You are on page 1of 159

Educaç ão sobre a AIDS

para a Juventude

J oe Babendreier

Tradução
Ketty A. de Rezende

Diagramação
Pedro J. de Rezende

Revisão
Revisão
Dra. Mannoun Chimelli
PREFÁCIO
Este livro, que trata da beleza da sexualidade humana e a expõe dentro do projeto de
Deus para nós, é redigido de forma muito acessível aos jovens e é escrito com a clareza
que acompanha a verdade – que é sempre simples, atraente, convincente e, acima de
tudo, faz sentido. Ele traz exatamente aquilo que nossos jovens buscam: dar verdadeiro
sentido às suas vidas.
A motivação por traduzir este livro nasceu da maravilhosa experiência de lê-lo com meus
próprios filhos. A sua leitura proporcionou oportunidades diversas de discussões
enriquecedoras sobre a dignidade humana e a natureza da sexualidade dentro de um
projeto de vida que leva a felicidade por se viver a castidade. Os capítulos que tratam
da importância do conhecer-se, de aprender a fazer amizades e do comprometer-se
com nossas convicções são escritos de forma cativante. Somente após viver bem essas
etapas, é possível preparar-se para a fase do namoro maduro que por sua vez poderá
preparar para um matrimônio sólido. Por outro lado, o livro proporciona oportunidades de
reflexão sobre o grande problema que aflige povos mundialmente, o aparecimento de
doenças sexualmente transmissíveis, em particular a AIDS e seu alastramento. É
apresentada a causa primordial de sua difusão, desmascarando a desinformação e os
enganos muitas vezes anunciadas aos nossos jovens.

2 Educação sobre a Aids
Espero que muitos outros pais, reconhecendo-se como os primeiros e principais
educadores de seus filhos, compartilhem semelhante experiência. E que este livro seja,
para nossos jovens, dentre muitas decisões em suas vidas, uma de comprometer-se com
a verdade.
AGRADECIMENTOS
Agradeço a Dra. Mannoun Chimelli que é uma constante inspiração para todos nós, pais
e educadores. Sua vasta experiência como médica de adolescentes a convenceu que o
jovem busca por ideais nobres e que, uma vez que os encontra, compromete-se com
eles. Agradeço também a todos os jovens que me ajudaram nas várias revisões da
tradução deste livro.

Ketty A. de Rezende, tradutora

3
Educação sobre a AIDS
CONTEÚDO para a Juventude
PARTE 1
E N T E N D E N D O O S E X O

PARTE 2
P R E P A R A N D O P A R A
O M A T R I M Ô N I O

4 Educação sobre a Aids
CAPÍTULOS
P A R T E 1 .............................................. 6 P A R T E 2 .........................................96
1. FATOS BÁSICOS SOBRE A AIDS .......... 7 20. AMIZADES ...................................... 97
2. AS RAÍZES DA EPIDEMIA ...................... 9 21. APAIXONAR-SE ............................ 102
3. ESTÁGIOS DO HIV .............................. 14 22. VÍNCULOS .................................... 113
4. MUDANDO COMPORTAMENTOS .... 18 23. VÍNCULOS SEXUAIS...................... 124
5. MUDANÇAS FÍSICAS.......................... 21 24. NAMORO ..................................... 135
6. ENCONTRANDO A VERDADE........... 25
25. MATRIMÔNIO .............................. 150
7. LUZ E TREVAS ...................................... 30
8. ÍDOLOS FALSOS ................................. 33
9. AIDS E OUTRAS DSTS .......................... 37
10. TEMOR E SABEDORIA ........................ 43
11. A DIGNIDADE DA MULHER ............... 48
12. A LUTA ................................................ 53
13. BEIJOS ................................................. 56
14. DESORDENS SEXUAIS ......................... 61
15. PERDÃO.............................................. 66
16. COMO DIZER NÃO ............................ 72
17. AUTOCONTROLE ............................... 76
18. GRAVIDEZ DE ADOLESCENTES ......... 80
19. CONSEQÜÊNCIAS SOCIAIS.......... 85

5
PARTE 1
E N T E N D E N D O O S E X O
Este livro foi escrito para jovens que querem saber mais sobre sua sexualidade e a
razão pela qual Deus lhes criou como seres sexuais. Como todos estão familiarizados
com a crise da AIDS, este livro começa revendo alguns fatos médicos básicos sobre a
AIDS. O foco do livro, porém, vai muito além da crise atual.
A questão não é simplesmente como lidar com um problema grave. A questão
crucial é como entender um mistério chamado sexo. A AIDS é um desastre gigantesco
porque se tornou, praticamente da noite para o dia, a doença mais fatal em alguns
dos centros populacionais maiores do mundo. A sexualidade humana é um dos mais
lindos aspectos de nossa existência e um dos mais profundos mistérios da natureza
humana. Quanto melhor entendemos este mistério – nunca o entenderemos
completamente – melhor lidaremos com a crise da AIDS e outras crises similares que
nos ameaçam.

6 Educação sobre a Aids
C A P Í T U L O 1 – F A T O S
B Á S I C O S S O B R E A A I D S
FATO
Milhões de homens e mulheres no mundo inteiro foram contaminados com um vírus
que os matará. Este vírus está se espalhando rapidamente, especialmente na África e
na Ásia.
FATO
O nome deste vírus mortal é HIV - Vírus da Imunodeficiência Humana.
FATO
Uma vez que o vírus entra em seu corpo, não há nenhuma forma de eliminá-lo. Este
vírus multiplica-se bilhões de vezes. Ataca seu sistema imunitário e o destrói
completamente.
FATO
O vírus HIV causa uma doença mortal chamada AIDS - Síndrome da ImunoDeficiência
Adquirida - SIDA ou AIDS.

7
FATO
Qualquer pessoa que pegue AIDS morre. Alguns morrem dentro de alguns meses.
Outros dentro de alguns anos. Todos morrem. Não há cura. Não há como escapar.
FATO
AIDS é uma doença sexualmente transmissível (DST). Em outras palavras, o vírus que
causa a AIDS passa de uma pessoa para a outra enquanto fazem sexo. Sexo antes do
matrimônio e sexo fora do matrimônio são as principais razões pelas quais pessoas
pegam AIDS.
FATO
O sexo é sagrado. O sexo pertence a Deus. Deus fez o sexo para o matrimônio e não
para o entretenimento. Fazer sexo antes do matrimônio causará danos espirituais,
físicos, emocionais, financeiros e pode inclusive matar você.
DECISÃO
Guarde o sexo para o matrimônio. É o plano de Deus. É um plano sábio. Mas é você
que decide. Você seguirá ou não o plano de Deus?

8 Educação sobre a Aids
UM CLOSE-UP NO VÍRUS HIV
O vírus HIV é minúsculo. Você não pode vê-lo mesmo que seja usado um
microscópio do seu laboratório de biologia da escola.
• Uma gota de sangue pode conter 100.000 vírus HIV
• Um único vírus HIV pode fazer você pegar AIDS.
Como o vírus pode entrar no seu corpo?
• Contato direto com fluídos corporais pode contaminá-lo com HIV.
• Os fluídos corporais infectados mais prováveis de contaminar são: sangue,
sêmen e muco vaginal.
• Bebês podem ser contaminados através do leite materno.
• Algumas pessoas contaminaram-se com HIV por contato com saliva durante
beijos prolongados.
• Contato casual (por exemplo, aperto de mão, morar na mesma casa) com
uma pessoa contaminada não transmite o vírus HIV.
• Você só pode se contaminar pelo contato com fluídos corporais de alguém
com o vírus HIV.
Como se sabe se alguém é portadora do vírus?
Em geral não se consegue detectar. Uma pessoa pode estar contaminada por HIV
sem sabê-lo. Demora um certo tempo para os sintomas aparecerem.

9
C A P Í T U L O 2 – A S R A Í Z E S
D A E P I D E M I A
POR QUE?
Por que tantos têm o vírus HIV?
FORNICAÇÃO, ADULTÉRIO, PROMISCUIDADE. Isto não significa que todos os pacientes
de AIDS contagiaram-se com HIV por causa de mau comportamento. No entanto,
sem nenhuma dúvida, promiscuidade é a causa da maioria dos casos de AIDS hoje
em dia.
O QUE?
O que é promiscuidade?
Fornicação é um ato sexual antes do matrimônio. Adultério é um ato sexual fora do
matrimônio. Promiscuidade é um padrão de comportamento. Uma pessoa promíscua
faz sexo antes do matrimônio ou fora do matrimônio, muitas vezes e com muitas
pessoas diferentes.

10 Educação sobre a Aids
ENTÃO?
Então o que isso tem haver com AIDS?
Se você faz sexo antes do matrimônio apenas uma vez, você pode contaminar-se
com o vírus HIV. Quanto mais as pessoas cometem pecados de fornicação e
adultério, tanto mais provável é contaminar-se com HIV. Promiscuidade está nos
arruinando. Milhões de pessoas estão morrendo de AIDS. AIDS está deixando para trás
milhões de órfãos, especialmente na África e na Ásia.

11
RESPOSTA: O QUE DEVO FAZER?
• Seja decisivo. Não tenha medo de ser diferente. Não tenha medo de dizer não.
É uma questão de vida ou morte.
• Lembre-se de suas fraquezas. Sozinho você cairá. Confie em Deus. Seja humilde.
Reze. Como diz o Espírito Santo “Deus resiste aos soberbos, mas dá a graça aos
humildes” (1 Pedro 5, 5).
• Se você nunca fez sexo antes, permaneça virgem até você se casar.
• Se você cometeu um erro, peça a Deus para perdoar-lhe. Peça a Ele para o(a)
ajudar a ser puro pelo resto de sua vida. Guarde o sexo para o matrimônio. Faça
um exame de sangue para descobrir se você está contaminado.
• Seja puro. Isto significa guardar o sexo para o matrimônio e fazer sexo
exclusivamente com seu cônjuge.
• Se você faz sexo com freqüência ou com diversos parceiros, procure ajuda.
Você tem um problema sério. Se você não mudar, morrerá por causa disso.

12 Educação sobre a Aids
BENDITO OS PUROS
A pureza é uma virtude
• Uma virtude é um hábito bom. Você adquire o hábito por praticá-lo. Você
aprende andar andando. Você aprende a ser puro tentando ser puro.
• Uma pessoa que estuda todos os dias acha mais fácil estudar na época dos
exames. Pessoas que vivem a pureza diariamente descobrem que não é tão
difícil quanto parece. A pureza dá a você asas para voar e um coração para
amar.
Como você pode viver a virtude da pureza?
• Esteja pronto para lutar. Você precisa disciplinar seus sentimentos, sua
curiosidade, sua imaginação.
• Nunca veja pornografia. NUNCA.
• Evite conversas impuras.
• Use estilos de roupas que ajudem os outros a serem puros.
• Nunca fique sozinho com alguém do sexo oposto – especialmente não por
muito tempo.
• Quando alguém pedir para que você faça algo errado, diga não
IMEDIATAMENTE.
• Jesus descreve quão determinado você deve estar para rejeitar tentações: “Se
o olho direito leva você a pecar, arranque-o e jogue-o fora! É melhor perder um
membro, do que o seu corpo todo ser jogado no inferno.” (Mateus 5, 29)

13
C A P Í T U L O 3 – E S T Á G I O S
D O H I V
Estágios Tempo O que acontece Resultado Risco de
do teste espalhar o HIV

Saúde Normal Antes da Nenhum vírus HIV entrou em seu HIV – Você não tem o vírus.
Infecção corpo. Seu corpo está livre do negativo Não há risco de espalhar
vírus. o vírus a outros.

Infecção Primeiras 24 Um vírus HIV entrou em seu HIV – Você está contagioso.
horas. corpo. Multiplica-se negativo Você pode passar
rapidamente. Um vírus se torna facilmente o vírus para
um milhão em 24 horas. Em outra pessoa.
alguns dias um milhão se torna
um trilhão. Nenhum sintoma
aparece ao infectar-se.

Incubação Primeiros 90 Alguns sintomas secundários HIV – Você está extremamente
dias aparecem (dor de cabeça; negativo contagioso durante este
febre) e desaparecem em período.
algumas semanas. Seu corpo
começará a combater a
infecção produzindo anticorpos.

14 Educação sobre a Aids
Estágios Tempo O que acontece Resultado Risco de
do teste espalhar o HIV

Estado Latente 1 a 15 anos Nenhum sintoma. Você HIV + Você permanece
aparenta ter saúde normal. No positivo contagioso durante todo
entanto o vírus está atacando este período.
seu sistema imunitário. O tempo
de latência varia de paciente a
paciente.

AIDS Diversos sintomas aparecem HIV + Você está extremamente
(febre crônica, diarréia crônica, positivo contagioso durante este
grandes perdas de peso, período.
doenças raras). O sistema
imunitário de seu corpo foi
fortemente danificado não
podendo proteger seu corpo de
germes, câncer etc. A maioria
dos pacientes morrem em um
ano.

A vasta maioria de pacientes com AIDS contamina-se com o vírus HIV através de
contato sexual com um parceiro infectado. É por isso que AIDS é uma DST.

15
DOENÇA SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEL
• Você se contamina pelo vírus por contato direto com fluídos corporais de uma
pessoa que já está contaminada pelo vírus. Os fluídos corporais com maior
concentração do vírus são o sangue, fluído seminal (do homem) e fluído vaginal
(da mulher).
• Uma gota de fluído pode conter milhares de vírus HIV.
• Uma relação sexual – apenas uma – pode contaminar você com o vírus HIV.
• Contagiar-se com apenas um vírus HIV pode fazer você ter AIDS.
• Se você faz sexo com uma pessoa contaminada, você poderá contaminar-se com
o vírus HIV.
• A outra pessoa pode estar contaminada e não sabê-lo.
• Você pode ter o vírus e não sabê-lo.
• Você pode contaminar alguém e nunca saber que o fez.
• Outra pessoa pode contaminar você e nunca saber que o fez.

16 Educação sobre a Aids
OS PERIGOS OCULTOS DO HIV

A AIDS seria facilmente evitada se você pudesse saber quem está ou não
contaminado, mas você não consegue saber. Esta é uma das razões porque tantas
pessoas acabam por contaminar-se com HIV.
• Mesmo que alguém tenha trilhões de vírus HIV, o teste de sangue será negativo
(HIV-) durante os primeiros 90 dias após a infecção. O teste procura por
anticorpos, mas o sangue contaminado, ainda não produziu nenhum.
• Precisamente durante o período que uma pessoa contaminada registra um HIV
negativo, é que se torna mais provável contaminar a outros.
• Precisamente quando a pessoa infectada sente-se saudável é que é mais
provável contaminar a outros.
Estes fatos constituem as principais razões porque o vírus do HIV espalha-se mais fácil
e rapidamente entre pessoas que fazem sexo antes do matrimônio ou fora do
matrimônio.

17
C A P Í T U L O 4 – M U D A N D O
C O M P O R T A M E N T O S
CRISE
AIDS é uma doença. A causa da epidemia da AIDS não é uma doença. Temos uma
epidemia da AIDS por uma razão principal: promiscuidade. Os médicos jamais
resolverão este problema. Apenas você pode resolver este problema.
A promiscuidade não desaparecerá com pílulas nem com vacinas – nem com nada
que os médicos inventem. Promiscuidade é algo que nós precisamos mudar. Os
jovens são aqueles que podem mudar isso. Se você não o fizer, ninguém mais o fará.
VISÃO
“A cultura de morte ... é ativamente promovida por fortes correntes culturais,
econômicas e políticas ... pode-se, em certo sentido, falar de uma guerra dos
poderosos contra os débeis ...” (Papa João Paulo II, Evangelium Vitae no.12)
Abra seus olhos. Veja o que está acontecendo ao seu redor. Não se deixe enganar
pelo slogan barato e propagandas espertas. Algumas pessoas ricas fazem muito
dinheiro seduzindo jovens a levarem uma vida promíscua.

18 Educação sobre a Aids
DECISÃO
Existem duas culturas, duas formas de viver. Uma é a cultura da vida. A outra é a
cultura da morte. Na cultura da vida resolvemos nossos problemas substituindo o mau
comportamento por boas ações. Na cultura da morte os problemas nunca se
resolvem porque as pessoas se recusam a mudar.
O plano de Deus conduz à vida. Promiscuidade gera a morte. Você tem que decidir.
Suas decisões afetam a sua vida e a vida de quem está a sua volta.

19
A CULTURA DA MORTE ENSINA QUE: A CULTURA DA VIDA NOS ENSINA QUE:
 O homem não tem alma nem espírito.  O homem foi criado à imagem de Deus.
 Homens e mulheres são apenas animais.  Homens e mulheres são filhos de Deus.
 Se Deus existe, Ele não se preocupa  Deus nos criou para viver com Ele.
conosco.
 Não temos propósito nesta vida.  Nosso fim último é encontrar a Deus.
 O sexo é um acidente da evolução.  Deus criou o sexo com um propósito.
 O sexo é para se divertir. Aproveite.  O sexo é sagrado. Respeite o sexo.
 O aborto elimina os “problemas”.  A vida é sagrada. Respeite a vida.
 O amor é qualquer coisa que faz você  O verdadeiro amor espera. Guarde o
se sentir bem. sexo para o matrimônio.
 A morte é o fim da nossa existência.  A morte é uma porta para a eternidade.
 Divirta-se ao máximo agora.  O matrimônio é uma preparação para o
Céu.

ESCOLHA O AMOR. ESCOLHA A VIDA.

20 Educação sobre a Aids
C A P Í T U L O 5 – M U D A N Ç A S
F Í S I C A S
Seu corpo começa a mudar rapidamente ao entrar na adolescência. Você cresce
em estatura e tamanho. Os jovens tendem a preocupar-se e você pode estar
preocupado porque seus amigos estão crescendo mais rapidamente. Você pode
também se preocupar porque é muito maior que todos os outros.
Não se preocupe. Estas coisas são normais. Mais cedo ou mais tarde você começará
a crescer. Mais cedo ou mais tarde você cessará de crescer. Você pode começar
cedo, aí pelos 9-10 anos ou pode ter que esperar até após os 16 anos. Em qualquer
caso isto é bem normal.
Pouco a pouco, os meninos desenvolvem ombros largos e pêlos no corpo. A voz
engrossa. Começam a se parecer com homens adultos. Estão adquirindo as
qualidades físicas que necessitarão para serem bons maridos e pais. Eles ganham
força e resistência necessárias para fazer trabalhos pesados de forma a manter uma
família.
As meninas desenvolvem os seios, os quadris e pêlos no corpo. Começam a se
parecer com as mulheres adultas. Estão adquirindo as qualidades físicas que
necessitarão para serem boas esposas e mães. Adquirem a força física necessária
para dar à luz e o carinho de que necessitarão para cuidar de seus bebês.

21
Os jovens passam por uma grande mudança chamada puberdade ou
desenvolvimento sexual. Seus órgãos sexuais amadurecem durante este tempo. Você
se torna inteiramente capaz de se tornar o pai ou a mãe de uma criança.
Emocionalmente você não está preparado para se tornar pai/mãe. Você está
preparado apenas fisicamente. Seu corpo é capaz de gerar crianças.
MUDANÇAS
Um único ato sexual pode fazer você o pai ou a mãe de uma criança.
Estas mudanças sexuais são todas parte do plano de Deus para você. Deus o(a) está
preparando pouco a pouco para o grande momento quando você o ajudará trazer
uma nova vida ao mundo. Quando você crescer e se casar, poderá cooperar com
Deus em criar nova vida. Isto significa trazer crianças ao mundo e formar uma família.
Use a adolescência para preparar-se para a vida adulta. Seu corpo desenvolveu-se
sexualmente. Você terá desejos sexuais fortes. É cedo demais para você ser um pai ou
uma mãe. Você precisa aprender como controlar seus desejos sexuais. Este é o
período mais difícil na vida porque você precisa aprender muitas coisas de uma só
vez. Não se engane: você precisará de grande energia e esforço para fazer isto – e
ainda a graça e sabedoria de Deus.
Por causa do desenvolvimento sexual que começa com a puberdade, seu corpo
começa a fazer coisas que jamais fez antes – coisas que parecem acontecer por si só.
Vamos discutir as diferentes mudanças para rapazes e moças.

22 Educação sobre a Aids
RAPAZES
A partir da puberdade, os testículos produzem espermatozóides continuamente, na
ordem de milhões a cada mês. Um espermatozóide é o suficiente para fertilizar um
óvulo dentro do ventre de uma mulher após uma relação sexual.
Durante toda a adolescência você sentirá desejos sexuais fortes. Estas sensações
físicas estão dizendo que você está fisicamente pronto para ser pai de uma criança.
Porém, você não está emocionalmente pronto para casar e provavelmente nem
socialmente capaz de sustentar uma família. Então com sabedoria, você deve evitar
qualquer tipo de contato sexual com moças.
Neste meio tempo, os espermatozóides acumulam-se em seus órgãos sexuais. Seu
corpo não tem onde guardar o excesso de esperma. Assim, periodicamente, seu
corpo descarta o excesso, em geral, à noite enquanto você dorme. Isto chama-se
polução noturna. Pequenas emissões de esperma também podem ocorrer enquanto
você está acordado sem o perceber. Isto pode ocorrer, por exemplo, durante o uso
da privada.
As poluções noturnas são necessárias. Não há com o que se preocupar quando isto
ocorre. É perfeitamente normal e faz parte de seu desenvolvimento sexual.

23
MOÇAS
Uma vez por mês, em média, um óvulo nos ovários amadurecerá e entrará nas
trompas de falópio. O óvulo viverá por 24 horas. Este processo é chamado ovulação.
Você nem perceberá o que está ocorrendo dentro do seu corpo.
Após a ovulação, o óvulo chega ao útero e desintegra-se – assumindo, é claro, que
você tenha a sensatez de evitar relações sexuais antes do matrimônio.
Começa um período de menstruação que é um período de sangramento que dura
cerca de 2 a 6 dias. Você terá uma menstruação a cada mês começando por volta
dos 11 aos 13 anos até a menopausa, por volta dos 45 anos.
Uma vez que cesse o sangramento menstrual, ele não recomeçará até que um novo
ciclo se inicie com uma nova ovulação. O tempo médio de cada ciclo, de uma
ovulação até a próxima, é normalmente de 21 a 28 dias. Mantenha um registro dos
seus ciclos para que você tenha uma idéia de quando será a próxima menstruação.
Durante a sua menstruação, você sentirá algum desconforto, espasmos e
possivelmente dor. Pode ser que se sinta também cansada, irritadiça, e levemente
deprimida. Isto é normal e algo com o qual todas as mulheres aprendem a lidar.

