You are on page 1of 2

Amizade: palavras e silncios de um corao que quer sem saber

Mar/2014 Amiga: "O mais belo dos mares o que no navegamos. A mais bela das crianas ainda no cresceu. O mais belo dos nossos dias ainda no o vivemos. E as palavras mais belas que queria dizer-te ainda no te disse". (Poeta Turco Nazim Hikmet)

Amigo:

Obrigado, pela poesia. Bem escolhida, colhida como uma fruta no pomar, para amar, deixar algum saborear. Escreva um livro seu, contendo as poesias que nascem de ti. Poderia chamar-se: "Amizade: palavras e silncios de um corao que quer sem saber"

Amiga: "Amizade: palavras e silncios de um corao que quer sem saber" Da tua "AMIZADE", sinto saudade. Porque tua "PALAVRA" poesia que alimenta a alma, luz que irradia com calma. Teu "SILNCIO" muito me diz: Seja feliz, porque Deus assim quis! No "CORAO", uma celebrao. E um querer, que "SEM SABER", "QUER" de novo caber. (Amiga)

Oi Amigo, como ests? Mais uma vez, um obrigada IMENSO pelo envio das tuas palavras to cheias de lavras. :) Obrigada por lavrar a terra do meu corao com tuas palavras: tua poesia, sempre "bem escolhida, colhida como uma fruta no pomar, para amar, deixar algum saborear." Sinal de que foi bem lavrada mesmo, bem cultivada. Tua rima beeem rica, a minha pobre, mas no corao a inteno nobre! Acho que o poeta aqui s tu!!!! Tu deverias escrever muitas poesias! Como bom rimar, se alegrar at cansarrr!!! Eu me divirto muuuito! Poesia

um alimento pra alma n? Me faz um beeem daqueles! Obrigada, amigo querido, pelo modo de espalhar sua luz! Seja santo e feliz! Abrao ENORME, Amiga

Amigo: Continua....