Instalando e Configurando o SQL Server 2005 Express Postado em Segunda-feira, 10 de Julho de 2006 (7:30:00) por niltonpinheiro Neste artigo

descrevo passo-a-passo o processo de instalação do SQL Server 2005 Express Edition (SQL Express). Quando você instala o SQL Express, os protocolos de rede são desabilitados por padrão, isto faz com que ele não aceite conexões vindas de outras estações de uma rede. Sendo assim, descrevo também como configurar o SQL Express para permitir a comunicação entre ele e suas aplicações. O SQL Server 2005 Express Edition (SQL Express) - sucessor do MSDE, é baseado nas tecnologias do SQL Server 2005 e suporta muita das características de banco de dados deste e versões anteriores do SQL Server. Para saber mais sobre o SQL Express, leia o artigo Conhecendo o SQL Server 2005 Express Edition.
Instalação Side-by-Side com o SQL Server 2000

Se você pretende instalar o SQL Express em um computador que já tenha o SQL Server 2000 ou MSDE instalado, garanta que o SQL Server 2000 ou MSDE esteja atualizado com o SP3 ou superior. Versões anteriores ao SP3 não compartilham apropriadamente a porta UDP 1434 e pode fazer com que sua instância do SQL Express não esteja disponível para as aplicações clientes. Embora você possa alterar a ordem de inicialização dos serviços para que o serviço SQL Browse inicie antes do SQL Server 2000 ou MSDE, o recomendado é que você atualize todas as versões do SQL Server 2000 ou MSDE para o SP3 ou superior. Para fazer download do Service Pack mais recente, veja Microsoft SQL Server Web site.
O Serviço SQL Browser

O serviço SQL Browser (sqlbrowser) permite que aplicações clientes se conectem a uma instância do SQL Server 2005 ou SQL Server 2005 Express Edition sem conhecer a porta TCP/IP atribuída para a instância. Nota: Por razões de securança, o SQL Express não inicia automaticamente o serviço SQL Browser durante a instalação. Como o Serviço SQL Browser trabalha Quando uma instância do SQL Express é iniciada, ela é atribuída a um número de porta TCP/IP. Esta porta será usada pela instância para se comunicar ou trocar dados com as aplicações clientes. Devido este número de porta ser geralmente desconhecido para as aplicações, o serviço SQL Browser atua como um tradutor, traduzindo o nome de instância passado pela aplicação, para o número de porta TCP/IP apropriada. Para fazer isso, o serviço SQL Browser fica escutando por requisições de rede nas portas TCP/IP 1433 e 1434. Por default, o serviço SQL Browser está desativado. Se você esta acessando um cópia local do SQL Express, você não necessitará iniciar este serviço. Entretanto, se você precisa que sua aplicação acesse o SQL Express através da rede, você deverá primeiro habilitar um dos protocolos de rede e então iniciar o serviço SQL Browse. Posteriormente veremos como configurar o SQL Express para trabalhar em uma rede.
Requisitos Necessários

Antes de iniciar a instalação do SQL Server Express é importante observar que para instalar e funcionar adequadamente alguns requisitos são necessários como: Processador: Pentium III ou compatível 500Mhz, recomendado 1Ghz Sistema Operacional: Windows Server 2003 SP1, Windows Server 2003 Enterprise Edition SP1, Windows Server 2003 Datacenter Edition SP1, Windows Small Business Server 2003 Standard Edition SP1, Windows Small Business Server 2003 Premium Edition SP1, Windows XP Professional SP2, Windows XP Home

Edition SP2, Windows XP Tablet Edition SP2, Windows XP Media Edition SP2, Windows 2000 Professional Edition SP4, Windows 2000 Server Edition SP4, Windows 2000 Advanced Edition SP4, Windows 2000 Datacenter Server Edition SP4 Memória RAM: Mínimo de 192MB, recomendado 512MB ou superior Espaço em disco: 600MB livres Microsoft .NET Framework 2.0 (2.0.50727.42) Windows Installer 3.1 Microsoft Internet Explorer 6.0 SP1 ou superior Nota: O Microsoft .NET Framework 2.0 e o Windows Installer 3.1 não são instalados juntos com o SQL Express. Sendo assim, certifique-se de estar com o .NET Framework 2.0 e Windows Installer 3.1 instalados antes de iniciar a instalação do SQL Express.
Desinstalando um Relase Anterior do SQL Express e Visual Studio 2005

Caso você pretenda instalar a versão final do SQL Express na mesma máquina onde já tenha instalado um release Beta ou CTP do SQL Server Express ou Visual Studio 2005, você deverá remover os releases anteriores do SQL Express, Visual Studio 2005 e .NET Framework 2.0 antes da instalação. Como estes produtos dependem da mesma versão do .NET Framework, eles devem ser desinstalados na seguinte ordem:  SQL Server 2005 Express  Visual Studio 2005  .NET Framework 2.0 IMPORTANTE: Qualquer dúvida sobre o processo de desintalação, veja uninstall any previous versions.
Instalando o SQL Server Express