24 Educação sobre a Aids
C A P Í T U L O 6 –
E N C O N T R A N D O A
V E R D A D E
VERGONHA
Sentimos vergonha do sexo. Isto não era o plano original de Deus. No jardim do Éden,
Adão e Eva estavam nus, “porém não sentiam vergonha” um do outro (Gênesis 2, 25).
A morte, o sofrimento e a doença entraram no mundo quando eles rebelaram-se
contra Deus. A espontaneidade original entre um homem e uma mulher – imunidade
à luxúria – foi danificada pelo pecado original.
A vergonha é um tipo especial de medo. É o medo de sermos abusados sexualmente
por alguém. Sentimos vergonha não apenas diante de estranhos. Adão e Eva eram
marido e mulher. Mesmo assim, após desobedecerem a Deus, sentiram vergonha de
estarem nus um diante do outro.
A forma mais suave de abuso sexual é a risada. Alguém ri do seu corpo. A forma mais
violenta de abuso sexual é o estupro. Alguém força você a fazer sexo contra a sua
vontade.

25
A vergonha do sexo é algo bom porque nos dá uma modéstia natural e nos protege
de abusos.
Quando as pessoas perdem a vergonha natural, nós os chamamos de sem vergonha.
Essas pessoas provocam deliberadamente excitação sexual em outros de forma a
atrair a atenção para si. É um mal fazer isso. Isto fere a muitas pessoas.
TABU
Toda sociedade tem tabus. Um tabu é um costume social proibindo uma discussão
aberta sobre um certo assunto. O sexo é um tabu em muitas sociedades. Por exemplo,
uma esposa pode ser proibida de falar de sua gravidez ao seu marido. Uma mulher
pode morrer por causa de uma complicação na gravidez sem o marido sequer saber
o que acontecia com a sua esposa. Tabus surgem por diversas razões:
Um sentido desvirtuado de vergonha. A vergonha pode ser exagerada, como
qualquer hábito natural. A vergonha tem a finalidade de nos proteger de abusos, não
de esconder a verdade.
O medo camuflado como virtude. Com a finalidade de esconder a ignorância, alguns
usam a modéstia como desculpa para recusar-se a responder perguntas, mesmo em
particular.

26 Educação sobre a Aids
O medo gerado por culpa. Discussão de um assunto pode forçar pessoas a
examinarem áreas de suas vidas que não querem mudar.
O medo que nasce do preconceito. Algumas pessoas têm a impressão falsa que há
algo fundamentalmente mau nas relações sexuais entre um marido e sua mulher. Esta
impressão falsa causa muito dano.
O medo resultante da superstição. Algumas pessoas temem males causados por
espíritos maus se elas falarem em voz alta sobre sexo.
MITOS
Os tabus e a ignorância geram uma cadeia interminável de mitos relacionados ao
sexo. Estes mitos causam sérios prejuízos. Muitos mitos afirmam exatamente o oposto à
verdade.
Por exemplo, alguns jovens têm a idéia de que se tornarão estéreis se não fizerem sexo
na sua adolescência. Esta idéia é totalmente falsa. O fato é que o sexo pré-
matrimonial é uma das razões principais pelas quais as mulheres se tornam estéreis.

27
A VERDADE
Jesus nos prometeu, “a verdade vos libertará”. Os cristãos não têm medo da
verdade sobre o sexo – nem sobre o amor, nem sobre o matrimônio, nem sobre
Deus.
Descobrir a verdade sobre o sexo não significa tornar-se um perito em todos os fatos
médicos. Significa descobrir:
• Porque Deus criou o sexo.
• Como ter auto-controle.
• Maneiras de fazer amizades.
• O que Deus quer que cada qual faça com sua vida.
Os fatos básicos da vida são coisas que você aprende de criança. O difícil é
conhecer-se a si próprio e sua vocação. Por que Deus criou você dessa maneira?
Como Deus quer que você viva a sua vida? Obter as respostas a essas perguntas é
que equivale a dizer que “a verdade que vos tornará livres”.

28 Educação sobre a Aids
SINTA-SE À VONTADE PARA PERGUNTAR

Quando você não entende algo sobre sexo, faça perguntas.
• Ninguém nasceu sabendo tudo. Você terá dúvidas sobre sexo. Você deve ter
perguntas porque isto é parte de sua vida, da vida de todos.
• Seus colegas de turma podem não saber mais que você. Alguns farão de conta
que sabem muito. Muitos jovens cometem grandes erros porque tiveram medo de
perguntar a uma pessoa mais velha de sua confiança e foram confiar em amigos
ignorantes.
• Procure pela pessoa certa. Busque por alguém de sua confiança – alguém cujo
único interesse é ajudá-lo.
Isto vale a pena repetir centenas de vezes: quando você não entende, pergunte.
Você pode sentir-se acanhado. Não se preocupe. Tente. O sexo é parte de sua vida
particular, porém não é nada do qual você deve envergonhar-se. É parte da
criação de Deus.
Fale com um adulto de sua confiança, como seus pais. Você verá o quanto isso lhe
ajudará.

29
C A P Í T U L O 7 – L U Z E
T R E V A S
A PORTA
Jesus disse, “Entrem pela porta estreita, porque é larga a porta e espaçoso o caminho
que levam para a perdição, e são muitos os que entram por ela!” (Mateus 7, 13)
Não se surpreenda quando você vir outros fazendo o mal. Reze por eles, mas siga o
seu caminho. Nunca jogue fora a graça de Deus para agradar aos outros. Nada
pode comparar-se com o tesouro infinito de ter a Deus vivo em sua alma. Não tire
Deus de sua alma por um momento de prazer.
Se você ofende a Deus por praticar o sexo antes do matrimônio, você perde a graça
de Deus e só recupera essa graça novamente se Ele perdoar você.

30 Educação sobre a Aids
O EVANGELHO
O matrimônio é parte da Boa Notícia. Jesus veio revelar a beleza plena do
matrimônio. Ele tornou o matrimônio um caminho de vida que nos prepara para a
eterna alegria do Céu.
Algumas pessoas são cegas. A luxúria destas pessoas as impede de aceitar a luz do
Evangelho. Elas tornam difícil a vida daqueles que querem viver a mensagem do
Evangelho.
Isto quer dizer que você vive num mundo dividido entre extremos opostos. Em um
extremo está Cristo, a luz do mundo. No outro extremo está satanás, o príncipe das
trevas. Não há nada em comum entre os dois. Ou você batalhará por viver a vida de
uma pessoa santa ou você será um preguiçoso e viverá a vida de uma pessoa má.
Não há outras escolhas.

31
O MUNDO DAS TREVAS A LUZ DA VIDA
 Preocupar-se com o que os outros  Preocupar-se apenas com o que Deus
pensam. quer.
 Sempre ceder à pressão dos colegas.  Não ter medo de ser diferente.
 Nunca saber ao certo o que fazer.  Seguir os mandamentos de Deus que
apontam o caminho.
 Fazer qualquer coisa porque os outros  Tomar suas decisões com a graça de
fazem. Deus.
 Nunca ter paz de espírito.  Encontrar paz na amizade com Deus.
 Escravizar-se à luxúria e ao medo.  Não desencorajar-se com seus erros.
 Afundar-se mais e mais no pecado.  Ao cair, levantar-se e recomeçar.
 Deixar a conversão para amanhã.  A hora de recomeçar é aqui e agora.
 Afastar-se de Deus.  Aproximar-se de Deus pela confissão
freqüente.
 Sentir-se só e cheio de desespero.  Lembrar-se que Deus é seu Pai
misericordioso.
 Aprisionar-se em ódio e trevas.  A fortaleza para amar é dada pela
graça de Deus.

A VERDADE VOS LIBERTARÁ
32 Educação sobre a Aids
C A P Í T U L O 8 - Í D O L O S
F A L S O S
ÍDOLOS
A Bíblia proíbe terminantemente o culto a ídolos. Nos tempos bíblicos, a maioria dos
ídolos eram estátuas de deuses e deusas da fertilidade. Os ritos pagãos de fertilidade
levavam pessoas a cometerem pecados de adultério e fornicação. Muitos templos
pagãos estavam repletos de prostitutas.
A Bíblia dá um alerta claro. Pessoas que cometem estes pecados não podem entrar
no Reino de Deus. Após os israelitas terem adorado o bezerro de ouro, “levantaram-se
para se divertir” (Êxodo 32:6). Em outras palavras, muitos deles abandonaram toda a
dignidade e se entregaram a orgias. Deus os puniu.
“Ora esses fatos aconteceram como exemplos para nós, para que não cobicemos
coisas más, como eles cobiçaram. Não se tornem idólatras, como alguns deles,
conforme está na Escritura: O povo sentou-se para comer e beber; depois se
levantaram para se divertir. Nem nos entreguemos à imoralidade, como alguns deles
se entregaram, de modo que num só dia morreram vinte e três mil.” (1 Coríntios 10, 6-
8)

33
SEU CORAÇÃO
Jesus tornou o mandamento de Deus claro: “Vocês ouviram o que foi dito: Não
cometa adultério. Eu, porém, lhes digo: todo aquele que olha para mulher e deseja
possuí-la, já cometeu adultério com ela no coração.” (Mateus 5, 27-28) Olhar de uma
forma impura para alguém é uma séria ofensa contra Deus.
HOJE
Os ídolos bíblicos eram estátuas. Os ídolos de hoje são chamados: pornografia – livros,
revistas, propagandas, vídeos, certas modas no vestir – qualquer material gráfico
utilizado para estimular suas paixões sexuais.
A pornografia é como um veneno. Apenas uma dose de veneno é suficiente para
fazer mal ou até matar. Cria uma constante tensão de estímulos sexuais de duas
maneiras:
• Pensamentos e fantasias inundam sua imaginação e você acha difícil livrar-se
deles.
• Sem saber o porquê, a mínima estimulação provoca em você fortes reações
sexuais.

34 Educação sobre a Aids
Mantenha a água pura, pondo-a num recipiente limpo. Se a sujeira é mantida fora, a
água permanece pura. Se a sujeira entra é difícil tirá-la. Pornografia é essa sujeira. É
difícil tirá-la uma vez que você permita que entre. Todas aquelas imagens
permanecem dentro de você, trabalhando como um veneno na sua cabeça.
Deforma toda a sua maneira de pensar sobre o sexo. Você não olha mais para o sexo
como um mistério da criação de Deus que leva ao amor. Sua mente está pervertida.
DIGA NÃO
Rejeite todo tipo de pornografia em sua vida. Se você possui qualquer tipo de
pornografia, destrua-a imediatamente. Se alguém tentar lhe passar alguma coisa
pornográfica, diga a essa pessoa que deixe você em paz. Seja cruel se for necessário.
Proteja-se da mesma maneira que você o faria se alguém quisesse forçá-lo a tomar
veneno.

35
SEU CORPO – O TEMPLO DE DEUS
Seu corpo é sagrado. Quando você é batizado, seu corpo se torna o templo do
Espírito Santo. Seu corpo não é um brinquedo para ser usado para a diversão. Nem o
são os corpos das outras pessoas.
Por que a pornografia é má? Você gostaria de expor sua mãe ou irmã? Você gostaria
que pessoas fizessem piadas sobre sua mãe ou irmã enquanto elas pousassem nuas
em público ou sobre você numa situação semelhante?
Algumas pessoas dizem, “É natural … por que criar confusão? O que poderia ser mais
natural do que se estar nu?” Incêndios florestais são naturais, mas queimam casas e
fazendas. Terremotos são naturais mas matam muitas pessoas. Nem tudo que é
“natural” é bom para nós.
“Fujam da imoralidade. Qualquer outro pecado que o homem comete, é exterior ao
seu corpo; mas quem se entrega à imoralidade peca contra o seu próprio corpo. Ou
vocês não sabem que o seu corpo é templo do Espírito Santo, que está em vocês e
lhes foi dado por Deus? Vocês já não pertencem a si mesmos. Alguém pagou alto
preço pelo resgate de vocês. Portanto, glorifiquem a Deus no corpo de vocês.” (1
Coríntios 6, 18-20)

36 Educação sobre a Aids
C A P Í T U L O 9 - A I D S E
O U T R A S D S T S
DST
AIDS é uma doença sexualmente transmissível (DST). Passa de uma pessoa infectada
à próxima através de contato sexual. Além da AIDS há mais de 30 outras DSTs.
Algumas causam a morte. Outras são incuráveis. Algumas tornam as mulheres
incapazes para sempre de ter um bebê. Outras causam problemas que tornam fazer
sexo impossível ou doloroso. Centenas de milhões de pessoas no mundo foram
infectadas com DSTs. Muitas foram infectadas com duas ou três DSTs ao mesmo
tempo.
Se você contrai uma DST tendo uma relação sexual antes do casamento, você a
transmitirá ao seu cônjuge uma vez que se case. Em muitos casos, a mãe passará ao
seu bebê. Se você e seu cônjuge iniciam um matrimônio livres de DSTs e permanecem
fiéis um ao outro, então estão fora de perigo. Você só poderia contrair uma dessas
doenças de outras fontes como, por exemplo, usando a mesma agulha de seringa
que um doente já utilizou.

37
Animais não têm problemas com DSTs. No plano de Deus, os animais são feitos para
trocarem de parceiros sexuais livremente. O Seu plano para nós é diferente. O sexo é
feito apenas para o matrimônio. Violar o plano de Deus causa danos espirituais.
Também causa danos materiais. As DSTs nos mostram o dano resultante de violar os
planos de Deus. O dano espiritual pode ser invisível, porém é muito pior que qualquer
doença visível.
GONORRÉIA
Gonorréia é uma das DSTs mais comuns. Pode levar tanto a esterilidade masculina
quanto feminina. É a causa principal de artrites entre os jovens. Pode induzir abortos
em mulheres grávidas. Se uma mãe tem esta doença, seu bebê pode ser infectado e
tornar-se cego. Esta doença pode ser curada se os sintomas são detectados e
tratados no início.
SÍFILIS
Sífilis é outra DST freqüente. Em seu terceiro e último estágio, leva a uma morte
dolorosa, danificando os órgãos principais do corpo: cérebro, coração, pulmões etc.
Também pode causar cegueira, insanidade e paralisia. Há cura se os sintomas são
detectados e tratados no início.

38 Educação sobre a Aids
HERPES
Herpes apresenta-se em diversos tipos. O herpes sexualmente transmissível é chamado
herpes genital (herpes simplex 2). Como o HIV, é um vírus. Pode causar bolhas nos
órgãos genitais ou passar desapercebido. Uma mulher infectada pode facilmente
passar a doença a seu bebê ao nascer. Freqüentemente causa defeitos de
nascença, por exemplo, danos cerebrais no bebê. Não há cura. Estuda-se ainda uma
vacina.
HEPATITE
A hepatite B é um vírus muito comum. Transmite-se por contato sexual e/ou por
transfusões de sangue. Pode causar sintomas de um resfriado sem chegar a se
desenvolver. Pode também causar danos no fígado ou câncer. Como acontece com
o HIV, mães infectadas com hepatite B podem passar o vírus ao bebê. Não há cura.
Uma vacina já está disponível.

39
HPV
HPV (Human Papiloma Virus) é uma DST comum, também transmitida por contato
sexual. HPV é uma das principais causas de câncer nos órgãos do sistema reprodutor
de mulheres. Apesar de que nos homens o dano é menor, pode ainda causar dores
severas em seus órgãos genitais. O vírus HPV aparece como verrugas genitais. Não há
cura e se está desenvolvendo recentemente uma vacina.
PID
Doença pélvica inflamatória é uma infecção dos órgãos reprodutores femininos
causada por DSTs como a clamídia ou gonorréia. Clamídia é muito comum e pode
causar esterilidade feminina. Muitas mulheres nem sabem que foram infectadas até o
momento em que querem engravidar e não conseguem. Mulheres infectadas que
podem conceber, comumente passam ao bebê o organismo que causa infecção
ocular. Clamídia é também uma das causas principais da esterilidade masculina.

40 Educação sobre a Aids
???
AIDS é a DST mais fatal da qual se tem conhecimento. Antes de 1980, ninguém havia
ouvido falar de AIDS. Agora milhões de pessoas foram infectadas com HIV e milhões
morrerão de AIDS nos próximos dez anos. Novas DSTs são descobertas todo ano. Outra
doença mortífera como a AIDS pode facilmente aparecer no futuro. Não temos como
prever. Os médicos têm vacinas, mas não têm cura para vírus comuns como os da
pólio, sarampo e catapora. Os médicos estão ainda lutando para conseguir
encontrar cura para os vírus que causam DSTs como HIV, HPV, hepatite e herpes.
HIV/AIDS
O vírus da imunodeficiência humana (HIV) é o causador da AIDS. O vírus enfraquece
gradativamente o sistema imunitário do corpo e eventualmente o destrói. Uma vez
que o vírus destrói o sistema imunitário, o paciente sempre morre em um curto espaço
de tempo se não for diagnosticado e iniciado um tratamento. Sem o sistema
imunitário funcionando bem, o corpo é incapaz de resistir às doenças fatais como a
tuberculose e outras infecções chamadas de ‘oportunistas’.
Outras DSTs facilitam a infecção por HIV porque podem causar feridas na região
genital facilitando a entrada do vírus do HIV em seu corpo.

41
Você não pode ver os germes e os vírus que causam as DSTs. A maioria das pessoas
que estão infectadas parecem completamente normais e saudáveis. Muitos nem
sabem que estão infectados. Por esta razão um homem e uma mulher que
pretendem casar-se devem submeter-se de antemão a exames de sangue.

42 Educação sobre a Aids
C A P Í T U L O 1 0 - T E M O R E
S A B E D O R I A
Temor não é o suficiente. Porém, o provérbio antigo ainda vale: temor é o início da
sabedoria. Ver pessoas sofrerem com AIDS poderá despertá-lo. Poderá levá-lo a
descobrir mais sobre o que Deus espera de você. Mostrará como apenas um erro
poderá destruir seus sonhos. Portanto, abra seus olhos à sabedoria. Então você verá o
que é real.
O QUE É SABEDORIA?
• Deus criou você. Apenas Ele sabe o que fará você feliz.
• Deus chama um homem e uma mulher ao matrimônio. O matrimônio é uma
vocação.
• Você encontra o que você busca. Busque por um amor verdadeiro e você
acabará por encontrá-lo. Busque pelo amor falso e você acabará por viver uma
mentira.
• O amor verdadeiro quer dar. O amor falso – o amor vazio – nunca dá, só recebe.
• O verdadeiro amor nunca usa outra pessoa. O amor falso usa as pessoas – para
obter prazer, para obter poder, para sentir-se bem, para obter dinheiro, para
divertir-se.

43
• Deus criou o sexo para que homem e mulher pudessem tornar-se um e junto com
Ele criar nova vida.
Este é o grande mistério. Deus quer que um homem e uma mulher se tornem um, não
apenas por alguns dias nem por alguns anos. Ele os quer unidos por toda vida. Este é o
mistério do sexo e a maneira como Deus o criou.

44 Educação sobre a Aids
O MISTÉRIO DO SEXO
Nossa sexualidade Deus disse, “Façamos o homem à nossa imagem e semelhança
reflete a glória de … E Deus criou o homem à sua imagem; à imagem de Deus ele
Deus o criou; e os criou homem e mulher”. (Gênesis 1, 26-27)

• Deus criou o ser humano como homem e mulher de forma que pudessem viver
como uma comunhão de pessoas. O homem existe para a mulher e a mulher
existe para o homem numa união de amor chamada matrimônio. Deus é aquele
que une o homem e a mulher. Uma vez unidos, o homem e a mulher são
chamados marido e mulher. Nada os pode separar uma vez que Deus os uniu.
• Deus é uma comunhão de pessoas. A sexualidade humana faz o homem imagem
e semelhança de Deus porque faz do homem e da mulher uma comunhão de
pessoas.

Você entrega seu “A esposa não é dona do seu próprio corpo, e sim o marido.
corpo Do mesmo modo o marido não é dono do seu próprio corpo e
sim a esposa.” (1 Coríntios 7, 4)

45
• Quando um homem faz sexo com uma mulher, ele dá o seu corpo à mulher. A
mulher dá o seu corpo ao homem. Quando chegar o tempo de dar o seu corpo
ao seu cônjuge, você deve querer dizer, “Eu nunca dei o meu corpo a ninguém”.
Se você é virgem você está dando ao seu cônjuge o melhor presente possível.
Imagine que você compre um refrigerante e a garrafa já está aberta. Não só está
aberta, mas alguém já bebeu metade. Você se sentiria trapaceado, não é?
Quando você compra um refrigerante, você espera que esteja lacrado com a
tampa e completamente cheio. No casamento você dá o seu corpo ao seu
cônjuge. Se você já o deu a outra pessoa antes, seu presente não é tão valioso. É
como dar a alguém um refrigerante que já está aberto e pela metade.1

1 N.T.: Este assunto será tratado em mais detalhes nos Capítulos 15 e 23.

46 Educação sobre a Aids
SEU LUGAR NO MISTÉRIO DO SEXO
Você vem da relação sexual entre seu pai e sua mãe. Deus trabalhou junto com seus
pais para criar você. O sexo é sagrado e pertence a Deus. Pertence a Deus porque
Ele o usou para criar você. Pertence a Deus porque Ele o usará para criar as crianças
que você e seu cônjuge trarão ao mundo.
Você vem do seu pai e de sua mãe. O mistério de sua própria pessoa – o mistério de
quem você é – é definido pelo ato conjugal de sua mãe e de seu pai.
Você mereceu ser criado por um ato de amor. Toda criança merece ser criada por
um ato de amor. Seus próprios filhos merecem serem criados por um ato de amor.
Este é o plano de Deus. Este plano começa e acaba por amor e com vida. Este plano
explica o seu lugar no mistério do sexo.

47
C A P Í T U L O 1 1 - A
D I G N I D A D E D A M U L H E R
A dignidade se refere ao valor invisível de um ser humano. A dignidade da mulher é
tão grande quanto a dignidade do homem. A dignidade de toda mulher é medida
pela glória que Deus compartilha com ela no seu Reino. As mulheres, bem como os
homens, podem receber a plenitude do Espírito Santo e viver como filhas de Deus. A
fim de entender isto na prática, veja a dignidade da mulher no contexto do
matrimônio.
O plano de Deus para o sexo é fazer com que o homem e a mulher sejam um. Jesus
nos diz que o matrimônio é o plano de Deus para o sexo. Ele diz que no matrimônio
Deus une o homem e a mulher:
“Vocês nunca leram que o Criador, desde o início, os fez homem e mulher? E que ele
disse: ‘Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá a sua mulher, e os dois
serão uma só carne’? Assim, eles já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que
Deus uniu, o homem não deve separar.” (Mateus 19, 4-6)

48 Educação sobre a Aids
Note como Jesus volta à história da Criação. Ele explica como no começo, Deus criou
o ser humano como homem e mulher. Em outras palavras, só se pode entender o ser
humano entendendo ambos os sexos. A natureza humana não é explicada apenas
pelas características do sexo masculino. A natureza humana inclui ambos os sexos.
Veja como cada um foi criado. Adão veio das mãos de Deus. Deus tomou a terra e
formou o corpo do homem e soprou a vida nesse corpo. Depois Ele fez com que o
homem adormecesse e retirou carne e osso do lado do homem para fazer a mulher.
Ele os criou para serem esposo e esposa desde o início. Ele criou aos dois com igual
dignidade desde o início. Ele se dirigiu a ambos, Adão e Eva juntos, quando lhes falou
que seriam senhores de todas as criaturas.
Note como Jesus descreve o ato da união. Deus une o homem e a mulher. O
matrimônio é um mistério, pois é o próprio Deus quem cria a união. Fazer sexo com
alguém antes do matrimônio não faz você um com essa pessoa. Para que um homem
e uma mulher se tornem um, Deus tem que os unir. Se você quer que Deus una vocês
dois, é necessário que se casem.
A união com seu cônjuge é um “mistério grande” (Efésios 5, 32). A união entre um
homem e uma mulher num só corpo é um símbolo da união entre Cristo e sua Igreja. A
dignidade da mulher como esposa de seu marido reflete a dignidade da Igreja como
a esposa de Cristo. Isso explica porque a Igreja não pode permitir poligamia. Assim
como Jesus tem apenas uma Igreja, um esposo pode ter apenas uma esposa.

