You are on page 1of 3

APRESENTAÇÃO DE MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR

WORKSHOP INFORMATIVO

Objectivo Geral
Compreender a importância de uma avaliação da BE justa e baseada na
recolha de evidências de forma a que a biblioteca consiga, em esforço
articulado com os restantes elementos da comunidade educativa, uma
melhoria na prestação dos serviços e ir de encontro ao sucesso educativo dos
alunos.

Objectivos Específicos
• Reflectir sobre a pertinência de um modelo de auto-avaliação para as
bibliotecas escolares
• Conhecer o processo da auto-avaliação baseada na recolha de
evidências, por forma de melhorar actuações e perspectivar de forma
objectiva o caminho a seguir
• Reflectir sobre a importância da acção do professor bibliotecário na
promoção de sucesso dos alunos.
• Ir de encontro a uma acção colaborativa por parte de todos os docentes
da escola
• Perspectivar novas valências para a acção da BEs, tomando como ponto
de partida (e de chegada) a promoção de literacias e uma aprendizagem
para a vida dos cidadãos
• Identificar oportunidades e constrangimentos na aplicação do modelo de
auto-avaliação

Público-alvo
Órgãos pedagógicos e de gestão da Escola E.B.2,3/Sec de Vila Nova de
Cerveira

Calendarização
13 de Novembro, pelas 17.00h

Metodologia
• Inicialmente propõe-se aos presentes o visionamento de um powerpoint

1 Práticas e Modelos na auto-avaliação das Bibliotecas Escolares


que aborde a auto-avaliação da biblioteca escolar e as problemáticas por
ela envolvidas (em anexo). Convida-se os presentes a reflectir sobre os
vários assuntos abordados e a participar activamente na sessão.
• Numa segunda parte, convida-se os presentes a analisar o modelo que
auto-avaliação proposto pela RBE. Esse trabalho será feito por grupos,
tendo cada grupo a seu cargo um domínio de avaliação. Após breve
análise, o grupo terá que sucintamente apresentar as ideias principais
aos outros grupos. Aquando a apresentação de cada domínio, os
docentes são convidados a reflectir
• sobre a realidade da escola em que estão inseridos e tendo em conta os
perfis de desempenho.
• Finalmente pedir-se-á aos presentes para tentarem avaliar,
sensorialmente, a biblioteca da escola em questão de forma a verificar
em que nível de perfil a situariam.

Recursos
• powerpoint
• computador e projector de vídeo
• Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares da RBE
• Papel e lápis

Duração
4 horas (com intervalo)

Avaliação

Breve relatório no final do workshop

2 Práticas e Modelos na auto-avaliação das Bibliotecas Escolares


Fernanda Maria Oliveira
Novembro 2009

3 Práticas e Modelos na auto-avaliação das Bibliotecas Escolares