Newsletter

Franco

D’

Gente

que faz
Inovação em Gestão
Ano 1 * Número 5 * Outubro de 2009

Uma publicação quinzenal de Dermeval Franco para clientes e amigos

Editorial - O pensamento nexialista para 2010
Este é o numero 5 da newsletter que traz até você ideias, práticas e pensamentos. Pessoas que refletem sobre a realidade e fazem acontecer. Estamos na reta final de 2009. As cabeças começam a pensar o que será 2010. Como será? Ou melhor. Como queremos que seja? As empresas iniciam sua contagem regressiva para elaborar seus orçamentos. Mais enxutos, mais realistas, mais gerenciáveis. Assim é a intenção. Mas sabemos que entre o desejo e a realização existe uma profundidade abissal. Erros de planejamento podem representar perdas enormes de energia e faturamento. Hora de refletir, hora de estrategiar, hora de chamar todos à responsabilidade para construir o futuro agora! Hora do pensar nexial.

2010.
Por favor!

Descubra o NEXIALISTA que existe dentro de você
Terminei de ler o livro O Marketing na Era do Nexo do Walter Longo e Zé Luiz Tavares. O Walter é aquele facilitador do Programa Aprendiz. Gosto de suas ideias e pensamentos. Por isso, repasso um resumo do capítulo do livro que fala sobre o profissional nexialista. Os dois autores são nexialistas oriundos da área de Comunicação e Propaganda. Em 1986, quando eu trabalhava na Caraíba Metais, na Bahia, um amigo e colega colocou em minhas mãos um livro chamado “O Livro dos Cinco Anéis” de autoria do samurai Myamoto Musashi. Guerreiro, jamais perdeu uma batalha. Aprendi através de seus ensinamentos que devemos dominar um pouco de cada arte. Com o tempo, entendi isso. O aperfeiçoamento contínuo, o exercício do pensar, do escrever, do praticar levou-me a desenvolver habilidades que foram testadas na prática ao longo da carreira. Erros e acertos fizeram parte de minha trajetória profissional. O aço não resiste ao calor do fogo. Um milho nunca será uma pipoca se não passar pelo calor da fritura. Sem delongas, leia um trecho do livro e depois reflita se você é um nexialista ou deseja ser um, um dia. “Ser nexialista não é escolha. É conseqüência de uma trajetória profissional, acumulando com determinado nível de profundidade conhecimento em variada gama de disciplinas. É na intersecção entre pluralidade e profundidade de conhecimento que se enconcircunstâncias, as vivências que transformam um especialista ou generalista em nexialista.” A partir da experiência do Walter em selecionar candidatos em busca de uma oportunidade profissional, e descobrir aqueles com “queda para o nexialismo”, ele formulou um teste para o qual estabeleci um perfil sem perder o sentido original. “O nexialista é capaz de ler 3 livros ao mesmo tempo, descobrir a ideia central, o enredo da obra e abandonálos. Já começa outro. O nexialista quando está parado no trânsito, fica olhando a pessoa ao lado tentando adivinhar a sua profissão. É um curioso. O nexialista é quase um revoltado com as incoerências do dia a dia. Por que o carrinho de bebidas chega bem depois da comida nos aviões? O nexialista assiste qualquer tipo de programa da TV. Mesmo que seja para se irritar. Assistir só ao que gosta o tornaria alienado. O olhar sistêmico é uma das características mais marcantes do nexialista. O nexialista guarda em seu computador frases, ideias e pensamentos soltos que vai colecionando ao longo da vida e que, em determinado momento, utiliza sabiamente. O nexialista quando estava na escola optava por ficar na turma do fundão. É no fundão da sala que as experiências são mais interessantes, que as coisas acontecem com mais intensidade, onde o networking acontece de verdade.
EU ESTAREI NESTE EVENTO E O WALTER LONGO TAMBÉM. Fórum Internacional de Administração 2009 — Se é o maior evento do planeta eu não sei. Mas recomendo! Terá gente boa falando e tem promoção legal para quem se inscrever logo. Ligue e confira. Que tal lembrar do ditado: Você será o mesmo daqui a 5 anos, exceto por dois motivos: as pessoas que tiver conhecido e os livros que terá lido.— Quer mais motivo para estar lá? De 14 a 16 de outubro. Semana que vem!

O nexialista quando conta história para crianças, não relembra o que ouvia na sua infância mas inventa outras. Coisa de mentes nada ortodoxas.”
Espero que você encontre nexo nesta passagem do livro do Walter e comentada por mim. Quem sabe você já seja um nexialista e somente precisava que alguém lhe dissesse?
Fonte: Livro O Marketing na Era do Nexo — Novos caminhos num mundo de múltiplas opções. Autores: Walter Longo e Zé Luiz Tavares. Editora Best Seler. 2009.

tra seu território. O desenvolvimento da capacidade de encontrar e criar conexões entre diversos pontos dessas disciplinas para a solução de problemas é o que faz de um profissional um nexialista. O profissional nexialista diferencia-se dos generalistas e dos especialistas por sua maneira de observar, aprender, refletir e concluir. Dono de interesse variado e incansável curiosidade, o nexialista atua como um roteador estratégico na solução de problemas. É um eterno insatisfeito e não aceita o que é normatizado e padronizado. Tem o “por quê?” como seu mantra cotidiano. Tem dúvidas sobre tudo o que os outros têm certeza, e a certeza absoluta de que a solução de qualquer problema não está em receitas prontas, mas em uma abordagem taylor made e sinérgica de múltiplos ingredientes. É uma pessoa multidisciplinar por opção, e não por falta dela. Tem uma visão gestáltica e abrangente, mas não deixa de ir fundo naquilo que faz sentido para resolver o problema. Costumamos dizer que “não existe nexialista júnior”. Ninguém nasce nexialista ou opta por sê-lo. São as oportunidades, as

Você ama seu chefe?

Próximo número: Hora de planejar 2010 Por Fábio Munhoz — Gerente de Marketing da Hydronorth Tintas

© Copyright outubro de 2009. Permitida a reprodução total ou parcial desde que citada a fonte. Contato: franco.adm@uol.com.br Blog: www.capuccinoempresarial.blogspot.com