You are on page 1of 0

SEGUNDA FASE OAB 2010.

2
DIREITO PENAL - AULA 12
Material de apoio disponvel na rea do Aluno LFG www.lfg.com.br/areadoaluno
SEGUNDA FASE OAB 2010.2

DIREITO PENAL

AULA 12
1. Peas:

EXCELENTSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR RELATOR DO ACRDO N. ______ DA ___
CMARA CRIMINAL DO EGRGIO TRIBUNAL DE JUSTIA DO ESTADO DE _____



Jos, qualificado nos autos do recurso de apelao n. _____, por seu Advogado, vem,
respeitosamente, perante Vossa Excelncia, opor Embargos de Nulidade, com fundamento no art.
609, pargrafo nico, do Cdigo de Processo Penal.
Requer seja recebido e processado o presente recurso, com as inclusas razes.
Termos em que
pede deferimento.

Local, data.
Advogado


RAZES DE EMBARGOS DE NULIDADE
EMBARGANTE: JOS
EMBARGADO: MINISTRIO PBLICO
AUTOS N. ______


EGRGIO TRIBUNAL DE JUSTIA
COLENDA CMARA
DOUTO PROCURADOR DE JUSTIA

I Dos Fatos

II Do Direito

Nulidade art. 564, III, a, terceira figura (representao do ofendido)
CP, art. 225, caput

III Do Pedido

Ante o exposto, requer seja conhecido e provido para que se acolha o voto vencido,
anulando-se o processo ab initio, com a consequente expedio de alvar de soltura.

Local, data.
Advogado.

EXCELENTSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ... VARA CRIMINAL DA COMARCA DE ...



SEGUNDA FASE OAB 2010.2
DIREITO PENAL - AULA 12
Material de apoio disponvel na rea do Aluno LFG www.lfg.com.br/areadoaluno
Joo, qualificado nos autos da ao penal n..., por seu Advogado, vem respeitosamente,
perante Vossa Excelncia, opor Embargos de Declarao, com fundamento no art. 382 do Cdigo de
Processo Penal.

I Dos Fatos

II Do Direito

Contradio entre a fundamentao e o dispositivo.

III Do Pedido

Ante o exposto, requer seja conhecido e provido para que seja declarada a sentena
embargada, sanando-se a contradio apontada e, por conseguinte, aplicando-se a pena mnima
cominada para a forma privilegiada do furto.