You are on page 1of 3

Textos interessantes

O ABACAXI Álvaro trabalhava em uma empresa. Funcionário sério, dedicado, cumpridor de suas obrigações e, por isso mesmo está com seus 20 anos de casa. Um belo dia, ele vai ao dono da empresa para fazer uma reclamação: -Meu patrão, tenho trabalhado durante esses 20 anos em sua empresa com toda a dedicação, só que me sinto um tanto injustiçado. O Luiz, que está conosco há somente três anos, está ganhando mais do que eu. O patrão, fingindo não ouvi-lo, disse: -Foi bom você vir aqui. Tenho um problema para resolver e você poderá fazê-lo. Estou querendo dar frutas como sobremesa ao nosso pessoal após o almoço de hoje. Ali na esquina tem uma barraca. Vá até lá e verifique se eles têm abacaxi. Álvaro, sem entender direito, saiu da sala e foi cumprir a missão. Em cinco minutos estava de volta. -E aí, Álvaro? - perguntou o patrão. -Verifiquei como o senhor mandou. O moço tem abacaxi. -E quanto custa? -Isso eu não perguntei, não. -Eles têm quantidade suficiente para atender a todos os funcionários do escritório? - quis saber o patrão. -Também não perguntei isso, não. -Há alguma outra fruta que possa substituir o abacaxi? -Não sei não... -Muito bem, Álvaro. Sente-se ali naquela cadeira e me aguarde um pouco. O patrão pegou o telefone e mandou chamar o Luiz. Deu a ele a mesma orientação que dera o Álvaro. Em oito minutos, o Luiz voltou. -E então, Luiz? - indagou o patrão. -Eles têm abacaxi sim. Em quantidade suficiente para todo o nosso pessoal. E se o senhor preferir, têm também laranja, banana, melão e mamão. O abacaxi, estão vendendo a R$ 1,50 cada; a banana e o mamão a R$ 1,00 o quilo; o melão a R$ 1,20 a unidade, e a laranja a R$ 20,00 o cento, já descascada. Mas como eu disse que a compra seria em grande quantidade, eles me concederam um desconto de 15%. Deixei reservado. Conforme o senhor decidir, volto lá e confirmo, explicou o Luiz.

chuvas e estrelas que tantas vezes foram os berços que acalentaram minhas noites. Esqueça. Pode haver mais beleza e magia em algum outro lugar? Não minha doce Avalon! Vós que me enfeitiçais com encantos de ternura e compaixão e que em beijos. Mesmo que as nuvens caiam e que se torne negro o sol. Voltou-se para o Álvaro. pois minha ira só será aplacada após vossa destruição. Pode haver escuridão e névoa em vosso redor. Não terás de mim nenhuma compaixão nem piedade. tua vida. Vossa espada e vosso escudo defenderam meu reino como a águia defende seu ninho. patrão. mas ainda assim vos digo: temei vilão. Por toda a minha vida esperei por um irmão e eis que. diante de mim. E o Álvaro deixou a sala. . Esperai por mim odioso Modred! Amigos são como o vento que não sabemos de onde vem ou para onde vão. o saciar de nossa fome. vosso cajado se ergueu para proteger camelot e. o que foi que você estava mesmo me dizendo? -Nada sério não. Minha querida Camelot! Os medos que existiam em mim eram desfeitos quando em ti pensava. Com a sua licença. mortal ou divindade teve por mim maior afeto. Lembro-me de ventos. tuas águas. como uma labareda flamejante tu apareceste. que permaneceu sentado ao seu lado. e perguntou-lhe: -Álvaro. De trevas e perversão tingistes meu povo e de calúnias e engodos construístes um império. Jamais duvidei de ti e todas as honras vos eram dedicadas. rezai. teu crepúsculo era ainda mais lindo que uma gravura divina e teu amanhecer. como o próprio paraíso. vós que espalhaste amor por todo meu reino e que com sabedoria deixaste em mim a marca de vosso ser sabeis: nunca haverá em meu coração outra senão vós. o meu amor não diminuirá minha amada Morgana. Nenhum ser. Jamais tornarei a amar alguém com tanta intensidade e minha alma estará eternamente selada a vossa. Memórias de um Rei: Eis que ainda lembro-me de teus verdes campos onde o vento mais parecia escovar tua relva. Ainda lembro-me de teus vales e córregos e o florescer de tuas primaveras. teus rios eram a essência de teus cidadãos e tuas matas. tuas montanhas. Porém sei também odiar e que os céus me ouçam! Vós que manchastes de negro meu reino e de minhas terras afastastes a paz. o patrão dispensou-o.Agradecendo pelas informações. por isso meu irmão. minhas glórias e meus feitos tinham a ti como objetivo. meu paraíso e meus tesouros certamente encontram-se em teus domínios. saciaram minha sede. eu o saúdo.

Agora que o ar se esvai de meu peito e minha alma se afasta de meu corpo. posso apenas me despedir de ti: Adeus meu amigo! Adeus Lancelot! FIM .

Related Interests