You are on page 1of 2

End.

Rua Senador lemos Nº 1034 – Centro – Castanhal/PA
Fone: (91)3721-2274
www.portaljoaoxxiii.com.br
HOME PAGE/FACE: JoãoXXIII Escola
DISCIPLINA: FÍSICA
Prof.: ENG° ELETRIC. PEDRO PAULO REIS JR
ASSUNTO: ELETROSTÁTICA
AULA - Nº:3
DATA:_____/____/______







EXERCÍCIOS
01. Quatro cargas elétricas pontuais, de módulos iguais, estão fixadas nos vértices de um quadrado, como ilustra a figura abaixo.
A alternativa que representa os sinais das cargas Q
1
, Q
2
, Q
3
e Q
4
, respectivamente, para que o vetor campo elétrico ( E

)
resultante no centro do quadrado seja o indicado na figura, é:

A) +; +; −; −
B) −; −; −; −
C) +; +; +; +
D) −; −; +; +
E) +; −; +; −



02. Responda as questões seguintes:

a) Numa certa região da Terra, nas proximidades da superfície, a aceleração da gravidade vale 10 m/s
2
e o campo eletrostático do
planeta (que possui carga elétrica negativa na região) vale 100 N/C. Determine o sinal e o valor da carga elétrica que uma bolinha
de gude, de massa 50g, deveria ter pra permanecer suspensa em repouso, acima do solo.
Considere o campo elétrico praticamente uniforme no local e despreze qualquer outra força atuante sobre a bolinha.




b) Por que nos pára-raios são geralmente utilizados metais pontiagudos? Explique.

03. (UNIRIO-RJ) Michael Faraday, um dos fundadores da moderna teoria da eletricidade, introduziu o conceito de campo na
Filosofia Natural. Uma de suas demonstrações da existência do campo elétrico se realizou da seguinte maneira: Faraday construiu
uma gaiola perfeitamente condutora e isolada do chão e a levou para uma praça. Lá, ele se trancou dentro da gaiola e ordenou a
seus ajudantes que a carregassem de eletricidade e se afastassem. Com a gaiola carregada, Faraday caminhava sem sentir
qualquer efeito da eletricidade armazenada em suas grades, enquanto que de fora quem se encostasse nas grades sem estar
devidamente isolado sofria uma descarga elétrica dolorosa. Por que Faraday nada sofreu, enquanto as pessoas fora da gaiola
podiam levar choques?
A) O potencial elétrico dentro e fora da gaiola é diferente de zero, mas dentro da gaiola esse potencial não realiza trabalho.
B) O campo elétrico no interior de um condutor em equilíbrio eletrostático é nulo; no entanto, fora da gaiola existe um campo
elétrico não nulo.
C) O campo elétrico não é capaz de produzir choques em pessoas presas em lugares fechados
D) Os valores do potencial elétrico e do campo elétrico são constantes dentro e fora da gaiola
E) A diferença de potencial elétrico entre pontos dentro da gaiola e entre pontos da gaiola com pontos do exterior é a mesma,
mas, em um circuito fechado, a quantidade de carga que é retirada é igual àquela que é posta.

04. (UNAERP –SP) O Brasil é considerado o campeão mundial de descargas elétricas na atmosfera com, aproximadamente, 100
milhões de raios por ano. Esse número equivale ao dobro do registrado nos Estados Unidos. Essa ocorrência é explicada pelo
calor, que acaba propiciando a formação dos “cúmulos-nimbos”, que são nuvens negras, parecidas com o cogumelo atômico e que
apresentam um curto período de vida, cerca de duas horas. A descarga elétrica ocorre quando o campo elétrico de uma nuvem
supera a capacidade isolante do ar, dando uma descarga entre a nuvem e o solo, entre a nuvem e o ar ou entre as próprias
nuvens.
A descarga pode ocorrer mesmo antes de se iniciar a chuva, bastando ter a formação dos cúmulos-nimbos. Portanto, aconselha-se
não manipular objetos metálicos pontiagudos em locais abertos, que poderão funcionar como pára-raios. A nuvem eletricamente
carregada pode causar nesse objeto pontiagudo:
A) Uma atração elétrica devido o metal ser um isolante elétrico.
B) Uma atração gravitacional intensa entre o metal e a nuvem.
C) Uma eletrização, somente se o metal estiver conectado na rede de energia elétrica.
D) Uma indução com carga de sinal contrário ao da nuvem e com uma densidade superficial de carga acentuada, pelo fato de ser
pontiagudo.
E) Uma eletrização, somente se o metal estiver perfeitamente isolado do solo.






E
Q
1
Q
2

Q
3
Q
4
End. Rua Senador lemos Nº 1034 – Centro – Castanhal/PA
Fone: (91)3721-2274
www.portaljoaoxxiii.com.br
HOME PAGE/FACE: JoãoXXIII Escola
05. Duas pequenas esferas suspensas por fios isolantes estão eletrizadas negativamente repelem-se mutuamente. Observa-se
que, com o tempo, a distância entre elas diminui gradativamente. Pode-se afirmar que isso ocorre porque as esferas, através do
ar:
a) recebem prótons.
b) perdem prótons.
c) recebem elétrons.
d) trocam prótons e elétrons.
e) perdem elétrons.

06. Dizer que a carga elétrica é quantizada significa que ela:
a) pode ser isolada em qualquer quantidade
b) só pode existir como múltipla de uma quantidade mínima definida
c) só pode ser positiva ou negativa
d) pode ser subdividida em frações tão pequenas quanto se queira
e) só pode ser isolada quando positiva

07. O Princípio da Conservação das Cargas pode ser assim enunciado:
a) O número total de cargas elétricas de um sistema isolado permanece constante
b) Cargas elétricas de mesma espécie se repelem e de espécies diferentes se atraem
c) O próton e o elétron são as menores cargas elétricas que podem existir em liberdade
d) Num sistema eletricamente isolado, a soma algébrica das cargas positivas e negativas, em qualquer instante, nunca varia
e) A carga elétrica é quantizada

08. Duas cargas elétricas, positivas, estão separadas por uma distância d, no vácuo. Dobrando-se a distancia que as separa, a
força de repulsão entre elas:
A) Ficará dividida por 2.
B) Ficará multiplicada por 2.
C) Ficará dividida por 4.
D) Ficará multiplicada por 4.
E) Não se alterará.

09. Se triplicarmos o valor de duas cargas iguais de mesmo sinal separadas por uma distancia d no vácuo, qual será a nova
distancia de modo que a força de atração permaneça a mesma?
A) 18d
B) 9d
C) 6d
D) 3d
E) Impossível, pois a força é de repulsão.

10.(PUC/CAMPINAS-SP) Considere o esquema representando uma célula animal, onde (1) é o líquido interno, (2) é a membrana
da célula e (3) é o meio exterior da célula. Considere ainda o eixo X de abscissa x, ao longo qual pode ser observada a
intensidade do potencial elétrico. Um valor admitido para o potencial elétrico V, ao longo do eixo X, está representado no gráfico a
seguir, fora de escala, porque a espessura da membrana é muito menor que as demais dimensões.

















De acordo com as indicações do gráfico e admitindo 1 ∙10
−8
m para a espessura da membrana, o modulo do campo elétrico,
supondo uniforme, no interior da membrana, em N/C, é igual a:
A) 7,0 ∙10
−10

B) 1,4 ∙10
−7
C) 7,0 ∙10
−6
D) 7,0 ∙10
6
E) 1,4 ∙10
−11


(1)
(3)
(2)
Meio interno
Membrana
Meio externo
V( 10
−3
)
x
−70
0