49
Quando um homem faz sexo com uma mulher, ele dá o seu corpo à mulher. A mulher
dá o seu corpo ao homem. Ao dar o seu corpo ao cônjuge, você dá o seu próprio ser.
Este presente deve ser total; você dá todo o seu ser a uma pessoa e somente a uma
pessoa. Este presente é permanente: você jamais poderá pegar de volta o presente
dado.
Um homem é virgem se ele jamais teve uma relação sexual. Uma mulher é virgem se
ela nunca teve uma relação sexual. No matrimônio você dá a sua pessoa dando o
seu corpo ao seu cônjuge. É por isso que a virgindade é tão importante tanto para a
mulher como para o homem. Se você já deu a sua virgindade a outra pessoa, o seu
presente não é tão precioso quando você chegar a se casar. Seria como dar a
alguém um refrigerante que já estivesse aberto e pela metade. Se você é virgem, no
dia em que se casar, estará dando ao seu cônjuge o melhor presente possível de ser
dado a alguém.
Devido a preconceitos e à decadência moral, um rapaz pode pensar que a
virgindade é apenas para a mulher com quem se casará. Esta atitude é perversa e
fará grande mal ao matrimônio deles. Ele olha para as mulheres – inclusive sua esposa
– como uma conveniência para o seu prazer sexual. Ele não tem nenhuma intenção
de se dar por completo à sua esposa e a usará para satisfazer seu desejo por prazer
sexual. Ele estará tratando as mulheres como meros objetos, como meras posses, pois
não tem a menor idéia da dignidade das mulheres. Ele comete o grande erro de
pensar que vale mais do que elas.

50 Educação sobre a Aids
Entregar-se ao outro, dando o seu corpo sexualmente, é uma decisão da sua
vontade. Para um homem se dar completamente a sua esposa, ele deverá tomar
uma decisão conscienciosa de fazer sexo apenas com ela e com nenhuma outra
mulher. Somente então pode dizer que ele se deu a sua esposa. Quando ele
consegue viver o sacrifício de permanecer virgem até o dia do casamento, o marido
pode verdadeiramente fazer a promessa de fazer sexo com a sua esposa e nunca
com ninguém mais. Até ele tomar a decisão firme de guardar o sexo para o
matrimônio e ser fiel a isso, um rapaz não pode dizer que encontrou o amor
verdadeiro.
Quando um rapaz ou uma moça comete o erro de fazer sexo antes do matrimônio,
ele(a) pode fazer o compromisso de viver uma virgindade secundária2. Desta maneira
o(a) jovem será capaz de descobrir o grande valor que temos diante de Deus e a
beleza das relações sexuais entre esposo e esposa. A ênfase permanece a mesma:
cada pessoa precisa se preparar espiritualmente e mentalmente para o ato de dar-se
numa relação sexual dentro do matrimônio.

2 N.T.: Virgindade secundária significa comprometer-se de agora em diante a não
fazer sexo até se casar. Este tema é tratado no Capítulo 15.
51
Dar-se por inteiro a um outro é um ato de todo nosso ser – inteligência, coração,
vontade, corpo e espírito. Fazer sexo deve sempre vir de um desejo de dar-se por
inteiro a um outro e não meramente por um desejo de prazer sexual. Aqueles que
consideram o matrimônio como uma licença para fazer sexo freqüente estão
completamente enganados quanto ao seu verdadeiro significado. Aqueles que vêem
o matrimônio como o ato de dar-se por inteiro – independente de serem virgens ou
não – poderão encontrar o verdadeiro amor no matrimônio. Apenas aqueles que
permanecem virgens, ou pelo menos se comprometem com uma virgindade
secundária após terem cometido um erro, estão prontos para o matrimônio.
Uma outra forma de entender a dignidade da mulher é lembrar-se de sua mãe. Ela
fez um grande sacrifício por você. Você jamais poderá agradecer a ela o bastante
por carregar você no seu ventre e o amamentar. Jamais poderá retribuir todo o
cuidado e carinho que tem para com você. Seja agradecido por todos os sacrifícios
que ela fez por você.
É por isso que a lei de Deus nos diz “Honra seu pai e sua mãe”. Sua mãe merece tanto
amor e respeito quanto seu pai. O próprio Jesus honrou a sua mãe, a Virgem Maria,
prometendo-lhe que todas as gerações a chamariam bendita (confira Lucas 1, 48) e
assim tem sido. Jesus nos mostra a grande dignidade da mulher fazendo dela um sinal
no céu que o dragão não pode vencer. (confira Apocalipse 12, 1)

52 Educação sobre a Aids
C A P Í T U L O 1 2 - A L U T A
Construa um muro. Para proteger um imóvel, constrói-se um bom muro. Isto mantém
os ladrões longe da sua casa. Para respeitar o sexo, você também precisa de uma
boa proteção. Isto mantém os grandes problemas bem longe. E o que é esta
proteção? É a maneira como você vive a sua vida. Aqui estão algumas idéias.
Encontre sua alma. Olhe dentro de você mesmo. Não se preocupe em ter boas coisas
a sua volta. Isto não o fará feliz a não ser que você tenha boas coisas dentro de você.
Você tem amizade com Deus? Você sabe rezar? Você sabe encontrar Deus dentro
de você? Aprenda a se conhecer. Não se preocupe com o mal que o rodeia.
Preocupe-se com o mal que está no seu interior. Você faz exame de consciência?
Você procura se arrepender de seus pecados? Você pede perdão a Deus?
Use bem o seu tempo. Um velho provérbio expressa muito bem essa idéia: “Uma
mente ociosa é a oficina do diabo”. Você tem controle do seu tempo? Você reserva
tempo para o estudo? Você realiza seu trabalho mesmo quando está sem vontade?
Controlando o seu tempo você aprende a ter autocontrole.
Fique longe das drogas. Usar drogas é a pior forma de perder controle sobre você
próprio. Usar drogas destrói o seu corpo e sua mente. Drogas matam. Drogas causam
dependência severa. Dependentes de drogas passam por um inferno tentando
recuperar um mínimo de autocontrole. Respeite seu corpo. Diga não às drogas. Diga
sim a vida.

53
Conheça seus limites. Beber uma cerveja é razoável. Beber várias não o é. Aprenda a
impor limites – por exemplo, duas ou três. Ficar bêbado é uma forma de usar drogas -
o álcool sendo a droga. Beber em excesso prejudica sua saúde severamente. E você
pode colocar-se em risco. Beber em excesso cancela a sua habilidade de fazer
julgamentos. Você fica sem condições de recusar avanços sexuais de pessoas que
querem se aproveitar de você.
Controle a TV. Você já se pegou assistindo um programa aborrecido de TV? E você
continua assistindo mesmo assim. Triste, não é? Ainda mais, a TV fornece o mais
absoluto lixo, também conhecido como pornografia. Se você tem o hábito de ligar a
TV “só para ver o que está passando”, você gastará sua vida vendo TV, e pior, você
acabará por ver muita pornografia.
Se você quer controle sobre sua mente, controle o que você vê na TV. Isto quer dizer
desligar a TV ou mudar de canal imediatamente quando começa uma programação
sem valor. Isto significa assistir apenas os programas que você sabe que serão bons
para você. Isto significa decidir que programas você vai assistir antes de ligar a TV.
Corte a má conversa. Há uma maneira boa de falar de amigas ou namoradas e de
amigos ou namorados. Fale sobre sua vida, seu futuro e suas ambições. Há também a
conversa má. Pessoas que falam de exploração sexual – quem estava fazendo o quê
com quem. Ou falam de partes do corpo ou coisas estranhas que viram em filmes. Ou
inventam histórias para exibirem quão “maus” eles são.

54 Educação sobre a Aids
Quando alguém começa a falar “lixo”, reaja. Você gostaria que seu futuro cônjuge
ouvisse você falando assim? Você gostaria que seu futuro cônjuge visse você rindo
durante esse tipo de conversa? Não deixe ninguém forçar você a ouvir lixo. Diga para
que mudem a conversa. Ou mude a conversa você mesmo. Deixe claro que eles
estão ofendendo você, falando dessa maneira. Vá embora se necessário.
Escolha bons lugares para descanso. Alguns lugares ajudam você a relaxar. Você
pode fazer bons amigos com as pessoas de lá. Outros lugares são maus, pois a maioria
das pessoas estão ali fazendo coisas más. Estão se embebedando, usando drogas,
comportando-se indecentemente e procurando por alguém para levar para a cama
pela noite. Se você escolhe um lugar bom para relaxar, você acabará fazendo coisas
boas, pois todos estão fazendo coisas boas. Se você escolhe maus lugares para
relaxar, você acabará fazendo as mesmas coisas más que os outros estão fazendo.
Esteja pronto para lutar. A luta é dentro de você. É uma luta para controlar seu corpo
e suas emoções. A luta é fora também. São inúmeros os enganadores deste mundo
que querem tornar você escravo deles. O que é pior: muitos adolescentes estão
totalmente confusos. Acham que estão livres, quando podem fazer tudo que querem.
Você ouvirá pessoas dizer: “Rebele-se contra Deus. Então você será livre!” É uma
mentira. Drogas, pornografia, fornicação – essas são as cadeias que fazem de você
um escravo. Se você quer ser livre, deve lutar contra as coisas que fazem de você um
escravo. Não tenha medo. Sua rebelião será uma rebelião de amor.

55
C A P Í T U L O 1 3 - B E I J O S
Quão longe posso ir? Talvez você já se tenha feito essa pergunta. Você sabe que
fazer sexo antes do matrimônio está errado. Mas beijar, ficar e todo o resto que leva
até o ato sexual - pode?
Mostrar afeto difere de cultura para cultura. Pode ser dar um beijo ou um abraço.
Qualquer que seja a cultura, um sinal de afeto é algo que você pode fazer na frente
de seus pais sem nenhum problema. Beijos ardentes são o começo de atividade
sexual. Estas coisas levam um homem e uma mulher a fazer sexo. O homem e a
mulher estão fazendo algo íntimo. Em geral querem estar sozinhos longe dos olhares
de outras pessoas. Se você acha que não há problema desde que você evite fazer
sexo, pense novamente. Isto pode ser o mais difícil de você entender, mas é
absolutamente essencial. Até que você entenda bem este ponto, você realmente
ainda não entendeu o que é o sexo. Talvez uma simples analogia ajude.
Vamos dizer que você está num carro e o motorista sai da estrada e entra pela mata.
Você diz: “Cuidado, nós estamos indo na direção do precipício que está logo ali, cem
metros adiante”.
O motorista sorri e diz: “Eu sei! Mas, não é emocionante?”
Você diz: “Mas nós estamos indo muito rapidamente. Vamos cair no precipício!”
Ele tenta acalmar você dizendo: “Não se preocupe, pois pisarei no freio no último
minuto”.

56 Educação sobre a Aids
Se você estivesse de fato num carro correndo a toda velocidade em direção a um
precipício, você teria certeza absoluta de que o motorista está louco. Pois bem, é isto
que acontece quando um rapaz e uma moça se envolvem em beijos ardentes ou
qualquer outro tipo de atividade que leva naturalmente ao ato sexual. É uma
estupidez achar que se vai conseguir parar antes de cair no precipício. Existe uma
razão simples para isso.
Seus impulsos sexuais e suas reações sexuais são incrivelmente poderosos. Uma vez
que você aciona seus impulsos sexuais duas coisas acontecem. Sua habilidade de
fazer bons julgamentos evapora. Os desejos sexuais físicos de seu corpo tomam conta.
Você rapidamente está numa situação em que perde o controle. Deus nos fez dessa
maneira propositadamente. Ele fez o desejo sexual muito forte como garantia de que
teríamos filhos. A única forma de controlar é parar antes de começar.
Uma pequena chama pode causar um enorme incêndio. É fácil soprar e apagar uma
pequena chama. Uma vez que você deixe que ela se torne labareda, toda tentativa
de soprar para apagá-la só faz queimar com maior intensidade. É por isso que é grave
se envolver em qualquer tipo de atividade como beijos ardentes. Logo que você
percebe uma demonstração de afeto despertando desejos ardentes – mesmo que
pareça perfeitamente inocente – pare. Pare imediatamente se afastando de onde
quer que você esteja, saindo da situação em que você se encontra. Você nunca se
arrependerá.
Mesmo quando se trate de mostrar afeto, seja reservado. As coisas são diferentes
para rapazes e moças. Você deve ser suficientemente inteligente de não colocar seu
amigo ou amiga numa situação constrangedora.

57
O QUE AS MOÇAS DEVEM SABER SOBRE OS RAPAZES
Você reage tão intensamente quanto os homens, mas suas reações sexuais são mais
graduais, como esperar que um forno se aqueça. A maioria dos homens tem reações
sexuais instantâneas como um interruptor de luz. Acione o interruptor e antes de você
piscar a luz se acendeu. Algo que pode não ter nenhum efeito em você como
dançar juntos lentamente pode ser extremamente estimulante para um rapaz.
As reações masculinas são muito agressivas. Esta tendência agressiva aparece mesmo
nas ocasiões mais inocentes. Um rapaz pode sentir um forte desejo de iniciar atividade
sexual (beijos ardentes) com uma moça que ele acabou de conhecer. Se a moça lhe
dá essa liberdade, ele sentirá um forte impulso físico – independente dos princípios
morais que ele tenha – de ter um ato sexual com ela.
Os homens reagem fortemente a qualquer coisa visual. Se você diz algo carinhoso
para um rapaz ele mal percebe. Porém, se você faz algo que ele pode ver, mesmo
sem nenhuma intenção, provocará um forte efeito nele. É por isso que você deve ser
reservada na maneira de se vestir, evitando qualquer coisa que seja sexualmente
provocativa.

58 Educação sobre a Aids
O QUE OS RAPAZES DEVEM SABER SOBRE AS MOÇAS
As emoções femininas não são necessariamente mais intensas que as suas, mas são
certamente mais visíveis. A facilidade com que as moças começam a chorar ou sorrir
ou com que dão broncas ou beijos muitas vezes te surpreenderá. Isto pode ser ao
mesmo tempo encantador ou assustador. Lembre-se: estas explosões emocionais
podem significar algo profundo e pessoal ou absolutamente nada. Qualquer extremo
é possível. Portanto, não julgue pelo exterior. Seja sensível às suas reações sem reagir
excessivamente. Se você tem que tomar uma decisão pelo bem do outro, faça-o da
maneira mais gentil possível, mas faça-o.
Você gosta de ser percebido pela sua força. As moças querem ser notadas pela sua
beleza. Está muito bem que você mostre a sua força praticando esportes. As moças
assistirão e aprenderão. Infelizmente, o reverso não funciona da mesma maneira. Há
um limite de beleza feminina que você pode ver antes de ficar totalmente absorvido
por desejos de fazer sexo.

59
Algumas moças atraem atenção para a sua beleza por vestir-se ou comportar-se
indecentemente. Nas sociedades tradicionais, os mais velhos estabeleceriam limites
apropriados. Os costumes tradicionais em geral falham na sociedade urbana. Entre
jovens, vocês devem falar claramente uns com os outros. Se uma moça está vestida
indecentemente ou comportando-se de forma inapropriada, diga a ela. Fará muito
bem a ela, a você e obviamente a todo mundo. Em tais casos, não dê atenção a
reações negativas.
As necessidades pessoais e emocionais de uma mulher são ao mesmo tempo,
parecidas e diferentes das suas. Faça um esforço sincero e duradouro de vir a
entendê-las. As suas necessidades mais importantes não diferem das dela, como a de
procurar por Deus e vir a conhecê-Lo. Se você a ajuda nesta busca por Deus você é
verdadeiramente um amigo.
Uma necessidade especial que as mulheres têm, em geral, é de conversar. Tente ser
um homem que sabe escutar e apreciar o que elas têm a dizer. Tente superar o típico
preconceito masculino de que sua maneira de pensar e de encarar problemas é
superior a delas.

60 Educação sobre a Aids
C A P Í T U L O 1 4 -
D E S O R D E N S S E X U A I S
A sexualidade humana é um belo presente de Deus. Cada homem, cada mulher foi
criado para descobrir a grande dignidade – que não tem preço – deste presente.
Muitos o farão beneficiando-se do amor sexual dentro do matrimônio. Alguns são
chamados a algo ainda maior: virgindade ou vida celibatária pelo reino de Deus.
Estes encorajarão os casados a encontrar Deus através do amor sexual.
Infelizmente algumas pessoas ficam cegas pela luxúria enquanto ainda jovens.
Perdem a chance de apreciar o amor íntimo dentro de um matrimônio feliz (se este é
o plano de Deus para eles) ou uma vida celibatária (se Deus lhes pede para seguir
este chamado).
A luxúria é uma doença espiritual que causa danos severos nas pessoas. Impede que
sejam felizes nesta vida e a não ser que se arrependam, serão miseráveis para sempre
na próxima vida. Qualquer desordem sexual séria ameaça sua felicidade terrena e
sua salvação eterna. Este capítulo descreve as desordens mais comuns.
Alguns homens e mulheres usam os impulsos sexuais naturais de forma irresponsável.
Sexo pré-matrimonial ou fornicação significa fazer sexo antes do matrimônio. Isto
causa um enorme prejuízo a ambos, homem e mulher, pois:

61
• Ambos ofendem a Deus, separando-se Dele.
• Ambos ofendem seu futuro cônjuge.
• Nenhum dos dois será capaz de oferecer ao seu cônjuge o precioso presente
da virgindade no dia do seu matrimônio.
• Ambos podem apresentar ligações emocionais distorcidas em relação ao
cônjuge, que os perturbarão no futuro.
• A mulher pode engravidar e se tornar uma mãe solteira.
• Um pode contrair uma DST do outro.
• Ambos terão um risco maior de contrair uma DST no futuro.
Adultério é uma outra instância da utilização errada de impulsos sexuais naturais. O
adultério acontece quando um homem casado ou uma mulher casada tem relações
sexuais fora do matrimônio, ou seja, fazer sexo com outra pessoa sem ser o seu
cônjuge. Isto causa um enorme prejuízo a ambos, pois:
• Ambos ofendem a Deus, separando-se Dele.
• Ambos estão ofendendo seu cônjuge independente dele ou dela terem
conhecimento do adultério.
• Se o cônjuge descobre o adultério, ficará destruída a confiança entre o esposo
e a esposa, causando sérios problemas aos filhos.
• Uma criança ilegítima pode nascer e como muitas vezes acontece, acabará
abandonada nas ruas.
• Um pode contrair uma DST do outro.
• Ambos terão um risco maior de contrair uma DST no futuro.

62 Educação sobre a Aids
Se uma das partes contrair uma DST, provavelmente será transmitido ao cônjuge e
possivelmente às crianças que vierem a nascer.
Muitas vezes, você poderá ter “flashes” de fantasias sexuais – imaginação
descontrolada - que lhe parecerão algo impossível, destorcido ou idiota e, no entanto
atrativo. Considere estas fantasias pelo que elas valem: absurdos absolutos. Tente
remover esse lixo de seus pensamentos e continuar com sua vida normal.
Alguns jovens desenvolvem intencionalmente hábitos de entreter fantasias sobre
fornicação, adultério ou outras piores. Ao permitir que suas mentes e corações se
deformem com maus desejos, estão causando danos a si próprios e expondo-se a um
grande perigo.
Isto é gravemente errado. Um esforço por rezar e ignorar fantasias sexuais pode salvar
você de se afogar num pântano de maus pensamentos e desejos.
Alguns homens e mulheres têm impulsos sexuais não naturais como incesto e
homossexualismo. Incesto é qualquer atividade sexual entre membros da família
imediata, ou seja, entre irmão e irmã, entre pai e filha, tio e sobrinha, etc. Incesto é
uma ofensa séria contra Deus e contra toda a família. Causa males emocionais
severos às vítimas.

63
Impulso homossexual refere-se a homens que tem desejos de envolver-se em atos
sexuais com outros homens, ou mulheres que tem desejos de envolver-se em atos
sexuais com outras mulheres. Não é pecado ter tais impulsos, mas é definitivamente
anormal. Pessoas que cedem a esses desejos e se envolvem em tais atos fazem um
grande mal a si mesmas, a outros e ofendem a Deus seriamente. Se você nota
episódios recorrentes de impulsos homossexuais, é importante falar com alguém que
lhe ajude a superar estes impulsos anormais. Você precisará de conselhos
especializados e talvez tratamento médico para lidar com esta situação anormal e
adquirir uma atração normal e sadia pelo sexo oposto.
O estupro é um crime de natureza sexual cruel e violento. Um estuprador é uma
pessoa extremamente doente (mentalmente) ou deliberadamente depravado. Não
espere que ele mude repentinamente, quando se tenta ajudá-lo a fazer um esforço
por corrigir um comportamento tão brutal e irracional. Um estuprador representa uma
ameaça séria à paz e ao bem estar de toda uma nação. A sociedade deve
proteger-se deste crime punindo severamente os estupradores. As autoridades são
obrigadas a usar a força da lei para encarcerá-los – ajudando-os a se corrigirem se
assim o desejam – e impedi-los de causarem mais males a outras pessoas.
Estas são as desordens sexuais que você pode notar no mundo à sua volta. Confie na
misericórdia infinita de Deus quando confrontar com essas desordens, em sua vida ou
na vida de amigos e parentes. Deus pode perdoar e as pessoas sempre podem
melhorar.

64 Educação sobre a Aids
Nunca ceda. Não há meio termo entre luxúria e amor. Fique avisado de antemão:
algumas pessoas afetadas com estas desordens dirão a você que são livres, que suas
vidas são maravilhosas, e outras mentiras semelhantes. Tenha compaixão dessas
pessoas, mas não se deixe enganar. Se você alguma vez sentir a tentação de pensar
que algumas dessas desordens sexuais não são tão más assim, lembre-se das palavras
de São Pedro:
“Com seus discursos pomposos e vazios, excitam as paixões e desejos impuros de
seus ouvintes e conseguem seduzir aqueles que tinham acabado de se afastar
dos que vivem no erro. Prometem a esses liberdade, mas eles próprios são
escravos da corrupção, pois cada um é escravo daquele que o vence. De fato,
depois de escapar às imundícies do mundo mediante o conhecimento de nosso
Senhor Jesus Cristo, se eles de novo são seduzidos e se deixam vencer por elas,
seu último estado se torna pior do que o primeiro.” (2 Pedro 2, 18-20)

65
C A P Í T U L O 1 5 - P E R D Ã O
Você vê pessoas fazerem coisas más. Você comete seus próprios erros. Chamamos
essas ações más de “pecados”. O pecado é uma ação má, mas o pecado vai além
da ação em si. A ação vai e vem, mas o pecado resultante de uma ação má não vai
e volta.
Se você mata alguém, o ato de tirar a vida de uma pessoa – atirando com uma
arma, por exemplo - dura apenas um momento. O corpo morto é enterrado e a vida
continua para o resto das pessoas. O ato do assassinato desaparece no passado. Mas
o pecado chamado assassinato permanece dentro de você. O pecado continua a
existir como um mal dentro de sua alma. O pecado causa danos ao seu
relacionamento com os outros. O pecado deixa um rasto de danos físicos e espirituais.
O pecado é uma ofensa contra Deus. “Pequei contra ti, e somente contra ti,
praticando o que é mau aos teus olhos” (Salmo 51, 6). Estas palavras foram escritas
pelo Rei Davi. Davi cometeu adultério com Betsabé, a esposa de Urias. Urias era um
soldado do exército israelita. Betsabé concebeu uma criança enquanto Urias estava
lutando na guerra. Após o adultério, Davi cometeu um outro pecado. Ele ordenou a
um general do exército que se certificasse de que Urias morresse na batalha. Ele
tornou Betsabé sua esposa. Depois, arrependeu-se de seus pecados e Deus o
perdoou. Por isso Davi escreveu as palavras dos Salmos para expressar sua culpa e
arrependimento. O rei sabia que suas ações eram uma ofensa contra Deus.

66 Educação sobre a Aids
Mesmo que ninguém no mundo inteiro saiba de seu pecado, Deus o vê. Você pode
esconder coisas de outras pessoas. Você não pode esconder nada de Deus.
Esse é o mistério do pecado. Depois de ter feito algo errado deliberadamente, o
pecado gruda dentro de você. Você o carrega por todo lado. Você acorda com o
pecado. Você toma café com o pecado. Você vai para a escola com o pecado.
Você guarda o pecado e o pecado funciona como um veneno dentro de sua alma:
durante o dia, durante a noite, todos os dias, semana após semana. Talvez você
consiga afastá-lo de sua mente, especialmente se comete mais pecados. Mas cada
um dos pecados cometidos permanece em sua alma como uma mancha preta num
pano branco, como um buraco queimado num pedaço de madeira, como um inseto
morto flutuando dentro de um copo d’água.
Você não consegue alcançar a sua alma e se livrar dos pecados. Felizmente Deus
pode. Ele usa o dom todo poderoso da graça santificante para limpar a sua alma do
pecado.
O pecado é uma realidade espiritual misteriosa dentro do pecador. A graça também
é muito misteriosa. Não sabemos exatamente como a graça funciona. Apenas
sabemos que é um presente de Deus e que Deus a dá àqueles que procuram Seu
perdão no sacramento do batismo – ou se alguém já é batizado, através do
sacramento da penitência, isto é, confissão com um sacerdote.

67
A beleza da graça de Deus é que realmente funciona. Verdadeiramente remove os
pecados. A misericórdia de Deus é infinita. Mesmo que você tenha muitos pecados a
graça pode removê-los todos.
Deus quer perdoar nossos pecados. O Evangelho é a revelação da misericórdia de
Deus aos pecadores. “De fato, Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar
o mundo, e sim para que o mundo seja salvo por meio dele.” (João 3, 17) Durante a
Sua vida pública, Jesus perdoou muitos pecadores. Ele deu aos seus apóstolos e
sucessores o poder de perdoarem pecados. Os sacramentos do batismo e penitência
nos trazem de volta a Deus. Eles restauram a amizade destruída pelo pecado. Jesus
disse “Eu lhes declaro: assim, haverá no céu mais alegria por um só pecador que se
converte, do que por noventa e nove justos que não precisam de conversão.” (Lucas
15, 7)
Deus quer remover seus pecados. Quando Ele o perdoa, Ele pede que você pare de
pecar. Jesus perdoou a mulher pega em adultério. Após perdoar seus pecados, Ele
disse,
“Pode ir, e não peque mais.” (João 8, 11)

68 Educação sobre a Aids
Pecados contra a virtude da pureza – pecados sexuais como o adultério - não são os
piores. Pecados como assassinatos, abortos, blasfêmia e culto ao demônio são
obviamente muito mais perversos e fazem muito maior dano às vidas das pessoas.
Porém, por causa da maneira que Deus nos fez, os pecados sexuais tendem a causar
maior vergonha. Também tendem a nos cegar. Algumas pessoas deixam-se levar por
paixões sexuais, fazendo-as pensar que qualquer coisa que é tão prazerosa deve ser
muito bom. Somente depois, quando se está profundamente ferido, é que estas
pessoas se dão conta de que cometeram um grande erro.
Os pecados deixam sua alma vazia e amarga. Mais do que sentir-se solitário, pesa
sobre você a sua culpa. Você sente a rejeição de Deus por ter deliberadamente se
rebelado contra Ele. Quando Deus perdoa os pecados, devolve a cada pessoa Sua
graça e Sua paz. Este é o momento crucial para cada pessoa fixar uma verdade em
sua mente e essa verdade é:
Uma vez que se comete um pecado, as únicas companhias que ficam são a
amargura e o vazio. Você foi feito para o amor e a alegria. Ao invés de trazer amor e
alegria, o pecado os retira de você. Quando você diz não ao pecado você está
dizendo sim ao amor.

69
VIRGINDADE SECUNDÁRIA
Se você cometeu o erro sério de fazer sexo antes do matrimônio não fique
desencorajado. Se você se arrependeu, Deus o perdoará. Arrepender-se significa que
você está disposto a evitar o pecado no futuro – que pelo menos tentará. A
misericórdia de Deus é do que trata a Boa Nova. Então se você perdeu a sua
virgindade, mude sua vida agora. Recomece novamente. Faça um compromisso de
viver a virgindade secundária.
Por que se importar com isso? - é o que perguntam alguns jovens. Eles sabem que
cometeram um erro e supõem que é muito tarde para corrigi-lo. Eles estão errados.
Não é muito tarde. O dano foi feito, mas nem tudo está perdido. Não há uma solução
a curto prazo, mas é possível uma cura a longo prazo.Você quer amor. Você precisa
de amor. Você foi criado para amar. Viver a virgindade secundária é a única maneira
de encontrar o amor.
Virgindade secundária significa deixar o passado para trás. Significa dizer, “de agora
em diante, eu permaneço virgem”. Ainda será difícil dizer à pessoa com quem você
quer se casar “Eu já fiz sexo com outra pessoa.” Isso irá machucar. Mas sabe o quê?
Você poderá compensar tal afirmação ao dizer – se você puder dizer – “Isso foi há
muito, muito tempo atrás. Deus perdoou meus pecados. Eu mudei muito desde então.
Eu parei de cometer esse erro. Eu sou uma nova pessoa agora”.

70 Educação sobre a Aids
Se você puder dizer isso, você será capaz de entrar num relacionamento de amor
com seu cônjuge. Deus quer que você tente. Ele está disposto a perdoar você agora
e ajudar a recomeçar. Confie Nele. A graça e o amor Dele são mais poderosos que
todos os seus erros.

71
C A P Í T U L O 1 6 - C O M O
D I Z E R N Ã O
Como? Você vive num mundo onde jovens estão fazendo sexo. Muitos fazem muito
barulho a respeito. Alguns dirão “todo mundo está fazendo” – ainda que eles próprios
nunca tenham feito sexo antes. Eventualmente, você conhecerá alguém que lhe
pedirá para fazerem sexo. Não é suficiente recusar educadamente. Aprenda a dizer
NÃO. Aprenda como dar o recado de forma clara.
Seja bruto se for necessário. Se algum estranho disser - vamos fazer sexo - nem perca o
tempo de dizer não. Corra. Literalmente - corra. Afaste-se dessa pessoa o mais
rapidamente possível. Essa pessoa é doente – mental e provavelmente, fisicamente
também. Não se arrisque de forma alguma. Aja de forma bruta. Pessoas assim podem
até utilizar violência para conseguirem o que querem. São pessoas esquisitas e
obcecadas com sexo. Se algum estranho começar a tocar em você, empurre-o com
toda sua força e corra. Novamente lembre-se, isto é literal. Corra. Fique longe dessas
pessoas esquisitas.

72 Educação sobre a Aids
Ricochetear. Se um amigo ou uma amiga fala de fazer sexo – alguém que você
normalmente confia – diga não, não, não. Deixe claro que ele ou ela danificou a
amizade de vocês meramente por fazer o pedido. Diga algo como “Eu pensei que
você era meu amigo ou minha amiga. Como você pode me pedir por algo que me
separe de Deus? Como você pode me pedir algo que arruinaria minha vida? Amigos
não fazem isso”.
Seu amigo(a) pode ser ignorante o suficiente de insistir e dizer algo como, “É porque
eu te amo tanto”. Seu amigo(a) pode pensar honestamente que isto é um bom
argumento. Ele(a) pode estar realmente convencido(a) que seria bom para vocês
fazerem sexo. Revide. Não é você que está pensando e agindo como um imbecil.
Não deixe seu amigo ou sua amiga fazer você se sentir como um imbecil. Faça com
que essa pessoa se envergonhe de pensar e falar dessa maneira. Não hesite em
deixar claro, em alto e bom som: - não, não, não. Você terá que dizer algo assim
como - “Se você quer minha amizade, é preciso mudar a sua maneira de pensar.
Você fala no quanto me ama. Se me ama realmente, nunca mais me peça para
fazer uma coisa tão má. E eu quero realmente dizer - nunca mais”.
Depois peça conselho. Você se sentirá abalada(o) ou confusa(o). Você precisará de
ajuda para aclarar suas idéias, tomar boas decisões e ficar absolutamente
convencida(o) de que está fazendo a coisa certa.

73
Vá embora. Seu amigo(a) pode pedir para fazer sexo com você e depois deixar de
lado o assunto no momento, somente para voltar a insistir noutra ocasião. Se isso
acontecer, mesmo que uma única vez, vá embora. Trate essa pessoa da mesma
forma que você trataria um estranho. Você se coloca em sério perigo ao supor que
pode confiar em tal pessoa. Está provado que não pode existir uma amizade entre
vocês, porque ficou destruída qualquer confiança que havia antes. Não se deixe ser
tratada(o) com tamanha falta de respeito: vá embora. Não olhe para trás, vá
embora.
Vista-se bem. Se seu estilo de vestimenta é sexualmente provocativo, você provocará
desejos sexuais. Não basta dizer não. Suas roupas têm que dizer não. Algumas pessoas
dizem não, não, não. Mas suas roupas dizem sim, sim, sim. Se você sai na chuva sem
um guarda-chuva, vai se molhar. Se você usa roupas imodestas você acabará por
fazer coisas imodestas. Use roupas que fazem você ficar bem sem ser sexualmente
provocativa. Fica cem vezes mais fácil dizer não. E é a única forma de fazer com que
os outros levem a sério o que você diz.

74 Educação sobre a Aids
Evite a pergunta. Um rapaz e uma moça nunca devem permanecer sozinhos por
muito tempo – especialmente num lugar escuro. Se vocês querem conversar, ótimo!
Mas vão a um lugar público em que outras pessoas passarão junto de vocês. Ao fazer
isso você evita mil problemas. Se seu amigo ou amiga insiste em ficar a sós com você,
isso não é um bom sinal. Recuse. Sugira um lugar alternativo para se encontrarem. Se
esta pessoa insiste em encontrar-se a sós, seria tolice confiar nela. É uma triste
realidade que alguns de seus conhecidos já tenham praticado sexo. Para eles ou elas
é um caso passageiro. Não é necessário fazer uma pesquisa. Mas o que você precisa
fazer é evitar ocasiões em que vocês dois estariam sozinhos mesmo que para estudar
ou fazer tarefa de casa.
Escolha amigos que digam não. Se você anda com pessoas que são promíscuas,
você acabará por tornar-se promíscuo. Moças precisam fazer amizade com outras
moças que as ajudem a dizer não. Rapazes precisam fazer amizades com outros
rapazes que os ajudem a dizer não. Obviamente escolha alguém que queira dizer
não. Passar muito tempo com amigos ou amigas que dormem por aí, irá arruinar
você. Faça amizades com pessoas que digam não. Eles darão bom exemplo.
Reze pelas ovelhas perdidas. As pessoas com os maiores problemas poderão fazer
pouco de você por não querer se juntar a elas. Em vez de sentir-se inferior, sinta
compaixão. Peça a Deus para salvá-las de um desastre. Rezar por elas ajudará você
imensamente. Além disso, suas orações produzirão alguns milagres.

75
C A P Í T U L O 1 7 -
A U T O C O N T R O L E
Você terá que dizer não a muitas pessoas. Acostume-se a isso. Mas a primeira pessoa
a quem você terá que dizer ‘não’ é a você próprio. Parece fácil. Para muitos jovens,
isto pode ser a batalha mais árdua. Você poderá ter desejos de excitar-se
sexualmente quando estiver sozinho. Pode parecer uma coisa inocente de fazer, pois
não machuca ninguém. Você poderá ouvir pessoas dizer que não há nada de errado
nisso. Então qual é a verdade?
Primeiramente, é óbvio que nunca será causa de doenças nem vai gerar bebês.
Então se você por alguma razão sentir-se sexualmente excitado, sem estar
procurando por isso, e resultar numa forte reação sexual, não se preocupe. Tente
controlar estes sentimentos mudando de atividade e continuando o seu trabalho.
Mesmo assim nem sempre é possível controlar estes sentimentos completamente.
Certamente você não os controla enquanto dorme. Não há nada de errado com
você nem com seu corpo. Não é um pecado. Você não deve sentir-se culpado
desde que se esforce por evitá-los.

76 Educação sobre a Aids
Procurar excitação sexual deliberadamente é diferente. Pode acontecer quando
você se aborrecer e quiser algo “divertido” para fazer. A masturbação não causa um
dano físico, mas afeta você interiormente. A Igreja ensina que quando tal ato é
praticado consciente e deliberadamente, é verdadeiramente mau. Em outras
palavras, você comete um pecado sério, fazendo um mal espiritual a si próprio.
Você pode se perguntar, “O que o torna tão mal assim?” Qualquer tipo de ato sexual
fora do matrimônio é mau. Essa é a natureza do sexo. O sexo é feito para o
matrimônio e apenas para o matrimônio. O sexo é bom quando é um ato entre
esposo e esposa.
Usar o seu corpo para prazeres sexuais mata o seu autocontrole. Você se torna um
escravo das suas emoções. Para se casar você precisa ter a certeza de ter controle
sobre si próprio. Agora é o tempo de aprender.
Autocontrole é crucial. Se você quer dar a alguém um presente, este deverá ser seu
antes de poder dá-lo. Você precisa tê-lo sob seu controle. Você não pode dar a
alguém um cavalo selvagem. Você não pode dizer - “Veja esse cavalo selvagem lá
fora. É todo seu. Eu o dou a você.” Seu amigo pensará que você está brincando.
Antes que você possa dar um cavalo de presente a alguém é necessário domá-lo.
Então o mesmo vale para você próprio – o seu coração, as suas emoções, seus
sentimentos, seu corpo. Aprender como amar significa muitas coisas. Em primeiro lugar
significa aprender como ter autocontrole.

77
Algumas dicas práticas ajudarão:
• Aprenda a levantar-se de manhã na hora certa. Aprender autocontrole
começa no primeiro minuto do dia. Não deixe seu corpo controlar você.
Aprenda a controlar seu corpo.
• Mantenha seu quarto em ordem. Você aprende autocontrole controlando as
coisas que você possui.
• Coma menos da comida que você gosta. Aceite desconforto quando está
muito quente ou muito frio. Se você faz isto nas pequenas coisas como na
comida e no conforto, você poderá fazê-lo em coisas maiores como o sexo.
• Sente-se ereto. Deite-se apenas à noite ao ir para a cama. Controlar a postura é
crucial para controlar o seu corpo.

78 Educação sobre a Aids
CONTROLE INTERIOR
Uma pessoa que deliberadamente lê ou vê pornografia está fazendo algo
gravemente errado. Uma pessoa que voluntariamente provoca desejos sexuais
entregando-se a fantasias sexuais também está fazendo algo seriamente errado. Uma
pessoa que deliberadamente olha para outros quando estão vestidos de forma
imodesta está fazendo algo seriamente errado. Uma pessoa que se veste de forma
imodesta em público está fazendo algo seriamente errado por levar outros a pecar.
Jesus resume tudo isto nestas palavras: “Todo aquele que olha para uma mulher e
deseja possuí-la, já cometeu adultério com ela no coração.” (Mateus 5, 28)
Evite escrúpulos, isto é, não cometa o erro de pensar que qualquer coisa relacionada
ao sexo é mau. Por outro lado, não se deixe enganar por pessoas que fazem o mal e
o chamam de bem.
Jesus Cristo insistiu que se deve ser puro não apenas no exterior, mas também no
interior. Ter um coração puro significa ter controle sobre sua mente, sobre seu coração
e sobre sua imaginação.

79
C A P Í T U L O 1 8 – G R A V I D E Z
D E A D O L E S C E N T E S
CRISE
Algumas moças jovens fazem sexo antes do matrimônio e engravidam. É bom você
saber que tipo de conselho dar nestes casos se isto ocorrer com alguma de suas
amigas.
Sua amiga sofrerá muito. Ela provavelmente nunca pensou que engravidaria. Ela não
está pronta para ter uma criança – principalmente porque ela não está casada, mas
também por outras razões. Ela pode estar desesperada. E estando desesperada ela
estará confusa.
Se ela foi imprudente o suficiente para pensar que podia fazer sexo sem engravidar,
ela poderá ser igualmente imprudente ao pensar que um aborto resolveria tudo. Ela
pode não ter idéia do inferno que vai enfrentar se cometer esse horrível erro de deixar
alguém matar o bebê que está dentro dela.

80 Educação sobre a Aids
VOCÊ PODE AJUDAR
Infelizmente, algumas jovens grávidas optam pelo aborto. Se sua amiga está
considerando essa possibilidade, faça o que puder para ajudá-la encontrar uma
alternativa. Não a deixe matar seu próprio filho. A sua criança sofreria uma morte
dolorosa enquanto lhe cortam o corpinho em pequenos pedaços e os removem do
ventre. A dor emocional e espiritual que a mãe sofre após o aborto é ainda pior do
que ser cortado em pedaços por quem faz o aborto.
Aborto significa escolher a morte. Ajude sua amiga escolher a vida. Obviamente,
independente da decisão que ela tome, o futuro dela será difícil. Ela pode querer
ficar com a criança e criá-la como uma mãe solteira. Ela poderá ter a chance de
casar-se com o pai da criança; neste caso, seria melhor esperar até o bebê nascer.
Ou pode querer dar a criança para adoção. Nenhuma dessas escolhas é fácil. Mas
todas significam escolher a vida.

81
O EVANGELHO DA VIDA
“Sim! Pois tu formaste meus rins, tu me teceste no seio materno.
A vida é um Eu te agradeço por tão grande prodígio, e me maravilho com
presente de Deus as tuas maravilhas! Conhecias até o fundo de minha alma, e
meus ossos não te eram escondidos quando eu era formado,
em segredo, tecido na terra mais profunda ... ” (Salmo 139, 13-15).
• “Esta vida mortal, não obstante as suas aflições, os seus mistérios obscuros, os seus
sofrimentos, a sua fatal caducidade, é um fato belíssimo, um prodígio sempre
original e enternecedor, um acontecimento digno de ser cantado com júbilo e
glória ... Em cada criança que nasce e em cada homem que vive ou morre,
reconhecemos a imagem da glória de Deus: nós celebramos esta glória em cada
homem, sinal do Deus vivo, ícone de Jesus Cristo.” (Papa João Paulo II, Evangelium
Vitae, no. 84)

82 Educação sobre a Aids
A vida humana é « Deus tem nas suas mãos a alma de todo o ser vivente, e o
sagrada sopro de vida de todos os homens » (Jó 12, 10).

• “Apenas Deus pode afirmar: « Só Eu é que dou a vida e dou a morte »
(Deuteronômio 32, 39). Portanto, a vida e a morte do homem estão nas mãos de
Deus, em seu poder ... Da sacralidade da vida dimana a sua inviolabilidade,
inscrita desde as origens no coração do homem, na sua consciência. A pergunta «
que fizeste? » (Gênesis 4, 10), dirigida por Deus a Caim depois de ter assassinado o
irmão Abel, traduz a experiência de cada homem: no fundo da sua consciência,
ele sente incessantemente o apelo à inviolabilidade da vida — a própria e a alheia
—, como realidade que não lhe pertence, pois é propriedade e dom de Deus
Criador e Pai.” (Papa João Paulo II, Evangelium Vitae, 39-40)
• “Para sermos verdadeiramente um povo ao serviço da vida, temos de propor, com
constância e coragem, estas verdades ...” (Papa João Paulo II, Evangelium Vitae,
no. 82)

83
PEDIR AJUDA
Você pode ouvir alguém falar sobre uma “crise de gravidez”. Refere-se a uma mulher
que está grávida e, por quaisquer que sejam as razões, está desesperada, pois a
gravidez lhe parece arruinar seu futuro. É uma crise, pois a mulher sente que ela deve
fazer algo drástico para resolver o problema rapidamente.
Se você conhece uma mulher com uma destas crises, tente encorajá-la a contatar
organizações pró-vida ou centros para gestantes em crise. Há muitas à sua volta se
você se der o trabalho de procurá-los. Alguns hospitais Católicos oferecem estes
serviços.
Um centro para tais gestantes em crise fornece a mulheres grávidas orientação e
ajuda prática. A mulher geralmente pensa que dar a luz à uma criança arruinará a
sua vida enquanto que o aborto resolveria seus problemas. Ela não sabe que um
aborto a destruiria pessoalmente, espiritual e psicologicamente e talvez até
fisicamente. Ao ajudar uma mulher dar a luz a um bebê, você a está salvando de um
desastre.

84 Educação sobre a Aids
C A P Í T U L O 1 9 –
C O N S E Q Ü Ê N C I A S S O C I A I S
A Aids é uma doença com muitas conseqüências sociais. Afeta o nosso país inteiro e o
mundo inteiro. Este efeito é medido mais facilmente em termos econômicos.
Obviamente vai muito além de conseqüências financeiras. Como as conseqüências
econômicas são mais fáceis de entender, comecemos por estas.
A AIDS PIORA A POBREZA
• Remédios caros são exigidos para tratar as infecções oportunistas associadas.
• Os poucos recursos econômicos existentes são gastos em remédios ao invés de
serem utilizados para alimentação, moradia e escolas.
• O dinheiro público reservado para a saúde é gasto muito mais rapidamente.
• Os hospitais estão lotados pelos números massivos de pacientes com AIDS, tornando
difícil lidar com a carga normal advinda dos cuidados com outros pacientes.
• As indústrias sofrem quando seus empregados não podem trabalhar.
• A economia nacional começa a entrar em colapso à medida em que vai
perdendo seus operários especializados.
• Muitos órfãos são deixados para trás, pois um cônjuge acaba por infectar o outro.

85
A POBREZA ALIMENTA A PROPAGAÇÃO DA AIDS
• É pouco provável que as crianças pobres recebam uma boa educação e sem
educação elas não sabem escolher um bom comportamento moral.
• As pessoas que vivem na pobreza são presa fácil das propagandas dirigidas a
atraí-las para um estilo de vida promíscuo.
• Uma pessoa com má nutrição é mais propensa a contrair AIDS.
• Pessoas com DSTs são mais passíveis de contrair AIDS, mas a falta de recursos torna
difícil diagnosticar e tratar DSTs.
• Mulheres que vivem na pobreza podem sentir-se forçadas a recorrer à prostituição
para sobreviverem e assim a doença se propaga mais e mais.
A AIDS AFETA À FAMÍLIA E AOS AMIGOS
A AIDS afeta a todos. Afeta o paciente com AIDS, que morrerá mais rapidamente e
de forma dolorosa. Afeta àqueles que nunca se infectaram com HIV, pois terão que
cuidar dos pacientes com AIDS.
Mesmo que você nunca contraia AIDS, afetará você também. Mais cedo ou mais
tarde, você provavelmente terá um amigo ou um parente com AIDS e logo talvez
muitos mais.

86 Educação sobre a Aids
Então aprenda a ter compaixão por essas pessoas enquanto sofrem e se preparam
para morrer. Aprenda a superar qualquer preconceito que você tenha para com
pacientes com AIDS.
A AIDS É UM CASTIGO PELO PECADO?
Os pacientes com AIDS sofrem muita dor física. Infelizmente também sofrem com o
“estigma da AIDS”. Muitas pessoas acham que os pacientes com AIDS são pecadores
culpados a quem Deus castiga pelos seus pecados. Estas pessoas erroneamente
presumem que os sofrimentos desta vida são um castigo de Deus assim como a
prosperidade nesta vida é um prêmio de Deus. Eles se esquecem – talvez nunca
tenham ouvido – de como Jesus explicou as tragédias desta vida. Alguém perguntou-
Lhe sobre os Galileus que sofreram uma morte fora de hora, desejando saber se
morreram pelos seus pecados. Jesus disse:
“Pensam vocês que esses Galileus, por terem sofrido tal sorte, eram mais pecadores
do que todos os outros Galileus? De modo algum, lhes digo eu. E se vocês não se
converterem, vão morrer todos do mesmo modo.” (Lucas 13, 2-3)

87
Estas palavras nos fazem lembrar que somos todos pecadores necessitados de
salvação. Qualquer pessoa estaria tremendamente enganada em pensar que precisa
menos de salvação do que outros. Você estaria tremendamente enganado em
pensar que é mais santo do que um paciente com AIDS. Nunca meça a salvação
pelo que você pode ver. Nunca iguale uma culpa com as tragédias que você ou
outros sofram nesta vida.
Todos percebemos que existe uma conexão entre o mal e o sofrimento, entre pecado
e castigo. Como então devemos explicar o sofrimento de todos os pacientes com
AIDS? Da mesma maneira que explicamos qualquer tipo de sofrimento físico.
Se você pula do topo de um edifício alto, você se tornará uma piscina de sangue na
rua. A sua destruição física é um castigo por você ter pulado do edifício? Obviamente
não é.
É simplesmente um cumprimento das leis da física.
Quando muitos vivem vidas promíscuas, a AIDS e outros DSTs começam a infectar
muitas pessoas. A AIDS começa a infectar pessoas que nunca fizeram nada de errado
(crianças e cônjuges fiéis) da mesma forma que infecta aqueles que estão sendo
promíscuos. Isto não é um castigo de Deus. A promiscuidade espalha doenças
sexualmente transmissíveis. Isto é uma lei da natureza e não um castigo de Deus.

88 Educação sobre a Aids
Se você não respeita as leis da física, você sofrerá as conseqüências. Se você pula de
um edifício alto pensando que pode voar, você se tornará uma piscina de sangue na
rua. Se as pessoas não respeitam as leis da sexualidade humana elas sofrerão as
conseqüências. Quando se envolvem em comportamento promíscuo, toda a
população sofre as conseqüências, uma das quais é a AIDS.
Deus castiga o pecado? É claro que sim. Mas é um erro pensar que a AIDS é o
verdadeiro castigo pelo pecado. A AIDS é um lembrete - como qualquer outra
doença – de que não podemos encontrar a felicidade final aqui na terra. Se você
quer saber como Deus castiga o pecado, lembre-se da parábola do joio na Bíblia,
onde Jesus diz:
“O Filho do Homem enviará os seus anjos, e eles recolherão todos os que levam os
outros a pecar e os que praticam o mal, e depois os lançarão na fornalha de fogo. Aí
eles vão chorar e ranger os dentes.” (Mateus 13, 41-42)
A fornalha do fogo é o inferno. Pecados como fornicação e adultério separam as
pessoas de Deus. Pecados sem arrependimento levam o pecador ao inferno. Se você
se recusa a arrepender-se de seus pecados você irá para o inferno. O inferno é o
castigo para o pecado. O inferno é a separação eterna de Deus. A AIDS nunca
separa alguém de Deus. Nenhuma doença nos separa de Deus. Somente o pecado e
o inferno nos separam de Deus.

89
Deus não ataca as pessoas com AIDS. Deus não castiga um drogado fazendo-o
miserável. É o vício que faz miserável a vida de um drogado e causa danos a muitos à
sua volta. A mesma lógica aplica-se àqueles que contraíram AIDS por causa da
promiscuidade. A promiscuidade é que traz desordens como a AIDS – e não Deus.
Deus não inflige a AIDS em ninguém. Ele permite, porém, que a natureza siga seu
curso. Quando o homem transgride a lei moral natural, ele chama a si todo tipo de
sofrimento e tormenta. O sofrimento é uma conseqüência do pecado original. No
entanto, por causa da paixão e morte de Cristo na Cruz, o sofrimento adquiriu um
novo significado, pois se tornou uma participação no trabalho redentor de Cristo.
O sofrimento não é uma maldição de Deus. Deus não quer que soframos. Ele o
permite porque pode nos levar mais perto Dele. “Pois a nossa tribulação momentânea
é leve, em relação ao peso extraordinário da glória eterna que ela nos prepara.” (2
Coríntios 4, 17). O sofrimento tem o poder de purificar-nos. Pode facilitar o trabalho de
salvação de Deus e nos preparar para a alegria eterna.

90 Educação sobre a Aids
AS PIORES CONSEQÜÊNCIAS
No início muitas pessoas tinham receio de falar da AIDS. Agora muitas pessoas falam
sobre a AIDS e suas conseqüências. O estigma da AIDS ainda é muito forte e muitas
pessoas têm diversos preconceitos para com pacientes portadores de AIDS. Alguns
têm dificuldade de admitir a verdade quando um membro da família contraiu o vírus
e os testes começam a acusar HIV+. No entanto, nenhum destes aspectos, por mais
importantes que sejam, representam as piores conseqüências da atual crise.
Presume-se que se algum dia os médicos acharem uma cura ou uma vacina para o
HIV tudo ficará bem. Esta é, por exemplo, a lógica por trás da distribuição de
preservativos para todo aquele que “não pode abster-se de comportamento
promíscuo” ou que é improvável de abster-se. Esta lógica está totalmente errada. Se
você quer entender a verdadeira natureza da crise de AIDS hoje em dia, você precisa
entender porque esta lógica está totalmente errada.
Primeiramente pode ajudar que comentemos dois fatos óbvios. Se for descoberta
uma vacina para o HIV, ela irá impedir milhões de pessoas de contrair o vírus. Se os
médicos descobrirem uma cura para a AIDS, salvarão a vida de milhões de homens e
mulheres que estão infectados pelo vírus. Isto é óbvio. No entanto, isto é apenas uma
pequena parte do quadro geral.

91
Não sabemos se algum dia a medicina descobrirá uma vacina. Esperamos que a
encontrem. Podem utilizá-la para evitar a disseminação da doença. Então,
perguntam alguns, porque qualquer pessoa inteligente se recusa a distribuir
preservativos? A resposta é simples e direta. A promiscuidade fere a todos e causa
enormes danos a toda a sociedade. A AIDS e outras doenças causadas por
promiscuidade são apenas uma pequena parte dos danos que estão sendo
causados. A pior conseqüência da promiscuidade não são as doenças e sim a
destruição das famílias. A promiscuidade torna o amor impossível entre homens e
mulheres. A promiscuidade gera ódio e violência. Então, ou se acaba com a
promiscuidade espalhada por todo lado ou o ódio e a violência farão um mal muito
maior do que todas as doenças que a humanidade já conheceu.
Quase ninguém afirma isso e então deixe-me repetir. A promiscuidade fere a todos e
causa enormes danos a toda a sociedade. Isto é um fato de vida moral. Temos a
obrigação de ajudar pessoas com vidas promíscuas a mudar seu comportamento.
Dizer a eles que usem preservativos é como dizer a um ladrão que tome o cuidado de
limpar seu pé antes de entrar na sua casa.
Ao promover o uso de preservativos estamos dizendo “Está OK viver uma vida
promíscua desde que você não contamine ninguém com AIDS.” Mas não está OK.
Mesmo que eliminemos a AIDS e outras DSTs a promiscuidade continuará a dilacerar a
paz e a harmonia social e no final estaríamos todos livres de DSTs, mas teríamos ódio
uns aos outros.

92 Educação sobre a Aids
Esta é uma das razões pelas quais não faz sentido incentivar o uso de preservativos. É
por isso que autoridades governamentais não devem promover o uso de
preservativos. Quando uma pessoa está com hemorragia você deve estancar o
sangramento senão ela morrerá. Quando toda uma sociedade mergulhou em
comportamentos promíscuos, é necessário parar a promiscuidade senão a sociedade
se autodestruirá.
Uma outra razão pela qual não é bom promover o uso de preservativos é porque são
um tipo de contraceptivo. Os contraceptivos causaram mais danos no
relacionamento entre marido e mulher do que qualquer outra coisa na história da
humanidade.
De forma breve, o problema com o uso de contraceptivos é que impedem marido e
mulher de se darem por completo um ao outro em seu ato de amor sexual. O uso do
contraceptivo retira deliberadamente a paternidade do caráter masculino do
homem e a maternidade do caráter feminino da mulher. O homem está se recusando
a dar a paternidade como parte do seu caráter masculino, portanto não está se
dando por inteiro. A mulher está se recusando a dar a maternidade como parte do
seu caráter feminino, portanto não está se dando por inteiro. Promover o uso de
preservativos é espalhar a mentalidade contraceptiva. Isto é um mal e está fazendo
um enorme dano ao matrimônio no mundo inteiro.

93
A AIDS não é a pior conseqüência do alastramento da promiscuidade - é a
conseqüência mais visível. Mas é apenas uma ponta de um enorme iceberg. O pior
dano sendo feito a indivíduos, às famílias e à sociedade vai muito além de doenças
físicas. De longe, a pior conseqüência da promiscuidade é a destruição da vida moral
e a total separação de Deus.
Quando você vê um homem prestes a estuprar uma moça, você não lhe diz “Onde
está seu preservativo?” Se você é uma mulher casada vendo seu marido sair para ter
um caso com outra mulher, você não lhe diz “Não deixe de usar um preservativo!” Se
você ver sua filha pronta para se deitar numa cama com um rapaz, você não
pergunta se ela está usando alguma “proteção” contra a AIDS. Se qualquer uma
dessas coisas ocorrer, você fará de tudo para impedir o mal de ocorrer. No mínimo
você tem a obrigação de dizer às pessoas que fazem tais coisas que suas ações são
más e que estão causando danos severos a todos nós.

94 Educação sobre a Aids
CAPÍTULOS
P A R T E 1 .............................................. 6 P A R T E 2 .........................................96
1. FATOS BÁSICOS SOBRE A AIDS .......... 7 20. AMIZADES ...................................... 97
2. AS RAÍZES DA EPIDEMIA ...................... 9 21. APAIXONAR-SE ............................ 102
3. ESTÁGIOS DO HIV .............................. 14 22. VÍNCULOS .................................... 113
4. MUDANDO COMPORTAMENTOS .... 18 23. VÍNCULOS SEXUAIS...................... 124
5. MUDANÇAS FÍSICAS.......................... 21 24. NAMORO ..................................... 135
6. ENCONTRANDO A VERDADE........... 25
25. MATRIMÔNIO .............................. 150
7. LUZ E TREVAS ...................................... 30
8. ÍDOLOS FALSOS ................................. 33
9. AIDS E OUTRAS DSTS .......................... 37
10. TEMOR E SABEDORIA ........................ 43
11. A DIGNIDADE DA MULHER ............... 48
12. A LUTA ................................................ 53
13. BEIJOS ................................................. 56
14. DESORDENS SEXUAIS ......................... 61
15. PERDÃO.............................................. 66
16. COMO DIZER NÃO ............................ 72
17. AUTOCONTROLE ............................... 76
18. GRAVIDEZ DE ADOLESCENTES ......... 80
19. CONSEQÜÊNCIAS SOCIAIS.......... 85

95
PARTE 2
P R E P A R A N D O P A R A O
M A T R I M Ô N I O
Durante a sua adolescência você provavelmente não estará considerando de forma
séria o matrimônio. A seguinte seção deste livro trata do matrimônio e a preparação
para o matrimônio. Mas tratará deste assunto a partir de seu ponto de vista, aqui e
agora, como um jovem que ainda tem muitos outros assuntos na vida para resolver.
O tempo do matrimônio virá, mais cedo ou mais tarde, quando você se cansar de
jogos. Você quererá lidar com o lado sério da vida. Talvez você já tenha começado a
entender os grandes movimentos dentro da história mundial: a luta entre as nações,
os debates sobre a verdade, o progresso e o declínio das civilizações. Esta parte do
livro trata apenas das questões relativas às amizades, aos amores, às uniões. Por mais
simples que pareçam, estas questões são parte integrante dos importantes assuntos
do governo mundial. Entenda a natureza do amor humano e você saberá como
governar o mundo em direção a uma crescente e abundante prosperidade.

96 Educação sobre a Aids
C A P Í T U L O 2 0 –
A M I Z A D E S
Um amigo é um grande tesouro. Dar-se bem com os outros não é tão difícil. Mas ser
amigo é muito mais do que se dar bem. O que significa ser amigo de alguém?
Há muitas definições de amizade. Uma maneira de expressá-la é assim: amigos são
aqueles que compartilham alegrias e tristezas.
Compartilhar alegrias e tristezas significa mais do que se sentar junto na sala de aula. É
mais do que compartilhar uma refeição. É muito mais do que um mero conhecimento.
Compartilhar alegrias significa que seu amigo fica feliz quando você lhe conta algo
que faz você feliz – e vice versa – como uma boa nota no exame. Compartilhar
tristezas significa que você se entristece quando sabe de algo ruim que aconteceu ao
seu amigo. Se alguém tenta contar-lhe sobre os seus problemas e isso não lhe afeta
então vocês não são realmente amigos.
Seus melhores amigos são aqueles que estão ao seu lado nos momentos de grandes
alegrias e de grandes tristezas. Vocês tiveram a mesma experiência e foram afetados
da mesma maneira. O mesmo evento os uniu e lhes deu uma alegria ou uma tristeza
que vocês agora compartilham.

97
Quanto mais profundas as alegrias e as tristezas que vocês compartilham mais
profunda é a amizade. Se as alegrias e tristezas que vocês compartilham não passam
de algo como ganhar ou perder um jogo, a amizade é superficial. Se as alegrias e
tristezas são mais intensas – como numa viagem a um lugar desconhecido ou
trabalhar juntos em projetos sociais para ajudar os pobres – então a amizade se torna
mais profunda. Soldados muitas vezes têm laços de amizade muito fortes porque
compartilharam a mais profunda de todas as experiências: enfrentar a morte lado a
lado, ajudando um ao outro a sobreviver e arriscando suas vidas para fazê-lo.
Após ler a respeito de amizades, você pode se dar conta de que tem poucos amigos
do sexo oposto. Você conhece um pouco algumas pessoas. Vocês podem estar
acostumados um com o outro e trocarem palavras simpáticas sem muita dificuldade.
Mas é só até aí. Vocês ainda terão que compartilhar alegrias e tristezas.
Alguns rapazes acham realmente difícil fazer amizade com moças e vice versa.
Quando você tem por volta de 15 anos, poderá se sentir desajeitado com o sexo
oposto, especialmente se não são parte de sua família. Há muitas razões para isso. A
principal razão é sua própria insegurança. Gostarão de mim? Tenho boa aparência
ou sou bonita? Repararão nos defeitos – espinhas no rosto, nariz grande, olhos
pequenos, pernas curtas, magreza, gordura? Este se sentir inadequado poderá durar
muitos anos. Não há nenhuma maneira fácil de superar estes sentimentos. O maior
agravante é que algumas pessoas têm jeito para fazer amizades e você não tem.

98 Educação sobre a Aids
Um conselho: não se compare com ninguém e não tente ser outra pessoa. Calma.
Não há pressa. Os outros têm defeitos também. Eles não prestam tanta atenção nos
seus defeitos como você. Eventualmente você aprenderá a fazer o mesmo, isto é, dar
menos importância aos seus defeitos. Melhore naquilo que você pode melhorar, mas
aceite a si próprio como você é. Se você passa anos tentando se comportar como
outra pessoa, os outros começarão a gostar dessa “outra pessoa” em vez de gostar
de você. Não perca seu tempo fingindo ser uma outra pessoa. As pessoas aceitarão
você pelo que você é se lhes der uma chance.
Ficar ansioso(a) para ser querido(a) por todo mundo impedirá sua amizade com
outras pessoas. Tente ser amigo de apenas alguns antes de querer ser amigo de
todos. Ademais algumas pessoas têm amizades superficiais com muitas pessoas e
boas amizades com ninguém.
Uma coisa acontece mais cedo ou mais tarde. Um rapaz e uma moça sentirão uma
forte atração um pelo outro. Isto é parte do apaixonar-se e do preparar-se para o
matrimônio. As emoções que você sente podem ser muito intensas. Tente não
confundir este sentimento com amizade. Um rapaz e uma moça podem sentir-se
fortemente atraídos um pelo outro e nunca chegarem a ser bons amigos. O inverso
também é verdade. Um rapaz e uma moça podem ser bons amigos e nunca sentirem
uma atração romântica um pelo outro.

99
Atrações são automáticas e muito fáceis de se sentir. Fazer amizades não é tão fácil.
De fato, para fazer amizades com alguém do sexo oposto, usualmente você terá que
ignorar quaisquer sentimentos de atração. Se você se deixa levar por suas emoções,
você se verá preso a um relacionamento mais sério para o qual ninguém está
preparado.
Ponha suas emoções de molho. Primeiro aprenda a fazer amizades. Se você não
aprender agora encontrará dificuldade depois. É triste ver casais se casarem sem
saber como ser amigos um do outro.
Ficar sexualmente envolvido antes do matrimônio é o maior erro que você pode
cometer ao tentar fazer amizade. Fazer sexo antes do matrimônio torna praticamente
impossível a amizade. O sexo vai muito além de amizade. O sexo é a linguagem do
comprometimento total. É por isso que o sexo só tem sentido dentro do matrimônio.
Por agora, o desejo sexual é um desejo forte que você deve colocar em segundo
plano. Aprenda a ignorá-lo até você estar pronto para o matrimônio.

100 Educação sobre a Aids
Fazer amizade com alguém do sexo oposto é como aprender a afinar uma guitarra.
Afinar uma guitarra é ouvir atentamente cada nota. É assim que é uma amizade.
Você não pode afinar uma guitarra se alguém está tocando o tambor ao seu lado.
Você nunca aprenderá a fazer amizades até que você diga à pessoa com o tambor
– seus desejos sexuais – para se acalmar e deixar você afinar a sua guitarra. Você
nunca aprenderá a arte delicada de fazer amizade com o sexo oposto enquanto
você deixar seus desejos sexuais dominarem seu relacionamento.
À medida que você aprende a apreciar amizades, o amor terá mais sentido para
você. Você começará a ver que pode fazer amizade com muitas pessoas, homens e
mulheres. Você se dará conta que a pessoa que escolheu para casar é muito, muito
mais que um(a) mero(a) amigo(a). Uma vez que você compreendeu isso, então
poderá dizer que começou a entender o que significa o amor sexual.

101
C A P Í T U L O 2 1 –
A P A I X O N A R - S E
Porque algumas pessoas se apaixonam e depois se separam? Porque algumas
pessoas se apaixonam e depois se “desapaixonam”? Porque alguns casais casados
acabam se odiando? Porque algumas pessoas se apaixonam, se casam e vivem
juntos e felizes?
Estas perguntas não têm respostas simples. Para começar a entender porque estas
coisas acontecem aprenda a distinguir:
• Sensações
• Emoções
• Vínculos
• Decisões
Estar apaixonado por alguém requer todos os quatro elementos: sensações, emoções,
decisões, vínculos. Para entender o apaixonar-se, tente entender cada um destes
quatro elementos.

102 Educação sobre a Aids
Sensações neste contexto referem-se a sensações físicas. Frio, calor, dor e prazer são
sensações físicas. Emoções referem-se a sensações emocionais. Sensações de fundo
emocional são diferentes de sensações físicas. Amor, ódio, desejo e medo são
sensações de fundo emocional.
Você pode ter uma sensação física de prazer muito intensa e não ter nenhuma
sensação de fundo emocional. Você pode sentir prazer intenso e ao mesmo tempo
pode ter uma sensação de ódio pela pessoa que causa o prazer. Alguém pode lhe
causar muita dor física e ao mesmo tempo você pode sentir uma profunda atração
de fundo emocional por essa pessoa.
Aprenda a distinguir entre sensações físicas e de fundo emocional. Parece fácil, mas
na realidade é difícil. O elemento inicial mais forte na atração sexual é puramente
físico. É comandado pelos hormônios sexuais no nosso corpo. Só porque você gosta
da sensação que alguém o faz sentir não significa que você ama essa pessoa. Você
não se apaixona porque alguém faz você sentir-se bem. Centenas de pessoas do
sexo oposto podem fazer você sentir-se bem. Isso não significa que você as ame.

103
Estar apaixonado requer uma decisão. Quanto mais refletida e consciente for sua
decisão, tanto mais você poderá afirmar que está verdadeiramente apaixonado.
Uma decisão não é uma sensação física. Uma decisão não é uma emoção. É um ato
livre da vontade. Sensações físicas levam a tomar decisões, por exemplo, ir para a
cama quando se está cansado, comer quando se está com fome. A maioria das
decisões guiadas por sensações físicas são minimamente conscientes e refletidas –
apenas uma reação ao estímulo físico dos nossos apetites.
Emoções também nos levam a tomar decisões. Novamente, muitas dessas decisões
são minimamente conscientes, minimamente refletidas. Por exemplo, quanto você
realmente reflete antes de gritar com alguém que o deixou com raiva? Quanta
consciência racional você tem ao vibrar pelo seu time logo após um gol? Você pode
tomar uma decisão com muito pouca consciência e muito pouca reflexão, mesmo
que suas emoções sejam extremamente intensas.
Repitamos de forma a gravar bem esta idéia - atração de fundo emocional não é o
mesmo que atração física. Suas sensações físicas despertam pelo contato dos seus
sentidos físicos com algo que você pode ver, tocar, ouvir, etc. Suas emoções físicas
dizem: “Eu sinto prazer. Eu sinto dor. Eu sinto calor. Eu sinto frio. Eu me sinto elétrico. Eu
me sinto cansado”.

104 Educação sobre a Aids
Como no caso das sensações físicas, as emoções dependem fortemente dos sentidos
(visão, tato, etc.). É por isso que emoções às vezes são denominadas de sensações.
Porém, emoções focam em algo que vai além dos sentidos. Suas emoções dizem: “Eu
gosto de alguém (ou sinto repulsa em relação a alguém) por causa do jeito que olha
para mim, fala comigo, sorri para mim.”
Uma vez que você comece a distinguir entre sensações, emoções e decisões, tente
entender vínculos. Suas decisões conduzem (ou afastam) você de fazer vínculos. Um
vínculo é a “cola” que une as pessoas. Um vínculo resulta de uma decisão tomada.
Falaremos mais sobre vínculos no próximo capítulo. Agora falemos de suas emoções.
SENSAÇÕES E EMOÇÕES PARA MOÇAS E RAPAZES
A atração física é comandada pela química de seu corpo. Como a química do
corpo feminino passa por ciclos, suas sensações físicas de atração sexual seguem esse
mesmo ciclo. As mulheres perceberão as sensações físicas de desejo sexuais mais
fortes quando estão no auge do seu ciclo, isto é, quando acabaram de ovular e
estão prontas a conceber caso tenham uma relação sexual. Os homens são muito
mais estáveis. As sensações físicas de desejo sexual dos homens praticamente não
oscilam, permanecendo fortes quase que de forma constante.

105
Os rapazes tendem a ter sensações físicas fortes muito antes de aprenderem a
apreciar suas emoções. Sentem atração sexual por muitas moças que conhecem. Isto
é na maioria das vezes atração física. Eles podem sentir-se sexualmente atraídos por
uma moça sem conhecer nada sobre a pessoa dela. Alguns rapazes chegarão a
pedir a uma moça para fazer sexo simplesmente pela forte atração física que sentem.
Como os rapazes reagem vigorosamente à beleza física, alguns podem facilmente ser
seduzidos por uma moça mesmo que ele nada conheça a seu respeito. Eles não
estão apaixonados. Estão simplesmente dominados pela forte atração sexual que
sentem fisicamente.
As moças tendem a ter atrações de fundo emocional mais fortes que os rapazes, pelo
menos inicialmente. Suas sensações de atração física sexual não serão facilmente
suscitadas. Sentem atração emocional por muitos rapazes que conhecem. Elas
podem sentir-se atraídas por um rapaz sem conhecer nada sobre a pessoa dele.
Algumas moças ficam convencidas que amam um rapaz simplesmente pela forte
atração de fundo emocional que sentem. Algumas moças podem sentir-se
totalmente seduzidas por um rapaz sem saber nada a seu respeito, como o líder de
uma banda. Apesar de sentirem que estão apaixonadas, estão simplesmente
encantadas.

106 Educação sobre a Aids
Encantar-se e apaixonar-se são diferentes. Estar encantado por alguém significa sentir
forte atração por alguém sem conhecer muito a seu respeito – sem conhecer, por
exemplo, se a outra pessoa sente qualquer atração por você. Uma moça que fala
que está apaixonada por alguém que ela viu em um filme, está na realidade falando
de estar encantada. Um rapaz que sente estar apaixonado por uma menina com
quem conversou uma vez numa festa, está na realidade, encantado.
PREPARANDO-SE PARA UM COMPROMISSO TOTAL
Apaixonar-se vai além de sensações de atração. Envolve atração mútua forte, mas é
muito, muito mais. É o começo de uma decisão de comprometer sua vida inteira com
uma outra pessoa. Uma pessoa verdadeiramente apaixonada diz “Eu a conheço e
vejo que você me conhece. Eu quero você e apenas você e ninguém mais. Eu
escolho você e deixo todas as outras pessoas para trás. Eu quero passar toda a minha
vida com você”.
É difícil dizer exatamente como ou quando alguém passa de estar meramente
encantado a verdadeiramente apaixonado. Não é um evento súbito como uma
explosão. É mais como uma flor que começa como um botão que lentamente
floresce.

107
Vamos ser práticos. Qualquer jovem pode fazer-se duas perguntas simples: “Você diz
estar apaixonado. Você está pensando seriamente em dizer a esta pessoa daqui a
algum tempo que você quer se casar? Essa pessoa está pronta a tomar uma decisão
sobre casamento no futuro próximo?”
Se a resposta a qualquer dessas perguntas é não, é muito cedo para falar de estar
apaixonado. O verdadeiro amor requer comprometimento total. Se você não está
pronto para isso, você deve ser mais realista quanto à sua atração um pelo outro.
Uma forte atração pode desenvolver-se em um amor sincero um pelo outro, em um
comprometimento total com o outro. Porém a mera existência da atração não quer
dizer que vocês estão apaixonados um pelo outro.
Estar apaixonado é saber comprometer-se. Um rapaz e uma moça que dizem estar
apaixonados estão dando um passo sério. Eles não estão falando apenas em fortes
emoções. Estão falando sobre uma decisão mútua que levará ao matrimônio. O
matrimônio não é uma sensação nem uma emoção. É uma decisão que criará um
vínculo permanente que durará toda a vida.

108 Educação sobre a Aids
LIDAR COM SUAS EMOÇÕES
Há uma coisa que você deve ter em mente com toda clareza. Sensações dependem
na maior parte de suas circunstâncias imediatas. Portanto, sensações sempre mudam
logo que as circunstâncias mudam. Emoções dependem muito de sensações físicas e
em centenas de outras coisas que estão além do seu controle. Emoções podem se
ascender rapidamente e com a mesma rapidez se apagar.
Qualquer pessoa que se deixa levar por sensações e emoções, toma decisões ruins e
comete imprudências. Decisões criam vínculos e outras vezes impedem que sejam
criados. Uma vez que vínculos são criados, você não pode desfazê-los. Ao decidir
pular de um penhasco, você não pode voltar atrás. Não deixe suas sensações e
emoções controlarem a sua vida. As emoções e sensações são parte de sua vida e
você necessita delas, mas suas decisões são mais importantes.
Veja as pessoas que estão presas em suas próprias armadilhas de erros tolos porque
deixaram a emoção governar suas vidas. Isto prova, que mesmo do ponto de vista de
suas emoções, ser feliz requer algo mais do que se sentir bem o tempo todo. As
pessoas cujo único propósito na vida é sentir-se bem acabam tristes e têm vidas
miseráveis.

109
Faça um esforço consciente para distinguir entre, sensações, emoções, decisões e
vínculos. Também faça um esforço consciente para tomar decisões duras. Muitas
vezes você não sentirá vontade de trabalhar, mas você precisa trabalhar. Muitas
vezes você terá que dizer a alguém que você precisa sair, muito embora você sinta
vontade de ficar. Isto preparará para o matrimônio. Você estará atuando de forma
decidida, sabendo o que está fazendo ao invés de estar reagindo às suas emoções.
Aprenda a ser dono de si e não um escravo de suas emoções.
Comandar as suas emoções é, em parte, aprender a ignorá-las quando necessário.
Se você sente uma atração por alguém, há uma grande possibilidade de que essa
pessoa não sinta o mesmo. Isto aflige os jovens podendo causar grande sofrimento.
Não se preocupe, pois todos passam por isso mais cedo ou mais tarde. Você nunca
estará pronto para amar verdadeiramente a não ser que você aprenda a dar menos
importância às suas emoções. Há momentos em que, para seu próprio bem, é
necessário ignorá-las completamente.
Você pode sentir que está apaixonado enquanto ainda é muito jovem. E quando se é
jovem, é fácil pensar que durará para sempre. Deixe que se passem alguns meses.
Você poderá descobrir o que a maior parte das pessoas aprenderam há muito
tempo. Apaixonar-se cedo pode durar, mas também pode acabar. A maior parte das
vezes acaba. A maior parte dos homens e mulheres que começam muito cedo um
relacionamento sério acabam por terminá-lo. Não é exagero insistir, a maioria das
pessoas acabam por terminá-lo. Isto é algo normal na vida. Por ora aprenda estas três
coisas sobre suas emoções:

110 Educação sobre a Aids
SE VOCÊ QUER SER LIVRE, DOMINE SUAS SENSAÇÕES E EMOÇÕES.
Isto é a chave para o autocontrole. No entanto, uma advertência - ninguém
realmente controla sensações. O que você tenta controlar é sua reação às suas
sensações e emoções. Se você estiver perto do fogo, você não consegue impedir a
sensação do calor. Você pode decidir sair de perto do fogo. Mas se você escolher
permanecer ali, você terá uma sensação forte de calor independente do que você
escolha sentir. Se você tem uma forte atração física por alguém, você não pode
impedir aquela atração de ter um efeito forte enquanto você permanecer tendo
muito contato próximo com aquela pessoa. Não se podem eliminar sensações
tentando parar de sentir o que se está sentindo. Você controla sensações atuando
sobre elas ou recusando-se a atuar nelas. Identifique suas sensações e emoções por
aquilo que são e depois decida como você quer atuar.

111
NÃO DEIXE SEU CORAÇÃO PENSAR POR VOCÊ – PELO MENOS NÃO POR COMPLETO.
Nem tudo que é prazeroso é bom para você. É difícil recusar um copo de água
quando se tem sede. Mas se acrescentarem veneno no copo, obviamente você
recusará independente da sede. Seu coração não é muito bom para detectar
veneno, mas espera-se que sua cabeça seja. Se você é uma moça e gosta de um
rapaz que vai numa direção errada, diga adeus e não olhe para trás. Se você é um
rapaz e gosta de uma moça que será um problema para você, diga a ela que você
não está interessado e vá embora.
TODA ROSA TEM ESPINHOS.
Você precisa de emoções para viver feliz. Mas o amor não faz todas as suas emoções
prazerosas. Sentir-se bem não é o mesmo que se sentir feliz. O amor começa quando
se fazem sacrifícios pela pessoa amada mesmo quando custa. Se você é incapaz de
sacrificar-se por alguém, não há amor. Um rapaz pode dizer a uma moça que a ama
tanto que não pode esperar o matrimônio para fazer sexo com ela. Na realidade ele
não ama essa moça, pois a coloca numa situação que acabará por prejudicá-la.
Aquele que sabe esperar até o matrimônio sabe sacrificar-se. Esse é que realmente a
ama.

112 Educação sobre a Aids
C A P Í T U L O 2 2 – V Í N C U L O S
Você tem fortes vínculos com seu pai e sua mãe. Se por alguma razão você não
conhecesse um de seus pais, o vínculo ainda existiria, mas é menos perceptível. O que
quer dizer ter um vínculo com a sua mãe e seu pai? Simplesmente isto: não importa
aonde você vá, o que você faça, quem você conheça, há algo profundo no seu
interior que conecta você e tudo ao seu redor aos seus pais.
Tome, por exemplo, o vínculo com seu pai. Você se lembra como ele o tratava
quando você era criança. Vamos dizer que ele voltava para casa logo após o
trabalho e jantava com você e o resto da família. Esse hábito simples e ordinário
marcou em você uma imagem de seu pai. Influencia a maneira como você vê a
outros homens (incluindo você próprio caso você seja um rapaz) e a maneira como
você vê famílias.
Vamos considerar o caso oposto. Vamos dizer que seu pai sempre voltava para casa
tarde, depois de beber muito e quase nunca se sentava à mesa com você e a família
durante as refeições. Novamente, esse hábito simples e ordinário marcou em você
uma imagem de seu pai. Influencia a maneira como você vê a outros homens, outras
famílias e a vida.
Estes exemplos descrevem o que são vínculos e como lhe afetam. Um vínculo é uma
conexão invisível entre você e uma outra pessoa. Você tem muitos vínculos com

113
muitas pessoas. Estes vínculos podem ser esticados daqui até o fim do universo e
ainda assim serem tremendamente fortes. Você não torna um vínculo mais fraco por
se afastar. Os vínculos que você tem com seus pais e com outros o acompanham por
onde você for.
DIFERENTES TIPOS DE VÍNCULOS
Existem os vínculos de família, como esses que você tem com seu pai e mãe, irmãos e
irmãs. Há vínculos do clã familiar, como aqueles formados com parentes, tio, tia,
primos etc. Há vínculos de amizade como aqueles formados com amigos de classe,
do time. Há vínculos de parceria como aqueles formados com colegas de trabalho e
parceiros de negócios. Há vínculos sociais como aqueles que você tem com os
membros da comunidade onde você vive.
Talvez você não se dê conta o quão real esses vínculos são. As pessoas tendem a
percebê-lo quando se mudam para longe de casa. Viver numa cultura estranha e
falar uma outra língua, nos faz perceber o quão forte são esses vínculos com as
pessoas de casa. Ao viver num outro país, você perceberá o quão maravilhoso é falar
com alguém do seu país de origem, mesmo que nem sequer o conheça.
Talvez você não tenha percebido, mas a lista acima segue uma ordem. Um dos
vínculos naturais mais fortes são os vínculos de família e talvez o seja para sempre se
você crescer vivendo com sua família. À medida em que você cresce irá
percebendo que os vínculos entre você e seus pais é dos mais fortes e mais
114 Educação sobre a Aids
importantes vínculos de sua vida. Sempre se esforce por conviver bem com seus pais.
Se uma pessoa não se der bem com seu pai ou sua mãe, terá problemas sérios no
futuro quando tentar estabelecer vínculos com outras pessoas.
No matrimônio, você terá um vínculo esponsal com a pessoa com quem se casar. O
vínculo que você terá com sua esposa(o) será mais forte que todos os outros. Por que
é que este vínculo é mais forte do que todos os outros? É um mistério. Deus nos criou
dessa forma. A Bíblia resume esse vínculo da seguinte forma: “Por isso, um homem
deixa seu pai e sua mãe, e se une à sua mulher: e eles dois se tornam uma só carne.”
(Gênesis 2, 24). O vínculo que Deus cria entre você e sua esposa(o) ao se casarem é
mais forte e mais importante que o vínculo entre você e seus pais – ou qualquer outro
vínculo natural que você possa ter.
Além dos vínculos naturais, há os vínculos sobrenaturais criados pela graça. Quando
uma pessoa é batizada com o batismo de Cristo, torna-se cristão e forma vínculos
sobrenaturais com Deus, nosso Pai celestial; com Jesus, Nosso Senhor e Salvador e
com o Espírito Santo, que nos faz filhos de Deus e irmãos e irmãs de Cristo. Os cristãos
também formam vínculos sobrenaturais com todos os outros cristãos, unidos uns aos
outros pela comunhão dos santos.

115
COMO OS VÍNCULOS SÃO FORMADOS
Seria muito complicado descrever todas as formas diferentes com que se formam
vínculos. Vejamos as formas principais em que isto ocorre. Você perceberá interseção
em algumas destas descrições. Você pode ter um vínculo com alguém, formado de
diferentes maneiras.
VÍNCULOS BIOLÓGICOS.
Você tem um vínculo único com seu pai e sua mãe pois eles são a razão biológica de
sua existência. Este vínculo está escrito no mais íntimo de sua constituição física.
Metade de seus genes vem de seu pai e a outra metade de sua mãe. Este vínculo
também está escrito no mais íntimo de sua constituição psicológica. A maior parte de
seus gostos, traços de caráter e hábitos pessoais vem de seus pais. A sua forma de
olhar para si e para o mundo tem suas raízes nesses anos iniciais passados ao lado de
seu pai e de sua mãe.

116 Educação sobre a Aids
VÍNCULOS EMOCIONAIS
À medida que a vida passa, você tem experiências junto a outros. Isto cria vínculos
emocionais. Por exemplo, você adquire um vínculo emocional forte com um colega
de classe simplesmente porque vocês estão juntos numa mesma escola por tantos
anos. A força destes vínculos depende do quanto os eventos marcam você e seus
companheiros. Em um lugar como numa escola, estes eventos afetam bastante já
que você está numa fase crucial de formação de sua personalidade e determinando
de que forma você quer viver sua vida. É por isso que pessoas que freqüentam a
mesma escola tendem a ter vínculos fortes e por toda a vida uns com os outros.
VÍNCULOS ESPIRITUAIS
À medida que você faz amizades com pessoas ao seu redor, você as conhece e elas
o conhecem. Isto cria vínculos espirituais. A força de vínculos espirituais depende
basicamente de duas coisas: do quanto se permite a uma outra pessoa saber o que
se passa dentro de você mesmo e do quanto essa outra pessoa permite que você a
conheça. Vínculos espirituais sempre acompanham algum tipo de vínculo emocional;
na prática é difícil distingui-los. Quão forte podem ser os vínculos espirituais?
Dependerá do quão atraído, interessado ou fascinado você está pelo que venha a
saber sobre o(a) amigo(a). Também dependerá em sua habilidade de ter empatia
com as experiências do(a) amigo(a). Quanto mais intensa é sua resposta ao que o(a)
amigo(a) revela a respeito de si próprio(a) maior será a força do vínculo.
117
VÍNCULOS SACRAMENTAIS
Vínculos sobrenaturais são formados quando recebemos os sacramentos, por
exemplo, o sacramento do batismo. O matrimônio é o sacramento que faz de dois
cristãos, marido e mulher aos olhos de Deus.
VÍNCULOS SEXUAIS
Um único ato sexual cria um vínculo entre um homem e uma mulher. O vínculo sexual
só deve acontecer dentro do matrimônio, porém pode ocorrer mesmo se o casal não
está casado. Mesmo quando o ato sexual não envolve a copulação, algum grau de
vínculo sexual ocorre. Atividade sexual menos intensa como carícias, pode iniciar a
criação de vínculo sexual desde que ambas as partes voluntariamente consintam.
Qualquer tipo de agressão violenta como o estupro, por exemplo, não terá o efeito
de criar vínculo.
O vínculo sexual resultante de uma relação sexual, principalmente para aqueles que
o realizam pela primeira vez, em geral produz um vínculo que parece um super-grude.
É como pegar dois pedaços de esparadrapo e colar as duas pontas grudentas uma à
outra. Este vínculo é mais que simplesmente forte, é inacreditavelmente forte.

118 Educação sobre a Aids
MAIS SOBRE O VÍNCULO DA AMIZADE
A parte mais difícil para muitos jovens é tornarem-se bons amigos uns dos outros.
Portanto, é bom repetir algumas idéias sobre este assunto. Companheiros são colegas
de classe, colegas da mesma idade, colegas do mesmo time que entram e saem de
sua vida à medida que você cresce. Dar um passo além do companheirismo e tornar-
se bons amigos requer algum tipo de compartilhamento de alegrias e tristezas.
Por exemplo, se você joga basquete, está fazendo algo em comum com outros
jovens. Quanto mais vocês fazem coisas juntos, mais se tornarão bons companheiros.
Aí um dia, vocês sentam para conversar num grupo pequeno de dois ou três. Vocês
começam a falar do jogo e prosseguem para outros assuntos. Não importa muito do
que vocês falem. O importante é que você comece a falar ao outro algo pessoal
sobre si mesmo.
Quando você diz ao outro o que pensa, o que sente, você começa a compartilhar
alegrias e tristezas. Pode não parecer muito, mas você está dando algo que está
dentro de você mesmo. Começa como algo trivial. No entanto, vocês estão se
tornando amigos. Quanto mais você compartilha o que está dentro de você, tanto
mais profunda se torna a amizade.

119
ATITUDES COM RESPEITO À AMIZADE
Conhecer algumas diferenças básicas no modo com que rapazes e moças
experimentam e focam em pessoas e relacionamentos, ajuda a fazer amizade com o
sexo oposto.
Uma característica existencial básica para rapazes é: eles têm pouca consciência de
criarem qualquer tipo de vínculo. É claro, que criam vínculos e obviamente muitos
vínculos. Mas é provável que eles não se dêem conta deste fato a não ser que se
sintam sozinhos e não tenham sido capazes de fazer amizade com ninguém. Para os
rapazes, fazer amizades parece ser algo que simplesmente acontece e eles não se
importam em entender como isso se dá.
Para explicar o que quero dizer, tente imaginar um grupo de rapazes numa roda
conversando sobre quais deles são amigos entre si. Isto não é provável de acontecer,
não é mesmo? Eles ficarão numa roda o dia inteiro e falarão sobre qual garoto é
melhor em esportes, nas matérias da escola ou em qualquer outra área. Dificilmente
entrarão em discussões sobre relacionamentos e alguns rapazes poderão passar a
vida inteira sem falar sobre relacionamentos. Isso não significa que relacionamentos
não são importantes para eles, mas permanece no mundo silencioso interior das
coisas que se tomam por certas.

120 Educação sobre a Aids
Os homens têm uma facilidade natural de focar em coisas e no mundo exterior. Isso é
tão forte que muitas vezes eles só vêem o exterior. Eles podem chegar a olhar para
outras pessoas como coisas, embora possam ser muito sensíveis. Mas,
paradoxalmente, também podem ser distraídos com relação aos sentimentos de
outras pessoas. A maioria dos homens acha difícil perceber as necessidades interiores
daqueles que os cercam, ou de ver pessoas como seres que têm necessidades
emocionais de amor e afeto.
Como os homens se relacionam fortemente com o mundo exterior e com tudo que
eles vêem, reagem fortemente à beleza física e a qualquer tipo de estímulo sexual.
Por outro lado, enquanto as mulheres têm uma necessidade acentuada de trocar
intimidades, de amar e ser amadas, os homens têm uma forte compulsão sexual e um
desejo por contato sexual.
As mulheres tendem a tomar uma abordagem completamente diferente em todos os
seus relacionamentos. Elas são menos focadas em coisas e mais focadas em pessoas,
em suas necessidades pessoais e no seu mundo interior. Elas notam o quão forte ou
fraco está um relacionamento, e conversam sobre isso com outras mulheres –
especialmente se é sobre algum relacionamento com algum rapaz com o qual estão
fazendo amizade.

121
As mulheres são mais perceptivas visualmente, notando os menores detalhes sobre a
maneira como alguém está vestido. No entanto, elas reagem de forma mais intensa
àquilo que escutam do que àquilo que vêem. Elas apreciam uma conversa pelo mero
fato de ser uma conversa. Enquanto que os homens focam sua conversa na troca de
informações, duas mulheres podem conversar por horas ao telefone e do ponto de
vista de um homem, elas não disseram nada que valesse a pena.
Enquanto mulheres reagem a estímulos sexuais da mesma forma que os homens, seu
interesse inicial é instigado por uma conversa íntima. Elas reagem fortemente a elogios
a sua beleza física e a palavras demonstrativas de interesse em sua pessoa, por
exemplo, “eu acho que precisamos ter um tempo juntos para conversar a fim de que
eu a conheça melhor.”

122 Educação sobre a Aids
COMO ESSAS DIFERENÇAS EM ATITUDES AFETAM VOCÊ AGORA
Dica para as moças: as diferenças que apresentamos têm uma conseqüência básica
para as suas amizades com os rapazes. Mantenha o foco na amizade. Ignore
qualquer desejo de atrair atenção sobre você própria. Evite tendências a paquerar e
ser sexualmente provocativa. Isto ajudará os rapazes que você conhecer, mostrando
a eles como olhar as mulheres como amigas e não como objetos de sexo.
Dica para os rapazes: vocês devem focar na amizade, ignorando seus impulsos
sexuais. Reconhecer – e aprender a rejeitar – qualquer tendência de olhar para as
mulheres como um meio de gratificação sexual. Mais importante ainda: desenvolva
uma maior consciência daquilo que se passa no interior das outras pessoas. Desta
forma você terá uma idéia melhor de que tipo de mulher poderá ser a sua melhor
amiga por toda a sua vida.

123
C A P Í T U L O 2 3 – V Í N C U L O S
S E X U A I S
Deus criou o ser humano como homem e mulher. O plano de Deus para o homem
inclui o Seu plano para o sexo. Para você entender melhor quem é você mesmo, é
necessário entender como a atividade sexual produz vínculos sexuais fortíssimos entre
duas pessoas.
O IMPACTO DO VÍNCULO SEXUAL
O vínculo produzido pela atividade sexual não pode ser lavado com água e sabão.
Nem pode ser cortado com tesoura. Você não pode ver nem tocar este vínculo. E
todavia é mais forte que um cabo de aço.
Como os vínculos biológicos que existem entre você e seus pais, um vínculo sexual
permanece de forma profunda em seu interior. Uma vez que foi formado não há
nada que você faça que possa eliminá-lo. Tem um enorme impacto nos hormônios do
seu corpo. Em outras palavras, conecta você química e emocionalmente à pessoa
com quem você fez sexo. Você não pode desfazer essa conexão da mesma forma
que você não consegue deixar de ser filho de seus pais.

124 Educação sobre a Aids
O vínculo sexual resultante de sua primeira experiência em uma relação sexual é o
“super bonder” da natureza humana. Nenhum outro vínculo chega perto desse – nem
o vínculo biológico que você tem com seus pais. Se você tem uma relação sexual
com uma pessoa pela primeira vez e tenta se afastar dela, sentirá que seu coração
está sendo destroçado.
Deus nos fez assim com um propósito. Ele fez a relação sexual ser a única boa maneira
para que a vida humana seja criada. Toda criança uma vez criada, precisa de um
pai e uma mãe e não apenas por alguns dias ou alguns anos. Do ponto de vista da
criança o vínculo sexual foi criado para garantir um duradouro e estável ambiente
familiar. Desta forma, a criança pode contar com a presença de um pai e uma mãe
por toda sua vida. O vínculo sexual foi criado por Deus para ajudar a manter os pais
unidos.
As necessidades de cada criança constituem apenas metade da história. A outra
metade está em você que tem suas próprias necessidades. Ao se casar, você só
encontrará sentido no seu matrimônio quando se der de forma sincera e total à sua
esposa(o). O sexo é por definição o ato de se dar por inteiro. Você se verá como
pessoa - se entenderá a si mesmo – ao se dar ao outro. O sexo dentro do matrimônio
levará a essa descoberta desde que você esteja totalmente comprometido com sua
esposa(o).

125
Quando você faz sexo, sua atitude está dizendo à outra pessoa, “Eu me dou por
inteiro a você. Eu pertenço a você e apenas a você. Você pode fazer o que quiser
comigo. Meu corpo, meu coração e minha alma, meu ser por inteiro é seu.” Ao fazer
sexo, suas atitudes falam essas palavras. Em seus pensamentos você pode estar
pensando, “É apenas por uma noite.” Isso seria triste, mas não muda o que você está
dizendo com seu corpo. Quer você queira ou não, sua carne está dizendo bem alto e
claro – “Eu me dou a você por inteiro(a). Tome-me, eu sou seu(sua).”
O vínculo sexual é uma realidade permanente criada por este ato em que você se dá
por inteiro a outra pessoa. Lembra da estória do esparadrapo? Bom, é assim. Vocês
são como dois pedaços de esparadrapo cada qual colado ao outro pelo lado da
cola. Você não pode simplesmente se afastar do outro. O mero fato de tentar,
rasgará você emocional e espiritualmente.

126 Educação sobre a Aids
OS VÍNCULOS SEXUAIS ANTES DO MATRIMÔNIO MACHUCAM
Um vínculo sexual faz sentido apenas para um homem e uma mulher unidos pelo
matrimônio. Se você cria este vínculo antes de casar e tenta se afastar, você fará um
mal emocional a si próprio e sofrerá as conseqüências pelo resto da vida.
Muitas pessoas aparentam indiferença ante um passado assim. Mas basta cutucar um
pouco mais a fundo e se encontra a verdade: uma dor emocional intensa, depressão
e medo, vidas arruinadas. A criação de vínculos sexuais antes do matrimônio tem
efeitos devastadores.
Casais unidos em matrimônio que tiveram relações sexuais com outras pessoas antes
de se casar podem contar suas tristes experiências. Quando fazem sexo agora é difícil
não lembrar da outra pessoa com quem anteriormente tiveram relações sexuais. Essa
outra pessoa interfere no amor do casal um pelo outro.
Isto não é a pior parte. Nem é o maior perigo. Muitos casais que fazem sexo entre si
antes do matrimônio, criam um vínculo sexual um com o outro e depois se casam. Eles
se casam porque o vínculo que têm um pelo outro é mesmo incrivelmente forte.
Parece que tudo está bem, mas não está. Um problema muito sério eventualmente
aparece. O casal começa a questionar se teriam se casado um com o outro caso
estivessem livres do vínculo sexual criado antes do matrimônio. Eles nunca saberão e
então o problema nunca desaparecerá.

127
Eles verão muitos casais ficarem noivos e terminarem o noivado assim como verão
que muitos casais que pensavam casar-se resolveram não se casar. Quando vêem
tudo isto, surgem as dúvidas sobre o seu próprio matrimônio, se teriam se casado caso
estivessem livres do vínculo sexual. Essa dúvida os assustará e isso pode causar severas
crises matrimoniais.
O pior caso acontece com jovens que adotam um estilo de vida promíscua,
dormindo com diversos parceiros. O primeiro vínculo sexual é forte, mas algo
acontece e deixam o “primeiro amor” apenas para iniciar um novo relacionamento
sexual com outra pessoa. Depois deixam seu segundo parceiro para continuar sua
atividade sexual. Toda vez que fazem isso, eles perdem sua capacidade de formar
vínculos emocionais e espirituais normais com outras pessoas. Eventualmente, perdem
também a sua própria capacidade de formar vínculos sexuais.
Jovens promíscuos tornam-se como esparadrapo que perdeu a cola. Estão tão
danificados, como esparadrapos rasgados, por causa de suas vidas promíscuas, que
perderam completamente a sua capacidade de intimidade sexual. O sexo é reduzido
a um mero encontro de prazer pelo prazer. Deixam de viver uma vida humana. Vivem
como cachorros. Ser um cachorro é ótimo para um cachorro, mas nós não fomos
criados para viver dessa maneira. Eventualmente isso piora. Começam a usar o sexo
para manipular pessoas ou dominar pessoas com força bruta como acontece no
estupro. O sexo não é mais uma expressão de amor. Torna-se uma luta por poder,
uma viagem do ego ou uma expressão de ódio.
128 Educação sobre a Aids
O ESTÁGIO INICIAL DO VÍNCULO SEXUAL
A maioria dos jovens não é capaz de explicar todos esses detalhes. No entanto,
freqüentemente têm uma boa intuição. Essa intuição pode levá-los a uma suposição
falsa: “está OK desde de que não se vá até o fim”. Quase todo o jovem que acabou
tendo sexo pré-matrimonial cometeu esse erro. Não se dão conta que um vínculo
sexual começa a se formar a partir do mínimo contato. Qualquer coisa que leve a
prolongar deliberadamente a excitação sexual através de contato íntimo dá início ao
processo de criar vínculo. Uma vez que comece, foi projetado para não parar. O
vínculo inicial cria um profundo desejo, um desejo físico invisível, que busca um vínculo
cada vez mais forte. Por isso, é muito importante evitar qualquer coisa que cause
excitação na outra pessoa – especialmente os beijos apaixonados.

129
O VÍNCULO SEXUAL DENTRO DO MATRIMÔNIO
O vínculo sexual dentro do matrimônio é uma realidade misteriosa. É como Jesus
Cristo o descreve: “os dois serão uma só carne.” Antes de fazer sexo você nunca foi
uma só carne com outra pessoa. Quando você se casar, você será. O vínculo sexual
é criado por intimidade sexual, isto é, pelo fato de um corpo estar perto do outro.
Leva a uma intimidade pessoal profunda: a proximidade de uma pessoa à outra. É
completamente diferente de qualquer experiência jamais vivida. É para ser algo
único. Levará a criar vínculos emocionais e espirituais mais profundos do que qualquer
outro que você possa ter tido com amigos e amigas.
Vínculos emocionais e espirituais entre marido e mulher não se formam simplesmente
porque se casaram. O vínculo sexual acontece ao fazerem sexo. Os vínculos
emocionais e espirituais não se formam apenas porque fizeram sexo. O sexo poderá
tornar estes vínculos mais profundos porém é necessário que tais vínculos existam
antes. Os esposos se esforçam em formar vínculos de amizade da mesma forma que
uma pessoa ao tentar fazer amigos. Por isso é tão importante para você, enquanto
jovem, aprender a fazer amigos. Se você não aprender a fazê-lo agora, você e seu
cônjuge não serão bons amigos.

130 Educação sobre a Aids
Tente se esforçar agora, enquanto você é jovem, e desenvolva muitas boas
amizades. Seu matrimônio jamais sobreviverá com vínculos sexuais apenas. É
necessário que se desenvolva com fortes vínculos emocionais e espirituais, senão um
dos cônjuges (em geral a mulher) poderá se frustrar muito. Sua juventude é um tempo
para aprender como formar vínculos emocionais e espirituais fortes -- sem formar
vínculos sexuais.
Se você conseguir fazer isso, certamente estará pronto para um matrimônio feliz.
Então use seu tempo para crescer num relacionamento profundo com membros da
família, colegas de classe e amigos. Isto o(a) preparará para o matrimônio e, tão
importante quanto isso, você terá muitas amizades. Usar o seu tempo para crescer em
relacionamentos consiste em descobrir seus talentos: na área acadêmica, em
ciências, negócios, esportes, arte, computadores, teatro, música – o céu é o limite.
Desenvolver estes talentos o(a) colocará em contato com muitas pessoas entre as
quais poderá descobrir boas amizades.

131
E O QUE FAZER SE VOCÊ JÁ CRIOU VÍNCULO SEXUAL?
Se você já fez sexo com alguém na sua juventude você poderá estar se sentindo
totalmente desanimado. Serei honesto com você. Você terá um árduo caminho à sua
frente. Nada do que você faça o livrará do vínculo sexual que você já criou. A dor da
separação pode ser intensa por muito, muito tempo. Mesmo assim, não tenha medo,
e acima de tudo, nunca desista. Só porque você cometeu um erro não significa que
tudo está perdido.
Primeiro, peça a Deus para perdoá-lo(a). Você causou dano a si próprio e a outros.
Isso não quer dizer que Deus está bravo com você. Ao contrário, Ele sente grande
compaixão por você. É parecido ao que você sentiria se tivesse um filho que fugisse e
fosse atropelado por um carro. Volte para Deus. Somente Ele tem o poder de curar as
feridas.
Depois, encontre novas maneiras de experimentar o amor. Uma das razões que leva
os jovens a errarem com o sexo é porque estão em busca do amor. Pensaram que a
atividade sexual era o único lugar em que poderiam encontrar o amor. Se você
cometeu esse erro antes, pode ser que o cometa novamente. Você pensará, “Eu
encontrarei o amor se fizer sexo com a pessoa certa.” Lembre-se de como Deus o
criou. A única pessoa certa para você fazer sexo é a pessoa com quem você se
casará. A solução é ficar longe de sexo até encontrar a pessoa certa para se casar.

132 Educação sobre a Aids
Encontre boas maneiras de experimentar o amor e que não envolvem sexo. Aprenda
a dar-se de maneira não-sexual. Aprenda a oferecer-se como voluntário para os
trabalhos em casa e em outros lugares e que ajudem a outras pessoas. Aprenda a
conviver mais com amigos(as) que não se envolvam com atividades sexuais. Isto será
difícil. Mas se você conseguir, começará lentamente a sanar as feridas. Você sempre
terá cicatrizes. Mas, pelo menos, permita que as feridas se curem e não queira sangrar
até morrer. Volte a fazer as coisas que deveria estar fazendo antes de se envolver
sexualmente. Faça boas amizades e desenvolva seus talentos.
Decida-se a nunca mais se colocar em situações comprometedoras. Já é muito ruim
cometer um erro. Cometer mais erros só poderá causar danos jamais imaginados.
Lembra-se do quão pouco você entendia da enorme dor que você sentiria? Pois
bem, você não imagina o poço terrível a que pessoas chegam e o inferno que
passam a viver. Não deixe que isso aconteça a você. Mais encontros sexuais
causarão danos à sua vida que nenhum livro poderá descrever. Não se engane com
rostos sorridentes a lhe dizer quão boa é a vida de quem dorme por aí com qualquer
uma(um). Estas pessoas se escondem por trás de uma máscara e são incapazes de
dizer a verdade pois são incapazes de enfrentá-la elas próprias.

133
Você não pode esquecer o passado. Mas você pode decidir não pensar a respeito,
nem permitir lembranças e ficar pensando – “o que seria se eu não tivesse ...”. Você
não pode mudar o passado. Então concentre-se no aqui e no agora. Você tem um
futuro. Você ainda poderá encontrar o amor num lindo relacionamento sexual com a
pessoa com quem se casar. Talvez, ninguém pode garantir. Tudo que se pode garantir
é que você jamais encontrará esse amor a não ser que mude e mude agora. Tome a
decisão de viver uma virgindade secundária. É a única forma de preparar-se para um
matrimônio feliz.
Por outro lado, você tem uma pequena vantagem sobre aqueles que permanecem
virgens. Para eles, tudo isto parece teoria. Você sabe por experiência como um
vínculo sexual pode falhar em manter um homem e uma mulher unidos. Fica cada vez
mais óbvio para você que evitar o sexo é a única forma de encontrar alguém com
quem se pode fazer uma amizade verdadeira. Você sabe no mais profundo do seu
ser e de sua alma, que fazer sexo sem o compromisso do matrimônio leva a um
desastre. Você se dá conta de que é necessário encontrar alguém em quem você
possa confiar – alguém com quem assumirá um compromisso e que o cumprirão, os
dois.

134 Educação sobre a Aids
C A P Í T U L O 2 4 – N A M O R O
Você conhecerá muitos rapazes e moças em encontros de família, da escola, festas e
outras atividades. À medida que você fica mais velho, começa a sair com alguém
que você quer conhecer melhor.
QUANDO VOCÊ DEVE COMEÇAR A NAMORAR?
Antes de começar a namorar você deve perguntar-se se está realmente preparado
para isso. Algumas pessoas dirão que você não está realmente preparado enquanto
não puder considerar seriamente a possibilidade de casar-se. Isso é um pouco
exagerado. Mas há uma grande verdade nisso.
Você nunca poderá considerar o matrimônio seriamente a não ser que você esteja
namorando. No entanto, alguns jovens começam a namorar cedo demais e se
metem em situações com as quais não conseguem lidar. Algum engraçadinho com
más intenções quer aproveitar-se da situação. Se você pensa que isso jamais ocorrerá
com você, talvez esteja certo. Mas você pode estar errado. Muitos jovens se
colocaram de forma ingênua em tais situações e viram suas vidas arruinadas por
causa disto. Não é uma questão de viver com medo. Não há necessidade de ter
medos. Mas você seria tolo de ser indiferente aos perigos. Os seguintes conselhos
tentam guiá-lo para quando começar a namorar de forma que você possa desfrutar
e ao mesmo tempo crescer em sabedoria.

135
COMO SE MEDE MATURIDADE?
Você está pronto para começar a namorar quando você tiver a maturidade de
comportar-se como um adulto responsável. Você poderá perguntar-se: “Quando
estarei maduro o suficiente?” Isso é uma questão difícil de responder, porque afinal
você não é maduro até conhecer-se o suficiente para responder sozinho essa
questão corretamente. Se você precisa de alguém que lhe diga, então
provavelmente você ainda não amadureceu. Para conhecer-se melhor aqui estão
algumas perguntas a fazer-se:
Consigo diferenciar o que é o bem e o mal? Diferenciar entre o que é
verdadeiramente o bem e não apenas o que me faz sentir bem?
Se você não sabe o quanto o embriagar-se pode lhe causar dano – independente do
quão bem você possa se sentir – você definitivamente não está pronto para namorar.
Na realidade você tem um problema sério que o coloca em risco de arruinar sua vida.
Você não precisa de namoro, você precisa de ajuda. Você precisa mudar
drasticamente de atitude antes de estar em condições de comprometer a sua vida,
seu coração com outra pessoa. Por outro lado, se você sabe rejeitar as usuais
tentações de prazer, isso é um bom sinal.

136 Educação sobre a Aids
Eu já disse ‘não’ a alguém quando estava sob muita pressão dos colegas para dizer
‘sim’?
Quando você sai com outros jovens, você está, por definição, sob imensa pressão dos
colegas. Certamente, alguém que você conhece, mais cedo ou mais tarde, pedirá
para você fazer algo errado: como fazer sexo, ou embriagar-se, ou usar drogas, ou ver
pornografia. De repente você sentirá pressão para fazê-lo – para ‘ficar bem’ ou
agradar aos amigos, evitar situações embaraçosas, sentir que você é parte do grupo
ou para ganhar o afeto dos outros. Você consegue lidar com esse tipo de pressão?
Você consegue dizer ‘não’? Você consegue recusar mesmo sabendo que irão fazer
pouco e chamá-lo de nomes? Você consegue dizer ‘não’ correndo o risco de
chatear seus “amigos”? Se você nunca fez isso espere antes de começar a namorar.
A pressão dos colegas é algo difícil de lidar. Estar namorando faz a pressão ser cem
vezes mais intensa – especialmente se é sua namorada ou seu namorado quem pede
para fazerem algo errado.

137
Consigo obedecer meus pais e respeitá-los mesmo quando me pedem algo que
considero perda de tempo?
Você não está pronto para lidar com responsabilidades de adulto se você não sabe
respeitar os adultos mais próximos, como seus pais. Talvez seus pais exijam coisas não
razoáveis ou totalmente sem sentido para você. Isso não vem ao caso. Se você não é
capaz de respeitá-los e obedecer mesmo quando suas exigências não são razoáveis
ou até sem sentido, você não está maduro o suficiente para saber a diferença entre o
que é razoável e o que não é razoável, entre o que é acertado e o que é tolice. E se
as exigências de seus pais são razoáveis então com mais razão você deve respeitá-los
e obedecer.
Como jovens começam a namorar?
A melhor maneira de começar a namorar é sair com outro casal de namorados. Se
você é um rapaz convide a sua amiga para sair com um bom amigo seu e a
namorada dele.
Ao estar na presença de um bom amigo, você tem o suporte e a amizade de alguém
em quem você confia. Dessa forma você pode perguntar ao seu amigo depois:
“Então o que você achou?”

138 Educação sobre a Aids
Depois de vocês saírem juntos, seu amigo provavelmente verá duas coisas de forma
bem mais clara que você: 1) Se a pessoa que você chamou para sair é uma boa
escolha para uma futura namorada. 2) Se você e sua amiga se trataram de forma
respeitosa. Seu amigo poderá dizer de forma honesta e clara: “Legal, foi fantástico!”
ou “Cuidado é melhor você se afastar. Você está andando rápido demais e o que é
pior ... na direção errada.”
Para que é o namoro?
Em última análise o namoro é para preparar para o matrimônio. O namoro lhe dá
uma chance de descobrir com quem você quer viver o resto de sua vida. Dentro
deste contexto geral – preparar o matrimônio – o namoro pode ajudá-lo de diversas
maneiras.
Você descobre com quem vale a pena gastar tempo.
Acostume-se com esta idéia simples desde o começo: você nunca desenvolverá um
relacionamento sério com a maioria das pessoas com quem você namorar. Não é
para ser assim. Todo o propósito de namorar é encontrar alguém com quem você
possa viver por toda a sua vida. A maioria das pessoas com quem você namorar não
estarão qualificadas – não porque haja algo de errado com vocês mas simplesmente
porque um de vocês se dá conta de que não quer se casar com o outro.

139
Você provavelmente namorará pessoas diferentes até descobrir com quem possa vir
a se casar. Pelo menos, que após cada namoro, reste uma boa amizade. Não há
uma receita para saber quanto tempo se deve namorar alguém. Mas independente
disso mantenha a ênfase em se conhecerem melhor. Não é apenas a melhor maneira
de se tornarem bons amigos, mas a única maneira de descobrir se você realmente
quer casar-se com esta pessoa.
Outra idéia que deve se manter presente ao namorar: independente de quanto você
goste da outra pessoa, ao descobrir que tem um problema sério (bebe muito, é
viciado em drogas, tem comportamento abusivo, ou desordens emocionais, ou
hábitos criminais), pare de namorar. É isso mesmo, pare de namorar. Você acaba de
descobrir que esta pessoa é imatura demais para assumir as responsabilidades sérias
do matrimônio. Não se torture com idéias tolas como: “Eu tenho que ajudar esta
pessoa.” A melhor ajuda que você pode prestar – a vocês dois - é parar de namorar.
Esta pessoa não precisa de um namoro, mas alguém que lhe dê aconselhamento
profissional.
Você provavelmente começará a namorar principalmente porque parece algo
divertido de fazer. Espero que você tenha o bom senso de saber o que é divertido e o
que não é. Fazer sexo é um jeito horrível de se divertir num namoro, por todas as
razões que já discutimos anteriormente. O único problema é que sua namorada(o)
pode não saber disso. Se sua namorada(o) pressionar para fazer sexo – mesmo que
de maneira sutil – deixe bem claro que ela(e) lhe fez uma grave ofensa. Se essa
pessoa não mostrar sinais de estar realmente arrependida(o), não saia novamente
com essa pessoa. Diga adeus e volte para a sua casa.

140 Educação sobre a Aids
Suas emoções amadurecem a medida que você aprende a controlá-las.
O namoro expõe à amizades profundas. Quando você encontra alguém por quem
você se sente fortemente atraído, tente entender sua forte emoção. É meramente
uma atração física? A atração está se tornando mais forte porque esta pessoa
realmente lhe faz bem ou é porque você está sozinho, ou desesperado ou
completamente fascinado pela aparência, prestígio e riquezas? Ao considerar suas
emoções, você passa a se conhecer melhor e à outra pessoa também. Isto lhe
proporciona maior controle sobre suas emoções e ajuda a tomar melhores decisões.
Um fator emocional que se deve ter em conta são as mudanças cíclicas pelas quais
as mulheres passam. As mulheres experimentam forte atração sexual quando estão no
pico de seu ciclo menstrual. Elas terão a reação oposta à medida que seu ciclo
progride. As mulheres precisam avaliar suas emoções sem dar muita importância as
suas oscilações de humor.
Os homens devem dar-se conta de que uma mulher pode dizer algo num dia e mudar
de idéia na semana seguinte sem dar a menor importância. Se você mede a força de
seu relacionamento pelo seu conteúdo emocional, sempre ficará desapontado, ou
enganado ou ambos. Olhe além das emoções. Julgue o valor da mulher: Qual é a
maior ambição de sua vida? O que realmente importa para ela? Ela vive para que?

141
Sua vida muda ao abrir novos horizontes.
Lembra-se de sua aparência aos dez anos de idade? Física e externamente você
mudou enormemente e rapidamente. Isso foi apenas há alguns anos atrás. Bom, nos
próximos anos à medida que você ultrapassa sua adolescência para os anos iniciais
de sua vida adulta, você experimentará uma mudança igualmente drástica. Desta
vez não será externa e visível, mas interna e invisível. Alguém por quem você se sente
fortemente atraído agora pode não ser tão atraente daqui a seis ou sete anos.
É um grande erro pensar que uma atração que você sente agora vai durar para
sempre. Seu crescimento emocional e interior é tão rápido que seu sentimento de
atração pode não durar sequer mais um ano, quanto mais uma vida inteira.
Seu ambiente está mudando ao mudar de escola ou concluir a escola. Seus planos
de carreira também podem mudar. Possibilidades jamais contempladas de estudos
ou trabalho podem surgir repentinamente. Você pode não estar aqui em um ano. Ou
a pessoa de quem você gosta pode mudar-se por razões parecidas e vocês jamais se
verem novamente.
Quando você está namorando, tenha essas mudanças em conta. É tão fácil deixar-se
levar pelo sentimento de que um ‘amor’ recém encontrado vai durar para sempre,
quando de fato desaparecerá em alguns meses.

142 Educação sobre a Aids
Você aprende a fazer amizades e a ser amigo(a).
O namoro é um tempo para tratar diversos assuntos e fazer amizades. Pessoas que
levam a sério esta parte do namoro aprendem muito sobre homens e mulheres e
como podem ser bons amigos uma vez que se casem. Eles verdadeiramente se
conhecem como amigos.
Há tantos assuntos para discutir que qualquer lista ficaria aquém de estar completa.
Você quer que a pessoa conheça o que se passa em sua vida, como você pensa,
como você vê o mundo. Você quer falar da sua família, de suas convicções religiosas,
de suas futuras ambições e dos compromissos que você já possui, por exemplo, a
necessidade de cuidar de um parente doente, ou de viajar freqüentemente a
trabalho.
Nem toda conversa precisa focar em assuntos sérios. Porém há o perigo de que vocês
nunca passem da fase das piadas, de conversas sobre amigos em comum e troca de
notícias. Algumas pessoas têm tanto medo de perder um bom partido que nunca se
abrem verdadeiramente para falar de assuntos pessoais. Apesar de parecer uma
tolice – eles descobrirão nas primeiras semanas de casados – isso ocorre muitas vezes.

143
É impressionante ouvir certos casais reclamarem apenas um ano após o casamento,
“Nós nunca nos conhecemos de verdade, antes de nos casarmos. Nós nunca
conversamos um com o outro.” Alguns passam pela triste experiência de descobrir
que são atraídos pelo outro sexualmente apenas, e de nenhuma outra forma. Eles têm
uma grande dificuldade de falar um ao outro como marido e mulher. Podem ter
passado muito tempo antes de se casar com atividade sexual de um tipo ou outro e
se casaram apenas porque queriam fazer sexo com mais freqüência. Na realidade,
suas experiências passionais freqüentes e fortes os cegaram quanto às características
de suas personalidades e que só agora após o matrimônio se tornam dolorosamente
patentes.
Fazer amizades é algo que nunca devemos deixar de apreciar. Fazer amizade com
pessoas do mesmo sexo deve ser uma constante nos jovens. Fazer amizade com
alguém do sexo oposto é mais difícil. É necessário mais paciência e iniciativa. Um
homem tem a tendência de assumir muita coisa sobre uma mulher e uma mulher fará
o mesmo com um homem. Somente engajando-se numa conversa mais pessoal é
que se descobre o que realmente se passa no interior de outra pessoa.

144 Educação sobre a Aids
Decisões sobre o namoro
À medida que você conhece alguém melhor, acontece sempre uma de duas coisas.
Ou ficará evidente que você não quer passar toda a sua vida com essa pessoa, ou
ficará evidente que esta poderá ser a pessoa com quem você virá a se casar.
Quando você atinge este estágio, é tempo de tomar certas decisões. Você precisa
confrontar-se honestamente, “Chegou o tempo de tomar uma decisão.” Em seguida
listamos algumas possibilidades.
Caso 1: Apesar da outra pessoa estar fortemente atraído por você, você sabe que
ela(e) não será uma companheira(o) boa para você.
Deixe claro para a outra pessoa que isto não levará a lugar nenhum. Uma forma de
deixar isso claro é deixar de sair com essa pessoa. Você não precisará explicar muito
mais. Explique apenas que há outras coisas que você quer fazer. Qualquer que seja o
caso, o importante é interromper o namoro. Você faz isto para ser justo e não dar
falsas esperanças à outra pessoa. Você também estará sendo justo consigo mesmo:
você estaria melhor conhecendo outra pessoa ou simplesmente não namorando com
ninguém.

145
A razão principal do namoro é descobrir se essa pessoa seria uma boa esposa(o).
Uma vez que você percebe que não será, não se engane nem engane ao outro.
Permanecerem juntos fará a ambos um grande mal. Pode inclusive levar ao pior tipo
de dano: casar com alguém que você sabe que não será bom para você por medo
de não encontrar outra pessoa.
Caso 2: Apesar de você querer muito se casar com ela(e), essa pessoa lhe diz que
não está interessada(o).
Isto sempre machuca emocionalmente. Mas isto não lhe causa um dano real – desde
que não tenha havido um vínculo sexual – porque você não estava ligado a um
compromisso permanente. De fato, esta experiência é muito boa para você. Isto
ensina que existe uma enorme diferença entre emoções e compromissos, entre
sentimentos e decisões.
Você está magoado(a) porque achava que vocês dois tinham atingido algum “nível
de compromisso”. Você se engana por não se dar conta que este compromisso tem
que ser total antes que signifique qualquer coisa. Independente de quão
magoado(a) você esteja inicialmente, esteja agradecido(a) porque essa pessoa lhe
disse a verdade. Fique agradecido(a) porque agora você entende que compromisso
representa tudo ou nada.

146 Educação sobre a Aids
Compromisso não é um sentimento. As maiores emoções do mundo não fazem um
compromisso – nem um compromisso grande nem um pequeno. O único
compromisso real entre um homem e uma mulher é o matrimônio. E saber este fato é
a melhor preparação para o matrimônio.
Se você cometeu o erro de ter tido algum tipo de relação sexual você sofrerá muito
mais. Você se comportou como se existisse um compromisso quando na realidade
não existia nenhum. Você precisará de algum tempo de cura espiritual. Procure por
Deus na oração. Peça-Lhe humildemente pelo Seu perdão. Também poderá lhe
ajudar procurar um aconselhamento de alguém em quem você confia.
Caso 3: Vocês sabem que têm um desejo mútuo de se casarem mas não estão numa
posição de considerar o matrimônio para agora.
Neste exemplo vocês não podem se casar por circunstâncias pessoais. Talvez um de
vocês esteja longe de terminar os estudos ou treinamento. Talvez um de vocês tenha
planos de viajar ou seguir oportunidades de carreira. Não continuem a namorar. Esta
não é uma boa situação na qual permanecer, pois neste estágio o desejo de se
entregar sexualmente ao outro vai ficando cada vez mais forte à medida que vocês
se encontram mais freqüentemente. Como ainda serão muitos anos antes de vocês
poderem considerar seriamente o matrimônio, leve o relacionamento de forma
menos séria. Deixem de se ver por algum tempo. Ou colocado de forma mais forte:
seria uma tolice encorajar emoções tão fortes sabendo que seriam frustradas. Você
não tem nenhuma intenção séria de se casar agora. Não aja como se tivesse.

147
Caso 4: Vocês dois estão prontos para falar seriamente sobre o matrimônio.
Quando esta possibilidade surgir, você enfrentará a decisão mais importante de sua
vida. É a decisão mais importante de sua vida por duas razões. A primeira razão,
porque você está decidindo com quem você passará o resto de sua vida. A segunda
razão, porque você está face a face diante da escolha de sua vocação na vida.

Talvez você nunca pensou no matrimônio como vocação. Certamente é. Deus nos
chama para seguir um caminho particular na vida. Isto é o que significa encontrar a
sua vocação. Este caminho o levará a tornar-se um santo se você for fiel até o fim. Um
homem que se esforça por ser um bom marido para a sua esposa e um bom pai para
seus filhos está servindo a Deus. Uma mulher que se esforça por ser uma boa esposa
para seu marido e uma boa mãe para seus filhos está servindo a Deus.
Ao responder o chamado de Deus para seguir o caminho do matrimônio você terá
momentos de imensas alegrias, mas também momentos em que Cristo lhe pede para
compartilhar a Cruz. Faça tudo por amor e você encontrará amor.

148 Educação sobre a Aids
Em dias como os de hoje, nos quais as pessoas olham para os filhos como cargas, será
difícil superar a pressão do ambiente e conseguir ver quão grandioso e maravilhoso é
trabalhar junto com Deus para trazer vidas humanas à existência. Lembre-se ao
preparar-se para o matrimônio que isto é uma coisa que Deus lhe pede. Ele
provavelmente pedirá a vocês dois que lhe dêem glória permitindo que Ele lhes envie
filhos. Ao terem filhos vocês realizam o Seu plano misterioso da criação.
Uma vez que você entenda este papel – o papel de trabalhar para Deus em fazer
a(o) esposa(o) feliz e aceitar os filhos que Ele lhes enviar – você entenderá porque a
Igreja insiste em que o matrimônio seja verdadeiramente uma vocação de Deus.
A Oração deve fazer parte do Namoro
A oração pode ser parte do namoro. Isto não significa que vocês passem muito
tempo rezando juntos. Poderia ser assim. E isto seria natural. Afinal de contas, é de se
esperar que vocês rezem juntos como família. Porém antes de se preocupar em
rezarem juntos, pense em sua oração pessoal.
O ponto central do namoro está em se conhecer a si mesmo e conhecer a outra
pessoa. Você só consegue se conhecer e conhecer os outros se você está perto de
Deus. Seu esforço pessoal em conhecer a Deus o torna mais sensível às necessidades
dos outros. Você tem maior respeito pela outra pessoa. Você está mais aberto para
ver o que Deus quer de você.

149
C A P Í T U L O 2 5 –
M A T R I M Ô N I O
O matrimônio é um caminho que leva ao Céu. Se você é fiel à esposa(o) dentro do
matrimônio e aprender a fazê-la(o) e aos filhos felizes nesta terra, você estará pronto
para passar a eternidade com Deus no Céu. Ao aprender tudo sobre o amor neste
mundo, você está pronto para desfrutar do amor infinito de Deus no mundo que há
de vir. Isso – e nada menos do que isso – é o significado do matrimônio.
Para a maioria das pessoas, os três grandes momentos da vida são estabelecidos pelo
nascimento, matrimônio e morte. Alguns são chamados a deixar esta terra numa
idade jovem muito antes de poderem casar. Eles morrem e comparecem diante de
Deus. Alguns poucos são chamados por Deus para permanecerem no mundo sem se
casarem. Mas Deus deseja que a maioria dos homens e mulheres encontre seu
caminho até Ele através do matrimônio.

150 Educação sobre a Aids
NASCIMENTO – MATRIMÔNIO - MORTE
O matrimônio é parte do ciclo do nascimento e da morte. Na vida que há de vir não
haverá mais nascimentos, nem mortes nem matrimônios. É isto que Jesus explica aos
Saduceus quando lhes diz, “Nesta vida, os homens e as mulheres se casam, mas os
que Deus julgar dignos da ressurreição dos mortos e de participar da vida futura, não
se casarão mais, porque não podem mais morrer ...” (Lucas 20, 34-36).
O mundo que há de vir será diferente. Mas enquanto este mundo continuar a existir o
matrimônio é parte do ciclo do nascimento e da morte.
Estas são três das realidades definitivas da vida neste mundo. São definitivas porque
você nunca tem a chance de experimentá-las primeiro antes de realmente vivenciá-
las.
Você não pode experimentar o nascimento e depois decidir qual o casal que você
deseja para seus pais. Você não pode experimentar a morte e depois decidir de que
forma e quando você quer morrer. Você não pode experimentar o matrimônio e
depois escolher quem será seu esposo ou sua esposa. Você não terá um esposo nem
uma esposa até você se casar. Uma vez que você se case, essa pessoa será seu
esposo ou sua esposa até que um dos dois morra.

151
Você ouvirá pessoas falarem de “matrimônio experimental”. São aqueles que acham
que podem experimentar o sexo antes do matrimônio para ver se gostam um do
outro. Eles logo descobrem que gostam de fazer sexo. Infelizmente, não descobrem se
são verdadeiramente capazes de amar um ao outro. Eles não o podem descobrir
porque um homem e uma mulher num matrimônio experimental estão mentindo um
para o outro. Eles moram juntos como se fossem marido e mulher, fazendo sexo. Mas
não são marido e mulher porque não assumiram um compromisso um com o outro.
Com suas atividades sexuais estão dizendo em alta voz “Estamos casados. Estamos
totalmente comprometidos um com o outro.” Mas com suas palavras estão dizendo
que não estão casados nem comprometidos um com o outro.
Sempre que suas palavras dizem algo, e suas atitudes dizem outra, é uma mentira. Um
matrimônio experimental é sempre uma mentira. Uma mentira é a pior maneira de se
preparar para o matrimônio, especialmente quando o homem e a mulher estão
mentindo um ao outro.
OS RISCOS DA VIDA
A verdade sobre o sexo está enraizada no solo do compromisso. Da mesma forma
que o nascimento e a morte, o sexo tem por propósito finalizar algo. Este é o grande
mistério da vida humana. Não existe nascimento experimental. Não existe morte
experimental. Não existe matrimônio experimental.

152 Educação sobre a Aids
Cada uma destas realidades definitivas submerge você num mundo de riscos incríveis.
Nosso Deus é um ser infinito que ama o risco. Ele está constantemente correndo riscos.
Ele quer que sejamos como Ele. Desde a nossa criação à Sua imagem e semelhança,
Ele exige de nós que corramos alguns riscos também. O matrimônio é um desses riscos.
O nascimento é um grande risco para Deus. Quando Ele cria a cada um de nós, nos
dá livre arbítrio. Ele não nos força a escutá-Lo. Ele não nos força a agradecer-Lhe por
ser bom conosco. Ele não nos força a amá-Lo. Você é livre para buscá-Lo. Você é
livre para afastar-se Dele. Você é livre para permanecer com Ele para sempre como
Ele deseja. Você é livre para rejeitá-lo e afastar-se Dele para sempre.
Você não alcançou o significado do amor até que entenda dos riscos. Não há amor
sem riscos. Você se torna vulnerável quando você ama alguém. Ninguém pode
agradar-lhe mais do que quem você mais ama. E também ninguém pode machucar-
lhe mais do que quem você mais ama.
Esta lógica simples entre o amor e o risco torna o matrimônio um difícil caminho a
percorrer. Vale a pena o risco. Este caminho leva ao Céu e isto significa duas coisas.
Primeiro: - você só será completamente feliz quando chegar ao fim deste caminho, e
então não espere estar completamente feliz enquanto caminha. Segundo: - você
estará completamente feliz no final do caminho (no Céu) na mesma medida em que
você aprenda a amar aqui na terra. Se você consegue amar aqui na terra estará
pronto para amar por toda a eternidade na casa de seu Pai celestial.

153
DEUS UNE DOIS EM UM SÓ CORPO
Jesus nos diz que o matrimônio é o plano de Deus para o sexo e que no matrimônio
Deus une o homem e a mulher.
“Vocês nunca leram que o Criador, desde o início, os fez homem e mulher? E que ele
disse: ‘Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe, e se unirá à sua mulher e os dois
serão uma só carne’? Assim, eles já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que
Deus uniu, o homem não deve separar.” (Mateus 19, 4-6)
Note como Jesus descreve o ato da união. Deus une o homem e a mulher. O
matrimônio é um mistério porque é o próprio Deus quem cria a união. A união
conjugal é tão misteriosa que o próprio Deus precisa fazer a união. Ele intervém e
realiza a parte mais difícil. Ele não deixa essa tarefa para nenhuma outra criatura. Ele
une o homem e a mulher num só corpo. É tão definitiva essa tarefa realizada por Deus
que ninguém é capaz de desfazê-la.
Fazer sexo com alguém antes do matrimônio não torna você esposa(o) de ninguém.
Para que um homem e uma mulher se tornem uma só carne, Deus precisa uni-los. Isto
acontece quando um homem e uma mulher assumem um compromisso público um
com o outro de permanecerem marido e mulher até que a morte os separe.
A união com sua esposa(o) é mais íntima que o relacionamento com seus pais. Você
não é uma só carne com seus pais, mas apenas com sua esposa(o). São Paulo diz que
isto é um “mistério grande” (Efésios 5, 32) porque a união de um homem e uma mulher
em um só corpo é o sinal da união entre Cristo e sua Igreja.

154 Educação sobre a Aids
O MATRIMÔNIO REFLETE A COMUNHÃO DE DEUS
O livro do Gênesis nos diz que a sexualidade humana reflete a vida interior de Deus.
“E Deus criou o homem à sua imagem: a imagem de Deus ele o criou, e os criou
homem e mulher.” (Gênesis 1, 27)
A sexualidade no homem – a diferença sexual entre homem e mulher – é um dos
aspectos em que o homem se assemelha a Deus.
Deus não tem corpo. Deus não tem sexo. Ele não é homem nem mulher. A
sexualidade humana não é a expressão da semelhança do homem com Deus por
causa de características físicas. Deus não tem características físicas. Ele é espírito
puro. Então como é que nossa sexualidade expressa nossa semelhança a Deus?

155
Pai Espírito Filho Homem Deus Mulher

CRIAÇÃO FILHOS

A Trindade é uma comunhão de O matrimônio é uma comunhão de
amor. O Espírito é a união de amor amor. A comunhão de amor na
entre Pai e Filho. A criação é o fruto Trindade é o modelo da comunhão
desse amor. entre marido e mulher. Os filhos são
os frutos do amor entre eles.

156 Educação sobre a Aids
Deus criou o ser humano como homem e mulher a fim de que os homens
vivessem como uma comunhão de pessoas. O homem existe para a mulher e a
mulher existe para o homem numa união de amor chamada matrimônio. Ao
existirem um para o outro, o homem e a mulher vivem numa comunhão de amor.
Deus é quem os une num só corpo.
Deus é Pai, Filho e Espírito Santo. Nós chamamos esta união de três pessoas em
um só Deus de Santíssima Trindade. A Santíssima Trindade é uma comunhão de
amor de pessoas. O Pai existe para o Filho e o Filho existe para o Pai. O Espírito
Santo é a união de amor entre Pai e Filho.
Deus é uma comunhão de pessoas. A sexualidade humana torna o homem
imagem e semelhança de Deus porque torna o homem uma comunhão de
pessoas.
COMO O SEXO PODE SER SANTO
Colocar uma oferta no altar a torna sagrada aos olhos de Deus. O leito conjugal
é como um altar. Fazer sexo dentro do matrimônio é santo aos olhos de Deus. São
Paulo explica este mistério:
“Fujam da imoralidade. Qualquer outro pecado que o homem comete, é exterior
ao seu corpo; mas quem se entrega à imoralidade peca contra o seu próprio
corpo. Ou vocês não sabem que o seu corpo é templo do Espírito Santo, que está
em vocês e lhes foi dado por Deus? Vocês já não pertencem a si mesmos.
Alguém pagou alto preço pelo resgate de vocês. Portanto, glorifiquem a Deus no
corpo de vocês.” (1 Coríntios 6, 18-20).
157
Seu corpo pertence a Deus. É isto que queremos dizer ao afirmar que o corpo é
sagrado. Porque seu corpo é sagrado, o ato sexual dentro do matrimônio é
sagrado. Quando você faz sexo, você dá a esposa(o) algo sagrado, o seu corpo.
O ato sexual é também sagrado porque é Deus que une marido e mulher
fazendo-os um só corpo.
Os esposos dão glória a Deus cada vez que usam o sexo para darem seus corpos
inteiramente um ao outro. Os esposos ofendem a Deus quando usam o sexo e um
deles se recusa entregar-se inteiramente ao outro. Um homem ou uma mulher
está recusando a fazer-se doação completa ao outro quando usa
contraceptivos ou recorre a esterilizações. Usar contraceptivos é uma decisão
direta e deliberada de suprimir parte da feminilidade da mulher ou da
masculinidade do homem. Ao recusar a doação completa de si – usando
contraceptivos – uma pessoa casada nega o plano de Deus para o sexo e
ofende a Deus.
Um homem e uma mulher dão glória a Deus quando fazem sexo dentro do
matrimônio. Eles ofendem a Deus se fazem sexo antes do matrimônio (fornicação)
ou fora do matrimônio (adultério).
TRABALHANDO COM DEUS PARA CRIAR NOVA VIDA
Depois que Deus criou o homem e a mulher em sua imagem e semelhança, Ele
lhes deu um belo mandamento: “Crescei e multiplicai-vos, e enchei a terra”
(Gênesis 1, 28a).

158 Educação sobre a Aids
Um homem e uma mulher trabalham juntos com Deus no mais sagrado ato da
criação: o nascimento de uma nova vida. Deus usa do amor deles e o faz
fecundo.
Um homem e uma mulher dão glória a Deus se o seu ato sexual é aberto à
concepção. Eles ofendem a Deus se de forma deliberada fazem seu ato sexual
estéril (usando contraceptivos) ou tentam fazer uma criança sem fazer sexo
(bebês in-vitro).
Se um casal tem alguma dificuldade como saúde fraca ou sérias dificuldades
financeiras e necessitam evitar a concepção, podem fazer uso dos métodos
naturais que regulam a fertilidade. Isto às vezes é chamado de planejamento
natural da família. Desta forma, o casal respeita o plano de Deus para o sexo,
tendo relações sexuais apenas nos dias do mês em que a mulher é infértil. Seus
atos sexuais são atos de doação completa, portanto são sagrados. A decisão de
abster-se de sexo durante os dias em que necessitam evitar a concepção de
uma criança é sagrada e agrada a Deus.
Cada criança é uma vida nova preciosa – tão preciosa quanto sua própria vida –
e necessita ser cuidada com amor. Cada criança precisa ver o quanto seu pai e
mãe se amam. Ao ver o amor dos pais, a criança virá a entender o amor de
Deus.

159