.

.Art.o Superior Tribunal de Justiça. II . 92.o Supremo Tribunal Federal. (. § 1º O Supremo Tribunal Federal.. São órgãos do Poder Judiciário: I .... I-A o Conselho Nacional de Justiça. o Conselho Nacional de Justiça e os Tribunais Superiores têm sede na Capital Federal...) E Outros....

.

Desembargador STF Juiz Estdual TST Juiz Regional do Trabalho Juiz do Trabalho Juiz do TRF STJ Juiz Federal PGR MPU MPE .

OAB 2 advogados Câmara dos Deputados 1 cidadão Senado Federal 1 cidadão .

.!"#$%#&'(#)$')*+'. § 2º Os demais membros do Conselho serão nomeados pelo Presidente da República. nas suas ausências e impedimentos. as indicações previstas neste artigo.. no prazo legal. Junto ao Conselho oficiarão o Procurador-Geral da República e o Presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. .. caberá a escolha ao Supremo Tribunal Federal.$ O Conselho Nacional de Justiça compõe-se de 15 (quinze) membros com mandato de 2 (dois) anos. depois de aprovada a escolha pela maioria absoluta do Senado Federal.'-$. admitida 1 (uma) recondução § 1º O Conselho será presidido pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal e. pelo Vice-Presidente do Supremo Tribunal Federal.. § 3º Não efetuadas..

.. perante o Conselho Nacional de Justiça.. Art. O Presidente do Tribunal competente que.. também. o Procurador-Geral da República e o Advogado-Geral da União nos crimes de responsabilidade. por ato comissivo ou omissivo. . 52.processar e julgar os Ministros do Supremo Tribunal Federal.'-$. Compete privativamente ao Senado Federal: II ..$ Compete ao STF processar e julgar originariamente as ações contra o CNJ. os membros do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Nacional do Ministério Público.!"#$%#&'(#)$')*+'. retardar ou tentar frustrar a liquidação regular de precatórios incorrerá em crime de responsabilidade e responderá.

zelar pela observância do art. inclusive contra seus serviços auxiliares. . revê-los ou fixar prazo para que se adotem as providências necessárias ao exato cumprimento da lei. sem prejuízo da competência disciplinar e correicional dos tribunais. podendo desconstituí-los. ou recomendar providências. sem prejuízo da competência do Tribunal de Contas da União.zelar pela autonomia do Poder Judiciário e pelo cumprimento do Estatuto da Magistratura. serventias e órgãos prestadores de serviços notariais e de registro que atuem por delegação do poder público ou oficializados. no âmbito de sua competência. podendo avocar processos disciplinares em curso e determinar a remoção. assegurada ampla defesa. de ofício ou mediante provocação. a disponibilidade ou a aposentadoria com subsídios ou proventos proporcionais ao tempo de serviço e aplicar outras sanções administrativas. além de outras atribuições que lhe forem conferidas pelo Estatuto da Magistratura: I . podendo expedir atos regulamentares. III .receber e conhecer das reclamações contra membros ou órgãos do Poder Judiciário. cabendo-lhe. a legalidade dos atos administrativos praticados por membros ou órgãos do Poder Judiciário. II . 37 e apreciar.§ 4º Compete ao Conselho o controle da atuação administrativa e financeira do Poder Judiciário e do cumprimento dos deveres funcionais dos juízes.

. VII .elaborar relatório anual. de ofício ou mediante provocação. sobre a situação do Poder Judiciário no País e as atividades do Conselho. VI . no caso de crime contra a administração pública ou de abuso de autoridade.elaborar semestralmente relatório estatístico sobre processos e sentenças prolatadas. V . por unidade da Federação.rever. o qual deve integrar mensagem do Presidente do Supremo Tribunal Federal a ser remetida ao Congresso Nacional. nos diferentes órgãos do Poder Judiciário. os processos disciplinares de juízes e membros de tribunais julgados há menos de um ano.IV . por ocasião da abertura da sessão legislativa. propondo as providências que julgar necessárias.representar ao Ministério Público.

II exercer funções executivas do Conselho. inclusive nos Estados. delegando-lhes atribuições. além das atribuições que lhe forem conferidas pelo Estatuto da Magistratura. as seguintes: I receber as reclamações e denúncias. .§ 5º O Ministro do Superior Tribunal de Justiça exercerá a função de Ministro-Corregedor e ficará excluído da distribuição de processos no Tribunal. relativas aos magistrados e aos serviços judiciários. III requisitar e designar magistrados. Distrito Federal e Territórios. de qualquer interessado. competindo-lhe. e requisitar servidores de juízos ou tribunais. de inspeção e de correição geral.

e) Jaime. b) Luis e. o Conselho Nacional de Justiça será presidido por a) Jaime e.FCC . Presidente do Supremo Tribunal Federal. respectivamente. Gustavo. Luis. . Jorge e João ocupam.Analista Judiciário Área Judiciária Considerando que Jaime. Procurador Geral da República. por João. nas suas ausências e impedimentos.TRE-CE . VicePresidente do Supremo Tribunal Federal e Presidente da Câmara dos Deputados. d) Gustavo. por Jorge. os cargos de Presidente da República. nas suas ausências e impedimentos.2012 . c) Jorge.

