P. 1
Manual de Laboratório de Jornalismo na Internet

Manual de Laboratório de Jornalismo na Internet

5.0

|Views: 13,617|Likes:
Published by marcospalacios
Um Manual de Exercícios de Jornalismo na Internet produzido pelos Professores Marcos Palacios e Beatriz Ribas da Universidade Federal da Bahia (UFBA), 2007.
Um Manual de Exercícios de Jornalismo na Internet produzido pelos Professores Marcos Palacios e Beatriz Ribas da Universidade Federal da Bahia (UFBA), 2007.

More info:

Published by: marcospalacios on Aug 16, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/14/2015

pdf

text

original

c) elementos webjornalísticos que serão utilizados para a construção da repor-
tagem (hipertextuais, interativos, multimídia, de memória etc.). Fotografi-
as, vídeos, áudio e outros recursos deverão ser produzidos pelos repórteres;
d) indicação de fontes preliminares a serem ouvidas;
e) indicação de nome de pessoa a ser entrevistada (entrevista longa, estilo
“ping-pong “ – pergunta-resposta);
f) estrutura hipertextual preliminar (em formato de Diagramas de Níveis de
Informação, usando os modelos disponíveis em http://www.manualjol.com,
em Parte I, Exercício 13, indicando o conteúdo de cada “caixa” ou lexia).

Aprovada a pauta, vocês partirão para a composição da reportagem, que deve-
rá ser entregue em prazo estipulado pelo coordenador do Laboratório.
Mesmo com as limitações inerentes aos sites criados em provedores gratuitos,
procurem utilizar ao máximo os recursos disponíveis.

Manual de Jornalismo.pmd

5/11/2007, 10:46

34

Manual de Jornalismo •



35

Parte II
EXPLORANDO AS CARACTERÍSTICAS DO
JORNALISMO NA INTERNET

A Parte II deste Manual
Manual

Manual
Manual
Manual compila exercícios e estudos dirigidos que têm como
objetivo explorar características básicas do Jornalismo na Internet.
Coletiva e gradativamente, ao longo de mais de uma década de estudos sobre
o Jornalismo na Internet, os diversos autores que trataram do assunto construíram
um conjunto de características, que de certa forma sintetizam as especificidades da
prática jornalística nas redes digitais.
Com algumas variações de nomenclatura, essas características podem ser

elencadas como:

-Hipertextualidade
-Multimidialidade
-Interatividade
-Personalização de Conteúdo
-Memória
-Atualização Contínua.

Essas características refletem as potencialidades oferecidas pelo meio ao jorna-
lismo desenvolvido na Internet. Tais possibilidades abertas pelas Novas Tecnologias de
Comunicação (NTC) não se traduzem, necessariamente, em aspectos efetivamente
explorados pelos sites jornalísticos, quer por razões técnicas, econômicas, de conveni-
ência, adequação à natureza do produto oferecido ou ainda por questões de aceitação do
mercado consumidor. Estamos a falar, portanto, de recursos potenciais que são utiliza-
dos, em maior ou menor escala, e de forma diferenciada, nos sites jornalísticos da web.
As características do Jornalismo na Internet aparecem, majoritariamente, como
continuidades e potencializações e não, necessariamente, como rupturas com relação
ao jornalismo praticado em suportes anteriores. É possível argumentar-se que as
características elencadas como constituintes do Jornalismo na Internet podem, de
uma forma ou de outra, ser encontradas em suportes jornalísticos anteriores, como o
impresso, o rádio, a TV, o CD-Rom. O que é, por exemplo, uma “Carta do Leitor”,
senão uma forma rudimentar de interatividade?

Manual de Jornalismo.pmd

5/11/2007, 10:46

35

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->