You are on page 1of 6

INTRODUÇÃO À QUÍMICA AMBIENTAL JÚLIO CÉSAR ROCHA ANDRÉ HENRIQUE ROSA ARNALDO ALVES CARDOSO 154 páginas Editora

Bookman, Porto Alegre, 2004 PREFÁCIO Este livro foi escrito com objetivo de tentar suprir a falta de material didático e científico sobre Química Ambiental escrito em Português e também é destinado principalmente aos estudantes de cursos de graduação, os quais têm em suas grades curriculares disciplinas relacionadas com ciências ambientais. Neste contexto, discutem-se os impactos ambientais e tratam-se os diversos e importantes temas dando especial ênfase ao preceito do uso sustentável, ou seja, deve-se considerar também o bem estar das futuras gerações. Embora por motivos didáticos os assuntos abordados foram escritos em Capítulos, os temas não estão compartimentalizados e são sempre tratados de forma holística. Ou seja, no livro como um todo, as ocorrências ambientais são sempre interpretadas considerando-se os importantes fluxos de matéria e energia entre os três grandes reservatórios reguladores hidrosfera, atmosfera e litosfera. No Capítulo 1 sobre amostragens de materiais líquidos, sólidos e constituintes atmosféricos, são apresentadas e discutidas técnicas de amostragens e problemas inerentes a elas. Algumas técnicas e equipamentos descritos foram desenvolvidos pelos próprios autores trabalhando em projetos de pesquisas no Brasil e no exterior. Procurou-se mostrar ao estudante e/ou ao profissional de ciências ambientais que a amostragem de materiais, principalmente para fins de estudos e interpretações do ponto de vista ambiental, está intimamente relacionada com a representatividade do universo amostral, o objetivo com que os dados gerados serão utilizados, a logística disponível e o custo final

Neste contexto. principalmente para estudantes em nível de graduação e pós-graduação. São citados vários dados históricos sobre impactos em recursos hídricos e a busca do conhecimento humano para solucionar graves problemas de epidemias causadas por transmissão de doenças por via hídrica. estrutura e composição. O Capítulo 3 enfoca o compartimento atmosfera. São citados e discutidos parâmetros indicadores da qualidade da água e faz-se uma descrição detalhada de metodologias para determinação desses parâmetros. formação. para correlacionar a teoria com a prática e também melhor informar estudantes e profissionais da área. os ciclos do nitrogênio. perfil e técnicas de manejo de solos. sua origem. O Capítulo 5 traz um assunto que embora antigo quanto ciência é muito recente e atual quanto ao estado da arte do conhecimento sobre sua importância do ponto de vista ambiental. queima de biomassa e as inter relações entre eles são tratados de forma global. transporte e disponibilidade de espécies no ambiente. temas relevantes como fixação de nitrogênio no solo. impactação e seqüestro de carbono são apresentados no Capítulo 4. enxofre carbono e oxigênio são apresentados e discutidos caracterizando a dinâmica de fluxos entre os três compartimentos. Devido às características da água em atuar na dissolução. é feita uma substancial discussão sobre fontes e rotas de transporte de contaminantes químicos até o aporte nos recursos hídricos. O Capítulo 2 apresenta um breve histórico sobre o saneamento básico desde a antiguidade até a situação atual. Para melhor entendimento dos fenômenos ambientais é de fundamental importância sempre raciocinar como o conceito dos ciclos biogeoquímicos. inversão térmica. Trata-se das . efeito estufa.do processo. exemplos de cálculos quantitativos são demonstrados e alguns exercícios simulando situações reais são propostos. Logo. Neste caso. Temas relevantes relacionados com o reservatório litosfera tais como classificação.

seu conteúdo programático deve ser dinâmico e sempre ministrado à luz de novos desenvolvimentos. acúmulo e disponibilidade dessas espécies em solos e sistemas aquáticos. ou seja. esperam que este livro auxilie aos jovens ingressantes na carreira acadêmica a despertarem interesse científico para as ciências ambientais. a Disciplina Química Ambiental é relativamente recente nas grades curriculares dos cursos de graduação. nos adequados fóruns da Divisão de Química Ambiental (AB) da Sociedade Brasileira de Química – SBQ (Julio Rocha e Arnaldo Cardoso foram Diretores da AB e André Rosa é colaborador atuante). principalmente interpretando fenômenos considerando-se os importantes fluxos de matéria e energia entre os três grandes reservatórios reguladores hidrosfera. trocas. a matéria orgânica natural. ministrando a disciplina de Química Ambiental e nas discussões sobre diferentes metodologias didáticas de como apresentar os temas ambientais. apresentadas metodologias de extração e principalmente estudos de interações de SH com espécies metálicas os quais foram recentemente desenvolvidos pelos autores no Brasil e no exterior. como a busca do aperfeiçoamento é parte . atmosfera e litosfera.substâncias húmicas (SH) de solos e aquáticas. Entretanto. Logo. Estudos de especiação de SH com espécies metálicas / pesticidas auxiliam a interpretar fenômenos de transporte. para a humanidade ou seus bens materiais e/ou patrimônios culturais. procurando evitar ou minimizar impactos ambientais os quais tenham conseqüências negativas para a natureza. São dadas classificações. Logo. O Capítulo 6 resume aspectos legais e institucionais sobre instituições governamentais e leis as quais têm sido aprovadas e aprimoradas para regulamentar muitas das atividades humanas. Os autores escreveram este livro com base na experiência profissional adquirida orientando diversos alunos de graduação e de pósgraduação no desenvolvimento de projetos científicos relacionados com ciências ambientais.

