COMANDO DA AERONÁUTICA

ACADEMIA DA FORÇA AÉREA
CONCURSO DE ADMISSÃO 2003

14 DE NOVEMBRO DE 2002.

CADERNO DE QUESTÕES DA PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

CÓDIGO 41

TRANSCREVA O NÚMERO DO CÓDIGO DA PROVA PARA O SEU CARTÃO DE
RESPOSTAS

PREENCHA OS DADOS ABAIXO:

NOME DA CANDIDATA:________________________________________________________

N
O
DE INSCRIÇÃO:___________________________________________________________

ASSINATURA:_______________________________________________________________

ATENÇÃO! ESTA PROVA CONTÉM 40 QUESTÕES.

Leia atentamente o texto. A seguir, responda às questões de nº 01 a 06.

Ser Mulher
(Texto adaptado)
Ana Miranda

Recebi a visita de uma jovem — que chamarei ora em diante de Elisa
— de aspecto frágil, pequena estatura, olhos serenos. A camiseta de malha
tinha uma mancha de leite na altura do seio, como se estivesse na hora de
amamentar. Apesar da pouca idade, era uma mulher plena. Um ser com algo
de primitivo, camuflado num mundo moderno. Disse que desejava ser
escritora de romances e que por isso me procurava, com a intenção de saber
se eu a estimularia a seguir tal profissão. Seria possível, sendo casada e
com um filho pequeno?
O que podia eu responder a Elisa? Quais seriam seus limites em
sua condição de mulher e mãe? Quanto o fato de ser mulher iria ainda
dificultar sua realização profissional? As diferenças entre os sexos são um
tema controvertido, que suscita paixões, sobre o qual podemos apenas
revelar nossos preconceitos e sensibilidades, para que os outros tirem suas
próprias conclusões. Muitas vezes somos nós mesmas as disseminadoras
das teorias misóginas que dizem que as mulheres são a encarnação do
demônio, a origem dos crimes, a arma do diabo, a saliva da serpente,
sempre prontas a morder como um escorpião pestilento, a peste das pestes,
o dardo do demônio, seres que sabem admiravelmente chorar, pois choram
quando querem, como querem, quanto querem porque têm o coração
formado sobre uma roda movediça e a astúcia se aninhou no seu seio, como
disseram homens chamados de santos, ou sábios. Mas por que a realização
pessoal (profissional) da mulher deveria significar a usurpação da
legitimidade de suas funções naturais de sedução, de sua força mágica de
amar?
Desde a chegada da esquadra de Cabral à costa brasileira até
quase duzentos anos depois, não há a menção do nome de nenhuma mulher
em nossa História oficial. Há referências a paixões de europeus por índias,
aos contatos voluptuosos com a mulher exótica; há a menção de que os
jesuítas solicitaram ao rei que mandasse para cá mulheres aptas ao
casamento, e vieram as órfãs, para constituírem a família de "pai soturno,
mulher submissa e filhos aterrados". Vieram as prostitutas, as feiticeiras, as
criminosas, as adúlteras, vieram as negras para a escravidão e para o ranger
dos catres.
O primeiro nome de uma mulher que aparece na nossa História
oficial, excetuando-se o das rainhas, que já nascem com o direito de menção
histórica, foi o da escrava forra Chica da Silva, a amante do contratador nas
minas de ouro; a mulher que conseguiu tomar para si o poder de um homem,
encantando-o através do afeto e do sexo. E quem são as outras mulheres? A
marquesa de Santos, cortesã, que por amor a um homem se tornou
poderosa. Também há mártires, como J oana Angélica, morta a golpes de
baioneta, uma versão nacional de J oana d'Arc; ou heroínas, como Inez de
Souza, que ajudou o marido governador a expulsar os invasores franceses, e
Anita Garibaldi, que abandonou o lar para seguir seu amante revolucionário.
Parece-nos que, por amor a Giuseppe, Anita abraçou um ideal. A brava
patriota Maria Quitéria tinha seus próprios ideais, mas teve de se vestir de
homem para assentar praça na artilharia e participar da luta pela
Independência. A princesa Isabel talvez seja a única mulher em nossa
História que aparece à frente de alguma marcante — embora contestada —
transformação social. Estas mulheres formam os paradigmas femininos da
História e fazem lembrar as lendárias guerreiras amazonas, que precisavam
queimar o seio direito para poder atirar com arco e flecha.
Assim como essas mulheres, Elisa precisará ser forte para atingir
seu objetivo. Não se pode negar que há muitos motivos para ela afastar-se
de sua destinação e negar-se a suas aptidões. Mas o desejo de realização é
o impulso mais vigoroso para quem quer chegar à Lua. Filhos e um marido
poderão não ser um obstáculo, mas é muito difícil evitar que o sejam.
Nos dias de hoje, quando a família tomou as mais variadas
formas, numa época em que milhões de mulheres vivem sozinhas,
obrigadas a arcar com a educação dos filhos e o sustento das casas, a
jovem Elisa terá de enfrentar a divisão entre o lar e o trabalho profissional.
Se fracassar nessa arte, não sobreviverá como um ser humano pleno.
01 - O texto de Ana Miranda

a) mitifica a figura de mulher moderna dividida entre o lar e a
realização profissional.
b) critica a veemente posição machista que predomina no mundo
moderno, ao analisar a sociedade em transformação.
c) expõe uma visão feminina sobre a realização plena da mulher
moderna, hesitante entre a carreira profissional e a vida familiar.
d) defende a necessidade da profissionalização feminina no mundo
moderno.


02 - No segundo parágrafo, levando-se em conta o contexto, observa-se
que a mulher

a) exerce indevidamente o poder da sedução.
b) adquire forçosamente o direito ao trabalho.
c) obtém sucesso profissional devido à astúcia.
d) tem sua imagem associada a teorias preconceituosas.


03 - Segundo o texto, pode-se inferir que as mulheres que aparecem em
nossa história se destacam, principalmente, pela

a) abnegação. c) independência.
b) coragem. d) contestação.


04 - Subtende-se da leitura do texto que, para a mulher vencer os desafios
profissionais, ela deve, acima de tudo, ser

a) ambiciosa. c) inteligente.
b) competente. d) determinada.


05 - Analise as afirmações e, a seguir, assinale a alternativa que contém
aquelas que NÃO condizem com o texto.

I- A comparação entre as mulheres da nossa História e as lendárias
guerreiras amazonas ressalta o sacrifício exigido de todas.
II- A inevitável divisão entre lar e carreira profissional impede que a
mulher se realize como ser humano pleno.
III- Todas as mulheres que aparecem em nossa História têm em
comum o fato de ter abraçado um ideal em nome do amor.

a) II e III. c) I e II.
b) I e III. d) I, II e III.


06 - NÃO se pode concluir da leitura do texto que

a) a condição de mulher e mãe dificulta algumas oportunidades de
realização profissional.
b) as diferenças entre os sexos devem ser vistas com cautela, uma
vez que se trata de um assunto polêmico.
c) algumas mulheres também são responsáveis pela disseminação de
teorias misóginas.
d) a mulher deve relegar a vida familiar para seguir a carreira
profissional.


07 - Assinale a alternativa em cuja frase há um vocábulo grafado
INCORRETAMENTE.

a) Para o dignatário eclesiástico, as histórias de mulheres com
atribulada vida amorosa não mereciam ser conhecidas e repetidas.
b) Esses textos trazem algo que sempre nos faltou: o entendimento de
que o amor à pátria, capaz de conduzir ao campo de batalha, não é
um privilégio do sexo masculino.
c) A sociedade machista defende a atuação da mulher em obras de
beneficência e recomenda a preparação dos filhos para a guerra.
d) A mulher brasileira, consciente de que a defesa do território pátrio
não é missão exclusiva do sexo masculino, passou a reivindicar a
sua participação nas Forças Armadas.


08 - Assinale a alternativa em que TODOS os vocábulos são
proparoxítonos. (Os acentos foram propositadamente omitidos).

a) improbo, ibero, aziago, pudico
b) maquinaria, mercancia, gratuito, ciclope
c) aerodromo, prototipo, interim, etiope
d) transfuga, alcoolatra, efebo, decano


AFA 2003 FEMININO PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA - CÓDIGO 41 2
09 - Assinale a alternativa que NÃO contraria as normas de pontuação.

a) As aviadoras militares causam espanto, e as motoristas de táxi e as
caminhoneiras ainda surpreendem.
b) Desde os 18 anos de idade somam-se centenas de horas de vôo no
currículo dessa aviadora.
c) Kalina Camenho comandante da VARIG há sete anos atualmente
pilota um 737 e é extremamente rígida e exigente.
d) Disse, e repito, sem incorrer em afronta aos homens: as mulheres
são mais dedicadas por isso quando preciso voar dou preferência a
uma mulher no comando.


10 - Assinale a alternativa em que o período apresenta vírgula justificada
pela mesma regra daquela que aparece na frase abaixo.

Para refletir sobre a participação da mulher na sociedade, a autora faz
uma viagem pela vida das personagens femininas de nossa História.

a) Se fracassar nessa arte, não sobreviverá como um ser humano
pleno.
b) Filhos e marido poderão não ser um obstáculo, mas é muito difícil
evitar que o sejam.
c) Até o período da independência brasileira, as mulheres viviam num
cenário em que a família patriarcal era o padrão dominante.
d) Cravou em mim os olhos, esperando por uma palavra que a
ajudasse a decidir sua vida.


11 - Em misógina, o primeiro elemento formador tem o mesmo significado
de um dos elementos que compõem o vocábulo

a) xenófobo. c) pedófilo.
b) antropófago. d) andrógeno.


12 - As palavras enfrentar, disseminadoras e luta são formadas,
respectivamente, por

a) derivação regressiva, derivação prefixal e sufixal e derivação
sufixal.
b) derivação parassintética, derivação sufixal e derivação regressiva.
c) derivação imprópria, derivação prefixal e derivação parassintética.
d) derivação prefixal e sufixal, derivação parassintética e derivação
imprópria.


13 - Assinale a alternativa que classifica, correta e respectivamente, as
palavras destacadas nos períodos.

Como estivesse na hora de amamentar, a camiseta tinha uma mancha
de leite na altura do seio.
Sempre prontas a morder como um escorpião pestilento.
Como disseram alguns homens considerados santos, as mulheres são
a encarnação do demônio.
... pois choram quando querem, como querem.

a) advérbio de tempo, conjunção conclusiva, conjunção comparativa e
conjunção explicativa
b) conjunção causal, conjunção comparativa, conjunção conformativa
e advérbio de modo
c) conjunção explicativa, conjunção consecutiva, conjunção conclusiva
e conjunção explicativa
d) conjunção integrante, conjunção comparativa, conjunção explicativa
e advérbio de tempo

14 - Assinale a alternativa que apresenta flexão verbal INCORRETA.

a) A Igreja interveio quando, em fevereiro de 1600, o filósofo italiano
Giordano Bruno afirmou que outras estrelas também poderiam
abrigar sistemas planetários.
b) Einstein previu que, ao passar pelas vizinhanças de corpos celestes
muito densos, a própria luz se curvaria sob o efeito do campo
gravitacional.
c) É natural que as opiniões divirjam a respeito da origem e formação
do Universo.
d) Trezentos anos antes de Cristo, Aristóteles e Epicuro
digladeavam-se quando o assunto era a existência de outros
mundos.





15 - Leia.

I- O aluno fez um pedido de perdão a Deus.
II- A escola era pouco conhecida pelos alunos.
III- Paris era uma torre ao lado de uma ponte e de um rio.
IV- A velha cadeia exercia sobre nós uma fascinação inelutável.

Os substantivos destacados nos períodos acima exercem,
respectivamente, a função de

a) predicativo, vocativo, aposto, objeto indireto.
b) complemento nominal, agente da passiva, predicativo, objeto direto.
c) agente da passiva, aposto, complemento nominal, sujeito.
d) objeto indireto, sujeito paciente, objeto direto, complemento
nominal.


16 - Leia.

I- Foi fácil arrumar um bom emprego, sendo o primeiro colocado da
turma.
II- Todos poderão fazer isso que não vós.
III- Quando termina essa etapa, as candidatas são contempladas
com o posto de tenente.

Os excertos acima, apresentam, respectivamente, idéia de

a) conseqüência / causa; condição; adição.
b) causa / conseqüência; oposição; condição.
c) causa / conseqüência; condição; finalidade.
d) conseqüência / causa; oposição; tempo.


17 - Assinale a alternativa na qual a oração destacada classifica-se como
subordinada adverbial consecutiva.

a) Apesar da pouca idade, era uma mulher plena.
b) Disse que desejava ser escritora de romances e que por isso me
procurava.
c) Seria possível, sendo casada e com um filho pequeno?
d) Anita Garibaldi amava tanto que, por amor a Giuseppi, abraçou
um ideal.


18 - Assinale a alternativa INCORRETA quanto ao emprego das classes
gramaticais.

a) O autor salientou a bravura de Florisbela e Maria Fonseca da
Conceição. Ambas as duas foram lembradas como valentes
guerreiras.
b) A jovem é a mais bem preparada, e seu desempenho, durante os
treinamentos militares, superou as expectativas.
c) A. Austragésilo publicou Perfil da Mulher Brasileira. Em todo o livro,
exaltou algumas personagens femininas que, em sua opinião,
deveriam integrar os anais da Pátria.
d) Nossos intelectuais não nos legaram uma J oana d’Arc, nem um
conjunto de mulheres cuja a simples menção provocasse a
recordação de um passado de lutas patrióticas.


19 - Assinale a alternativa em que a concordância verbal está correta nas
duas orações.

a) I - A submissão e a dependência caracteriza a mulher da
sociedade patriarcal.
II - Ana Neri foi uma das que atuaram em conflitos caracterizados
pela presença masculina.

b) I - Procura-se mulheres corajosas, que queiram superar os
limites impostos à condição feminina.
II - Não se atenderão a reclamações daquelas que optaram pela
vida de caserna.

c) I - Devem haver muitas mulheres que procuram as Forças
Armadas e disputam uma vaga que lhes garanta
aperfeiçoamento profissional e independência financeira.
II - Antes da II Guerra, havia muitas enfermeiras brasileiras que
embarcavam para a Europa sem conhecer as condições das
mulheres dos países que se encontravam em Guerra.

d) I - Em Leningrado, em 1941, dos 250.000 candidatos
mobilizados para a construção de diques ao redor da cidade,
75% pertencia ao sexo feminino.
II - A maioria das mulheres que seguiam o exército não tinham
medo de coisa alguma. Elas iam às avançadas mais
perigosas para levar comida aos maridos.
AFA 2003 FEMININO PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA - CÓDIGO 41 3
20 - Leia com atenção as frases abaixo.

I - Os maridos partiram para lutar contra os espanhóis, deixando-as
sós.
II - As empresárias solicitaram tecnologia e financiamento
estrangeiros.
III - Com opinião e propostas claras, a assessora desfez as dúvidas
que pairavam sobre a questão.
IV - Moara Sacilotti, a primeira competidora profissional de rali no
Brasil, é dotada de talento e coragem extraordinárias.

Com relação à concordância nominal, estão corretas as frases

a) I e IV apenas. c) I, II e III.
b) III e IV apenas. d) I, II, III e IV.


21 - Assinale a alternativa correta quanto à regência nominal.

a) Mostrei-me afável para com Elisa que estava aflita por não
conseguir um emprego.
b) Imbuída pelo espírito maternal e alheia aos obstáculos, Elisa me
procurava, com a intenção de saber se eu a estimularia a seguir tal
profissão.
c) Nossa História oficial faz somente alusão de mulheres como Chica
da Silva, J oana Angélica, Inez de Souza, Anita Garibaldi e princesa
Isabel que, de algum modo, fazem parte da transformação social.
d) As mulheres feministas, disseminadoras de teorias misóginas,
possuem atitudes incompatíveis para com o seu discurso.


22 - Assinale a alternativa na qual o par de frases NÃO apresenta
incorreção quanto à regência verbal.

a) I - A Força quer, precisa e acredita na mulher brasileira.
II - O instrutor perguntou-lhe se gostava e confiava naquele avião.

b) I - A psicologia pode ajudá-lo a entender melhor o coração da
mulher guerreira.
II - Desobedece e rebela-se constantemente contra os
superiores.

c) I - O tribunal julgou e absolveu o cabo acusado de assédio
sexual.
II - Chegou, cumprimentou-nos, vestiu o macacão de vôo e
dirigiu-se à pista.

d) I - Venha conhecer a Academia da Força Aérea e se apaixonar
por ela.
II - Milhares de pessoas assistiram e participaram da
demonstração aérea.


