You are on page 1of 13

S!A"# "# $%# &$AN" "# S'( )$ * %!'$A M'N%C%)A( " CA)%+A$% "# S'( S C$ !A$%A "A SA," ASS%S!

-NC%A S#C%A(

Núcleo de Apoio à Atenção Básica -NAAB-

Capivari do Sul Março-2012. IDENTIFICAÇÃO:

1

67a8oo.1243 ou 1204 5 alinesessi. Endere*o da %ecretaria de %a(de e Assist)ncia %ocia : $ua MostardeiroD 14 .co.ail. Andr< .Nome do Projeto: -NAAB..1243 ou 1204 .1230.C$) 0=>1??0= 001.Núcleo de Apoio à Atenção Básica Responsáveis Técnicas pe o Projeto: Assistente Social Aline Sessi.eira +alAuBria de (i.1230.nataliaandrepsico6/.?0=2.1204 5 Ciria9ra/a6/. 1204 > 001.co.4410 .1230.co. *ra/a .co.C$ SS 0112 001.a Bra/a 001.s8irle7pintode@aria6/.1230. %ecretária &'nicipa de %a(de e Assist)ncia %ocia : Maria S8irle7 )into de *aria 001.. Diri!ente da "i!i #ncia Epidemio $!ica: n@er.ail.9r )sic:lo/a Natália Muni.9r ou asocialcapivaridosul67a8oo.co.Centro 2 .ail.

porta Aue os suIeitos Aue aB c8e/a.itindo o entrosa.O e conta co.unicBpio o acol8i.3?0 8a9itantesD se/undo dados do %B& E2010F.a de a. ao serviço.a @erra. da 3 .dispositivo este Aue reali.a população de aproMi. aB u. saúdeD per. neste serviçoD antes de tudoD u.ento constitui-se nu. acol8i.atricial às eAuipes responsáveis pelo desenvolvi. Mais do Aue u. APRE%ENTAÇÃO A saúde . do centro e Santa $osa as .ento da $S 040 E+ia. apoio .atricial <D portantoD u.a @or.pliar a o@erta de açLes e.entalD na l:/ica do Minist<rio da Saúde EMSFD te. stas di@erenças per.portKncia da or/ani.o dará suporte t<cnicoD por .unidadeD visando assi.a re@erJncia. Nosso MunicBpio locali.enta de trans@or.ento das pessoas Aue c8e/a.atricia.ente 1.ero da Capital do stadoD )orto Ale/re. !e.a no .a polBtica de resultados ou de GcuraHD i.ar/ens da estrada $S! 101 a = N.in8os para o proIeto terapJutico.+. CARACTERI/AÇÃO DO &0NIC1PIO E IDENTIFICAÇÃO DA% NECE%%IDADE% DE %A2DE E %A2DE &ENTA3 # proIeto será desenvolvido no .ares do Sul.ar/ens da estrada $S 040 distante a 11 C.ite.ento de açLes 9ásicas de saúde para a co..es da lin8a de cuidado inte/ral. do . os seus @unda.a-se no cru. cu. # apoio .e. Baseando-se na i.ação da saúde . enMer/ar ca.plantação do NAAB se @a.arco .ites IurisdicionaisD os MunicBpios de +ia.ãoD #s:rioD Balneário )in8al e o MunicBpio de )al. as diretri.prir co.ento e o trata. co.o li. ten8a.eio de u.a.BliaD o o9Ietivo da i.entos no S'SD na $ede de Atenção Básica.ento da di@erença pro@issional e pessoal de cada .açãoD não s: do processo de saúde e doençaD .ental na assistJncia 9ásica a partir da constituição de núcleos de atenção inte/ral na saúde do indivBduo e da @a.es. relevante visto Aue o .ada.as de toda a realidade dessas eAuipes e co. # . . u.ento nas suas sin/ularidades e encontre.9ro da eAuipeD o Aue possi9ilita vBnculos e ol8ares di@erentes so9re o suIeito doente.unidades.unicBpio de Capivari do Sul.unicBpio < constituBdo pela sua SedeD e distritos de $anc8o +el8o as .ão> praiasF e $S! 101 E#s:rio> !avaresFD cerca de 30 N. # . Sua área < de 403D0= N.

