Guião  para  exercício  em  super  8  (3min)  

Fernanda  Pires  Gurgel,  Lisboa,  26  de  Novembro  de  2013  
 
Baseado  na  poesia  Gênese  I  de  Deífilo  Gurgel  
 
Plano  médio  da  estátua  de  
Fernando  Pessoa,  em  frente  ao  
café  A  Brasileira.  Fernanda  
De súbito aconteço.
passa  lendo  o  livro  Os  bens  
aventurados.  Imagens  do  Largo  
Camões.  Fernanda  lê  o  livro  nos  
degraus  da  estátua.  20”  
 
A madrugada
Mãos  que  fazem  um  barco  de  
devolve as minhas mãos cotidianas.
papel.  20”  pode  ser  em  estúdio.  
 
Imagens  de  janelas  e  calçadas,  
detalhes  de  pés  que  caminham  
nas  ruas.  20”  

E eu pressinto, entre as frágeis
persianas, a vida
amanhecendo nas calçadas.

 

Tomadas  do  mar,  o  movimento  
da  água,  o  horizonte,  se  possível  
Regresso de uma terra iluminada
alguma  tomada  mesmo  junto  à  
em
sóis de bruma e luas levianas,
margem.  O  barco  de  papel  no  
 
chão,  com  a  água  que  o  toca  às  
vezes.  20”  
 
vergastada de gélidas cruvianas
Flores  do  florista  próximo  ao  
ou explodindo em rosas encarnadas.
café  A  Brasileira  ou....  de  algum  
jardim  pelo  caminho.  20”  
 
 
Não sei por que parti, nem para que,
 
nem sei por que nem para que
Imagens  do  dvd,  filmadas  da  
regresso.
tela  do  computador.  40”  
 
aproximadamente  
O sonho e a vigília me alimentam.

 

 20”   Dias e noites fluem no meu ser e existo.         .  de  preferência   um  músico.   prisioneiro de um processo onde as coisas me inventam e reinventam.  Detalhes  da  sua   performance.   Artista  de  rua.  20”       Fernanda  desaparece  com  o   livro  ao  lado  do  rio.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful