You are on page 1of 2
CAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL GABINETE DA DEPUTADA DISTRITAL JAQUELINE RORIZ nH PL 151 /2007 PROJETO DE LEI N° ___----(Deputada Jaqueline Roriz) a amy | Dispée sobre proibi¢éo de cobran¢a yo de taxa extra por ponto adicional de ma instalagdo de uso de Internet. ACAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL decreta: Art 1° Fica proibido a cobranga de taxas adicionais fixas ou varidveis para instalag€o e uso de acesso a INTERNET a partir do 2° (segundo) ponto de acesso, pela mesma empresa provedora, em residéncias, escritérios de profissionais liberais ou micro e pequenas empresas. Pardgrafo Unico — a condig&o de beneficidrio da isengao é que a utilizagao seja para uso doméstico em residéncias, comercial para consultérios e escritérios de profissionais liberais, representantes comerciais e para micro e pequenas empresas, e que estas nado tenham como atividade fim a venda ou locag&o dos servigos de acesso a rede para terceiros usuarios. Art 2° As empresas provedoras destes servigos ficam obrigadas a fornecer condi¢6es técnicas e operacionais para atender as demandas requeridas dos usuarios enquadrados como beneficiarios desta lei. Art 3° Esta lei sera regulamentada no prazo de 60 (sessenta) dias. Art 4° Revogam-se as disposigdes em contrario, du Art 5° Esta lei entrar em vigor na data da sua publicagdo. Aastra egative do Gabinete da DeputdaJoquclioe Rov CAMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL se GABINETE DA DEPUTADA DISTRITAL JAQUELINE RORIZ NH JUSTIFICAGAO Todos sabem que o uso doméstico da rede Internacional de computadores é de utilidade das mais variadas, como: pesquisas que o estudante faz para seus trabalhos escolares e seu desenvolvimento cultural, consulta pelas pessoas as informagées disponiveis para concursos publicos, inscrigdes a estes concursos, contatos e relacionamento com amigos e parentes, jogos e divertimentos, consultas as listas telefénicas, as informagées de receitas culinarias, nogdes de primeiros socorros, etc. As empresas usam a grande rede para pesquisas e cotagées de precos para compras, oferecem por seus sites seus servicos e mercadorias, obtém informagées jornalisticas, consultam leis, participam em pregdes eletrénicos e um sem numero de atividades. Todos esses segmentos usam a rede para fazer os pagamentos devidos as concessionarias, pagam os boletos de cobrancas bancarias, e porque nao dizer: efetuam também os pagamentos a préprias provedoras do acesso. Enfim, hoje o uso da Internet faz parte da vida das pessoas. Dentro desta premissa, a falta de um ou mais terminais adicionais, muitas vezes, restringe a ampla condic&o que as pessoas tém de exercer 0 direito as atividades do dia a dia de suas vidas. A aprovacéo desta lei dara, sem 6nus adicional, as pessoas, 0 direito de usufruir de forma plena e individual e ao mesmo tempo, as facilidades proporcionadas pela maior evolugéo da humanidade dos ultimos anos. Diante do exposto, conclamo os Nobres Pares para a aprovagao da proposigao por ser matéria de grande alcance social, e facilitadora de mais inclusao digital. Sala das sessées, Oe de fevereiro de 2007. \ Deputada JAQUELINE RORIZ ‘Assessoria Legislativa do Gabinete da Depatada Jaqueline Roriz