1) Para iniciar o processo de instalação do SQL Express, efetue duplo-clique sobre o arquivo SQLEXPR.EXE Nota: Se preferir, é possível extrair os arquivos de instalação para um diretório temporário utilizando a sintaxe SQLEXPR.EXE /X via linha de comando. 2) Na janela End User License Agreement, leia a licença de uso e selecione o check box I accept the licensing terms and conditions. Clique em Next para prosseguir. 3) O SQL Server Component Update é executado e instala os requisitos necessários para a instalação do SQL Express como o Microsoft SQL Native Client e Microsoft SQL Server 2005 Setup Support Files. 4) Na janela Welcome to the Microsoft SQL Server Installation Wizard clique em Next para prosseguir. 5) No próximo passo o SQL Express apresenta a janela System Configuration Check (SCC). Da mesma forma como no SQL Server 2005, o SQL Express faz uma verificação em busca de possíveis problemas (requisitos mínimos de hardware e software) que possam impedir a instalação do SQL Express. Caso algum problema seja encontrado você terá a opção de visualizar o relatório sobre o problema encontrado e possível solução.

6) Na janela Registration Information entre com as informações solicitadas e clique em Next. Algumas observações importantes devem ser feitas aqui: a) Devido ao SQL Express ser um produto gratuito, não existe solicitação para o Product Key. b) Se você selecionar a opção Hide advanced configuration options, a janela Service Account - a qual permite definir qual conta de usuário será usada para iniciar os servidor do SQL Express e a janela Collation Settings - o qual permite informar qual Collation e Code Page o SQL Express deverá utilizar, não serão apresentadas. Neste caso o SQL Server Express será instalado com sua configuração padrão.

7) Na janela Feature selection, selecione os componentes que deseja instalar e clique em Next para prosseguir.

8) A janela Instance Name (não será apresentada se você selecionar a opção Hide advanced configuration options) permite que você selecione uma Default instance ou Named instance para sua instalação. Uma instância pode ser Default Instance (não nomeada) ou Named Instance (nomeada). Quando o SQL Server 2005 é instalado como Default Instance ele não requer que o cliente especifique o nome da instância para fazer a conexão. O cliente necessita conhecer apenas o nome do servidor SQL ao qual deseja se conectar. Uma Named Instance é identificada pelo nome do servidor mais o nome da instância que você especificou durante a instalação. O cliente necessita conhecer o nome do servidor e o nome da instância para se conectar. Por default, o SQL Server é instalado como Default Instance (não nomeada) a menos que você especifique um nome de instância durante a instalação. Ao contrário do SQL Server, o SQL Server Express é por default instalado como Named Instance, tendo como nome padrão para a instância o nome “SQLExpress”. Se você não informar um nome para a instância durante a instalação ou não desmarcar a opção Hide Advanced configuration options, o nome padrão será usado. Neste caso, você deverá acessar o SQL Express como computername/SQLExpress (a barra utilizada aqui deve ser a mesma utilizada na separação de diretórios). Você também pode instalar o SQL Express como Default Instance (não nomeada) - permitindo que apenas o nome do servidor seja informado durante a conexão se nenhuma outra versão do SQL Server já estiver instalada no servidor como default instance. Para fazer isto, instale o SQL Express como named instance usando como nome para a instância o nome MSSQLSERVER.

Nota: Para que o SQL Express permita informar um nome diferente para a instância, desmarque a opção Hide Advanced configuration options na janela Registration Information no início da instalação. 9) A janela Service Account (não será apresentada se você selecionar a opção Hide advanced configuration options) permite que se atribua a conta local system (local system account) ou uma conta de usuário de domínio (domain user account) para iniciar os serviços SQL Server Express.

Por default o SQL Server Express é instalado tendo a conta de sistema Network Service como conta para a inicialização dos serviços. Entretando, a recomendação é que se use uma conta de domínio ou então crie-se uma conta local específica para a inicialização dos serviços.

10) Na janela Authentication Mode especifique o modo de segurança que deverá ser utilizado para se conectar ao SQL Express e clique em Next. 11) Na janela Collations Settings selecione o Collation designator e o sort order desejado e clique em Next para continuar.

Nota: Por padrão o SQL Express é instalado como case-insensitive, accent-sensitive. Ou seja, não faz restrição a maiúsculas e minúsculas, mas faz restrição a acentuação. Com isso, durante uma pesquisa, "João" e "joão" são a mesma coisa mas "João" e "Joao" ou "joão" e "joao" NÃO são. Para evitar futuros problemas com acentuação ou caracteres maiúsculos e minúsculos, recomendo que você selecione o Collate conforme tela acima. A não ser é claro, que você precise manter a compatibilidde de collate com outos servidores. Neste caso, selecione seu collate conforme o collate das versões anteriores. 12) Na janela Error Reporting, selecione se você deseja reportar erros para o SQL Express e seus componentes à Microsoft. Esta opção é habilitada por padrão. 13) Na janela Ready to Install , clique em Install para iniciar o processo de instalação do SQL Express. Assim como no SQL Server 2005 a janela Setup Progress permite acompanhar o processo de instalação de cada componente.