23 - Assinale a alternativa em que o termo regente e o regido foram
relacionados corretamente.

a) Na eterna guerra entre os sexos, as mulheres aspiram um espaço
maior, o espaço aéreo.
b) A gravidez vem coroar ao estilo "mulher de antigamente", daquelas
que sabem cozinhar, costurar e cuidar da casa.
c) Muitas mulheres gostariam de ter o cabelo mais curto, mas não têm
coragem de cortá-lo, porque sabem que os homens preferem mais
os longos que os curtos.
d) Mulheres escravas, graças ao lucro obtido no pequeno comércio,
conseguiram pagar aos seus senhores a própria alforria.


24 - Assinale a alternativa em que o emprego da crase é facultativo.

a) Os estudos mostram também que mesmo o casamento pode
representar para as mulheres uma forte limitação às suas ambições
profissionais.
b) O depoimento da voluntária deve ser visto à luz do processo de
emancipação da mulher ocidental, fortemente impulsionado pelas
campanhas desenvolvidas na América do Norte, a partir da década
de 60.
c) Essas mulheres que vão ficar face à face com o perigo trabalham,
têm família, mas, por livre escolha, sua vida inclui um item que não
consta da rotina das outras mortais: a aventura.
d) Elas estiveram em um dos teatros de operação da II Grande Guerra
e voltaram à terra natal conscientes de que haviam cumprido uma
nobre missão.



25 - Assinale a alternativa em que há falha na colocação pronominal.

a) Não se anime muito com esses cursos que lhe propõem ensinar
uma língua estrangeira enquanto você está dormindo.
b) Todo esforço transforma-se em desperdício se as horas que você
passar debruçado sobre os livros não forem seguidas de uma boa e
longa noite de sono.
c) Há eletricidade circulando pelo cérebro o tempo todo, pois é por
meio dela que uma célula nervosa se comunica com a outra.
d) Os gregos temiam Morfeu, o deus dos sonhos, porque acreditavam
que toda noite, ao adormecer, a divindade poderia atormentá-los,
enviando pesadelos aterrorizantes.


26 - Leia atentamente os fragmentos abaixo.

I - “E se me dispusesse a pintar Eurídice, talvez visse surgir na tela
um hastil, o arco tendido da lua, um antílope, uma flâmula ao
vento, ou uma forma abstrata qualquer, injustificável a não ser
pelo harmonioso ímpeto em câmera lenta, pela graça da linha
curva em movimento, porque Eurídice afinal é tudo isso...”

II - “Todos os dias esvaziava
uma garrafa, colocava
dentro sua mensagem, e a
entregava ao mar.
Nunca recebeu resposta.
Mas tornou-se alcoólatra.”

III - “Lutar com palavras
é a luta mais vã
Entanto lutamos
Mal rompe a manhã.
São muitas, eu pouco.
Algumas, tão fortes
como o javali.”

Quanto à tipologia, classificam-se os excertos acima, respectivamente,
como:

a) narrativo, narrativo e descritivo.
b) narrativo, dissertativo e narrativo.
c) descritivo, narrativo e dissertativo.
d) dissertativo, descritivo e narrativo.


27 - Leia.

Os prejuízos econômicos para as empresas aéreas, em decorrência
do atentado de 11 de setembro, são mínimos. A confiança nas
companhias aéreas americanas foi ligeiramente prejudicada nos E.U.A,
diferente do que a mídia tem apresentado. O governo estimou o
impacto econômico em não mais do que 20% do PIB.

Sobre o texto acima, pode-se afirmar que

a) não é coeso, nem coerente.
b) apresenta incoerência argumentativa.
c) é coeso e coerente.
d) possui problemas quanto à coesão, mas não quanto à coerência.


28 - Leia.

A profissão que ela queria seguir sempre foi facultada (com restrições)
às mulheres, pois a situa no âmbito da escravidão do lar.

Podemos substituir a expressão grifada, sem alteração de sentido, por

a) conquanto. c) embora.
b) porquanto. d) à medida que.


29 - Assinale a alternativa em que a coesão se apresenta inatacável.

a) Em sua maneira de falar, percebi o recato da mulher européia,
educada sob um regime onde o prazer é condenado.
b) Num instante me senti transportada num tempo onde pude ver a
jovem vestida como uma dama da colônia, apertada em espartilhos,
usando carapuça de seda, sapatos de cordovão.
c) A não ser que fosse mandada para um convento, onde não havia a
caprichosa luz da presença masculina, e as mulheres tinham,
portanto, liberdade para o florescimento do espírito, Elisa
naufragaria em seu próprio sonho.
d) É uma pesquisa política e engajada onde a mulher é reconhecida
como sujeito específico e dona de seus direitos.
AFA 2003 FEMININO PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA - CÓDIGO 41 4
30 - Leia atentamente.

As árvores e as folhagens não lhe permitiam ver nitidamente; entretanto
observou que o cavalo era manco.

O texto acima apresenta incoerência

a) temporal. c) espacial.
b) narrativa. d) figurativa.


31 - Marque a assertiva que apresenta incoerência argumentativa.

a) O projeto de lei para criar banheiros públicos separados para
homossexuais e travestis é absurdo, pois acelera a discriminação e
não é uma necessidade especial de um grupo gay.
b) O diálogo entre gays e a sociedade se estabeleceu com o tempo.
Atualmente, há necessidade de que os homossexuais se
organizem, criando movimentos para expressar suas reclamações e
ter a cidadania garantida.
c) O papel do psicólogo é reduzir sofrimentos psicológicos e contribuir
para que as pessoas possam se fortalecer para enfrentar
dificuldades, seus conflitos e seu cotidiano. Ele, enquanto cientista,
não pode se deixar guiar por suas convicções pessoais.
d) Não adianta o homossexual pensar que a sociedade inteira está
errada e ele está certo. Ele deve compreender a moral
estabelecida, a qual tem influência histórica de idéias religiosas, e
que sua escolha confronta com isto.


32 - Leia.

A vizinhança já lhe conhecia os hábitos e tanto que, na casa do
Capitão Cláudio, na qual se jantava aí pelas quatro e meia, logo que o
viam passar, a dona gritava à criada: "Alice, sirva o jantar; o Major
Quaresma já passou".

Transpondo o discurso acima para a forma indireta, obtém-se:

a) A vizinhança já lhe conhecia os hábitos e tanto que, na casa do
Capitão Cláudio, na qual se jantava aí pelas quatro e meia, logo que
o viam passar, a dona gritava à criada Alice para que servisse o
jantar, porque o Major Quaresma já tinha passado.
b) A vizinhança já lhe conhecia os hábitos e tanto que, na casa do
Capitão Cláudio, na qual se jantava aí pelas quatro e meia, logo que
o viam passar, a dona gritava à criada Alice para servir o jantar,
porque o Major Quaresma já passou.
c) A vizinhança já lhe conhecia os hábitos e tanto que, na casa do
Capitão Cláudio, na qual se jantava aí pelas quatro e meia, logo que
o viam passar, a dona gritava à criada Alice que servia o jantar,
porque o Major Quaresma já passara.
d) A vizinhança já lhe conhecia os hábitos e tanto que, na casa do
Capitão Cláudio, na qual se jantava aí pelas quatro e meia, logo que
o viam passar, a dona gritava à criada Alice que serviria o jantar,
porque o Major Quaresma estava passando.


33 - Analise os excertos do texto.

I - (...) o desejo de realização é o impulso mais vigoroso para quem
quer chegar à Lua.
II - Vieram as prostitutas, as feiticeiras, as criminosas, as adúlteras,
vieram as negras para a escravidão e para o ranger dos catres.
III - Desde a chegada da esquadra de Cabral à costa brasileira até
quase duzentos anos depois, não há a menção do nome de
nenhuma mulher em nossa História oficial.

É correto afirmar que há conotação em

a) II apenas. c) II e III apenas.
b) I e II somente. d) I, II e III.


34 - Leia o texto abaixo e, a seguir, assinale a alternativa em que o par de
palavras estabelece a relação hipônimo/hiperônimo.

Mulher e cachaça nem sempre se deram bem. Na verdade,
trata-se de um choque de personalidades. Uma é sensível e delicada, a
outra, forte e rústica. Mas a eterna desavença pode estar chegando ao
fim. Acaba de ser lançada a primeira cachaça do país destinada a elas.
Como o nome sugere, a Domina Suave promete seduzir as moças com
seu gosto macio. A novidade agitou a Expo Cachaça, o maior evento
dedicado à bebida do país, realizado entre os dias 11 e 14 de julho, em
Belo Horizonte, Minas Gerais.

a) suave / forte
b) sensível / delicada
c) cachaça / bebida
d) gosto(substantivo) / gosto(verbo)
35 - Observe os excertos abaixo.

I - O risco feito em seu carro em vez de amedrontá-la estimulava-a
a continuar lutando pelas causas sociais.
II - As companhias aéreas estão investindo em profissionais mais
criteriosas, que lutam para impor sua competência, assumindo
qualquer tipo de risco.

A palavra que aparece destacada em I e II exemplifica uma relação de

a) sinonímia. c) hiperonímia.
b) hiponímia. d) polissemia.


36 - Leia.

As mulheres brilharam como fachos luminosos em obras de todos os
poetas desde o início dos tempos.

O texto acima apresenta a seguinte figura de linguagem:

a) metáfora c) metonímia
b) comparação d) paradoxo


37 - Paralelismos sintático, semântico e rítmico ocorrem em:

a) O gol de letra, de lustre, de louro. O gol de placa, implacável. O gol
sem fim, nascendo natural, do nada, do nunca, fazendo-se fácil, na
trama difícil, flóreo, feliz.
b) Grannofruit – cereais e frutas – use puro, com leite, iogurte, ou com
a imaginação.
c) O tronco fora bom, mas dera aqueles azedos e infelizes frutos, sem
capacidade sequer para uma boa alegria.
d) Reduit é leite puro e saboroso. Reduit é saudável, pois nele a
gordura é retirada quase completamente, permanecendo todas as
outras qualidades nutricionais. Reduit é bom para jovens, adultos e
dietas de baixas calorias.


38 - Observe.
No Ar

FORÇA AÉREA BRASILEIRA ABRE CONCURSO PARA FORMAR
PRIMEIRA TURMA DE AVIADORAS

Uma mulher pode estar à frente do Comando da Aeronáutica no
futuro. Em Portaria publicada dia 31 de julho, no Diário Oficial da
União, o Comandante da Aeronáutica, Ten.- Brig.- do- Ar Carlos de
Almeida Baptista, autorizou a abertura de 20 vagas para as candidatas,
em caráter excepcional, ao 1º ano do Curso de Formação de Oficiais
Aviadores, da Academia da Força Aérea (AFA).

A função da linguagem PREDOMINANTE no texto acima é

a) fática. c) referencial.
b) conativa. d) emotiva ou expressiva.


39 - Identifique, entre os vícios de linguagem apontados nas alternativas,
aquele que ocorre no texto abaixo.

O cara concordou, todo sabidão. E então é que me ocorreu a solução
aventada pela opinião do tal capitão.

a) eco c) colisão
b) hiato d) cacófato


40 - Quanto ao emprego das expressões destacadas, assinale a alternativa
correta.

a) Seja no pátio da escola ou nas academias, as meninas não poupam
esforços para fazer tudo o que os meninos fazem, haja visto o
número cada vez maior de mulheres que investe na carreira
futebolística.
b) O conceito a cerca de cidadania deve ser ampliado para que se
possa respeitar e incentivar o direito de uma mulher ganhar a vida
na caserna.
c) O homem vem revelando-se cada vez mais desajustado. Apesar de
colocar o sucesso profissional em primeiro plano, seu salário já não
é o único nem o maior. Sua autoridade é questionada e até
dispensada pela mulher e pelos filhos. Ele precisa se adequar para
não ir de encontro a tantas mudanças.
d) A mulher dos desenhos animados não exibiria graciosidade e força
senão fossem as mudanças ocorridas na sociedade que livraram as
meninas do estereótipo da fragilidade e da submissão.