. fingindo que o que estava a acontecer não t inha qualquer importância.Por quê? Perguntou Otto. . ou Kirkland Junction. Havia confrontos nas ruas. . mas acabaram pouco tempo depoi . . oprimia toda a vida econômica do país. aparecia em casa cheio de entusiasmo. Respondeu. Chicago. enquanto os espectadores os aplaudiam. Intermitentemente. Natalie trabalha va como caixa num recinto de patinagem. Acabei de fazer um negócio que nos vai le var a uma boa vida.Depois verás. no Arizona. com largos ringues de patinagem circulares em madeira. no seu aperto fero z. A min ha professora estava no meio do auditório de pé. a Depressão estava cada vez mais profunda e. Depois do que pareceu uma eternidade. Kirkland Junction era uma velhíssima bomba de gasolina. entretanto. fingindo que me ria porque queria. De onde veio o dinheiro. ouvi vinda do auditório. a voz da minha prof essora a dizer: . As pessoas da audiência começaram a levantar-se e a sair do auditório e eu fiquei a vê-l as. mas Natalie comprou um pequeno piano espineta em segunda mão e fez questão que eu começasse a ter aulas de piano.Desta vez tenho um bom pressentimento. Otto.Prometeu ele . e acabamos a vi ver nas suas traseiras durante três infelizes meses. Kirkland era uma pequena cidade a 167 km de Phoenix.Ele até tem mãos de músico. mas não era esse o nosso dest ino final. Eu gostava das minhas lições.Vais gostar muito daquilo. Mas como podia eu? Min-brevé. a ouvir as minhas gargalhadas frenéti cas. Fingindo que não queria morrer. vem cá fora. onde intrépidos homens sobre patins de rodas faziam corridas.Pára imediatamente! Ordenou. .A peça fora interrompida mal tinha começado. . . E. Eu terminara o ensino preparatório em Ma rshall Field. As filas para o pão aumentaram e o desempreg o era pandêmico. mais uma vez.Comprei uma mina de prata.Sidney. uma moda nova que tinha lugar em enormes recintos. Forcei-me a abandonar o abrigo dos bastidores e cambaleei até meio do palco. ou Dálias. não faço idéia. viajava pelo país nos seus hipotéticos mega-negócios.

mas acabaram pouco tempo depoi s. Havi a uma competição de poesia numa revista chamada Wee Wisdom.Por que é que não és como o teu primo Seymour? E sse joga futebol com os rapazes. . – Insistia . tornei as coisas piores. substituiu o meu nome pelo do meu tio Al e mandou -o assim.O Sidney lê demasiado. quando nos mudamos para Detroit. O fato de eu escrever deixava Otto nervoso. quase sem fôlego. pois comecei a escrever. Escrevi um poema e pedi a Otto que o enviasse para a revista para eu poder conc . Vai acabar mal. Abraçou-me e excl amou: De onde veio o dinheiro. . uma revista para crianças. como não se queria sentir embaraçado quando a r evista rejeitasse o meu poema. Quando eu tinha dez anos. Um dia a minha mãe entrou a correr no apartamento. Otto ficava preocupado porque eu gostava de ficar sentado em casa a ler os livros que trazia da biblioteca. Otto gabava-se orgulhosamente de nunca ter lido um livro na vida. O meu tio Harry foi mais longe. Uma vez ouvi-o dizer ao meu pai: .s.Vais dar cabo dos olhos. Vai acabar mal. . não faço idéia. .Otto. Quando eu tinha dez anos. Otto gabava-se orgulhosamente de nunca ter lido um livro na vida. quando nos mudamos para Detroit. Escrevi um poema e pedi a Otto que o enviasse para a revista para eu poder conc orrer. Respondeu. mas Natalie comprou um pequeno piano espineta em segunda mão e fez questão que eu começasse a ter aulas de piano. Porque será que a revista Wee Wisdom me mandou um cheque de cinco dólares? Foi assim que o meu primeiro escrito profissional foi editado sob o nome Al Marc us.Depois verás. Otto foi almoçar com Al.Por que é que não és como o teu primo Seymour? E sse joga futebol com os rapazes. – Insistia . Otto ficava preocupado porque eu gostava de ficar sentado em casa a ler os livros que trazia da biblioteca. Mais tarde soube que. Duas semanas mais tarde. tornei as coisas piores. Uma vez ouvi-o dizer ao meu pai: . quando podia estar no meio da rua a jogar basebol. pois comecei a escrever. Foi Natalie qu em instigou em mim o amor pela leitura. passou-se uma coisa muito esquisita. O fato de escrever poesia deixava-o muito nervoso. O meu tio Harry foi mais longe.Por quê? Perguntou Otto. quando podia estar no meio da rua a jogar basebol. Eu gostava das minhas lições.Vais dar cabo dos olhos. uma revista para crianças. Foi Natalie qu em instigou em mim o amor pela leitura. .Ele até tem mãos de músico. .O Sidney lê demasiado. Havi a uma competição de poesia numa revista chamada Wee Wisdom.

. Porque será que a revista Wee Wisdom me mandou um cheque de cinco dólares? Foi assim que o meu primeiro escrito profissional foi editado sob o nome Al Marc us. . mas Natalie comprou um pequeno piano espineta em segunda mão e fez questão que eu começasse a ter aulas de piano.Otto. Foi Natalie qu em instigou em mim o amor pela leitura. Eu gostava das minhas lições. mas Natalie comprou um pequeno piano espineta em segunda mão e fez questão que eu começasse a ter aulas de piano.Vais dar cabo dos olhos. substituiu o meu nome pelo do meu tio Al e mandou -o assim. De onde veio o dinheiro.Por que é que não és como o teu primo Seymour? E sse joga futebol com os rapazes. Vai acabar mal. Duas semanas mais tarde.Vais dar cabo dos olhos.Ele até tem mãos de músico. Otto ficava preocupado porque eu gostava de ficar sentado em casa a ler os livros que trazia da biblioteca. . Respondeu. . . mas acabaram pouco tempo depoi s. Um dia a minha mãe entrou a correr no apartamento. como não se queria sentir embaraçado quando a r evista rejeitasse o meu poema. – Insistia . Otto foi almoçar com Al.Depois verás. quando nos mudamos para Detroit. Otto gabava-se orgulhosamente de nunca ter lido um livro na vida. passou-se uma coisa muito esquisita.Depois verás. Havi a uma competição de poesia numa revista chamada Wee Wisdom. tornei as coisas piores. . quando podia estar no meio da rua a jogar basebol. Otto gabava-se orgulhosamente de nunca ter lido um livro na vida. Foi Natalie qu em instigou em mim o amor pela leitura. quando podia estar no meio da rua a jogar basebol. pois comecei a escrever.Por quê? Perguntou Otto. .orrer. Respondeu. .Ele até tem mãos de músico. Abraçou-me e excl amou: De onde veio o dinheiro. não faço idéia. Otto ficava preocupado porque eu gostava de ficar sentado em casa a ler os livros que trazia da biblioteca. quando nos mudamos para Detroit. não faço idéia. mas acabaram pouco tempo depoi s.Por que é que não és como o teu primo Seymour? E sse joga futebol com os rapazes. .O Sidney lê demasiado. Uma vez ouvi-o dizer ao meu pai: .Por quê? Perguntou Otto. O fato de escrever poesia deixava-o muito nervoso. Eu gostava das minhas lições. uma revista para crianças. Mais tarde soube que. O fato de eu escrever deixava Otto nervoso. O meu tio Harry foi mais longe. Quando eu tinha dez anos. – Insistia . . quase sem fôlego.

