15/2/2014

Economia Agrícola

Published on Ciências Econômicas (http://www.economia.ufma.br)
Início > Economia Agrícola

Economia Agrícola
Disciplina Economia Agrícola (EC)
DOCENTE: EMENTA: A questão agrária: formas capitalistas e não-capitalistas de produção agrícola; a renda da terra. A questão agrária no Brasil. A intervenção do Estado na agricultura. OBJETIVOS: Proporcionar um conhecimento teórico acerca do desenvolvimento da agricultura no modo capitalista de produção e do desenvolvimento da agricultura brasileira, considerando-se suas especificidades e a intervenção estatal no setor agrícola CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

Código 1567.8

Carga Horária
60

Créditos
04

Semestre

1. CATEGORIAS ANALÍTICAS UTILIZADAS E PRESSUPOSTOS TEÓRICOS (14 h/aula)
1.1 terra A agricultura no desenvolvimento do modo capitalista de produção e a renda da (8 h/aula)

Bibliografia obrigatória:
KAUTSKY (1980), págs. 25-35 e 76-111; GRAZIANO (1981), págs. 17- 22; WANDERLEY (1979), págs. 15-40; SERVILHA (1977), págs. 114- 123; GIULIANI (1984), págs. 39-59.

1.2

As diferentes formas de organização da produção

(2 h/aula)

- formas especificamente capitalistas - formas não-especificamente capitalistas Bibliografia obrigatória:
GRAZIANO et al. (1978), págs. 01-14; LACERDA (1985), cap. 1. 1.3 A agricultura brasileira: principais esquemas teóricos (4 h/aula)

- a agricultura como entrave ao desenvolvimento - a agricultura como funcional ao desenvolvimento - a agricultura e a acumulação do capital Bibliografia obrigatória:
http://www.economia.ufma.br/index.php?q=print/58 1/5

págs. cap.php?q=print/58 2/5 .4 h/aula) Os efeitos da modernização na estrutura fundiária e no uso do solo (6 Bibliografia obrigatória: GRAZIANO et al. (1987). SORJ (1986). SÍNTESE DO DESENVOLVIMENTO DA AGRICULTURA NO BRASIL (8 h/aula) 2. GUIMARÃES (1991). (1978). cap. 3. 35-66. 2. cap. O complexo agroindustrial e suas vinculações com a pequena produção (6 h/aula) Bibliografia obrigatória: CORADINI (1981). 3 e 5). 4. 3. 81-96. págs. 38-45.22. 49. 4 (item 3). 19-33 e 43-49. 3.1 agricultura A função do Estado no processo de modernização da (4 h/aula) Bibliografia obrigatória: DELGADO (1985). 2. 2 (item 5) e 3 (itens 1. SERVILHA (1977). 1. 102-113. GUIMARÃES (1982). 113-117 e 123-128. cap. 33-43. 2. págs. 2.economia. 1 (itens 2 e 3). KAGEYAMA et al. 3.3 agrícola cap.br/index.3 Modelo extensivo de crescimento no pós-guerra (2 h/aula) Bibliografia obrigatória: GOODMAN (1986).2 (6 h/aula) Bibliografia obrigatória: As alterações na base técnica da estrutura produtiva GRAZIANO NETO (1982).58. 3. DELGADO (1985).ufma. 1. 04-27. 2. cap. págs. cap. GRAZIANO NETO (1982).4 A industrialização pesada e a modernização do setor agrícola (2 h/aula) Bibliografia obrigatória: KAGEYAMA et al. 2. http://www.2 Processo de diversificação da agricultura (2 h/aula) Bibliografia obrigatória: SERVILHA (1977). págs. págs. págs. SORJ (1986). págs. caps. 2 (item 2). O DESENVOLVIMENTO RECENTE DA AGRICULTURA BRASILEIRA (26 h/aula) 3. GRAZIANO NETO (1982). SORJ (1986).15/2/2014 Economia Agrícola CASTRO (1977). págs. págs. 17. (1978). cap.1 Gênese da ocupação (da cana-de-açúcar à crise do café) (2 horas) Bibliografia obrigatória: GRAZIANO et al. (1987).

