You are on page 1of 10

1

DESAFIO PROFISSIONAL

CURSO: SUPERI OR DE TECNOLOGI A EM GESTÃO DE RECURSOS
HUMANOS

3ª SÉRI E





DI SCIPLI NAS NORTEADORAS:

 TÉCNI CAS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO;
 SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO;
 RELAÇÕES SI NDI CAI S E NEGOCI AÇÕES TRABALHI STAS.


AUTORES:

 PROFº CARLOS EDUARDO DE AZEVEDO;
 PROFª RAQUEL DE OLI VEI RA HENRI QUE;


















2014


2



APRESENTAÇÃO


O Desafio Profissional é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem que
tem por objetivos:
 Favorecer a aprendizagem.
 Estimular a corresponsabilidade do aluno pelo aprendizado eficiente e
eficaz.
 Promover o estudo dirigido a distância.
 Desenvolver os estudos independentes, sistemáticos e o
autoaprendizado.
 Oferecer diferentes ambientes de aprendizagem.
 Auxiliar no desenvolvimento das competências requeridas pelas
Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação.
 Promover a aplicação da teoria e conceitos para a solução de
problemas práticos relativos à profissão.
 Direcionar o estudante para a busca do raciocínio crítico e a
emancipação intelectual.

Para atingir estes objetivos, você deverá seguir as instruções na elaboração do
Desafio Profissional ao longo do bimestre, sob a orientação do Tutor, considerando
as disciplinas norteadoras.
A sua participação nesta proposta é essencial para o desenvolvimento de
competências e habilidades requeridas na sua atuação profissional.







3

COMPETÊNCI AS E HABILI DADES
Ao concluir os passos propostos neste desafio, você terá desenvolvido as
competências e habilidades que constam nas Diretrizes Curriculares Nacionais
descritas a seguir:

 I ncentivar o desenvolvimento da capacidade empreendedora e da
compreensão do processo tecnológico, em suas causas e efeitos;

 I ncentivar a produção e a inovação científico-tecnológica, e suas
respectivas aplicações no mundo do trabalho;

 Desenvolver competências profissionais tecnológicas, gerais e específicas,
para a gestão de processos e a produção de bens e serviços;

 Propiciar a compreensão e a avaliação dos impactos sociais, econômicos e
ambientais resultantes da produção, gestão e incorporação de novas
tecnologias;

 Promover a capacidade de continuar aprendendo e de acompanhar as
mudanças nas condições de trabalho, bem como propiciar o
prosseguimento de estudos em cursos de pós-graduação;


OBJ ETI VO DO DESAFI O

O objetivo deste desafio, é capacitar você aluno, para lidar com cenários que exige
equilibro e flexibilidade. Fazer com que reconheça a importância do processo
seletivo para as organizações, suas estratégias de captação e técnicas utilizadas no
processo de recrutamento e seleção. Prepara-lo para trabalhar com as
preocupações ligadas a saúde e segurança do trabalho, além de incentiva-lo a
buscar conhecimento sobre o conjunto básico de princípios e regras ligados (ou
relativos), a acordo(s) e conflito(s) coletivo(s) no que diz respeito ao direito de greve e
suas formas de solução, proporcionando melhorias há organização e satisfação e
qualidade vida no trabalho a todos os empregados.



4

PRODUÇÃO ACADÊMI CA

Elaborar uma proposta para apresentar à empresa e ao Sindicato da categoria
(Construção Civil), para solucionar o impasse de paralisação (greve) nas obras de um
viaduto, após acidente de trabalho ocorrido com um colaborador.
Você é o responsável e porta voz da organização envolvida para solucionar o
impasse de paralisação (greve), nas obras do túnel Martelli Videira, após o acidente
de trabalho.


DESAFI O PROFI SSI ONAL

A Lopes & Lopes, organização do segmento de construção civil, foi aprovada
no processo de licitação há um ano, se tornando responsável pelo canteiro da obra
do viaduto Martelli Videira no interior do Rio Grande do Sul. O viaduto vai melhorar o
problema do transito na região e vai beneficiar mais de 50 mil habitantes, inclusive
com a geração de emprego na cidade. A construtora tem prazo de 18 meses para
entrega do projeto junto aos órgãos competentes. A organização tem um quadro
efetivo de 200 profissionais de diversas áreas técnicas e operacionais, sem contar os
300 terceirizados sob sua corresponsabilidade. A obra do túnel Martelli Videira, foi
paralisada há dois dias, depois de um colaborador ter sofrido acidente, após
trabalhar 10 h. seguidas, para suprir o horário de alguns colegas de trabalho que
pediram demissão. O colaborador acidentado recebeu todo o cuidado necessário,
sempre acompanhado por um profissional da área de Recursos Humanos da
organização e foi afastado por um período de 30 dias até sua total recuperação,
quando retornará as suas atividades. Os colaboradores alegam que o acidente
ocorrido com o colega foi o estopim para deflagrarem a greve. A Lopes & Lopes
construtora, trabalha de acordo com a lei nº6514, que altera a CLT; portaria nº3.214
que cria as normas regulamentadoras e com as normas que afetam o trabalho na
construção civil (NR06 – NR07 – NR09 e NR18). Os trabalhadores paralisaram a obra
reivindicando reajuste salarial imediato de 8%, melhores condições de trabalho e dos

