CAMILLE FLAMMARION

Nasceu em Montígny-Le-Roy (Alto Marne), França, no dia 26 de fevereiro de 1842 a desencarnou em Juvissy, no mesmo país, no dia 4 de junho de 1925. Foi um dos mais destacados astrônomos do seu tempo. Convertendo-se ao Espiritismo, foi amigo pessoal a dedicado de Allan Kardec, tendo sido escolhido para proferir as derradeiras palavras à beira do túmulo do codificador, quando teve a oportunidade de chamá-lo de "o bom senso encarnado". Dizia Gabriel Delanne que ele era "um filósofo enxertado em sábio" a afirmava o grande historiador Michelet que ele se havia tornado o "poeta dos céus". Foi autor de muitas obras literárias, dentre as quais destacamos Pluralidade dos Mundos Habitados, escrito quando ele contava com menos de vinte anos, e A Morte e seus Mistérios. Flammarion foi um exemplo dignificante de trabalho, ação e devotamento a um ideal.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful