You are on page 1of 1

S E N H O R A DO S I L E N C I O

Mãe d o s i L ê n c i o e d a h u m a n i d a d e , t u vives perdida e


e n c o n t r a d a n o m a r sem f u n d o d o r ~ i s t é r í od o S e n h o r .
Tu
d

c2 dis$onit ilidudc r r 2 c e ~
t i v i d a d c . T u rs f c c u n d -
i
dade e p l e n i t u d e . Tu 6s a t e n ç ã o e s o l i c i t u d e p e l o s i r m a o s . -
Es
t ã s r e v e s t i d a d e f o r t a l e z a . R e s p l a n d e c e m em t i a m a t u r i d a d e h-
u
mana e a e l e g â n c i a e s p i r i t u a l . Es S e n h o r a d e t i mesma a n t e s d e
s e r Nossa Senhora.
Em t i n ã o e x i s t e d i s p e r s ã o . Em um a t o s i m p l e s e t-
o
tal, t u a alma t o d a i m ó v e l , e s t á p a r a l i z a d a e i d e n t i f i c a d a com
o S e n h o r . E s t á s d e n t r o de Deus, e Deus d e n t r o de t i . O m i s f-
é
r i o t o t a l t e envolve e t e penetra e t e possui, ocupa e i n t e g r a
todo o teu ser.
P a r e c e q u e em t i t u d o f i c o u p a r a d o , t u d o s e i d e n t i f-i '
cou c o n t i g o : O tempo, o espaço, a palavra, a música, o s i l ê-
n
-r
ciu, ã ~ ~ t i l i i e k -U, e u s . I U G C J í i c ú ~ eU S S U ~ I ~ ei11
~ ~ tOi , e u i v irii~aú'o.
J a m a i s s e v i u f i g u r a i u m a n a de tamanha d o ç u r a , nem
s e v o l t a r ã a v e r n e s t a t e r r a uma m u l h e r t ã o i n e f a v e l m e n t e e v-
o
cadora,
Entretanto, t e u s i l ê n c i o não 5 ausência maspresença.
E s t ã s a b i s m a d a n o S e n h o r e a o mesmo t e m p o a t e n t a a o s i r m ã o s
comsem C a n ã . A c o m u n i c a ç ã o n u n c c é t ã o p r o f u n d a como q u a n d o '
não se d i z nada,@ o s i l ê n c i o n u i c a 5 t ã o e l o q u e n t e como c u a-
n
do nada se comunica.
Faz-nos compreender q i e o s i l ê n c i o não é d e s i n t e r e-
s
s e p e l o s i r m ã o s mas f o n t e d e e n e r g i a e d e i r r a d i a ç ã o , n ã o é e -
n
c 0 1 h i m e n t o mas p r o j e ç ã o . F a z - n o s compreender que, para d e r r-
a
fiiõr, e p r e c i s o $reencher-se.
A f o g a - s e o mundo n o m z r da d i s p e r s ã o , e não é p o s s-í
v e l a m a r a o s i r m ã o s com um c o r a c ã o d i s p e r s o . Faz-nos c o m p r e e-
n
d e r que o a p o s t o l a d o , sem s i l ê n c i o , é a l i e n a ç ã o , e que o s i l ê-
n
cio, sem a p o s t o l a d o , é c o m o d i d a c e .
E n v o l v e - n o s em t e u m a r t o de s i l ê n c i o e c o m u n i c a - n o s '
a f o r t a l e z a de t u a f é , a a l t u r a de t u a esperança e a p r o f u n d-i
dade de t e u Amor.
F i c a com o s q u e f i c a m e vem com o s q u e p a r t e m .

b Mãe a d m i r á v e l d o s i l ê n c i o !