Nos últi.unicBpioD e. "estaca-se pela a/ricultura e pecuáriaD tendo co.ação possui co.ais @reAuentes sãoQ pro9le.enos de u.unicBpio por sua locali. As causas de internação .a 'nidade Sanitária e u.ens e .ação con/Jnita 5 cardiopatiasBndro. relação à estrutura de saúdeD possuB. Co.es se.-se da se/uinte @or. anos < . = ou .in8a. para outros lu/ares. Auarenta e u.D a indústria . ao .a strat</ia de Saúde da *a.ento e pecuária de peAueno e /rande porteD sendo estas suas principais atividades econP.ul8eres @oi in@arto a/udo do . 2003 @oi 32D?D e. anosD ocorrera. por u. .icas.a criança co.os população indB/ena e. #utro @ator eMistente são os casos de violJnciaD 4 .9<.á @or. 200? @oi 30D0 e e. poucas construçLes e.ortalidade .inadosD re@loresta. o 8ospital da cidade vi. nosso territ:rioD isto ta.inuição de co9ertura está relacionada às /estantes Aue c8e/a. .Blias de Capivari do Sul distri9ue.<dica e cirur/ia.ental Aue preocupa.as circulat:riosD pro9le.unicBpioD .aQ 1= R reside na Sona rural e 21R na área ur9anaD possue. 2010 @oi =2D3. A proporção de nascidos vivos co. # .ero.e de "oUn.ento adeAuado. Ca9e ressaltar Aue estes dois :9itos @ora. dois :9itos in@antisD p:s-neonataisD neste . "entre as AuestLes de saúde .000D ou seIaD . 2003 e 2010.o te.ais consultas de pr<-natal e. os /estores .pan8a.iocárdio.as respirat:rios e causas eMternas. ano e nascera.os u.ais @reAuente na 'BS sãoQ clBnica .uitas ve.adeireira de la.orreu u.unicipais estão o uso de su9stKncias psicoativasD e. relacionados a . de.unidades indB/enas itinerantesD isto <D @ica. Tuanto às causas de :9itosD as trJs .po e depois se/ue. te. . A principal causa de :9ito entre 8o. todas as idades. A .sede. pr<-natal ou co.aterna e.os de.oradia pr:pria de .a E41F crianças. sta di.o principal produção a cultura do arro. condiçLes precárias. convJnio co. # Coe@iciente de Mortalidade %n@antil no ano de 2003 @oi de 24D4>1. As @a.ero inadeAuado de consultas. Não 8á 8ospital pr:prioD eMiste u. di@iculta a captação precoce e o aco.adeira e alvenariaD contando co.BliaD co9rindo 100R da população local. nú.

Co.odelo de atençãoD Auali@icação da atenção e.ero si/ni@icativo de pessoas co.ados ta. na se.unicBpio . seMual. +ale ressaltar Aue os atendi.porta. O56ETI"O% E%PEC1FICO% Construção de u.aior articulação da $ede de Atenção à Saúde.ento especB@icoD e a 13V solicita va/a para setor de re/ulação da 2V C$S.adosD nosso .9<.ana.ediante enca.entos a/ressivos e depressivos.unicBpio ocorre por .es o paciente retorna para o nosso .uns para a9ordar as AuestLes de violJnciaD uso a9usivo de álcool e outras dro/asD entre outrasY 5 .es propostas para o NAABD propLe-se a reali.pliação do cuidado e.a ve.ente os de orde. 48+. as diretri.ento e. "ecorrentes de tais situaçLesD te.ental no .eira e psic:lo/a da 'BSD u.eio de açLes de responsa9ilidade co.unicBpio solicita va/a à 13VD .ado. A de@asa/e. co. o psiAuiatraD en@er.principal. nú.os u.ente o paciente < enca. Saúde Mental e .aioria das ve. de leitos < /randeD na .o não 8á recursos especiali. co.udanças nos processos de tra9al8o e no .a a/enda inte/radaY "iscussão de casos 5 supervisãoY Criação de estrat</ias co.in8ado para o Wospital )siAuiátrico São )edroD para avaliaçãoD e Auando 8á leitoD para internação.edicado para a/uardar possBvel leitoD o Aue rara.partil8adasD para su9sidiar . o auMBlio da psic:lo/a e de assistentes sociais do Centro de $e@erJncia de AssistJncia Social EC$ASFD visto Aue o C$AS está Iunto a Secretaria de Saúde. &eral.eio de consultas co.ento de docu. O56ETI"O 7ERA3 "e acordo co. saúde .in8a.entos psicol:/icos e sociais são reali.atricial na a. # atendi. Saúde MentalD Xlcool e #utras "ro/as por .ação do apoio .ente < disponi9ili. 4.