5

equipamentos para proteção e segurança no trabalho (40% das luvas e máscaras
respiradoras gastas ou vencidas), além da contratação de 5% a mais do quadro
efetivo de mão de obra, para suprir constantes pedidos de demissão, principalmente
no cargo de mestre de obras, que coordena as atividades dos demais profissionais.
As equipes de trabalho são divididas em turnos no canteiro de obras, e o trabalhador
da construção civil tem carga horária de trabalho de 44 horas semanais. Um turno
inicia-se as 5:00 hs da manhã e encerra-se as 13:00 hs; o outro inicia-se as 10:00 hs
da manhã e encerra-se as 18:00 hs.
A data base do dissídio da categoria é junho, porém os trabalhadores exigem
reajuste imediato. Diante desta situação, você, que conhece bem o local de trabalho,
pois atua em posto no próprio canteiro de obras na área de recursos humanos, tem
ótimo relacionamento com todos os funcionários em diversos níveis, foi nomeado
pela organização como porta voz e intermediador das negociações entre a
organização, ministério do trabalho e o sindicato da categoria.

Para tanto, será necessário seguir os passos propostos abaixo:

Passo 01

Neste passo, você deverá fazer um levantamento junto ao DP da organização,
e verificar em qual, ou quais cargos, o “gap” de desligamento é maior.
Diante dos resultados, apresentar um planejamento para recrutamento e
seleção desses profissionais ou parte deles (levantar o custo unitário por
colaborador para tomada de decisão). Para tal apresentação, você deverá
demonstrar quais as técnicas de recrutamento e seleção que serão utilizadas no
processo de contratação, e quais os benefícios para a organização e para os
trabalhadores, ao efetivar estas contratações.

Passo 02

Diante do acidente ocorrido com o colaborador afastado, e também de acordo
com a reivindicação dos funcionários, você deverá mapear todos os cargos da obra,

6

e relatar quais são os equipamentos de EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual)
ou EPC’s (Equipamentos de Proteção Coletiva) a serem utilizados pelos ocupantes
destes cargos, verificando junto ao departamento de compras/almoxarifado qual foi
a data de distribuição dos mesmos aos colaboradores. Você deverá tomar as
decisões sempre levando em consideração os dois lados: a organização e os
trabalhadores, uma vez que, poderá surgir necessidade de compra para reposição
aos colaboradores de alguns desses equipamentos ou materiais.
Apresente um cronograma a ser implantado para efetuar a troca destes itens
de acordo com as normas regulamentadoras. Lembre-se, você deve utilizar os
conhecimentos já adquiridos nas disciplinas e experiências pessoais caso possua.


Passo 03

Aqui, você deverá relatar os pontos que necessitam ser melhorados quanto à
conscientização dos colaboradores e da organização, no que se refere à prevenção
de acidente de trabalho e também a melhoria na qualidade de vida no trabalho.
Para tanto, você deverá elaborar uma proposta de treinamento, com sumário
que aborde os seguintes conteúdos:

 A importância da saúde e segurança no trabalho;
 A importância do uso dos EPI’s e EPC’s;
 A importância de um local de trabalho organizado e adequado para as
necessidades no que se refere à saúde e segurança do trabalhador.


Passo 04

Neste penúltimo passo, você deverá apresentar uma sugestão que solucione
a reivindicação dos 8% de reajuste imediato, visto que, segundo informações do
contexto, a data base para o dissídio da categoria se dará daqui a dois meses.




7


Passo 05

Agora, você irá apresentar em relatório único primeiramente à organização.
Após aprovação da diretoria de Recursos Humanos, você deverá apresentar a
proposta para o representante do sindicato e ministério do trabalho. O seu propósito
é o desfecho da situação de paralisação, levando em consideração uma relação de
ganha-ganha, em que as partes saiam satisfeitas.


ORI ENTAÇÃO PEDAGÓGI CA

O cenário que vivenciamos nos dias de hoje é extremamente competitivo
tanto para as organizações quanto para os profissionais que desejam se recolocar ou
se manter no mercado de trabalho. Segundo Almeida, as organizações tem se
preocupado com sua capacidade de atrair e reter profissionais talentosos, levando
em consideração uma política bem definida e clara, valorização dos profissionais bem
como a flexibilidade de poder negociar com essas pessoas.

Não adianta tentar iludir esses profissionais com promessas que não serão
cumpridas. Muitos anúncios de empregos passam uma imagem que não
corresponde à realidade, gerando falta de credibilidade por parte do
candidato. Se ele chegar a ser admitido na empresa, será um provável
empregado a aumentar as estatísticas de rotatividade. (ALMEIDA, 2009
p.04)


Assista ao vídeo sobre recrutamento e seleção disponível em
<http://www.youtube.com/watch?v=i-PVtNp6BJ w>, e leia o artigo “Recrutamento e
Seleção de Pessoas: Como Fazer?” disponível em
<http://www.rhportal.com.br/artigos/rh.php?idc_cad=2lapy9r8d>.

O recrutamento e seleção das pessoas certas para os cargos certos são de
extrema importância dentro da organização, pois caso esse processo seja feito de
forma inadequada, a organização poderá sofrer mais tarde com profissionais

8

insatisfeitos e desmotivados. Essa falha, também poderá acarretar um custo maior
ao processo, sem contar o retrabalho e o tempo despendido.
Na elaboração deste Desafio Profissional é importante que conheça o processo
de negociação assim como o comportamento organizacional diante dos conflitos e
suas negociações. Para tanto, acesso o site
<http://www.crcsp.org.br/portal_novo/publicacoes/guia_pratico/parte4.htm> e
conheça um pouco mais sobre este tema voltado as relações sindicais e negociações
trabalhistas.
O direito de greve, previsto no artigo 9º da constituição, está regulamentado
pela lei n. 7.783/1989, a qual, modificando o conceito anterior, previsto na
lei n. 4.330/1964, preceitua que greve é a suspensão coletiva, temporária e
pacifica, total ou parcial, de prestação pessoal de serviços ao empregador.
No sistema brasileiro, a greve aparece como um direito, uma liberdade.
(LIMA, 2010 p. 252)

Para se entender os reais motivos que levam muitos trabalhadores a
aderirem a estes movimentos na luta por melhorias para sua classe de profissionais,
é necessário conhecer o comportamento dos profissionais, suas necessidades, e o
ambiente onde atuam.
As organizações atuais, tem se preocupado cada vez mais em proporcionar
qualidade de vida no ambiente de trabalho. A segurança e a saúde do trabalho na
área da construção civil baseiam-se em normas regulamentadoras descritas na
Portaria 3214/78 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).
Entre essas normas, a NR-18 estabelece diretrizes administrativas, de
planejamento e de organização para implementar medidas de controle e sistemas
preventivos de segurança nos processos, nas condições e no meio ambiente de
trabalho na indústria da construção. Consulte o site do Ministério do Trabalho e
Emprego (MTE) disponível em <http://portal.mte.gov.br/geral/publicacoes/>.







9

POSTAGEM DO DESAFI O PROFI SSI ONAL

Postar no Ambiente Virtual a versão final do Desafio Profissional em arquivo único no
formato .doc / .docx, (Word), para a avaliação do tutor.


CRI TÉRI OS DE AVALI AÇÃO

Desafio Profissional: Nota – 0 a 4 pontos.

Observância à padronização e às orientações para a construção do projeto.



PADRONI ZAÇÃO

A atividade deve ser estruturada de acordo com a seguinte padronização:
1. Em páginas de formato A4;
2. com margens esquerda e superior de 3cm, direita e inferior de 2cm;
3. fonte Times New Roman ou Arial tamanho 12, cor preta;
4. espaçamento de 1,5 entre linhas;
5. se houver citações com mais de três linhas, devem ser em fonte tamanho 10,
com um recuo de 4cm da margem esquerda e espaçamento simples entre linhas;
6. com capa, contendo:
6.1. nome de sua Unidade de Ensino, Curso e Disciplinas;
6.2. nome completo e RA do (a) aluno (a);
6.3. título da atividade;
6.4. nome do Tutor (a) a Distância (EAD);
6.5. cidade e data da entrega, apresentação ou publicação.








10

REFERÊNCI AS BI BLI OGRÁFI CAS

ALMEIDA, Walnice. Captação de Tal entos : Com Foco em Competências. 2ª ed. São Paulo: Atlas,
2009. (Livro Principal)
SALIBA, Tuffi M.. Curso Básico de Segurança e Higi ene Ocupaci onal. 4ª ed. São Paulo: LTR,
2011. (Livro Principal)
LIMA, Francisco M. M. de. Elementos de Direito do Trabalho e Processo Trabalhista. 13ª
ed. São Paulo: LTR, 2010. (Livro Principal)


COMO CITAR ESTE DESAFI O PROFI SSI ONAL

AZEVEDO, Carlos E.; HENRIQUE, Raquel de O. Desafio Profissional de Técnicas
de Recrutamento e Seleção, Saúde e Segurança do Trabalho e Relações
Sindicais e Negociações Trabalhistas. [Online]. Valinhos, 2014, p. 01-10.
Disponível em: <www.anhanguera.edu.br/cead>. Acesso em: Abr. 2014.