Instalando o SQL Server Express via linha de comando

Para aqueles que estão acostumados a instalar o MSDE 2000 via linha de comando, verão que instalar o SQL Server Express via linha de comando é tão simples quanto instalar o MSDE. Inclusive, a sintaxe e os parâmetros de instalação são bem semelhantes. Antes de iniciar o processo de instalação do SQL Express via linha de comando, é preciso extrair os arquivos de instalação para um caminho temporário. Para extrair os arquivos de instalação, execute o pacote do SQL Express com a opção /X e informe o caminho onde os aquivos deverão ser extraídos. Exemplo: C:/SQLEXPR.EXE /X Depois de extraído os arquivos, a instalação do SQL Express via linha de comando pode ser realizada de duas formas bastante simples: 1. Chamando o setup.exe e especificando os parâmetros desejados na própria linha de comando. Exemplo: start /wait <caminhotemporario>setup.exe /qb ADDLOCAL=ALL INSTANCENAME=SQLEXPRESS SECURITYMODE=SQL SAPWD=pass SQLCOLLATION="SQL_Latin1_General_CP1_CI_AI" SQLAUTOSTART=1 DISABLENETWORKPROTOCOLS=0 2. Criando um arquivo de configuração e especificando o mesmo na linha de comando Caso você não queira executar o setup especificando os parâmetros, uma alternativa é executá-lo informando um arquivo .ini, o qual deverá conter todos os parâmetros a serem utilizados durante a instalação. O arquivo .ini é um arquivo texto que pode ser criado usando o NotePad e deve ser salvo com a extensão .ini. A primeira linha do arquivo deve ser [Options], depois se devem especificar os parâmetros sendo um

em cada linha. Depois de criado o arquivo .ini, execute o setup usando a opção /settings para informar o arquivo .ini O exemplo abaixo utiliza o arquivo setup.ini para executar o setup.exe e informar os parâmetros desejados. Exemplo: start /wait <caminhotemporario>setup.exe /qb SAPWD=pass /settings <caminhotemporario>setup.ini -- conteúdo do arquivo setup.ini [Options] ADDLOCAL=ALL INSTANCENAME=SQLEXPRESS SECURITYMODE=SQL SQLCOLLATION="SQL_Latin1_General_CP1_CI_AI" SQLAUTOSTART=1 DISABLENETWORKPROTOCOLS=0 Nos exemplos acima, o parâmetro ADDLOCAL=ALL informa ao setup do SQL Express que devem ser instalados todos os seus componentes. INSTANCENAME indica o nome da instância, SECURITYMODE indica que o modo de autenticação a ser utilizado é o SQL Authentication, SQLCOLLATION informa o collation default a ser utilizado pelo SQL Express, SQLAUTOSTART informa ao setup para configurar o serviço do SQL Express para inicialização automática, SAPWD informa a senha para o usuário sa e o parâmetro DISABLENETWORKPROTOCOLS indica quais os protocolos deverão estar habilitados. É importante ficar atento ao valor informado no parâmetro DISABLENETWORKPROTOCOLS, o qual por default é 1. O valor 1 informa ao SQL Express para desativar os protocolos TCP/IP e Named Pipes. Como conseqüência o SQL Express não aceitará conexões vindas de outras máquinas da rede. Os possíveis valores para o parâmetro podem ser. DISABLENETWORKPROTOCOLS = 0; Shared Memory= On, Named Pipe= On, TCP= On DISABLENETWORKPROTOCOLS = 1; Shared Memory= On, Named Pipe= Off (Local Only),TCP= Off DISABLENETWORKPROTOCOLS = 2; Shared Memory= On, Named Pipe= Off (Local Only), TCP= On Ao utilizar um dos dois métodos de instalação apresentados acima, as contas de serviço SQL Server Express e SQL Server Browser serão iniciadas com o usuário de sistema NT AUTHORITYNetworkService. Para especificar uma conta de serviço diferente, acrescente os parâmetros abaixo: SQLACCOUNT=<domainuser> SQLPASSWORD=<domainuserpassowrd> SQLBROWSERACCOUNT=<domainuser> SQLBROWSERPASSWORD=<domainuserpassowrd> Para obter uma lista completa de todos os parâmetros que podem ser utilizados na instalação via linha de comando e seus respectivos significados, após extrair os arquivos do SQL Express para um caminho temporário, leia o arquivo template.ini. Configurando o SQL Express para a Rede Se você esta desenvolvendo ou possui uma aplicação que irá se conectar a uma instância do SQL Express através da rede, existe várias considerações que você deve estar ciente: 1) Por razões de segurança, os protocolos de rede são desabilitados por padrão. Você pode habilitar os protocolos individualmente durante a instalação (quando instalando o SQL Express via linha de comando) ou após a instalação. 2) O SQL Express é instalado como named instance por padrão.

3) O serviço SQL Browser é usado por alguns protocolos de rede para associar instâncias nomeadas com números de portas TCP/IP. Entretanto, se o SQL Express é instalado no mesmo computador que uma versão anterior ao SP3 do MSDE ou SQL Server 2000, pode ocorrer alguns conflitos. Quando você instala o SQL Express, os protocolos de rede são desabilitados por padrão. Isto faz com que após a instalação o SQL Express não aceite conexões vindas de outras estações de uma rede. Apenas a conexão local (na própria máquina onde o SQL Express foi instalado) é permitida. Para permitir que o SQL Express se comunique com suas aplicações através de uma rede, você deve primeiro habilitar um dos protocolos de rede e então iniciar o serviço SQL Browser. O SQL Express suporta os seguintes protocolos de rede: Protocolo Descrição Padrão de rede Shared Permite conectar a uma instância do SQL Express rodando no mesmo Habilitado Memory computador. Não pode ser usado para acesso de outras estações da rede. Permite que outras estações se conectem ao SQL Express por especificar o nome TCP/IP do servidor e o nome da instância (default SQLExpress) ou o endereço IP e o Desabilitado nome da instância. Permite que outras estações se conectem ao SQL Express por suportar vários Named Pipes protocolos de rede, incluindo NetBEUI, TCP/IP e IPX/SPX. Ele seleciona o Desabilitado protocolo de rede automaticamente baseado na configuração do cliente.
Habilitando os protocolos de Rede

Demonstrarei aqui como habilitar e configurar o protocolo TCP/IP no SQL Express usando o utilitário SQL Server Configuration Manager. Nota: Você deverá reiniciar o serviço do SQL Express após fazer alterações para os protocolos de rede. Também é recomendado a reinicialização do serviço SQL Browser. Para habilitar o protocolo TCP/IP siga os passos abaixo: 1) No menu Iniciar (Start), selecione Programas, Microsoft SQL Server 2005 e então clique sobre SQL Server Configuration Manager. 2) Expanda SQL Server 2005 Network Configuration e clique sobre Protocols for InstanceName. No painel da direita, clique com o botão direito sobre o protocolo TCP/IP e selecione Enable.

Para configurar o protocolo TCP/IP: 1) No SQL Server Configutation Manager, clique com o botão direito sobre TCP/IP e selecione Properties (Propriedades). 2) Na guia IP Addresses, para IPAll coloque 1433 em TCP Port. 3) Clique em OK para fechar a janela e salvar as alterações.

Nota: O procedimento acima configurou a porta 1433 para todos os IP configurados em sua máquina. Caso você deseje configurar uma porta apenas para um IP específico, localize o IP desejado (IP1, IP2...) e siga o mesmo procedimento.

Iniciando o serviço SQL Browser

Para iniciar o serviço SQL Browser, estando no SQL Server Configuration Manager: 1) Selecione SQL Server 2005 Services 2) No painel da direita, clique com o botão direito sobre o serviço SQL Server Browser e selecione Start (Iniciar). 3) Para fazer com que o serviço seja iniciado automaticamente, clique com o botão direito e selecione Properties (Propriedades) 4) Na guia Services (Serviços), em Start Mode selecione Automatic (Automático) 5) Clique em OK para fechar a janela e salvar as alterações.
Testando a Conectividade com o SQL Server Express

Uma das maneiras mais simples de testar a conectividade com o servidor SQL Express é utilizando o utilitário de linha que comando sqlcmd.exe. Este utilitário é instalado junto com o SQL Express e para testar a conectividade, abra uma janela DOS e execute o comando sqlcmd -E -S<servidorSQLExpress>. Caso você tenha selecione Mixed Mode como método de autenticação ao SQL Express, então também pode utilizar o comando sqlcmd -Usa -Psenha_do_sa -S<servidorSQLExpress>. Se o prompt de comando ficar como 1>, é sinal de que a conexão foi estabelecida com sucesso. Além do utilitário sqlcmd.exe, também é possível testar a conectividade remota com o SQL Express utilizando o utilitário PortQry. O PortQry é um utilitário de linha de comando (também existe uma opção gráfica) que você pode utilizar na solução de problemas de conectividade com o protocolo TCP/IP. Ao ser executado ele mostrará o status da porta TCP ou UDP, seja para um computador local ou remoto. O PortQry pode ser executado sobre o Windows Server 2003/XP e 2000. Quando executado sobre a porta UDP 1434, o PortQry consulta todas as instâncias do SQL Server que estão rodando no computador. Para testar a conectividade utilizando o PortQry, supondo que o utilitário estreja na raiz do disco C: 1) Abra uma janela DOS e digite C:/portqry -n NomedoServidor_ou_IP -e 1434 -p udp Um retorno semelhante ao abaixo garante que a porta está funcionando corretamente: Querying target system called: winxptmp Attempting to resolve name to IP address... Name resolved to 128.1.81.62 querying... UDP port 1434 (ms-sql-m service): LISTENING or FILTERED Sending SQL Server query to UDP port 1434... Server's response: ServerName WINXPTMP InstanceName SQLEXPRESS IsClustered No Version 9.00.852 tcp 1433 ==== End of SQL Server query response ==== UDP port 1434 is LISTENING

2) Para testar a conectividade com a porta TPC/IP 1433 digite C:/portqry -n NomedoServidor_ou_IP -e 1433 -p tcp Um retorno semelhante ao abaixo garante que a porta está funcionando corretamente: Querying target system called: winxptmp Attempting to resolve name to IP address... Name resolved to 128.1.81.62 querying... TCP port 1433 (ms-sql-s service): LISTENING Bom pessoal, espero que com este artigo vocês possam ter uma visão básica do novo SQL Server 2005 Express Edition, que está chegando para substituir o velho e bom MSDE. Seguindo este artigo passo-a-passo vocês conseguirão instalar e testar o SQL Express sem nenhuma dificuldade. E não se esqueçam, sempre que precisar utilize nossos fóruns para solucionar suas dúvidas. Um abraço a todos Nilton Pinheiro Links Relacionados: Download SQL Server 2005 Express Edition (Final Release) SQL Server Management Studio Express (Ferramenta gráfica FREE para administração do SQL Server Express) SQL Server 2005 Books Online (April 2006) PortQry - Download e informações Check out the SQL Server Express Team's WebLog Fórum de discussões sobre SQL Server 2005 - MSDN Brasil

Conhecendo o SQL Server 2005 Express Edition

(5861 total de palavras neste texto) (12139 visualizações)

Por: Nilton Pinheiro

Antes de mais nada, vamos esclarecer uma coisa. O SQL Server 2005 Express Edition (SQL Server Express) não é o SQL Server 2005 propriamente dito. O SQL Server Express é uma plataforma de banco de dados baseada nas tecnologias do SQL Server 2005 e chega para substituir o MSDE 2000. Ele

é um produto gratuito e possui características de rede e segurança que o diferenciam das demais edições do SQL Server 2005.

Neste artigo pretendo fazer uma introdução básica sobre o SQL Server Express 2005, falando sobre suas principais características e fazendo uma comparação com o atual MSDE 2000.

Esta edição do SQL Server Express tem como grande promessa uma superior facilidade de utilização com um processo de instalação simples e robusto e com uma ferramenta gráfica (SQL Express Manager), que permitirá realizar a adminsitração do servidor de uma forma simples e prática. Esta ferramenta gráfica ainda esta em desenvolvimento e será disponibilizada como um download gratuíto no site da Microsoft.

O SQL Server Express foi desenvolvido tendo em mente duas utilizações básicas: A primeira, como um servidor de produtos, especialmente como um Web Server ou Database Server. O segundo, como um cliente stand-alone, onde a aplicação não precise depender de uma rede para obter acesso aos dados.

O Engine
O SQL Server Express usa o mesmo engine que as demais edições do SQL Server 2005, mas por ser uma edição digamos, light, possui algumas limitações. O engine suporta 1CPU, 1GB RAM e banco de dados com até 4GB. Uma mudança significativa em relação ao MSDE 2000 é que o engine do SQL Express não possui a limitação de usuários concorrentes, conhecida como “Concurrent Workload Governor” onde a performance do MSDE 2000 é extremamente prejudicada na medida em que as conexões concorrentes de usuários aumentam. Para saber mais sobre esta limitação do MSDE 2000, clique aqui.

O SQL Server Express até pode ser instalado em máquinas multiprocessadas mas somente 1 CPU será reconhecida pelo engine. Como consequência, características como execução de consultas em paralelo não é suportado pelo SQL Server Express.

O limite de 1GB RAM é apenas para o buffer pool. O buffer pool é usado para o armazenamento de páginas de dados e outras informações. A memória necessária para o gerenciamento de conexões, locks e outros não estão incluídos neste limite de 1GB. Sendo assim, o SQL Express pode ser instalado normalmente em máquinas com mais de 1GB, mas ele nunca usará mais que 1GB para o buffer pool. AWE ou /3GB não é suportado.

O limite de 4GB para o banco de dados é aplicado apenas para o arquivo de dados. Entretanto, não existe limite para o número de banco de dados que você pode colocar no servidor.

O SQL Server Express suporta instalação side-by-side com outras versões do SQL Server, podendo coexistir na mesma máquina junto com instalações do SQL Server 2000, SQL Server 2005 ou MSDE 2000. Suporta um número máximo de 50 instâncias na mesma máquina desde que cada instância seja unicamente identifica, ou seja, você pode realizar até 50 instalações do SQL Express desde que cada instância tenha um nome diferente. Por padrão o SQL Server Express é instalado com uma named instance chamada SQLEXPRESS.

Ferramentas
Diferente do MSDE 2000 que não possui ferramenta gráfica, o SQL Server Express possuirá uma ferramenta gráfica chamada SQL Server Management Studio Express (SSMSE). Esta, ainda em fase de desenvolvimento, mas já disponível para download público, será uma versão ligth do atual SQL Server Management Studio disponível nas demais edições do SQL Server 2005 e permitirá uma fácil administração dos bancos de dados. O SSMSE suportará conexões para SQL Server Express e outras edições do SQL Server 2005, SQL Server 2000 e MSDE 2000. Uma janela de conexão guiará o usuário através da seleção de uma instância e o método de autenticação a ser utilizado, suportando conexões locais ou remotas. Diversas funcionalidades de gerenciamento de banco de dados estarão disponíveis através do menu de contexto (botão direito) e wizards. Entre elas podemos citar, criar e modificar banco de dados, tabelas, usuários e logins. O Query Editor do SSMSE também permitirá o desenvolvimento e execução de instruções TSQL e scripts

Algumas da ferramentas inclusas no SQL Server Express são o SQL Server Configuration Manager, SQL Command (sqlcmd.exe) e o utilitário BCP. O SQL Server Configuration Manager substitui os atuais Service Manager, Client Network Utilities e Server Network Utilities, ele é usado para iniciar/parar os serviços do SQL Server e para habilitar e desabilitar os protocolos de rede. O sqlcmd é uma versão OLE DB do osql.exe, ele não somente tenta manter as funcionalidades do osql como também possui

suporte aos novos tipos de dados do SQL Server 2005. SQL Server Configuration Manager e sqlcmd.exe são os mesmos em todas as edições do SQL Server 2005.

Suporte a Rede
Embora o usuário possa habilitar o suporte a protocolos como TCP/IP e Named Pipes , por padrão o SQL Server Express é instalado apenas com suporte a shared memory. Isto faz com que por default o SQL Server Express funcione apenas localmente na máquina onde foi instalado e não suporte conexões de clientes em uma rede. Para suportar conexões de clientes remotos, é necessário habilitar o suporte a rede no SQL Server Express. Para habilitar o suporte a rede, você tem as seguintes opções: • • Usar o SQL Server Configuration Manager para habilitar os protocolos necessários (normalmente TCP/IP) e iniciar o serviço SQL Server Browser. Usar a parâmetro DISABLENETWORKPROTOCOLS=0 na linha de comando no momento da instalação.

A figura abaixo mostra o uso do SQL Server Configuration Manager para habilitar protocolos de rede.

O SQL Browser é um novo serviço do SQL Server 2005 que identifica as portas que as named instances estão usando. Este serviço vem desativado por default e deve ser ativado para que a comunicação entre um cliente remoto e um servidor SQL Server Express funcione corretamente.

Funcionalidades
O SQL Server Express suporta a maioria das funcionalidades do SQL Server 2005. A tabela abaixo mostra algumas características e componentes suportados.

Stored Procedures Views Triggers Cursors

SQL Computer Manager Replication (as a subscriber only) Advanced Query Optimizer SMO / RMO

Sqlcmd and osql utilities Integration with Visual Studio 2005 Snapshot Isolation Levels Service Broker (as a client only) Native XML support, including XQuery and XML Schemas SQL CLR T-SQL language support Multiple Active Result Sets (MARS)
A tabela abaixo destaca os principais componentes do SQL Server 2005 que não são suportados nesta versão do SQL Express Edition: • Reporting Services • Notification Services • Analysis Services • SQL Agent • Full text search • DTS • OLAP Services / Data Mining • English Query A tabela seguinte também destaca algumas características do SQL Server 2005 e do SQL Server 2000 que não são suportadas nesta versão do SQL Express:

Novas características do SQL Server 2005 Dedicated Administrator Connection Database mirroring Online restore Database snapshot Parallel index operations Mirrored media sets Scale up partitioning Address Windowing Extensions (AWE) Hot-add memory Native HTTP

Características do SQL Server 2000 SqlMail and SQLiMail Fail-over clustering Distributed partitioned views VIA protocol support Log shipping Parallel DBCC Parallel Create Index Enhanced Read Ahead and Scan Indexed views (materialized views) Partitioned

Comparando o SQL Express com o MSDE
O SQL Express Edition é o sucessor do MSDE e está baseado nas características do SQL Server 2005. Este, possui características não presentes no MSDE como um robusto e simples setup GUI, suporte a CLR, ferramentas gráficas e integração com o Visual Studio. Entretanto, algumas características foram removidas do SQL Server Express como, suporte a DTS, replication publishing e SQL Agent. A limitação de conexões concorrentes do MSDE foi removida e ao invés disso o SQL Server Express usa as limitações de CPU, RAM e banco de dados para se diferenciar das outras edições.

A tabela abaixo faz uma comparação entre as limitações do MSDE 2000 e o SQL Express Edition 2005:

Limitação Concurrent workload governor (throttle) Database Size Limitation RAM Support SMP Support DTS Support Yes

MSDE 2000

SQL Server Express 2005 No

2 GB 4 GB 2 GB 1 GB 2 (or 1 if MSDE is run on Windows 98 1 or Windows Me) Yes No

Deployment GUI tools provided SO CLR support Setup

Easy deployment because of no MDAC No GUI tools Yes Supports Windows Supports Windows 98, Windows Me, 2000 SP4, Windows Windows 2000, Windows XP, XP SP1, and Windows Windows NT4, and Windows 2003 2003 No Yes Basic setup UI Robust Setup UI MDAC is part of install

A tabela abaixo descreve as características suportadas pelo MSDE 2000 e o SQL Server Express 2005:

Suportada no Suportada no SQL Server Express? MSDE ? Merge Replication Yes Yes, as a Subscriber only Transactional Yes, as a Yes, as a Subscriber only Replication Subscriber only Snapshot Replication Yes Yes, as a Subscriber only Management Studio and This is not supported in this release of SQL Server Express, but No Profiler future releases of the product may have additional support. Database Tuning This is not supported in this release of SQL Server Express, but No Wizard future releases of the product may have additional support. SQL Agent Yes No Active Directory No Yes registration Características

Conclusão
Como podemos observar o SQL Server Express promete, principalmente no que diz respeito a facilidades de uso e administração. Ele é seguro por default, totalmente free, compatível com outras edições do SQL Server 2005 e sua integração com o Visual Studio 2005 torna mais simples o desenvolvimento de aplicações que utilizam o SQL Server como repositório de dados. Porém também pudemos notar que muitas características e componentes existentes hoje no MSDE foram deixados de lado, como por exemplo, suporte a 2 processadores e 2 GB de RAM, SQL Agent e DTS. Se você pretende migrar suas aplicações para o SQL Express Edition, uma recomendação básica é que você esteja ciente das características de cada produto e principalmente, teste todas as funcionalidades de sua aplicação antes de uma migração definitiva para o novo produto. Para quem quiser fazer o download do SQL Server 2005 Express Edition, basta acessar o site o site oficial do produto. Fontes de Recursos: Site oficial SQL Server Management Studio Express Check out the SQL Server Express Team's WebLog Join the discussion in the SQL Server 2005 Express Edition newsgroup

Conhecendo o SQL Server 2005 Express Edition Por: Nilton Pinheiro

[Entre em contato com o autor ] Graduado em Análise de Sistemas e possui pósgraduação em Redes Corporativas. Trabalhou vários anos como desenvolvedor em Microsoft Access e Visual Basic. Posteriormente trabalhou também como Adminstrador de Redes em uma Solution Provider Microsoft. A 6 anos trabalhando com SQL Server, a 5 trabalha como DBA em uma conceituada instituição financeira em São Paulo. Seu foco está na admimistração de servidores corporativos sendo 90% deles, instalação em cluster Ativo/Ativo. Nilton é um Beta Tester Microsoft e está trabalhando em laboratório com o SQL Server 2005 desde seu Beta1, também é um Microsoft Certified Professional, Microsoft Certified Systems Engineer e Microsoft Certified Database Administrator. Administrador do site MCDBA Brasil (http://www.mcdbabrasil.com.br/).

Saiba como ajudar as vítimas dos temporais em Santa Catarina.

Feed de artigos. Feed de artigos deste autor. Gere seu feed personalizado
þÿ

Workshop: Implementando SCRUM na prática
Dia 15 de dezembro de 2008 Rio de Janeiro - RJ Apenas: 6x de R$ 65,00 (ou R$ 390,00 no boleto bancário) » Conheça como será o workshop. SCRUM é uma metodologia voltada para gestão, distribuição de atividades, organização deprioridades e acompanhamento de projetos com base em técnicas ágeis. Este conjunto de técnicas e procedimentos são indicados para quaisquer projetos de desenvolvimento de software com equipes entre 3 e 14 desenvolvedores no mesmo sistema. De fácil implantação, as práticas são imediatamente incorporadas e validadas através de seus resultados. Recomendado para profissionais de tecnologia da informação que estão em busca de resultados diferentes nos seus projetos de software. Com objetivos mais práticos do que teóricos, serão demonstrados através de interações simulando situações reais soluções que você pode aplicar imediatamente em seus projetos de software. Os estudos de casos serão colhidos entre os presentes no treinamento e comentados detalhadamente para que todos enriqueçam suas técnicas. Os estudos de casos são relatos com base em problemas percebidos em projetos brasileiros, respeitando a cultura de nossas empresas

e o perfil da equipe que compõe o projeto.
* Parcelamento apenas no cartão de crédito.

Conhecendo o SQL Server 2005 Express Edition Publicado em: 15/02/2006

Antes de mais nada, vamos exclarecer uma coisa. O SQL Server 2005 Express Edition (SQL Server Express) não é o SQL Server 2005 propriamente dito. O SQL Server Express é uma plataforma de banco de dados baseada nas tecnologias do SQL Server 2005 e chega para substituir o MSDE 2000. Ele é um produto gratuito e possui características de rede e segurança que o diferenciam das demais edições do SQL Server 2005.

Neste artigo pretendo fazer uma introdução básica sobre o SQL Server Express 2005, falando sobre suas principais características e fazendo uma comparação com o atual MSDE 2000.

Esta edição do SQL Server Express tem como grande promessa uma superior facilidade de utilização com um processo de instalação simples e robusto e com uma ferramenta gráfica (SQL Express Manager), que permitirá realizar a adminsitração do servidor de uma forma simples e prática. Esta ferramenta gráfica ainda esta em desenvolvimento e será disponibilizada como um download gratuíto no site da Microsoft.

O SQL Server Express foi desenvolvido tendo em mente duas utilizações básicas: A primeira, como um servidor de produtos, especialmente como um Web Server ou Database Server. O segundo, como um cliente stand-alone, onde a aplicação não precise depender de uma rede para obter acesso aos dados.

O Engine

O SQL Server Express usa o mesmo engine que as demais edições do SQL Server 2005, mas por ser uma edição digamos, linght, possui algumas limitações. O engine suporta 1CPU, 1GB RAM e banco de dados com até 4GB. Uma mudança significativa em relação ao MSDE 2000 é que o engine do SQL Express não possui a limitação de usuários concorrentes, conhecida como “Concurrent Workload Governor” onde a performance do MSDE 2000 é extremamente prejudicada na medida em que as conexões concorrentes de usuários aumentam. Para saber mais sobre esta limitação do MSDE 2000, clique aqui.

O SQL Server Express até pode ser instalado em máquinas multipracessadas mas somente 1 CPU será reconhecida pelo engine. Como consequência, características como execução de consultas em pararelo não é suportado pelo SQL Server Express.

O limite de 1GB RAM é apenas para o buffer pool. O buffer pool é usado para o armazenamento de páginas de dados e outras informações. A memória necessária para o gerenciamento de conexões, locks e outros não estão incluídos neste limite de 1GB. Sendo assim, o SQL Express pode ser instalado normalmente em máquinas com mais de 1GB, mas ele nunca usará mais que 1GB para o buffer pool. AWE ou /3GB não é suportado.

O limite de 4GB para o banco de dados é aplicado apenas para o arquivo de dados. Entretando, não existe limite para o número de banco de dados que você pode colocar no servidor.

O SQL Server Express suporta instalação side-by-side com outras versões do SQL Server, podendo coexistir na mesma máquina junto com instalações do SQL Server 2000, SQL Server 2005 ou MSDE 2000. Suporta um número máximo de 50 instâncias na mesma máquina desde que cada instância seja unicamente identifica, ou seja, você pode realizar até 50 instalações do SQL Express desde que cada instância tenha um nome diferente. Por padrão o SQL Server Express é instalado com uma named instance chamada SQLEXPRESS.

Ferramentas

Diferente do MSDE 2000 que não possui ferramenta gráfica, o SQL Server Express possuirá uma ferramenta gráfica chamada SQL Server Express Manager (XM). Esta, ainda em faze de desenvolvimento permitirá uma fácil administração dos bancos de dados e será distribuída separadamente em forma de download. O XM suportará conexões para SQL Server Express e outras edições do SQL Server 2005, SQL Server 2000 e MSDE 2000. Uma janela de conexão guiará o usuário através da seleção de uma instância e o método de autenticação a ser utilizado, suportando conexões locais ou remotas. Diversas funcionalidades de gerenciamento de banco de dados estarão disponíveis através do menu de contexto (botão direito) e wizards. Entre elas podemos citar, criar e modificar banco de dados, tabelas, usuários e logins. O Query Editor do XM permitirá o desenvolvimento e execução de instruções T-SQL e scripts.

Algumas da ferramentas inclusas no SQL Server Express são o SQL Computer Manager, SQL Command e o utilitário BCP. O SQL Computer Manager substitui os atuais Service Manager, Client Network Utilities e Server Network Utilities, ele é usado para iniciar/ parar os serviços do SQL Server e para habilitar e desabilitar os protocolos de rede. O SQL Command (sqlcmd.exe) é uma versão OLE DB do osql.exe, ele não somente tenta manter as funcionallidades do osql como também possui suporte aos novos tipos de dados do SQL Server 2005. SQL Computer Manager e SQL Command são os mesmos em todas as edições do SQL Server 2005.

Suporte a Rede

Embora o usuário possa habilitar o suporte a protocolos como TCP/IP e Named Pipes , por padrão o SQL Server Express é instalado apenas com suporte a shared memory. Isto faz com que por default o SQL Server Express funcione apenas localmente na máquina onde foi instalado e não suporte conexões de clientes em uma rede. Para suportar conexões de clientes remotos, é necessário habilitar o suporte a rede no SQL Server Express. Para habilitar o suporte a rede, você tem as seguintes opções: • • Usar o SQL Computer Manager para habilitar os protocolos necessários (normalmente TCP/IP) e iniciar o serviço SQL Browser. Usar a parâmetro DISABLENETWORKPROTOCOLS=0 na linha de commando no momento da instalação.

A figura abaixo mostra o uso do SQL Computer Manager para habilitar protocolos de rede.

O SQL Browser é um novo serviço do SQL Server 2005 que identifica as portas que as named instances estão usando. Este serviço vem desativado por default e deve ser ativado para que a comunicação entre um cliente remoto e um servidor SQL Server Express funcione corretamente.