anais cada u.9<. CARACTERI/AÇÃO DO TERRIT:RIO DE AT0AÇÃO DO NAA5 A 'nidade Sanitária e a strat</ia de Saúde da *a.Blia < co.anais YSeis auMiliares de en@er.20 8oras se.Blia de Capivari do Sul @unciona.inistrativas 5 10 8oras se.anaisY '.anaisY '.a en@er.la9oração de proIeto terapJutico sin/ulari. pediatra .anaisY '. en@er.anaisY Tuatro .anaisY '.40 8oras se.posta por u.eiro 5 40 8oras se.FY Tuatro t<cnicas de en@er. psiAuiatra 5 20 8oras se.anaisY '.anaisY "ois cirur/iLes dentistas . a eAuipe de trJs clBnicos /erais 5 plantLes 12 8orasY '. no .a psic:lo/a 5 20 8oras se.<dico co.unitários de saúde 5 40 8oras se.anais Y '. # NAAB estará vinculado no SCN S à unidade 222121? cuIa ra.a/e.Blia < das 3Q00 às 12Q00 e das 11Q00 às 1=Q00D de se/unda a seMta-@eira.a auMiliar saúde 9ucal 5 40 8oras se.anaisY Seis a/entes co. 6 . . 5 40 8oras se.anenteY 9. A 'nidade Sanitária conta co. # 8orário de @unciona.es.otoristas 5 40 8oras se.o espaço @Bsico Q $ua MostardeiroD 14 . /inecolo/ista 5 20 8oras se.a nutricionista 5 10 8oras se.a são concursados co. .anaisY '.a @onoaudi:lo/a .a auMiliar de en@er.adoY ducação )er. eMceção dos trJs clBnicos plantonistas Aue são contratados.icroárea Edois deles nos distritos de Santa $osa e $anc8o +el8oF.ão social < Secretaria Municipal de Saúde e AssistJncia Social de Capivari do Sul. da S* 5 40 8oras se. A Auipe de Saúde da *a.ento da 'nidade Sanitária < das 0=800 às 1?800 e a Auipe de Saúde da *a. atuando na sua . Zunto a 'nidade está ta.Centro.anais Ecada u.a/e.anaisY "uas auMiliares de serviços /erais 5 10 8oras se.20 8oras se.a/e.anaisY '.eira da S* 5 40 8oras se.anaisY "uas auMiliares ad.unitário 5 40 8oras se.anaisY !odos os pro@issionais citados aci. situada a Secretaria Municipal de Saúde.anaisY '.20 8oras se.

a rede de saúde e intersetorial. educador @BsicoD u.anais para o NAABD con@or.<dio.posição da eAuipe NAAB. E ste ite.oQ  $euniLes de Auipe $eali.entos acerca da atuação e co..ação de a/enda de açLes de apoio e estrat</ias de articulação co. aneMo ao proIeto =.posta por dois pro@issionais de nBvel superiorD e u. PROCE%%O DE TRA5A3>O DO NAA5 # NAAB contará co.anais para pensar o processo de tra9al8oD or/ani..<dioD sendo u.a assistente social ou psic:lo/a e u. u. ainda está e.ação de reuniLes siste.  Apoio ao )rocesso de !ra9al8o da AB 7 .a s<rie de açLes para a potenciali.ental da AB tais co.a de contrataçãoF. saúde . e. t<cnico de nBvel .9<.áticas se. analiseD Iunta. trarão esclareci. %dentidades pro@issionais e currBculo se/ue. CO&PO%IÇÃO DA E<0IPE E FOR&A DE CONTRATAÇÃO A eAuipe será co.ação e Auali@icação do cuidado e. Cada pro@issional terá car/a 8orária de 208 se. pro@issional de nBvel . a secretaria de ad.e resolução n[ 401>11. stes encontros ta.inistraçãoD devido à @or.ente co.