Um dia a minha mãe entrou a correr no apartamento. mas acabaram pouco tempo depoi s. Otto gabava-se orgulhosamente de nunca ter lido um livro na vida. mas Natalie comprou um pequeno piano espineta em segunda mão e fez questão que eu começasse a ter aulas de piano. substituiu o meu nome pelo do meu tio Al e mandou -o assim. Otto foi almoçar com Al. Otto foi almoçar com Al. Quando eu tinha dez anos.Ele até tem mãos de músico. Abraçou-me e excl amou: De onde veio o dinheiro. não faço idéia.Otto. Porque será que a revista Wee Wisdom me mandou um cheque de cinco dólares? Foi assim que o meu primeiro escrito profissional foi editado sob o nome Al Marc us. . Vai acabar mal.Vais dar cabo dos olhos. passou-se uma coisa muito esquisita.Escrevi um poema e pedi a Otto que o enviasse para a revista para eu poder conc orrer. . como não se queria sentir embaraçado quando a r evista rejeitasse o meu poema. O meu tio Harry foi mais longe. O fato de eu escrever deixava Otto nervoso. uma revista para crianças. quase sem fôlego. Respondeu.Otto. Escrevi um poema e pedi a Otto que o enviasse para a revista para eu poder conc orrer. O fato de escrever poesia deixava-o muito nervoso. Mais tarde soube que. Eu gostava das minhas lições. O fato de eu escrever deixava Otto nervoso. Duas semanas mais tarde. passou-se uma coisa muito esquisita. Duas semanas mais tarde. Otto ficava preocupado porque eu gostava de ficar sentado em casa a ler os livros que trazia da biblioteca. Um dia a minha mãe entrou a correr no apartamento. O fato de escrever poesia deixava-o muito nervoso.Por que é que não és como o teu primo Seymour? E sse joga futebol com os rapazes. pois comecei a escrever. como não se queria sentir embaraçado quando a r evista rejeitasse o meu poema. – Insistia .Por quê? Perguntou Otto. Uma vez ouvi-o dizer ao meu pai: . . . quando podia estar no meio da rua a jogar basebol. Abraçou-me e excl . tornei as coisas piores. Mais tarde soube que. substituiu o meu nome pelo do meu tio Al e mandou -o assim. quase sem fôlego.O Sidney lê demasiado. Havi a uma competição de poesia numa revista chamada Wee Wisdom. .Depois verás. Foi Natalie qu em instigou em mim o amor pela leitura. Porque será que a revista Wee Wisdom me mandou um cheque de cinco dólares? Foi assim que o meu primeiro escrito profissional foi editado sob o nome Al Marc us. . quando nos mudamos para Detroit.

como não se queria sentir embaraçado quando a r evista rejeitasse o meu poema. A atmosfera endinheirada das vidas deles era bem diferent e da nossa miserável existência em Chicago. Quando eu tinha dez anos. Duas semanas mais tarde. Harry e Pauline tinham desencantado uma luxuosa mansão de dois pisos numa elegante zona da cidade. As traseiras da casa davam para uma enorme zona verde chamada C heeseman Park. . Os meus primos. Um dia a minha mãe entrou a correr no apartamento. Seymour guiava um Pwrce Arrow vermelho vivo e namorava raparigas bem mais velhas do que ele. Howard ganhava campe onatos juvenis de tênis.Não. Seymour. com brisas frescas que vinham das encostas das montanhas de cumes cheios de neve e varriam e atrav essavam a cidade. . substituiu o meu nome pelo do meu tio Al e mandou -o assim.Nada famosa.amou: O meu tio Harry foi mais longe. . Escrevi um poema e pedi a Otto que o enviasse para a revista para eu poder conc orrer. ficaram felizes p or nos ver e o sentimento foi mútuo. Uma vez ouvi-o dizer ao meu pai: . Otto foi almoçar com Al. Eu adorava lá estar.O Sidney lê demasiado. Howard. O fato de eu escrever deixava Otto nervoso. uma revista para crianças. . Abraçou-me e excl amou: . Quero que venhas trabalhar comigo. Vai acabar mal. Tenho uma grande companhia de corretagem a funcionar. Eddie e Steve.Otto.Não te preocupes.Então? Como vai a mina de prata? Perguntou. tornei as coisas piores. Denver revelou-se uma maravilha. Eddie recebera pelos anos um cavalo de montar. passou-se uma coisa muito esquisita. Era antiquada e maravilhosa. Respondeu Otto. Eu estou em Denver.Nós vamos viver com Harry e Pauline? Perguntei. quase sem fôlego. pois comecei a escrever. Mais tarde soube que. Havi a uma competição de poesia numa revista chamada Wee Wisdom. O fato de escrever poesia deixava-o muito nervoso. Porque será que a revista Wee Wisdom me mandou um cheque de cinco dólares? Foi assim que o meu primeiro escrito profissional foi editado sob o nome Al Marc us. . .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful