You are on page 1of 3

CESÁRIO VERDE

TEMÁTICAS POEMAS
- Binómio cidade/campo:
• cidade:
. símbolo da confusão (Babel), da “Setentrional”
infelicidade; “Nós”
. doenças, morte, fatalidade, destruição; “A Débil”, “Avé-Marias“
. Babel, velha e corruptora
↳ Presente

• campo: “Setentrional”
. símbolo do amor, da felicidade; “Nós”
. saúde, fertilidade, actividade útil
↳ Passado

- A questão social; o poeta e os humildes;


crítica social:

- solidariedade com os humildes, vítimas das


injustiças sociais. Aplaude “o protesto franco e
salutar em favor do povo” (Conde de Monsarás)
(Dic. Lit.). Literatura um instrumento de “Deslumbramentos”
transformação social:
- ataca os alicerces da sociedade burguesa “Contrariedades”
do Constiticionalismo. “Avé-Marias”
- C.V., comovido com os suor humilde do
povo, esboça “quadros revoltados” (Dic. Lit. 1037)
– injustiças, subserviência, não têm medo do
trabalho, enfrentam lutas quotidianas com “Contrariedades”
determinação e força, numa atitude corajosa;
- crítica à imprensa: adulação e suborno.

11º ano Página 1 de 3


ASPECTOS RELEVANTES NA POESIA EXEMPLOS
- Poetização do real; o quotidiano na poesia: “Contrariedades”
poesia analítica – real* analisado nos seus “Num Bairro Moderno”
elementos constitutivos; as imagens dadas são de “Avé-Marias”
grande nitidez e precisão (formas, cores, sons,
cheiros) (V. Ferreira).

- Amor da actividade útil, saudável. Respeito “Nós”


pela ciência positiva do seu tempo. Confiança no
progresso (Dic. Lit.).

- A imagética feminina:
• mulher bonina (infl. Românticas); panegírico da “Setentrional”
excelsitude feminina: frágil, terna, ingénua, “A Débil”
despretensiosa, desperta no sujeito poético o
desejo de a proteger e estimar;
• fria inglesa; “burguesinha do catolicismo” é o “Deslumbramentos”
produto fútil e indefeso duma educação errada;
(Dic. Lit. 785); produto de convenções mundanas,
frígida, frívola, calculista, destrutiva, dominadora,
sem sentimentos, mulher fatal, o seu erotismo é
humilhante, predadora.

- Deambulação: como forma de captar a “Num Bairro Moderno”


diversidade do real “ Avé-Marias”

Observações:
* A objectividade plástica alterna, em vários passos, com a fuga imaginativa – o jogo do “real” e do
“irreal”[surrealismo] – por breves momentos, porque logo o poeta tem de regressar à esfera
sensorial, à “realidade” comum.

- O amor, neste poeta, é um motivo secundário.

- Preocupação com a morte: poetas doentes, tuberculosos ou já tocados pela preocupação do mal
que os minará – Cesário refugia-se na exaltação da vida salubre (Dic. Lit. 673).

- C.V. é um poeta da infância – saudade (Dic. Lit. 1003). Remomoração subjectiva: C.V. com a
ilusão de saúde, evoca as valentias e os terrores de “destro e bravo rapazito” [“Em petiz”](Dic. Lit.
467).

- A uma concepção romântica da natureza o poeta prefere a lição realista e positiva do campo
[“Nós”]. O campo não tem um aspecto idílico, paradisíaco, não aparece associado ao bucolismo ou
ao devaneio poético, mas ao espaço real, onde se podem observar os camponeses na sua lide
diária – dia a dia concreto, autêntico e real → “poeta da Natureza anti-literária, das coisas boas,
gostosas, cheirosas, úteis , do labor equilibrado, produtivo.” (Dic. Lit.)

11º ano Página 2 de 3


CARACTERÍSTICAS DA POESIA POEMAS
- Poesia prosaica (quer pela temática, o quotidiano, “Num Bairro Moderno”
quer pela forma, de onde a emotividade está “Avé-Marias”
ausente [embora, por vezes, haja laivos]) (V.
Ferreira).

- Rigor sintáctico, precisão parnasiana (Dic. Lit.). Todos

- A poesia de um artista plástico, enamorado do “Num Bairro Moderno”


concreto, descreve de modo vivo, exacto, as suas “Avé-Marias”
experiências (Dic. Lit.); cromatismo lírico (Dic. Lit);

- “Objectividade” antilírica (que não impede, no “Num Bairro Moderno”


entanto, a expressão, embora discreta, de ideias e “Avé-Marias”
sentimentos que definem o homem situado) (Dic.
Lit.).
------------------------------------------------ ---------------------------------------
- Há também uma imaginação transfiguradora “Num Bairro Moderno”; “Avé-Marias”

- Verso decassilábico (10) ou alexandrino (12), Todos


sugerindo a imponência e superioridade, nobreza e
altivez, grandiosidade solenidade (V. Ferreira).

Observações:
- Prosaico: que é em prosa ou da natureza da prosa; que é material ou destituído de
poesia.

- Prosaísmo: prosificação do discurso poético: objectividade anti-lírica.

- Fino humor, hábil uso do adjectivo (Dic. Lit). – Tom coloquial (Dic. Lit.)

11º ano Página 3 de 3