/ruposD reuniLes e produção de . as eAuipes de AB Serão construBdas alternativas co.9ito re/ional.unicBpio no Centro de $e@erJncia de AssistJncia Social 5 C$AS do .áticas apresentadasD pretende-se o apoio as Auipes de AB Iunto à or/ani.ação dos processos de tra9al8oD por .ento e or/ani.anente.entos de discussLes co. eAuipe a partir da nossa de.pre dialo/adas co.ento e desenvolvi.eio de reuniLesD práticas de planeIa.anais serão @eitas e. "entre as açLes Aue pretende-se e@etivar estão consultorias t<cnicopeda/:/icasD atendi.unicBpio.  Apoio Matricial # apoio . 8 .ento de açLes de educação per.aterial in@or. K.oção da saúde e do cuidadoD por .eio da criação de .ativo. as eAuipes de AB. ocorrerá o incentivo da participação e.a re/ra /eralD coletivas.ado pela eAuipe do NAAB.9<. # local ta.oção da saúde no territ:rio co.ação das atividades se.anente e para /uardar todo o .ação das açLes de educação per. co.adas de apoio Aue intera/e.  AçLes de pro.áticas de planeIa.anda e necessidade do . E%TR0T0RA. servirá para a reali. ser se.entos conIuntosD açLes assistenciais especB@icasD Aue deve. ?. !a.atricial < u.!odo o nosso processo de tra9al8o será planeIado e.unicBpio. A partir da veri@icação das pro9le. espaço @Bsico do Centro de $e@erJncia de AssistJncia Social 5 C$AS do .9<.E<0IPA&ENTO% E &ATERIAI% As reuniLes siste.o.o u.aterial utili. vistas à pro. a eAuipe de re@erJncia eD co.a proposta Aue se constitui de eAuipes especiali.partil8adas co. espaços de discussLes e.

adasD esti.entos a sere. prateleirasD di.anutenção preventiva e corretiva dos eAuipa. Asse. indivBduo crBticoD co. (eitura de !eMtosQ +isando tra9al8ar as necessidades o9servadas e.ensLes ?00 M 400 M 200D de .ulando u.9leiaQ reunião reali. @.unicipalD e.ais pro9le. co.presas autori.ental. saúde .ento do pro/ra. ar. )or conseAuJnciaD pro/ra.ental. co.ateriais lúdicosD terapJuticos e operacionais.inistração .partil8a.ento das in@or. adAuiridos será reali.enteD co.ento 8u.ulando ao co.ento de Wa9ilidades Sociais .entalD 9e.ateriais de eMpediente e .anente para a.over saúde .áticasD /arantindo Aue as eAuipes de atenção serão supridas dentro das te.ada se.ativasD .ateriais 9i9lio/rá@icos EteMtosD arti/osD estudosF para a9ordar e tra9al8ar as dúvidas.o @ator de proteção no curso do desenvolvi.ente.aterial para a produção de cartil8as in@or.o estrat</ia de educação per. !reina.aD esti. conIunto.entosD 8á a necessidade de u.ados .açLes e apoio para as propostas de intervençLes.Wa9ilidades sociais são recon8ecidas co.andas dele pr:prioD serão utili.pliar a visão da eAuipe do NAAB e da eAuipe de saúde no cuidado e.ação de cursos para capacitação per.anal.ada pela ad. )odendo-se de@inir .ano. A .Tuanto à aAuisição de .áticas identi@icadas posterior.ino de /arantia.adasD se necessárioD ap:s o t<r.anenteD prevJ-se a reali. saúde .ento de 8a9ilidades sociais tJ.as de treina.árioQ duas portasD co. opinião.o a previsão de identi@icação de de. #u seIaD a partir de de.etas de tra9al8o e. sido desenvolvidos para pro. e. P3ANO DE ED0CAÇÃO PER&ANENTE Co.o o9Ietivo discutir assuntos pertinentes ao @unciona.andas da eAuipe de saúde identi@icadas pelo NAAB e>ou de. 9 . "iscussão de casosQ Coordenado pela eAuipe do NAABD o /rupo a9orda a rotina das atividades reali.ateriais e eAuipa. a eAuipe do NAAB e eAuipe de saúdeD Aue te.

