P. 1
Manual Iventea Ex3 v02

Manual Iventea Ex3 v02

|Views: 0|Likes:
Published by plisd
Iventea
Iventea

More info:

Categories:Types
Published by: plisd on Nov 28, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/28/2013

pdf

text

original

!

"#$%#&

!$(%&)&*+, -# "#$%!)&*+, # #(%.-,( &#/0)!1,(




#23#/!4$1!& 5 6 -#%#/7!$&*+, -# 1&.-&) -# &/
&%/&"8( -# "9/!,( 7#-!-,/#(







Malo de 2012
Instalação de
Ventilação e Estudos
Aerólicos


LAVAC_MIVENTEA_EX3_v02
1



Regras de utilização do equipamento

1. Antes de iniciar qualquer trabalho no laboratório, deve ler o manual fornecido para cada
equipamento.
2. Não deverá realizar a experiência sozinho.
3. Antes de iniciar o funcionamento da instalação deverá tomar conhecimento do modo de
paragem em caso de emergência .
4. Antes de executar as medições experimentais, deve saber exactamente quais os resultados
experimentais que lhe interessam obter e seguidamente realizar as experiências.
5. Deverá ser cuidadoso(a) quando utiliza a IVENTEA – Instalação de Ventilação e Estudos
Aerólicos.
6. Utilize os equipamentos portáteis de medição, única e exclusivamente, para o fim a que se
destinam.
7. Não exceda as condições máximas de operação do ventilador centrífugo. Deve utilizar
frequências na faixa de valores entre 30 e 50 Hz.
8. Se verificar algo de anormal na utilização do ventilador centrífugo, não hesite em comunicar ao
supervisor do laboratório.
9. Certifique-se que desligou o ventilador centrífugo quando concluíu o ensaio experimental.









Instalação de
Ventilação e Estudos
Aerólicos


LAVAC_MIVENTEA_EX3_v02
2
1. Introdução à IVENTEA
A lnsLalação de venLllação e LsLudos Aeróllcos fol consLrulda no laboraLórlo AvAC, Lendo como prlnclpals
veLores orlenLadores, a reallzação de ensalos de venLlladores cenLrlfugos, o esLudo de escoamenLos
exLernos de ar em modelos a escala, e a deLermlnação do caudal de ar aLraves da vla experlmenLal.

2. Objetivos da Experiência

2.1. Determinação do caudal mássico de ar na secção de saída da conduta quadrada
através da utilização do medidor da KIMO cone K75 e anemómetro de fio quente.
2.2. Determinação expedita do caudal volúmico de ar na secção de saída da conduta
quadrada da IVENTEA, obtido através da utilização dos medidores: hélice; tubo de
Pitot; conjunto do cone K75 e anemómetro de fio quente.
2.3. Determinação do perfil de velocidades na secção de saída da conduta quadrada da
IVENTEA, através da medição da pressão efetuada pelo tubo de Pitot e cálculo do
caudal volúmico.
2.4. Verificação da equação da conservação da massa em regime estacionário na
IVENTEA.
3. Descrição da IVENTEA

A lvLn1LA, lnsLalação de venLllação e LsLudos Aeróllcos e consLlLulda por um clrculLo aberLo de conduLas
de secções quadradas e recLangulares, unldas enLre sl aLraves de flanges, e vedadas aLraves de [unLas
flexlvels. LsLão lnsLalados dols venLlladores cenLrlfugos nesLe clrculLo de conduLas e esLão monLados
reglsLos de caudal de lâmlnas na enLrada e salda do clrculLo de ar. C ar e asplrado no Lroço de conduLas
lnferlor, passa aLraves dos dols venLlladores monLados em serle, e e exaurldo no Lroço superlor, numa
conduLa de secção recLangular com a forma de uma conLração.

Instalação de
Ventilação e Estudos
Aerólicos


LAVAC_MIVENTEA_EX3_v02
3
4. Lista de equipamento de medição

1. IVENTEA, LAVAC
2. Cone K75 e anemómetro fio quente, KIMO
3. Tubo de Pitot Estático tipo L, KIMO
4. Anemómetro de hélice de 100 mm, KIMO
5. Sonda de temperatura/humidade ambiente, KIMO SHRSP
6. Fita métrica
5. Procedimento Experimental

Þasso 1 - Llgar o venLllador cenLrlfugo e perceber como se varla a sua velocldade aLraves da regulação
vlsual da frequôncla de roLação.
Þasso 2 - Lscolher um ponLo de funclonamenLo para efeLuar os ensalos experlmenLals na falxa admlsslvel
de frequônclas de roLação do venLllador.
Þasso 3 - Medlr a LemperaLura do escoamenLo de ar, a monLanLe e a [usanLe do venLllador cenLrlfugo.
Þasso 4 - LsLudar o funclonamenLo do medldor da klMC (consulLar as flchas Lecnlcas das sondas), sonda de
flo quenLe + cone k33, LesLá-lo para frequônclas de roLação próxlmas da escolhlda para o ensalo, e
flnalmenLe, efeLuar a medlção do caudal de ar na secção de salda da conduLa quadrada.
Þasso 3 - LsLudar o funclonamenLo dos medldores da klMC, hellce de 100 mm e Lubo de ÞlLôL esLáLlco
(consulLar as flchas Lecnlcas das sondas), LesLá-los para frequônclas de roLação próxlmas da escolhlda para
o ensalo, e efeLuar a medlção do velocldade do ar na secção de salda da conduLa quadrada aLraves da
medla de um con[unLos de ponLos. Þara efeLuar cada medlção de velocldade, deverá ser efeLuada uma
grelha de ponLos de medlção de velocldade local, represenLaLlvos da velocldade medla na secção da
conduLa quadrada.
Þasso 6 - LsLudar o funclonamenLo do medldor da klMC, Lubo de ÞlLoL esLáLlco (consulLar as flchas Lecnlcas
das sondas), LesLá-lo para frequônclas de roLação próxlmas da escolhlda para o ensalo, e efeLuar a medlção
da pressão local do ar ao longo das dlrecções verLlcal e longlLudlnal da secção de salda da conduLa
quadrada. 1raçar o perfll de velocldades em papel mlllmeLrlco em ambas as dlrecções de medlção e
calcular o caudal volumlco. Þara efeLuar cada medlção da pressão local (Lransformar em velocldade local
aLraves da apllcação da equação de 8ernoulll), deverá ser deLermlnada e a[usLada, uma grelha de ponLos de
medlção de velocldade local, represenLaLlvos do perfll de velocldade na secção da conduLa quadrada.
Instalação de
Ventilação e Estudos
Aerólicos


LAVAC_MIVENTEA_EX3_v02
4
ueverá ser adqulrlda senslbllldade de medlção pelo aluno, no senLldo de consegulr aflnar a grelha de
medlção em função do grau de varlação da velocldade.
Þasso 7 - Apllcar a equação da conservação da massa para escoamenLo lmcompresslvel e esLaclonárlo,
efeLuando um balanço másslco num volume de conLrolo a deslgnar na lvLn1LA. lazer as medlções de
caudal nas respecLlvas fronLelras.
6. Bibliografia
CaplLulos 3 e 8 do llvro:
Mecânlca dos lluldos lundamenLos e Apllcações, 1a Ldlção ?unus A. Çengel and !ohn M. Clmbala CopyrlghL
2008, McCraw-Plll, lS8n: 9788386804388
CaplLulos 3 e 6 do llvro:
lluld Mechanlcs lrank M. WhlLe, 7Lh LdlLlon CopyrlghL 2011, McCraw-Plll, lS8n 9780071311212
ConsulLar as flchas Lecnlcas do aparelho mulLlfunções e respeLlvas sondas de medlção em anexo e para
modelos mals aLuallzados, consulLar o slLe :
www.klmo.fr



You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->