na experiência acumulada como professores e cientistas. com base.da investigação científica. mas também com projeção internacional reconhecida. IQ-UFBa APRESENTAÇÃO A comunidade científica brasileira atuando no campo da Química Ambiental assume nos dias atuais um importante papel não apenas no cenário nacional. de Andrade Prof Titular. escrito em Língua Pátria. de forma didática. Este livro contribui para suprir a falta de material didático qualificado. Claro que parte . toda crítica no sentido de melhorar este trabalho será bem aceita pelos autores. este livro contribuirá significativamente na formação de profissionais da área de Ciências Ambientais e afins. Esta posição vem se consolidando nas últimas duas décadas com o amadurecimento das pesquisas que buscam elucidar os processos químicos que ocorrem nos reservatórios do nosso planeta. cresceu significativamente a percepção do ser humano sobre a necessidade de preservar o ambiente. Os Autores abordam. Certamente. hidrosfera e litosfera. pela qualidade das informações e abordagem didática. Julio Cesar Rocha André Henrique Rosa Arnaldo Alves Cardoso TEXTO DA CONTRA CAPA Nos últimos trinta anos. para estudantes de graduação em Química e áreas correlatas. aspectos químicos envolvidos nos fluxos de matéria e energia na atmosfera. como eles são influenciados pelas atividades humanas e quais são as suas conseqüências. quais as interações complexas entre esses sistemas. especialmente. a Química Ambiental é uma das áreas da ciência que mais se desenvolveu procurando entender a composição e o comportamento do solo. Jailson B. da água e do ar. Nesse período.

de modo informal e enriquecedor. O livro adota a abordagem de reservatórios (ou compartimentos).deste amadurecimento se deu frente à melhoria na formação acadêmica dos nosso alunos. sempre analisando suas implicações na qualidade das águas. que é a parte dedicada à química da atmosfera. abordagem esta que tem sido preferida pela grande maioria de livros voltados para a Química Ambiental. Aspectos fundamentais e conceitos básicos sobre a litosfera compõem o capítulo 4 do livro. para depois descrever. No Capítulo 3. a abordagem dada pelos autores permite uma visão sólida e abrangente dos processos que ocorrem neste reservatório.O leitor mais atento irá descobrir um livro cujo conteúdo se apresenta numa forma crescente em termos de formação científica. A parte dedicada à matéria orgânica (ácidos húmicos) foge à tônica usada nos capítulos anteriores. a proposta apresentada pelos colegas Julio Cesar Rocha. Nesta parte o leitor encontra uma série de exercícios básicos para testar seus conhecimentos. André Henrique Rosa e Arnaldo Alves Cardoso com o livro “Introdução à Química Ambiental” é meritória. especialmente com a introdução de disciplinas voltadas para química do meio ambiente. Muito embora a Química Ambiental seja hoje uma disciplina presente em quase todas as grades curriculares dos cursos de química do nosso país. o qual é apresentado de modo abrangente de forma a cobrir inúmeros e distintos tópicos de interesse dentro deste reservatório. temas importantes dos recursos hídricos e histórico do saneamento. bem como suas possíveis implicações na saúde do planeta. pois vem a preencher uma lacuna já há muito notada e sempre relembrada pela comunidade científica atuante nesta área. a qual é importantíssima dentro da Química Ambiental e raramente abordada em livros. A inclusão de uma série de exercícios é de muita ajuda para sedimentar os importantes conceitos abordados neste capítulo. Inicia com uma discussão da parte amostral. ainda sofremos com a falta crônica de material didático e de livros que possam servir como textos. sendo que aprofunda o assunto de modo a se apresentar . Frente a esta realidade. disponíveis em língua Portuguesa.

Introdução à Química Ambiental é um livro que certamente será usado na iniciação de alunos de diversos cursos de graduação (Química. e que também é raramente enfatizado nos livros (para a felicidade dos alunos que geralmente têm pouco interesse por este assunto). IQ-Unicamp Onde encontrar: Livrarias técnicas em geral .como uma literatura muito específica. Biologia. Geografia. Wilson F. Jardim Prof. etc. Finalmente. Física. e que tem como agente inovador algo meritório: o uso e abuso de exemplos baseados em experiências brasileiras.) aos temas nele abordados. o capítulo final aborda um outro ponto importante. a qual norteia grande parte das tomadas de decisões em termos de recuperação ambiental. rica e certamente de grande valia para aqueles que já têm experiência nesta área do conhecimento. Engenharia Ambiental. que é a parte legal. Titular.