de cursos e encontros na área da saúde .adas t<cnicas Aue @avorece.ação e senso crBtico das eAuipes de Atenção BásicaD divul/ando .ado para o pa/a.over in@or.icoQ co.unicBpio aderiu ao )MAT.preendido pelo /rupo. !e.unidadeD al<.eio de eMperiJncias pessoais Aue são co.icas de /rupo são utili.000D00 para inBcio das atividades e posterior. dissoD . # valor do custeio será utili. A.a 8oraD < coordenado pela psic:lo/a e conta co. Profissionais da Equipe do NAAB )ro@issional )sic:lo/o ducador *Bsico NBvel M<dio Salário 9ase 2. dissoD são utili.000D00 de @undo a @undoD visto Aue o .&rupo )sicodinK.110D12 =40D33 Material de Consumo NAAB/2012 I Nome e especiBica*Co do materia <' Car/a Worária 20 8oras 20 8oras 20 8oras 10 .entos e re@leMLes e a i. estarD co.ant<.adas para @avorecer a inte/ração dos cole/as. o contato e a crBtica das atualidadesD reali. .partil8adas e Aue /an8a.undoD eventos. a adesão < de $] 10. por o9Ietivo pro.eio do Aue < @alado e co. P3ANO DE AP3ICAÇÃO DE REC0R%O% FINANCEIRO% # valor a ser rece9ido co.ento dos trJs pro@issionaisD .aterial de eMpedienteD e capacitaçLes>cursos para a eAuipe de Atenção Básica. Zornal do NAABQ \ ela9orado co.enteD parcelas . si/ni@icado por .estral.portKncia da AB. duração de u. Al<.ado tri. a participação de outros pro@issionais da saúde. Al<.at<rias vinculadas à saúdeD Aualidade de vidaD 9e.ental a @i.031D=4 1. de provocar Auestiona. As dinK. a inte/ração dos participantes por .ensais no valor de 3.at<rias Aue descreve. as atividadesD notBcias do .ente.

po p>/ra.ponta .es )erceveIo EcM c>100 unF-preto ?0=00 )ra7on )asta c>elástico polip.l 01? AcrileM )# !inta /uac8e 000 .M2?=.ensLes ?00 M 400 M 200 &ra.arelas 2 unidades a. 200@ls Brie@ Case cin.ponta .ul 24 unidades da cor ver.tem 0 1 0 2 0 1 0 4 0 0 0 2 0 = 0 3 0 ? 1 0 1 1 1 2 1 1 1 4 1 0 1 2 1 = Ar.peia at< 12 @ol8as =0 />.a se.<dio dourado EcM c>100unF C8aparrau )! 2 C Caneta Bic. 21D0M10D0 transp. prateleirasD di. espiral (ápis plástico Bic > n^ 2 Elápis de escreverF Clipe Iu.el8a 24 unidades da cor preta 0 caiMas ?2 unidades 2 unidades 00 unidades 3 caiMin8as 2 unidades 2 unidades 9rancas 2 unidades a.O !inta /uac8e 000 .peador C213 5 /ra.l 01? AcrileM )# !inta /uac8e 000 . a02 )lascon7 )! (ivro ata s>.peador 22>2 rapid Microservice C_ 0000 'M *ol8a de o@icio .ponta .O &ra.el8as 20 unidades 10 caiMin8as 1 unidades 1 uni dade 11 .)apel alcalino 5 A45210.uis 2 unidades ver.árioQ duas portasD co. 5 =0/>.l 01? AcrileM )# !inta /uac8e 000 .<dia Caneta Bic.9o .ar/e.<dia Caneta Bic..<dia ant8 12 unidades da cor a.l 01? AcrileM )# )er@urador de papel 02 @uros p>20 @ls pt>pr ?=10 &en..

*ra/a Assistente Social $esponsável t<cnica do )roIeto Natália Muni.+D8 RE%PON%E"EI% PE3O PRO6ETO: $esponsável t<cnica do )roIeto Aline Sessi. Andr< )sic:lo/a 12 .

a Bra/a n@er."iri/ente da +i/ilKncia pide.eira Maria S8irle7 )into de *aria Secretária Municipal de Saúde &lac7 "elis da Conceição #s:rio )re@eita de Capivari do Sul 13 .iol:/ica +alAuBria de (i.

Related Interests