You are on page 1of 1

acorde verso

Celso de Carvalho

Acorde verso,
Acorde verso,
Acode!

Diversos acordes,
Para lá da palavra
Do sonho do som,

Imersos no imenso mar


Do universo,
Acordem o verso!

A cor do verso,
Acorde,

Que embale as balas


Em cores diversas
Nos aniversários
Do desarmamento.

Acorde verso,
Amor do verso,
Oh, morte!

Sem adversários,
Sem cordas inversas.

E faça as facas ficarem


No pensamento.

À morte, o avesso.
O amo-te em verso,
Oh, vida!

O mote a oração,
Mensagens ao coração,
No homem atadas
Em cada momento.