da Costa. Capital financeiro e agricultura no Brasil. cap. 3. 14-17. In: Sete ensaios sobre a economia brasileira.. 3 (item 4).. ROSA (1989).3 ). págs. LORENA (1989). RESENDE (1988).ufma. 1981. Título VII.ed. 58-71. Rio de Janeiro: Guanabara. 42. 4. págs. págs. 26-35. págs. págs. cap. págs.2 Política de preços mínimos Bibliografia obrigatória: SZMRECSANYI ( 4. Bernardo. págs.br/index. Karl. cap. WILKINSON (1986). MUNHOZ (1982). SILVA (1988). John. 1980. cap.economia. Icone/UNICAMP.ed. GRAZIANO (1990). Progresso técnico e relações de trabalho na agricultura.3 (item 2). AVALIAÇÃO: BIBLIOGRAFIA BÁSICA: CASTRO. 27-33. G. Campinas. POLÍTICAS ECONÔMICAS PARA O SETOR AGRÍCOLA 4. SORJ (1986). Antônio Barros de. VEIGA (1990). GRAZIANO.1 Política de crédito rural (12 h/aula) Bibliografia obrigatória: SZMRECSANYI ( ). 4. KAUTSKY. págs. RESENDE (1988). GRAZIANO (1990).51. págs. cap. 72-83. São Paulo/Salvador: Hucitec/CEPA-Ba. 3. 15-38. págs. 2. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: http://www. págs.4 Políticas regionais para o Norte/Nordeste Bibliografia obrigatória: SORJ (1986). 76-91.5 (4 h/aula) Os efeitos da modernização nas relações sociais de trabalho Bibliografia obrigatória: GRAZIANO et al.15/2/2014 Economia Agrícola 3. DELGADO (1985). III. 4. São Paulo: Hucitec. 15-38. 4.php?q=print/58 3/5 . 91-106. A questão agrária. REYDON e HERBERS (1989). WILKINSON. 1986. José. págs. SORJ. O Estado. Agricultura e desenvolvimento no Brasil. 1977. Estado e classes sociais na agricultura brasileira. DELGADO. (1978). 15-44. 1985. São Paulo: Proposta Editorial. 1986. cap. a agroindústria e a pequena produção. Rio de Janeiro: ForenseUniversitária. 68-90. CONSTITUIÇÃO FEDERAL. 3. Política de reforma agrária Bibliografia obrigatória: SZMRECSANYI ( ).

n ° 18. 1982. Nazaré. Dércio Garcia. José Eli.15/2/2014 Economia Agrícola CORADINI. REYDON. Reflexões sobre a agricultura brasileira. Gervásio C. Rio de Janeiro: FASE.php?q=print/58 4/5 . _____. Destinos ligados.br/index. abr-jun/89. Carlos. cooperativas e multinacionais. O que é questão agrária. São Paulo: Hucitec. GIULIANI. & HERBERS. 1990. WANDERLEY. Campinas: UNICAMP. Revista Reforma agrária. Francisco. Rio de Janeiro: Paz e Terra. Sueli L. Questão agrária e ecologia. Gian Mario.ed. José et al. 19(1). n° 33). Rio de Janeiro: Paz e Terra. Crise externa e agricultura.economia. GRAZIANO. ago-nov/88. GRAZIANO NETO. José Gomes da. ABRA.. Bastiaan P. nov/88-mar/89. Análise da economia agrícola e da estrutura fundiária. Tamás. SILVA. 19(1). GOODMAN. A crise agrária. 18 (2). A Amazônia e a reforma agrária. 1990 (Coleção Primeiros Passos. Campinas. A reforma agrária no Brasil. Odilon. Agricultura. O que é reforma agrária. Campinas: ABRA. M. O novo padrão agrícola brasileiro. Alberto Passos. VEIGA. Reforma agrária na Constituição de 1988: uma avaliação crítica. ABRA. Campinas: ABRA. Couto. São Paulo: Brasiliense. 1986. Economia agrícola. Vozes. David. GUIMARÃES. Revista Globo rural. In: BACHA et al. São Paulo: Brasiliense. 1985. LORENA. Rio de Janeiro: Zahar. A renda da terra: um impasse na teoria. Política governamental para a agropecuária na Amazônia e degradação do meio ambiente. 16. Revista Reforma agrária. A agricultura e a acumulação de capital no Brasil. out/91.ufma. Primeiros Passos. Petrópolis. 1987 (mimeo). Raul G. LACERDA. Revista Reforma agrária. A transição incompleta. São Paulo: Brasiliense.. Ângela et al.) GRAZIANO. 1982. 18. 1982. Belo Horizonte: CEDEPLAR.ed. São Paulo: 6(72). José. 4(4-5). In: CORADINI & FREDERICQ. A modernização dolorosa. Guilherme N. Odacir Luiz. SZMRECSANYI. 13. Campina Grande. ROSA. 2. antagonismo e articulação. Estrutura agrária e produção de subsistência na agricultura brasileira. Rio de Janeiro: Zahar. 1977 (Dissertação de mestrado). Dissertação (mimeo). In: ARAÚJO et al. 1988. abr-jun/89. SERVILHA. Capitalismo e propriedade fundiária. Economia e sociedade rurais a partir de 1945. de. Capitalismo e produção familiar na agricultura brasileira. 1979. Revista Reforma agrária. Valdemar. http://www. KAGEYAMA. Revista Raízes. 1978. Complementariedade. GUIMARÃES. São Paulo: IPE/USP. MUNHOZ. Campinas. 1981.ed. RESENDE. (Col. 1981. Rio de Janeiro: Paz e Terra..

Economia Disciplina Nuclear economia ementa de disciplina Campus do Bacanga.economia.economia. Site e conceito construídos por José Costa Ayres Júnior.br/index.br/index.php?q=print/58 5/5 . cep 65080-000.15/2/2014 Economia Agrícola Economia Agrícola 5º Semestre 1567.6 CH 60 CR 4 Depto.ufma.ufma. Source URL: http://www. São Luís-MA. s/n.8 3100.6 3101.php?q=content/economia-agr-cola http://www.