You are on page 1of 20

Técnico em Segurança no Trabalho

RENÊ LEAL PORTO


• Psicólogo – Graduado em 2006

• Pós Graduado em Gestão Empresarial - 2008

• MBA Gestão Estratégica de Marketing e Pessoas – 2009


( Em Processo de Conclusão )

• Experiência Profissional: Encarregado Departamento Pessoal.


3516-05 - Técnico em segurança no trabalho

• Classificação Brasileira de Ocupações:


Acidente de Trabalho
• Segundo o artigo 19 da Lei 8.213 de 24 de julho de 1991:

• acidente do trabalho é o que ocorre pelo exercício do


trabalho a serviço da empresa;

• provocando lesão corporal ou perturbação funcional, de


caráter temporário ou permanente;

• São inúmeros os benefícios concedidos em razão de


Problemas de Ordem laborativa ( Incapacidade ).
Consequências de Acidentes

• causar desde um simples afastamento;

• a perda ou a redução da capacidade para o trabalho;

• a morte do segurado;

• Problemas Psicológicos ( Depressão, Transtornos, etc );

• Problemas de ordem social ( Agressão ao meio Social ) -

Caso Clínico: Perda do Braço na Lixadeira Banda Larga


Tipos de Acidentes:
• Típicos – são os acidentes decorrentes da característica da
atividade profissional desempenhada pelo acidentado.

• Trajeto – são os acidentes ocorridos no trajeto entre a


residência e o local de trabalho do segurado e vice-versa.

• Doença profissional ou do trabalho – são aquelas


produzidas ou desencadeadas pelo exercício do trabalho
peculiar a determinado ramo de atividade.
( Empresa Adequada? )

• Higiene e Privacidade?

• Como é tratado as sobras de produção?

• Almoxarifado 1 / Clínica Veterinária?

• Almoxaridado 2 e Equipamentos!

• Estoque de Matéria Prima Correto?


( Empresa Adequada? )

• Boas Condições de Manuseio de Maquinário?

• EPI’s e Maquinário

• Maquinário e Estrutura Física

• Risco de desabamento?

• Estrutura Elétrica

• Funcionário “Pau para toda obra”


Dados Estatísticos Acidentários
• Informações obtidas através da Previdência Social:
• JANEIRO
• FEVEREIRO
• MARÇO
• ABRIL
• MAIO
• JUNHO
• JULHO
• AGOSTO
Agosto 96015

Julho 97966

Junho 80434
Janeiro
Fevereiro
Maio 77153
Março
Abril
Abril 83534 Maio
Junho
Março 94826 Julho
Agosto

Fevereiro 72860

Janeiro 73.546

- 20.000 40.000 60.000 80.000 100.000 120.000


Estudos sobre Benefícios Acidentários
• benefícios acidentários de 2008, cerca de um terço das concessões
foi relacionado às doenças do sistema osteomuscular (LER/DORT)

• concessões de auxílios-doença acidentários relacionados a


transtornos mentais aumento de mais de 66%, 12.818 benefícios
contra 7.690 casos de 2007 e em 2006 foi 612 casos desse tipo.

• efeitos nocivos da crise econômica para os empregados devem


aumentar os casos de transtorno mental
Estudos sobre Benefícios Acidentários
• Brasil, em 2007, ocorreu cerca de 1 morte a cada 3 horas,
recorrente a problemas nos fatores ambientais do trabalho;
• 75 acidentes e doenças do trabalho reconhecidos a cada 1 hora na
jornada diária;
• 2007 observamos uma média de 31 trabalhadores/dia que não
mais retornaram ao trabalho devido a invalidez ou morte.
• aposentadorias especiais recorrentes a problemas nas condições
ambientais do trabalho em 2008 valor da ordem de R$ 11,60
bilhões/ano + custo operacional INNS e custo na saúde chega ao
total de R$ 46,40 bilhões
SAT – Seguro de Acidentes do Trabalho
• A partir de 1º de janeiro de 2008, deverá entrar em vigor o
mecanismo para premiar as empresas mais efetivas na prevenção
de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho e, por outro lado,
penalizar as empresas com os piores indicadores nessa área;

• corresponde a 1%, 2% ou 3% sobre o valor total pago pelas


empresas aos seus empregados, dependendo da atividade
econômica de cada empresa;

• mecanismo poderá reduzir em até 50% ou até dobrar a alíquota


das empresas com os piores indicadores de segurança;
SAT – Seguro de Acidentes do Trabalho
• O FAP é quem determina o aumento ou diminuição na alíquota
percentual de cobrança sobre as empresas seguindo critérios:

• estatísticos relativos a freqüência,

• Gravidade e

• custos decorrentes da concessão de benefícios por incapacidade.

• O FAP de cada empresa será anualmente publicado pelo INSS de


acordo com o impacto das ocorrências registradas no ano anterior
e ela determina a alíquota do SAT para os 12 meses subseqüentes.
Análise Organizacional

• Tabela Geral da Análise Organizacional de 3 Empresas


Análise Organizacional
TABELA GERAL DA PESQUISA
1%

PESSIMO
3%

RUIM

23%
REGULAR

41%
BOM

30%
OTIMO

0% 5% 10% 15% 20% 25% 30% 35% 40% 45%


VAL ORES ( % )
Custo do Afastamento

• Análise dos Atestados entregues na empresa no ano de


2008
Gráfico do Afastamento
CUSTO AFASTAMENTO (RESUMO MENSAL)
0
0
0
0
63
65
21
66
38
74
47
20

0 10 20 30 40 50 60 70 80

DEZ NOV OUT SET AGOSTO JULHO JUNHO MAIO ABRIL MAR FEV JAN
Proposta de Atuação
• Analisar o Contexto Organizacional

• Dinâmica de Funcionamento da Empresa;

• Processo de Liderança;

• Comportamentos de Risco de Funcionários;

• Hábitos Comportamentais Inadequados ( Ingestão de Álcool,


Fumo, Sono, Alimentação );

• Contexto Social Inserido;

• Dinâmica Familiar.
Acesse ao Blog

• Material disponível no Blog abaixo:

• http://psicologoreneleal.blogspot.com/

• Conheça o NICK