Área Administrativa Paulo é Juiz do Trabalho em certa comarca.FCC . nomeados pelo Presidente da República depois de aprovada a escolha pela maioria absoluta do Senado Federal. eles deverão ser indicados a) pelo Presidente do Senado Federal. d) pelo Tribunal Superior do Trabalho. c) pelo Supremo Tribunal Federal.TRT . b) pela maioria absoluta de todos os Presidentes dos Tribunais Regionais do Trabalho do Brasil. Para Paulo e Xisto comporem o Conselho Nacional de Justiça. Xisto é Juiz de um Tribunal Regional do Trabalho de determinada região. e) pelo Congresso Nacional. .2012 .11ª Região (AM) Técnico Judiciário .

conforme previsão na CF. a) Compete ao STF julgar. reexaminar e suspender os efeitos decorrentes de atos de conteúdo jurisdicional emanados de magistrados e tribunais estaduais e federais. b) Ao CNJ cabe fiscalizar. assinale a opção correta. .CESPE . por ato comissivo ou omissivo. d) Compete ao STF julgar os membros do CNJ nos casos de crimes de responsabilidade.2011 . e) Cabe ao CNJ. as ações ajuizadas contra o CNJ.Defensor Público Em relação ao CNJ. c) O CNJ não integra nenhum dos três poderes da República. a deliberação acerca da conduta de presidente de tribunal que.DPE-MA . em recurso ordinário. retarde ou tente frustrar a liquidação regular de precatório. constituindo órgão autônomo cuja função é exercer o controle externo do Poder Judiciário.

de qualquer interessado. b) receber as reclamações e denúncias. bom como entre tribunais e juízes a ele não vinculados. ou entre estes e qualquer outro tribunal. possui as seguintes atribuições: a) receber e conhecer dos confitos de competência entre o Superior Tribunal de Justiça e quaisquer tribunais. por sua vez.PC-MG . c) receber e conhecer dos confitos de atribuições entre autoridades administrativas e judiciárias da União. além de proceder às inspeções e correições em geral. é presidido pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) que. entre os Tribunais Superiores. criado através da EC 45/2004. .2011 . ou entre autoridades judiciárias de um Estado e administrativas de outro ou do Distrito Federal.PC-MG .Delegado de Polícia O Conselho Nacional de Justiça (CNJ). relativas aos magistrados e aos serviços judiciários. d) receber e conhecer dos confitos de competência entre quaisquer tribunais.

depois de aprovada a escolha pela maioria absoluta da Câmara dos Deputados. sem prejuízo de suas normais atribuições no tribunal de origem. entre as sanções possíveis. c) receberá e conhecerá das reclamações contra membros ou órgãos do Poder Judiciário e órgãos prestadores de serviços notariais e de registro que atuem por delegação do poder público ou oficializados. é correto afirmar que a) se compõe de quinze membros com mais de trinta e cinco e menos de sessenta e cinco anos de idade. . d) terá seus membros nomeados pelo Presidente da República. com mandato de dois anos. e) o Ministro do Superior Tribunal de Justiça que compuser o órgão exercerá a função de Ministro-Corregedor.VUNESP . depois de aprovada a indicação pela maioria absoluta do Senado Federal.2011 . todavia não lhe competindo. admitida uma recondução.TJ-SP . a aplicação da pena de disponibilidade.Juiz Sobre o Conselho Nacional de Justiça. b) será presidido pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal. sendo os demais membros do Conselho nomeados pelo Presidente da República.

que integra o CNJ. além dos magistrados. em sua composição.e) O procurador-geral da República e o presidente da OAB são membros natos do CNJ.Juiz Assinale a opção correta quanto ao CNJ. os serviços auxiliares e até serviços notariais e de registro. o exercício das funções de corregedor. . a)! O CNJ pode.CESPE . d) Compete ao ministro do STF. há indicação de membro do Ministério Público da União.2008 . de advogados indicados pela OAB e de dois cidadãos indicados pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal. b) O poder de fiscalização do CNJ alcança. rever os processos disciplinares de juízes julgados há menos de um ano. c) O CNJ não é órgão do Poder Judiciário porque.TJ-SE . apenas mediante provocação em sede recursal.

2010 . . c) seus atos sujeitam-se ao controle do Supremo Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça.Primeira Fase (Set/2010) A respeito do Conselho Nacional de Justiça é correto afirrmar que: a) é órgão integrante do Poder Judiciário com competência administrativa e jurisdicional.FGV .2 .Exame de Ordem Unificado . d) a presidência é exercida pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal que o integra e que exerce o direito de voto em todas as deliberações submetidas àquele órgão.OAB . b) pode rever. de ofício ou mediante provocação. os processos disciplinares de juízes e membros de Tribunais julgados há menos de um ano.

c) Vice-Presidente do Supremo Tribunal Federal.TRF .2012 . d) Procurador-Geral da República.Execução de Mandados Conselho Nacional de Justiça compõe-se de 15 membros com mandato de 2 anos. e) membro do Ministério Público Estadual.Analista Judiciário . Nas suas ausências e impedimentos. o referido Conselho será presidido pelo a) membro do Ministério Público da União.FCC .2ª REGIÃO . . admitida 1 recondução e será presidido pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal. b) Presidente do Superior Tribunal de Justiça.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful