OS DIAS DA CRIAÇÃO EM GÊNESIS 1 SÃO LITERAIS?

Será que Deus levou seis dias para criar o universo? Alguns dizem que a crença na criação de seis dias de alguma forma limita o poder de Deus. Mas endossando uma semana a criação em seis dias literais de 24 horas não é limitar Deus. É simplesmente aceitar o que Deus disse sobre

o tempo de sua semana da criação. O homem não limita a Deus, aceitando seis dias da criação de 24 horas cada. Deus limitou-se. Na verdade, a Bíblia ensina que Deus colocou sobre si muitos limites para além do confinamento tempo de sua criação a seis dias.

I. Introdução
A Evolução tem muitas formas, desde a evolução ateísta de Charles Darwin, até a evolução teísta popular entre muitos estudiosos cristãos, acadêmicos e teólogos [como exemplo o cientista Francis Collins, autor do livro A Linguagem de Deus]. Talvez 80% dos acadêmicos cristãos e faculdades cristãs (1) ensinam a evolução teísta em várias formas. Estas acomodações alegação de que Deus de alguma forma utiliza a evolução para trazer o universo em existência.

A frase "e Deus disse" é repetida em Gênesis capítulo 1 a ponto de ser considerada uma redundância extrema. Deus empregou esta redundância para enfatizar uma verdade que Ele previu que o homem caído tenderia a descrer.. Continuarão a ser tentados a negar a Cristo e os ensinamentos de Sua Palavra. (A "hora".” No entanto.” Uma frase similar a esta é repetida no final de cada um dos os seis dias da criação.Ironicamente.)” . Esta é a verdade do que poderia ser chamado de 24 horas da criação. acomodacionistas freqüentemente chamam a si mesmos de "criacionistas".” A estratégia de Satanás sempre foi pôr em dúvida a Palavra de Deus. Eu não sou um evolucionista. isto é... negam a Palavra de Deus. dias correspondente ao tempo e intervalo definido como 24 horas. Não é de admirar que Jesus advertiu Seus discípulos no Jardim do Getsêmani para vigiar e orar. Sua tática não mudou com o tempo. quando desafiada pelas reivindicações do sistema mundial. A importância desta ênfase em Gênesis 1 é revelada pela primeira fala de Satanás registrado em Gênesis 3:01: "Sim. a única maneira de entender a rejeição cristã e a seqüência de criação simples e direta em Gênesis 1. fazendo uma filosofia humana parecer extremamente atrativa. II. todos os evolucionistas teísta ou não. há a frase: "E disse Deus".?. Nove vezes em Gênesis capítulo 1. porque eu acredito em Deus.. pois em Salmos 33:6 diz: “Pela palavra do Senhor foram feitos os céus (. Satanás chama e atrai os homens para longe de Deus. A Criação sobrenatural é consistente com os Dias Literais O principal impulso de Gênesis capítulo 1 não é uma mera criação. Deus previu as verdades que o homem caído mais poderia tropeçar.não por um processo longo e gradual de desenvolvimento. em última instância. Outra frase redundante em Gênesis 1 é a redação: "E foi tarde e manhã do primeiro dia. uma verdade a ser o poder absoluto de Sua palavra capaz de realizar os processos naturais que foram feitos na criação. Deus disse . para que não caiais hoje os cristãos em tentação (Lucas 22:46). como . o raciocínio de que "Deus estava por trás dele. mas o poder da palavra de Deus para realizar esta criação. Isto é.

teólogos. Mesmo estudiosos seculares reconhecem que o texto bíblico em Gênesis 1 pretende transmitir que os dias da criação foram dias literais do mesmo comprimento que estamos acostumados. como 2 Pedro 3:8 indica. Eviatar Zerubavel afirma que: "Para aqueles que tomam o relato bíblico da criação a sério... (. E isso é quer dizer que um dia de criação não é realmente um dia literal. por isso é a afirmação com base na ordem cronológica a primeira parte do versículo. foi o primeiro ato praticado por Deus ao criar o universo.) [O dia é] para o Senhor é como mil anos (.. é importante notar que a última parte do verso diz: “(. no Egito. " (2) Zerubavel lembra ainda que a semana não é em qualquer forma. mas quando Ele nos diz quanto tempo ele levou para criar. estudiosos e escolas cristãs tropeçam nos seis dias literais da criação. Afora o fato de que este versículo não está se dirigindo a uma cronologia específica..000 anos! Se isso é um absurdo.) Criar a semana.)”.... A primeira parte deste versículo diz: "(. Por exemplo. poderíamos usá-lo para afirmar que da idade evolutiva do universo não é o comumente alor aceito de 14 bilhões de anos. ligada ao ciclo lunar: “Aqueles que acreditam que nossa semana de sete dias foi derivado do ciclo lunar parecem esquecer que este não é realmente um ciclo de 28 dias” (3) ..) e mil anos é como um dia”. Deus não pode ser limitado por humanos e expectativas temporais.uma unidade de tempo não foi desenvolvido até cerca de 2000 anos após a criação."). Se esta última parte da frase for tomada em ordem cronológica. somos inclinados a aceitar que Ele limitou-se em sua cronologia da criação. A necessidade de redundância em Gênesis é demonstrado pelo fato de que muitos acadêmicos cristãos. Os cristãos geralmente citam a primeiro parte 2 Pedro 3:8 como uma justificativa para tornar o dia de criação indeterminado. uma descrição alternativa dos dias da criação podem ser "Dias literal da criação. mas apenas cerca de 38. a duração de sete dias literais numa semana não apresenta nenhum problema.

ou um período definido de tempo. o Dr. que não é especificado no contexto imediato. No entanto. É verdade que a palavra "dia" pode ser usada para conotar um período de tempo indeterminado. este não é enfaticamente o usado em qualquer parte do primeiro capítulo do Gênesis. e não para o movimento de qualquer corpo astronômico. Como a criação de todo um Planeta poderia ser feito em tão pouco tempo. que foram os mesmos que os dias de aproximadamente 24 horas de experiência que agora. estudioso hebraico e Professor na Universidade de Oxford. o ciclo de sete dias. escreveu: "Tanto quanto sei não há professor de hebraico ou Antigo Testamento em qualquer universidade de classe mundial que não acreditamos que o (s) escritor (es) de Gênesis 1 a 11 destina-se a transmitir aos seus leitores as idéias que a criação teve lugar em uma série de seis dias. Em Gênesis 1.De fato. Isso é verdade mesmo nos pólos. A semana não serve apenas como o ciclo de dias de trabalho e de descanso. mas também serve como um memorial da criação. a semana de Deus está intimamente ligada a uma semana literal da criação. a palavra “dia” é sempre modificada por um número ordinal. Por exemplo. onde o ciclo solar em si não é 24 horas. se não por a palavra do Senhor? Além disso. Em outras palavras. É reconhecido entre os Linguistas Hebraicos que o uso da palavra "um dia". indique um dia literal da forma que vulgarmente pode-se entender o termo. independentemente do ciclo solar onde se pode acontecer de viver. O corpo humano é otimizado para acompanhar o ciclo do dia. a semana de sete dias não está relacionada a nenhum fenômeno celestial. Zerubavel ainda fala sobre a semana dissociada da natureza (4). .” (6). O fato de que em seis dias literais da criação torna qualquer forma de evolução teísta ou não. de seis dias de trabalho normal seguido por um dia de descanso tem sido demonstrado que ser o ciclo de tempo ideal para o trabalho humano e da produtividade. os valores constantes nas genealogias fornecidas do Genesis por simples adição de uma cronologia desde o início do mundo até a última fase do história bíblica. tal como definido em Gênesis 1. como no "primeiro dia" e "sexto dia". James Barr. Este é o uso de "dia" em Gênesis 2:01. absolutamente impossível (5).

III. como pode nunca ser conhecido. É ilógico afirmar que por causa disso.A menção do dilúvio é apropriado aqui. embora seja usado em seu sentido mais solar do que qualquer outro no Antigo Testamento. negam a realidade do dilúvio de Noé como como negam veementemente os dias literais de criação. por vezes. É resultado do alcance semântico de yom que a palavra não inerentemente não possuem o significado de um dia. Esse fato tem sido usado para argumentar que. o teólogo R. em Gênesis 1. sem evidência física é suficiente para eliminar dúvidas (8). que definição destina-se. que yom não implica um dia normal. Por exemplo. Um período específico de tempo.” (7) A Bíblia define claramente que os dias da criação e do dilúvio são literais. No entanto. não pode significar . não pode ser automaticamente associada com a arca do Noé bíblico. Na verdade. Lloyd Bailey afirma: “Uma antiga estrutura de madeira no alto de uma montanha na Turquia. mesmo que seja em forma de barco e tenha cinco mil anos de idade. a maioria das palavras podem ter dois ou mais significados dependendo do contexto. a lógica dessa afirmação deve ser cuidadosamente analisada. Se yom pode significar várias coisas diferentes. porque Cristãos. Um período de um ano. yom pode significar outra coisa de um dia normal. mas com a rejeição deste testemunho. em qualquer período dado? O significado é determinado pelo contexto. Mais sobre o "dia" em Gênesis 1 (9) A palavra hebraica traduzida por "dia" em Gênesis capítulo um é yom. Um conceito geral ou vaga de tempo. Yom pode ter vários significados: • • • • Um período de luz em um dia normal ciclo dia / noite.

um dia normal em Gênesis 1. a “noite” e “manhã” são de tal modificadores poderosos que. Mesmo com essa certeza sobre o significado contextual de yom em Gênesis 1. a objeção que se pode estabelecer é que o livro de Gênesis seja uma poesia. Escher (1938) Durante o primeiro dia da criação. e número (por exemplo. yom em Gênesis 1 é encontrado no contexto com a noite e manhã. mesmo sem yom. Toda vez que se refere a um dia normal. segundo dia. Toda vez que se refere a um dia normal. é encontrado no yom contexto de "noite" por 52 vezes. como os nossos hoje. porque é que Gênesis 1 é a exceção? Fora de Génesis 1 no yom Antigo Testamento é encontrado em contexto com o número (por exemplo. IV. no primeiro dia.). yom é encontrada em contexto com “noite” e “manhã” e um número. porque é que Gênesis 1 demonstra ser a exceção? Fora de Gênesis 1. A pergunta é: Quais são as palavras eo contexto de Gênesis 1 que se comunicam conosco? Como mencionado. Toda vez que se refere a um dia normal. quando eles são encontrados juntos fora de Gênesis 1. Toda vez que refere-se a um dia normal. “primeiro dia”) 410 vezes. Um tema recorrente em Gênesis 1: Dia e Noite por M. Por que só em Gênesis 1 é a exceção? Fora de Gênesis 1 yom é encontrado no contexto de "Semana" 23 vezes. O primeiro dia também é precedido por noite. por que iria ser o Genesis 1 exceção? De fato. Fora de Gênesis 1 e no resto do Velho Testamento. yom é encontrado no contexto de "à noite" 23 vezes.C. seria preciso ainda concluir que Gênesis 1 pode ser enquadrada em torno de seis dias comuns. Mas mesmo se yom não for mencionadas em Gênesis 1. significam uma dia normal (de um total de 38 vezes). etc. “Tarde e manhã” só pode significar uma coisa no Velho Testamento e que é um dia normal. A implicação é que a palavra que significa dia em Gênesis 1 é meramente .

conceda ao Espírito Santo a honra de lhe ensinar mais do que você já sabe.. abertamente. se a Bíblia é verdadeiramente infalível e totalmente confiável -. então vamos continuar a este período foram seis dias (. de tal forma que você tenha em mente que o próprio Deus diz e que foi . Além da função que a poesia antiga tinha como uma auxiliar de memória para transmissão de conteúdo literal. incluindo o Darwinismo. Mas se você não pode entender como isso poderia ter sido feito em seis dias. Por exemplo. o acadêmico e comentador Gleason Archer em sua afirmação: "Se entendêssemos o capítulo 1 do livro de Gênesis completamente como modo literal que alguns supõem ser o único bom princípio de interpretação. independentemente do contexto. o contexto de yom em Gênesis. Para o Escher (1938).. Martinho Lutero disse: "Quando Moisés escreve que Deus criou o céu ea terra e tudo que neles há em seis dias. então não haveria possibilidade de reconciliação entre a teoria científica moderna e o que conta o Gênesis” (12). Gleason opta. antes da invenção da imprensa (10). Por que você está a lidar com a Escritura. afinal. o contexto não pode ser deixado de lado tão facilmente. como por exemplo em 2 Coríntios 10:5: “(…) toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus (…)” A questão central aqui é a autoridade do homem contra a autoridade da Bíblia. que a Bíblia adverte os cristãos.). Mas é precisamente contra as filosofias do mundo. atualmente existe alguns recursos às modernas ciências (leiase "evolução") que tentam "provar" que os dias da criação não pode ter sido literal.simbólica. Todavia. não se pode negar que o texto de Gênesis 1 significa a criação de dias normais. seu argumento voltado para a Teoria de Darwin em vez da lingüística inspirada de Gênesis 1. mostra que o capítulo 1 deste livro teve um propósito firme de comunicar que os dias da criação foram literais e não simbólico (11).

o sete dias da semana a criação de Deus seria tão facilmente visto ser tão literal como os sete dias da semana de trabalho do homem. Além disso. o mar e tudo que neles há (. não haveria sentido em comparar a semana de trabalho humana com a semana da criação de Deus. 2 e 3 significa que esses dias não poderiam ter sidos literais. se você acredita que as Escrituras carregam uma mensagem de Deus a todos nós.)”... Existe uma corrente de pensamento que crê que o sétimo dia nunca terminou. Da mesma forma. IV. Raramente os cristãos conservadores perguntam a existência literal dos três períodos do dia. devemos ter cuidado para não transformar sua palavra na direção que nós desejamos ir” (13). é o . não seria um dia literal. é evidente que se a criação tivesse ocorrido em dias não literais.escrito. Apesar da defesa especial em contrário. se não por pressão evolutiva exigindo mais tempo. e a semana de trabalho do homem: "Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra. a terra. parte do quarto mandamento. não o sol. estado uma comparação entre a semana de trabalho literal de Deus e da criação. outras comparações análogas nas Escrituras são baseadas em dias literais. portanto. Há um argumento comum de que já que não havia sol até o quarto dia da semana da criação. Jesus comparou seus três dias literais no túmulo com os três dias literais de Jonas na barriga do peixe.. a ausência do sol nos dias 1. por exemplo. Todavia. (. Esta onclusão ignora o fato de que Deus. Zerubavel reconhece a conexão (14). Na verdade. este conceito surgiu afim de tentar eliminar a certeza com relação aos outros dias literais da semana (15). O calendário semanal nos serve como um memorial da semana da criação Êxodo 20:09 e 11..) Porque em seis dias fez o Senhor o céu.

como pode um homem simples pretensão de limitar Deus a seis dias literais da criação?" A resposta pode ser: "Por que não.controlador de tempo. e não o contrário. portanto. pode argumentar que Deus não é limitado. que normalmente é 24 horas. Este argumento é. Este argumento tem uma falha fatal segundo a presunção que desde que Deus é TodoPoderoso. é o doador de tempo. impondo um tempo determinado na criação. como nos pólos. Erramos. Ao longo da história humana. nem seus ciclos são a base para a definição do dia em Gênesis 1. depois o sol foi criado para obedecer a este padrão. Quem sou eu para colocar um limite no tempo que Deus usou?" Este argumento ignora o fato de que não somos nós que Deus está dizendo que Ele deveria ter feito. bem como o doador de luz e vida. O ciclo diário foi definido por Deus no primeiro dia. Deus é. Outra falácia é confundir a criação de cada dia com o ciclo solar. Mais uma vez. Em toda a história judaicacristã. por vezes. pode fazer qualquer coisa. Deus constantemente se limita A pessoa que não pretende aceitar a criação com base nos dias literais. nem o sol. não o sol. claro que não pode limitar Deus. pediu que a questão. Deus. exigindo seis dias literais da criação. mas nem sempre. no pressuposto de que o sol necessário definir o período de tempo abrangido nos três primeiros dias da criação. Ele pode fazer qualquer coisa. no quarto dia. estes foram os únicos que negaram-se adorar o sol. Deus disse-nos que Ele já havia feito através da construção lingüística de Gênesis 1. como mostrado pelo predomínio do culto do sol culto em muitas culturas pagãs. . V. pois sabiam que este astro havia sido criado e não existia fundamento nenhum em realizar um culto de adoração a uma criatura de Deus. "Desde que Deus é todo-poderoso e. este tem sido um ponto esquecido. portanto.

Deus. Deus é o governante mais poderoso de todos. não querendo que alguns se percam. nunca falha em sua auto-contenção. por exemplo. se eles sentirem vontade. • 3. mas é longânimo para conosco. É de Sua vontade que nenhum pereça (2 Pedro 3:9). No entanto. Deus virá a encontrá-los (Atos 17:27). Deus se limita em não retornar imediatamente ao juiz terra. seres humanos podemos com a ampliação das nossas possibilidades de ação. • 4. ainda que alguns a têm por tardia. Deus faz através da criação a causa de . Deus limita a Si mesmo em quem Ele salva. • 2. que poderiam ser gentis. Aqui estão alguns exemplos: • 1. o forte também deve ter o seu sentido de autocontrole que permite ele não possa fazer tudo o que podia fazer. mas Ele não força as pessoas a terem fé contra a vontade de Seus filhos. Ele limites estão presentes em Deus na atualidade desde o passado. senão que todos venham a arrepender-se" (2 Pedro 3:9). dando assim origem a regimes agressivos. viam seus deuses como seres humanos superpoderosos. um Deus que se ira todos os dias. No entanto. Dizer que Deus é onisciente pode fazer qualquer coisa que Ele quer é ver Deus à imagem do homem pecador. mas em outras vezes serem extremamentes cruéis. que está perfeitamente bem. Deus se limita em dar o tempo ao arrependimento dos perdidos. o mais poderoso torna-se uma régua. “O Senhor não retarda a sua promessa. Deus não pode fazer tudo.Por causa do caráter sagrado e perfeito de Deus. e a oportunidade deles procurarem o Senhor. Os gregos. Poderosos governantes humanos muitas vezes não restringem o exercício do seu poder. mas Ele concede a cada pessoa o dom da vida. Assim. se o homem não se converter (…)” (Salmos 7:11-12). O autocontrole de Deus se manifesta pelas limitações que Ele colocou a Si mesmo ao longo da história. assim como Todo-Poderoso. Deus se limita a ordenar que a função da criação foi estabelecida previsivelmente pelas "Leis Naturais" e não por capricho alterando a forma como a criação funciona. É imaginar que nós. "Deus é um juiz justo. Ele não pode mentir (Tito 1:2).

. espera sete dias para os filhos de Israel para marchar ao redor de Jericó antes de destruir as paredes. e permitir que Satanás e os demônios exerçam alguma força até hoje. • 6. Deus limitou-se a não matar os israelitas rebeldes (Êxodo 32:31-34). até nos lembramos do aviso no final da Bíblia sobre aqueles que tentam mudar o que Deus disse: “Porque eu testifico a todo aquele que ouve as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhes acrescentar alguma coisa. A alegação de que nós estamos limitando Deus. ou a comportamento da natureza seria bastante imprevisíveis e a reprodutibilidade dos experimentos científicos poderão ser impossível de alcançar. mesmo que estejam destinados. Nessas ocasiões. foi foi Ele quem as criou. . Deus fará adicionar a ele as pragas que estão escritas neste livro: E se algum homem de qualquer modo tirar alguma das palavras do livro e desta profecia. imobilizar os corpos celestes em seus cursos ("ordenanças". Ele ainda limitou-se a não descer da cruz uma vez Ele estava na dele (Mateus 27:40). aceitando o que Ele já disse sobre o dia da criação é realmente um argumento sutil contra a historicidade bíblica. espera três dias antes de se levantar da tumba depois de Sua crucificação. Manipular a Palavra de Deus pode não parecer tão prejudicial. esse argumento acaba levando a uma rejeição da Palavra de Deus. Outros exemplos de que o próprio Deus é quem limita o Seu poder incluem alguns eventos. 26:53). É nossa sorte que os milagres não são tão comuns. Deus tirará a sua parte do livro da vida (. Deus em Cristo limitou-se indo até a cruz embora Ele não a tenha merecido (Mateus 26:39.)” (Apocalipse 22:1819).. tais como não colocar todas as pragas sobre os israelitas que Ele impos sobre os egípcios.algumas oportunidades de operar em outros princípios que não as Leis Naturais. que chamamos de "milagres". a um fim trágico. • 5. Jeremias 31:35-35) ao invés de levando-os a carenagem imprevisível. por suas próprias escolhas. mas de várias gerações. não necessariamente no indivíduo. Na verdade. pois Ele está acima destas.

Além disso. Com efeito. para que guardeis os mandamentos do SENHOR vosso Deus. que passam. evidentemente.” Esta última citação é a mais significativa aqui. que eu vos mando. como está escrito: Para que sejas justificado em tuas palavras. deve notar-se que o princípio de deixar inalterado aparece de Deus para nós em toda a Escritura. como cristãos. lemos: “Toda a Palavra de Deus é pura. diz: “Não acrescentareis à palavra que vos mando. Porque eles próprios são enganados por falsos mestres. no entanto. mais diretamente aos que conhecem e compreendem bem o que a palavra de Deus diz. (Apocalipse 22:18-19 não se refere àqueles que interpretam erradamente a palavra de Deus. Em Provérbios 30:5-6. E venças quando fores julgado. um dos refutações mais enfático do consenso humano é a declaração de Romanos 3:4: “De maneira nenhuma. A Bíblia chama esses ativistas "falsos professores" (2 Pedro 2:1-3). procedem a alteração e interpretam de maneira errada. portanto. e todo o homem mentiroso.” Em Deuteronômio 4:2. pois o livro de Gênesis faz parte da Torah. Nada acrescentes às suas palavras. não sendo relevante para o que a Bíblia diz sobre a criação. a palavra de Deus não muda. e como tal sempre foi considerado parte integrante da Lei que não deve ser alterado de acordo com o raciocínio humano. para que não te repreenda e sejas achado mentiroso.Esta passagem se aplica. nem diminuireis dela. .” Com medo de que a objeção levantada em Apocalipse 22:18-19 se aplique apenas para o livro do Apocalipse e.) Deus refere especificamente a adulteração de Sua Palavra como uma grande ofensa. mas não são. sempre seja Deus verdadeiro. escudo é para os que confiam nele.

Henry. p. Free Press. 3. Yates.. Vol. 3. I gratefully acknowledge the work of Vance Nelson. O contexto lingüístico da Gênesis novamente nos afirma que os dias da criação foram realmente literais." Creation Research Society Quarterly. p. The Seven Day Circle: The History and Meaning of theWeek. p. June 2006.org>. 9. The root difficulty is lack of submission to biblical authority as over against human reasoning. Where Is Noah's Ark?. in Ken Ham. 7. pois a semana que temos hoje não tem base na astronomia e na não tem explicação além do fato de que ela foi estabelecida como um Memorial da Criação. p.. 1966. 8. An estimate based on personal involvement in churches and schools.A. The Art of Memory. 2. see J. 4 ibid. p. p. J. 11. p. 6. 2-4. For the wording of this section. 3 ibid. p. pp. 53. 11 5. 1978. Especialistas em Hebraico atestam a esta posição. 9. "An Old Age for the Earth Is the Heart of Evolution. 1984. 6. "A Critique of Progressive Creationism in the Writings of Hugh Ross. pp. December 2003. Personal communication. 164. 10. ibid. as discussed later in this paper. Referências Utilizadas 1. "What Is the Age of the Universe?. 1985. Lloyd R. 17-18. James Barr to Ken Ham. For a fuller treatment of the meaning of yom in Genesis 1. April 23. Abingdon. Master Books. Vol. 12. 40 no. Eviatar Zerubavel.. .org>. University of Chicago. 1987." <creationconcepts. Henry. The Lie: Evolution. 1. e a própria semana em si é testemunho." Creation Rresearch Society Quarterly. See J. 9. 43 no.. ibid. Bailey. 2001.Conclusões Deus limitou-se a seis dias da criação como a palavra "dia" é normalmente entendida ainda hoje na linguagem comum. <creationtruthministries. 4. F. Henry.

______________________________________________________________________ Fonte: CREATION CONECPTS. cit. 2010. p. 1959.L. 13. " Creation Research Society Quarterly. Henry.. "Did Death Occur Before the Fall?: A Further Critique of the Progressive Creationism of Hugh Ross. 43 no.M. June 2006. 2010). op. E. 1982. p.). pp.pdf> Acesso em 06 jun.org/resources/SIX-DAYS. Disponível em: <http://www. 15. October 8. 20.creationconcepts. Traduzido por Hugo Hoffmann. . 160-161. p. 3. 12. Plass and E. Vol. para o Blog Ciência da Criação. Concordia. Plass (eds. 44.11. cit. What Luther Says: A Practical In-Home Anthology for the Active Christian. 7. op. December 2006.1523. Vol. "The Meaning of Yom. J. Gleason Archer. p. Zerubavel. Henry." Christianity Today. 3.. 14.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful