P. 1
Exercícios Selecionados [Matemática]

Exercícios Selecionados [Matemática]

4.78

|Views: 53,729|Likes:
Published by Samuel
Alguns exercícios de Matemática das melhores universidades do Brasil
Alguns exercícios de Matemática das melhores universidades do Brasil

More info:

Published by: Samuel on Mar 20, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/17/2013

pdf

text

original

COLÉGIO ÓRION

PROF. PC
14/02/08
Análise Combinatória / Combinação
01 - (Fuvest SP/2006)
A partir de 64 cubos brancos, todos iguais, forma-
se um novo cubo. A seguir, este novo cubo tem
cinco de suas seis faces pintadas de vermelho. O
número de cubos menores que tiveram pelo
menos duas de suas faces pintadas de vermelho
é
a) 24
b) 26
c) 28
d) 30
e) 32
Razões Trigon. no Triâng. Retângulo / Relações
Trigonométricas em um Ângulo Agudo
02 - (Fuvest SP/2006)
Na figura abaixo, a reta s passa pelo ponto P e
pelo centro da circunferência de raio R,
interceptando- a no ponto Q, entre P e o centro.
Além disso, a reta t passa por P, é tangente à
circunferência e forma um ângulo α com a reta s.
Se PQ = 2R, então cosα vale
a) 6 / 2
b) 3 / 2
c) 2 / 2
d) 3 / 2 2
e) 5 / 2 3
Probabilidade / Produto de Probabilidades e Prob.
Condicional
03 - (Fuvest SP/2006)
Um recenseamento revelou as seguintes
características sobre a idade e a escolaridade da
população de uma cidade.
Se for sorteada, ao acaso, uma pessoa da
cidade, a probabilidade de esta pessoa ter curso
superior (completo ou incompleto) é
a) 6,12%
b) 7,27%
c) 8,45%
d) 9,57%
e) 10,23%
Sistemas Lineares / Resolução
04 - (Fuvest SP/2006)
João, Maria e Antônia tinham, juntos, R$
100.000,00. Cada um deles investiu sua parte por
um ano, com juros de 10% ao ano. Depois de
creditados seus juros no final desse ano, Antônia
passou a ter R$ 11.000,00 mais o dobro do novo
capital de João. No ano seguinte, os três
reinvestiram seus capitais, ainda com juros de
10% ao ano. Depois de creditados os juros de
cada um no final desse segundo ano, o novo
capital de Antônia era igual à soma dos novos
capitais de Maria e João. Qual era o capital inicial
de João?
a) R$ 20.000,00
b) R$ 22.000,00
c) R$ 24.000,00
d) R$ 26.000,00
e) R$ 28.000,00
Operações com Números Inteiros / Múltiplos,
Divisores e Sist. Decimal de Numeração
05 - (Fuvest SP/2006)
Um número natural N tem três algarismos.
Quando dele subtraímos 396 resulta o número
que é obtido invertendo-se a ordem dos
algarismos de N. Se, além disso, a soma do
algarismo das centenas e do algarismo das
unidades de N é igual a 8, então o algarismo das
centenas de N é
a) 4
b) 5
c) 6
d) 7
e) 8
Progressão Geométrica / Propriedades, termo Geral
e Soma dos n Termos
06 - (Fuvest SP/2006)
Três números positivos, cuja soma é 30, estão
em progressão aritmética. Somando-se,
respectivamente, 4, −4 e −9 aos primeiro,
segundo e terceiro termos dessa progressão
aritmética, obtemos três números em progressão
geométrica. Então, um dos termos da progressão
aritmética é
a) 9
b) 11
c) 12
d) 13
e) 15
Ponto / Distância de Dois Pontos e Ponto Médio
07 - (Fuvest SP/2006)
O conjunto dos pontos (x, y) do plano cartesiano
que satisfazem 0 6 t t
2
· − − , onde
| y x | t − ·
,
consiste de
a) uma reta.
b) duas retas.
c) quatro retas.
d) uma parábola.
e) duas parábolas.
Equações Polinomiais / Teorema de Bolzano e das
Raízes Racionais
08 - (Fuvest SP/2006)
O conjunto dos números reais x que satisfazem a
inequação
1 ) 1 x 3 ( log ) 5 x 2 ( log
2 2
> − − +
é o intervalo:
a) ]−∞, −5/2[
b) ]7/4, ∞[
c) ]−5/2, 0[
d) ]1/3, 7/4[
e) ]0, 1/3[
Areas de Superficies Planas / Triângulos
09 - (Fuvest SP/2006)
Na figura abaixo, tem-se AC = 3, AB = 4 e CB =
6. O valor de CD é
a) 17/12
b) 19/12
c) 23/12
d) 25/12
e) 29/12
Areas de Superficies Planas / Razão entre Áreas
10 - (Fuvest SP/2006)
Na figura abaixo, o triângulo ABC inscrito na
circunferência tem AB = AC. O ângulo entre o
lado AB e a altura do triângulo ABC em relação a
BC é α. Nestas condições, o quociente entre a
área do triângulo ABC e a área do círculo da
figura é dado, em função de α, pela expressão:
a)
α
π
2
cos
2
b)
α
π
2 sen
2
2
c)
α α
π
cos 2 sen
2
2
d)
α α
π
2 cos sen
2
e)
α α
π
2
cos 2 sen
2
Cone / Area e Volume
11 - (Fuvest SP/2006)
Um cone circular reto está inscrito em um
paralelepípedo reto retângulo, de base quadrada,
como mostra a figura. A razão
a
b
entre as
dimensões do paralelepípedo é
2
3
e o volume do
cone é π.
Então, o comprimento g da geratriz do cone é
a) 5
b) 6
c) 7
d) 10
e) 11
Análise Combinatória / Combinação
12 - (Fuvest SP/2006)
Em uma certa comunidade, dois homens sempre
se cumprimentam (na chegada) com um aperto
de mão e se despedem (na saída) com outro
aperto de mão. Um homem e uma mulher se
cumprimentam com um aperto de mão, mas se
despedem com um aceno. Duas mulheres só
trocam acenos, tanto para se cumprimentarem
quanto para se despedirem. Em uma
comemoração, na qual 37 pessoas almoçaram
juntas, todos se cumprimentaram e se
despediram na forma descrita acima. Quantos
dos presentes eram mulheres, sabendo que
foram trocados 720 apertos de mão?
a) 16
b) 17
c) 18
d) 19
e) 20
Circunferência / Ângulos na Circunferência e
Potência de Ponto
13 - (ITA SP/2006)
Seja E um ponto externo a uma circunferência.
Os segmentos EA e ED interceptam essa
circunferência nos pontos B e A, e, C e D,
respectivamente. A corda AF da circunferência
intercepta o segmento ED no ponto G. Se 5 EB ·
, 7 BA · , 4 EC · , 3 GD · e 6 AG · , então GF vale
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 5
Conjuntos / Problemas
14 - (ITA SP/2006)
Seja U um conjunto não vazio com n elementos,
1 n ≥ . Seja S um subconjunto de P(U) com a
seguinte propriedade:
Se A, S B∈ , então B A ⊂ ou A B⊂ .
Então, o número máximo de elementos que S
pode ter é
a)
1 n
2

b) n/2, se n for par, e
2 / ) 1 n ( +
se n for ímpar
c) 1 n +
d)
1 2
n

e)
1 2
1 n
+

Conjuntos / Operações e Propriedades
15 - (ITA SP/2006)
Sejam A e B subconjuntos finitos de um mesmo
conjunto X, tais que
) A \ B ( n
,
) B \ A ( n
e
) B A ( n ∩

formam, nesta ordem, uma progressão aritmética
de razão 0 r > . Sabendo que
4 ) A \ B ( n ·
e
64 r ) B A ( n · + ∪
, então,
) B \ A ( n
é igual a
a) 12
b) 17
c) 20
d) 22
e) 24
Funções Trigonométricas e suas Inversas / Sen,
Cos, Tg, Cotg, Sec, Cosec e suas Inversas
16 - (ITA SP/2006)
Seja R R : f → definida por
)] 6 / x ( 5 [ sen 77 ) x ( f π + · e seja B o conjunto dado
por
} 0 ) x ( f : R x { B · ∈ ·
. Se m é o maior elemento
de
) 0 , ( B −∞ ∩
e n é o menor elemento de
) , 0 ( B ∞ + ∩
, então
n m+
é igual a
a) 15 / 2π
b) 15 / π
c) 30 / π −
d) 15 / π −
e) 15 / 2π −
Funções (Geral) / Domínio, Imagem e Contradomínio
17 - (ITA SP/2006)
Considere a equação m ) a a /( ) a a (
x x x x
· + −
− −
, na
variável real x, com 1 0 ≠ α < . O conjunto de todos
os valores de m para os quais esta equação
admite solução real é
a)
) 1 , 0 ( ) 0 , 1 ( ∪ −
b)
) , 1 ( ) 1 , ( ∞ + ∪ − −∞
c)
) 1 , 1 (−
d)
) , 0 ( ∞
e)
) , ( ∞ + −∞
Análise Combinatória / Princípio Fundamental da
Contagem e Arranjos
18 - (ITA SP/2006)
Considere uma prova com 10 questões de
múltipla escolha, cada questão com 5
alternativas. Sabendo que cada questão admite
uma única alternativa correta, então o número de
formas possíveis para que um candidato acerte
somente 7 das 10 questões é
a) 30 4
4

b) 60 4
3

c) 60 5
3

d)
3
4
3
7

,
`

.
|
e)

,
`

.
|
7
10
Função Logaritmica / Definição e Propriedades
19 - (ITA SP/2006)
Considere as seguintes afirmações sobre a
expressão ( )

·
·
101
0 k
k
8
2 4 log S :
I. S é a soma dos termos de uma progressão
geométrica finita.
II. S é a soma dos termos de uma progressão
aritmética finita de razão 2/3
III. 3451 S ·
IV. 2 log 3434 S
8
+ ≤
Então, pode-se afirmar que é (são) verdadeira(s)
apenas
a) I e III
b) II e III
c) II e IV
d) II
e) III
Números Complexos / Operações na Forma
Algébrica
20 - (ITA SP/2006)
Se para todo C z ∈ ,
z ) z ( f ·
e
1 z ) 1 ( f ) z ( f − · −
,
então, pra todo C z ∈ , ) z ( f ) 1 ( f ) z ( f ) 1 ( f + é igual a
a) 1
b) 2z
c) 2Rez
d) 2Imz
e) 2|z|
2

Equações e Inequações Trigonométricas / Em IR
21 - (ITA SP/2006)
O Conjunto solução de ( )( ) 4 x g cot 1 1 x tg
2 2
· − − ,
2 / k x π ≠ , Z k ∈ , é
a)
¹
'
¹
¹
'
¹

π
+
π
Z k ,
4
k
3
b)
¹
'
¹
¹
'
¹

π
+
π
Z k ,
4
k
4
c)
¹
'
¹
¹
'
¹

π
+
π
Z k ,
4
k
6
d)
¹
'
¹
¹
'
¹

π
+
π
Z k ,
4
k
8
e)
¹
'
¹
¹
'
¹

π
+
π
Z k ,
4
k
12
Números Complexos / Operações na Forma
Trigonométrica
22 - (ITA SP/2006)
Se
) 2 ; 0 [ π ∈ α
é o argumento de um número
complexo 0 z ≠ e n é um número natural tal que
) n ( isen |) z | / z (
n
α · , então, é verdade que
a) α n 2 é múltiplo de π 2
b) π − α n 2 é múltiplo de π 2
c) 4 / n π − α é múltiplo de 2 / π
d) π − α n 2 é múltiplo não nulo de 2
e) π − α 2 n é múltiplo de
π
Sistemas Lineares / Discussão
23 - (ITA SP/2006)
A condição para que as constantes reais a e b
tornem incompatível o sistema linear
¹
¹
¹
'
¹
· + +
· + +
· + +
b az y 2 x 2
1 z 5 y 2 x
2 z 3 y x
a) 2 b a ≠ −
b) 10 b a · +
c) 0 b 6 a 4 · −
d) 2 / 3 b / a ·
e) 24 b a · ⋅
Determinantes / Propriedades
24 - (ITA SP/2006)
Se
1
z y x
r q p
c b a
det − ·
]
]
]
]
]

, então o valor do
]
]
]
]
]

+ + +
− − −
z 3 y 3 x 3
z r 2 y q 2 x p 2
c 2 b 2 a 2
det
é igual a
a) 0
b) 4
c) 8
d) 12
e) 16
Equações Polinomiais / Teorema das Raízes
Complexas
25 - (ITA SP/2006)
Seja p um polinômio com coeficientes reais, de
grau 7, que admite i 1− como raiz de
multiplicidade 2. Sabe-se que a soma e o produto
de todas as raízes de p são, respectivamente, 10
e –40. Sendo afirmado que três raízes de p são
reais e distintas e formam uma progressão
aritmética, então, tais raízes são
a) 6 / 193 2 / 3 , 3 , 6 / 193 2 / 3 + −
b) 13 4 2 , 2 , 13 4 2 + −
c) –4, 2, 8
d) –2, 3, 8
e) –1, 2, 5
Polinômios / Grau e Valor Numérico
26 - (ITA SP/2006)
Sobre o polinômio 2 x 3 x 4 x 5 x ) x ( p
2 3 5
− − + − ·
podemos afirmar que
a) 2 x · não é raiz de p
b) p só admite raízes reais, sendo uma delas
inteira, duas racionais e duas irracionais
c) p admite uma única raiz real, sendo ela uma
raiz inteira
d) p só admite raízes reais, sendo duas delas
inteiras
e) p admite somente 3 raízes reais, sendo uma
delas inteira e duas irracionais
Sistemas Lineares / Discussão
27 - (ITA SP/2006)
Seja o sistema linear nas incógnitas x e y, com a
e b reais, dado por
¹
'
¹
· − + +
· + − −
1 y ) b a ( x ) b a (
1 y ) b a ( x ) b a (
Considere as seguintes afirmações:
I. O sistema é possível e indeterminado se
0 b a · ·
II. O sistema é possível e determinado se a e b
não são simultaneamente nulos
III.
1 2 2 2 2
) b a ( y x

+ · + , se 0 b a
2 2
≠ +
Então, pode-se afirmar que é (são) verdadeira(s)
apenas
a) I
b) II
c) III
d) I e II
e) II e III
Equações Polinomiais / Relaçôes de Girard
28 - (ITA SP/2006)
Considere o polinômio a x ) 1 a ( x ) x ( p
3
+ + − · , onde
Z a ∈ . O conjunto de todos os valores de a, para
os quais o polinômio p(x) só admite raízes
inteiras, é
a)
} N n , n 2 { ∈
b) } N n , n 4 {
2

c) } N n , n 4 n 6 {
2
∈ −
d)
} N n ), 1 n ( n { ∈ +
e) N
Progressão Geométrica / Soma e Produto Termos
de uma PG Finita e Infinita
29 - (ITA SP/2006)
Numa circunferência C1 de raio
cm 3 r
1
·
está
inscrito um hexágono regular H1; em H1 está
inscrita uma circunferência C2; em C2 está inscrito
um hexágono regular H2 e, assim,
sucessivamente. Se Na (em cm
2
) é a área do
hexágono Hn, então ∑

·1 n n
A (em cm
2
) é igual a
a) 2 54
b) 3 54
c) ) 3 1 ( 36 +
d) ) 3 2 /( 27 −
e) ) 3 2 ( 30 +
Circunferência / Problemas de Tangência e Posições
Relativas
30 - (ITA SP/2006)
Sejam a reta
0 7 y 5 x 12 : s · + −
e a circunferência
11 y 2 x 4 y x : C
2 2
· + + + . A reta p, que é
perpendicular a s e é secante a C, corta o eixo
Ou num ponto cuja ordenada pertence ao
seguinte intervalo
a)
,
`

.
|
12
81
,
12
91
b)
,
`

.
|
− −
12
74
,
12
81
c)
,
`

.
|

12
30
,
12
74
d)
,
`

.
|
12
74
,
12
30
e)
,
`

.
|
12
91
,
12
75
Cônicas / Elipse, Hipérbole e Parábola
31 - (ITA SP/2006)
Os focos de uma elipse são
) 6 , 0 ( F
1

e
) 6 , 0 ( F
2 .
Os pontos
9) A(0,
e
3) B(x,
, 0 x > , estão na elipse.
A área do triângulo com vértices em B, F1 e F2 é
igual a
a) 10 22
b) 10 18
c) 10 15
d) 10 12
e) 10 6
Pirâmides / Area e Volume
32 - (ITA SP/2006)
Uma pirâmide regular tem por base um hexágono
cuja diagonal menor mede cm 3 3 . As faces
laterais desta pirâmide formam diedros de 60º
com o plano da base. A área total da pirâmide,
em cm
2
, é
a) 2 / 3 81
b) 2 / 2 81
c) 2 / 81
d) 3 27
e) 2 27
Conjuntos / Operações e Propriedades
33 - (ITA SP/2006)
Considere A um conjunto não vazio com um
número finito de elementos. Dizemos que
) A ( P } A , , A { F
m 1
⊂ · 
é uma partição de A se as
seguintes condições são satisfeitas:
I.
m , 1, i , o A
i
 ·
/

II.
m , 1, j i, para j, i se , o A A
j i
 · ≠
/
· ∩
III. m 2 1
A A A A ∪ ∪ ∪ · 
Dizemos ainda que F é uma partição de ordem k
se
k ) A ( n
i
·
, 1 i · , …, m.
a) As ordens possíveis para uma partição de A.
b) O número de partições de A que têm ordem
2.
Funções (Geral) / Classificação
34 - (ITA SP/2006)
Seja
R 1) , 0 [ : f →
definida por
¹
'
¹
< ≤ −
< ≤
·
1 x 2 / 1 , 1 x 2
2 / 1 x 0 , x 2
) x ( f
.
Seja
R 1/2) , 2 / 1 ( : g → −
dada por
¹
'
¹
< ≤ + −
< < − +
·
1/2 x 0 ), 2 / 1 x ( f 1
0 x 2 / 1 ), 2 / 1 x ( f
) x ( g
, com f definida
acima. Justificando a resposta, determine se g é
par, ímpar ou nem par nem ímpar.
Binômio de Newton / Números Binomiais, Fatorial
eTriângulo de Pascal
35 - (ITA SP/2006)
Determine o coeficiente de x
4
no
desenvolvimento de
9 2
) x x 1 ( + + .
Equações e Inequações Trigonométricas / Num
Intervalo Limitado
36 - (ITA SP/2006)
Determine para quais valores de
,
`

.
| π π
− ∈
2
,
2
x
vale
a desigualdade
2 ) x sec 4 ( log ) 1 x sen 4 ( log
2
x cos
2
x cos
> − − − .
Equações Polinomiais / Relaçôes de Girard
37 - (ITA SP/2006)
Considere o polinômio 1 x ax x ) x ( p
2 3
+ + + · , com
raízes reais. O coeficiente a é racionais e a
diferença entre duas de suas raízes também é
racional. Nestas condições, analise se a seguinte
afirmação é verdadeira:
“Se uma das raízes de p(x) é racional, então
todas as suas raízes são racionais.”
Cone / Area e Volume
38 - (ITA SP/2006)
As medidas, em metros, do raio da base, da
altura e da geratriz de um cone circular reto
formam, nesta ordem, uma progressão aritmética
de razão 2 metros. Calcule a área total deste
cone em m
2
.
Matrizes / Matriz Inversa
39 - (ITA SP/2006)
Sejam as matrizes
]
]
]
]
]
]
]



− −

·
0 2 / 3 1 5
1 2 1 1
3 2 5 2
1 2 / 1 0 1
A
e
]
]
]
]
]
]
]



− −

·
5 2 / 1 1 5
1 1 1 1
3 2 2 1
1 2 / 1 3 1
B
Determine o elemento c34 da matriz
1
) B A ( C

+ · .
Progressão Geométrica / Propriedades, termo Geral
e Soma dos n Termos
40 - (ITA SP/2006)
Seja
) , a , , a , a , a (
n 3 2 1
 
uma progressão
geométrica infinita de razão positiva r, em que
a a
1
·
é um número real não nulo. Sabendo que a
soma de todos os termos de índices pares desta
progressão geométrica é igual a 4 e que a soma
de todos os termos de índices múltiplos de 3 é
16/13, determine o valor de
r a +
.
Cônicas / Elipse, Hipérbole e Parábola
41 - (ITA SP/2006)
Sabendo que 0 352 x 224 y 144 x 16 y 9
2 2
· − + − − é a
equação de uma hipérbole, calcule sua distância
focal.
Areas de Superficies Planas / Polígonos
42 - (ITA SP/2006)
Considere um losango ABCD cujo perímetro
mede 100cm e cuja maior diagonal mede 40cm.
Calcule a área, em cm
2
, do círculo inscrito neste
losango.
Matemática Financeira / Porcentagem
43 - (Unicamp SP/2006)
O gráfico a seguir mostra o total de acidentes de
trânsito na cidade de Campinas e o total de
acidentes sem vítimas, por 10.000 veículos, no
período entre 1997 e 2003. Sabe-se que a frota
da cidade de Campinas era composta por
500.000 veículos em 2003 e era 4% menor em
2002.
Adaptado de: Sumário Estatístico da Circulação
em Campinas 2002-2003.
Campinas, EMDEC, 2004, p. 12.
a) Calcule o número total de acidentes de
trânsito ocorridos em Campinas em 2003.
b) Calcule o número de acidentes com vítimas
ocorridos em Campinas em 2002.
Problemas / Montagem e Resolução de Equações
44 - (Unicamp SP/2006)
Uma empresa possui 500 toneladas de grãos em
seu armazém e precisa transportá-las ao porto de
Santos, que fica a 300 km de distância. O
transporte pode ser feito por caminhões ou por
trem. Para cada caminhão utilizado paga-se R$
125,00 de custo fixo, além de R$ 0,50 por
quilômetro rodado. Cada caminhão tem
capacidade para transportar 20 toneladas de
grãos. Para cada tonelada transportada por trem
paga-se R$ 8,00 de custo fixo, além de R$ 0,015
por quilômetro rodado. Com base nesses dados,
pergunta-se:
a) Qual o custo de transporte das 500 toneladas
de grãos por caminhões e por trem?
b) Para as mesmas 500 toneladas de grãos,
qual a distância mínima do armazém ao porto
de Santos para que o transporte por trem
seja mais vantajoso que o transporte por
caminhões?
45 - (Unicamp SP/2006)
Um carro irá participar de uma corrida em que
terá que percorrer 70 voltas em uma pista com
4,4 km de extensão. Como o carro tem um
rendimento médio de 1,6 km/l e seu tanque só
comporta 60 litros, o piloto terá que parar para
reabastecer durante a corrida.
a) Supondo que o carro iniciará a corrida com o
tanque cheio, quantas voltas completas ele
poderá percorrer antes de parar para o
primeiro reabastecimento?
b) Qual é o volume total de combustível que
será gasto por esse carro na corrida?
Probabilidade / Produto de Probabilidades e Prob.
Condicional
46 - (Unicamp SP/2006)
Uma empresa tem 5000 funcionários. Desses,
48% têm mais de 30 anos, 36% são
especializados e 1400 têm mais de 30 anos e
são especializados. Com base nesses dados,
pergunta-se:
a) Quantos funcionários têm até 30 anos e não
são especializados?
b) Escolhendo um funcionário ao acaso, qual a
probabilidade de ele ter até 30 anos e ser
especializado?
Prismas / Paralelepipedo e Cubos
47 - (Unicamp SP/2006)
Um cidadão precavido foi fazer uma retirada de
dinheiro em um banco. Para tanto, levou sua
mala executiva, cujo interior tem 56 cm de
comprimento, 39 cm de largura e 10 cm de altura.
O cidadão só pretende carregar notas de R$
50,00. Cada nota tem 140 mm de comprimento,
65 mm de largura, 0,2 mm de espessura e
densidade igual a 0,75 g/cm
3
.
a) Qual é a máxima quantia, em reais, que o
cidadão poderá colocar na mala?
b) Se a mala vazia pesa 2,6 kg, qual será o
peso da mala cheia de dinheiro?
Probabilidade / Produto de Probabilidades e Prob.
Condicional
48 - (Unicamp SP/2006)
Seja S o conjunto dos números naturais cuja
representação decimal é formada apenas pelos
algarismos 0, 1, 2, 3 e 4.
a) Seja um número de dez
algarismos pertencente a S, cujos dois
últimos algarismos têm igual probabilidade de
assumir qualquer valor inteiro de 0 a 4. Qual
a probabilidade de que x seja divisível por
15?
b) Quantos números menores que um bilhão e
múltiplos de quatro pertencem ao conjunto
S?
Problemas / Montagem e Resolução de Equações
49 - (Unicamp SP/2006)
Para trocar uma lâmpada, Roberto encostou uma
escada na parede de sua casa, de forma que o
topo da escada ficou a uma altura de
aproximadamente m 14 . Enquanto Roberto
subia os degraus, a base da escada escorregou
por 1 m, indo tocar o muro paralelo à parede,
conforme ilustração ao lado. Refeito do susto,
Roberto reparou que, após deslizar, a escada
passou a fazer um ângulo de 45º com a
horizontal. Pergunta-se:
a) Qual é a distância entre a parede da casa e o
muro?
b) Qual é o comprimento da escada de
Roberto?
Função Exponencial / Funções Exponenciais
50 - (Unicamp SP/2006)
A concentração de CO2 na atmosfera vem sendo
medida, desde 1958, pelo Observatório de
Mauna Loa, no Havaí. Os dados coletados
mostram que, nos últimos anos, essa
concentração aumentou, em média, 0,5% por
ano. É razoável supor que essa taxa anual de
crescimento da concentração de CO2 irá se
manter constante nos próximos anos.
a) Escreva uma função C(t) que represente a
concentração de CO2 na atmosfera em
relação ao tempo t, dado em anos. Considere
como instante inicial — ou seja, aquele em
que t = 0 — o ano de 2004, no qual foi
observada uma concentração de 377,4 ppm
de CO2 na atmosfera.
b) Determine aproximadamente em que ano a
concentração de CO2 na atmosfera será 50%
superior àquela observada em 2004.
Se necessário, use
3010 , 0 2 log
10

,
3032 , 0 01 , 2 log
10

e
4771 , 0 3 log
10

Troncos / Cilindro, Pirâmide, Cone e Sólidos de
Revolução
51 - (Unicamp SP/2006)
Um abajur de tecido tem a forma de um tronco de
cone circular reto, com bases paralelas. As
aberturas do abajur têm 25 cm e 50 cm de
diâmetro, e a geratriz do tronco de cone mede 30
cm. O tecido do abajur se rasgou e deseja-se
substituí-lo.
a) Determine os raios dos arcos que devem ser
demarcados sobre um novo tecido para que
se possa cortar um revestimento igual àquele
que foi danifi cado.
b) Calcule a área da região a ser demarcada
sobre o tecido que revestirá o abajur.
Triângulos / Relações Angulares
52 - (Unicamp SP/2006)
De uma praia, um topógrafo observa uma
pequena escarpa sobre a qual foi colocada, na
vertical, uma régua de 2m de comprimento.
Usando seu teodolito, o topógrafo constatou que
o ângulo formado entre a reta vertical que passa
pelo teodolito e o segmento de reta que une o
teodolito ao topo da régua é de 60º, enquanto o
ângulo formado entre a mesma reta vertical e o
segmento que une o teodolito à base da régua é
de 75º. Sabendo que o teodolito está a uma
altura de 1,6m do nível da base da escarpa,
responda às questões abaixo.
a) Qual a distância horizontal entre a reta
vertical que passa pelo teodolito e a régua
sobre a escarpa?
b) Qual a altura da escarpa?
Determinantes / Cálculo de Determinantes
53 - (Unicamp SP/2006)
Sejam dados: a matriz

,
`

.
|
− −

− − −
·
2 1 1 x
2 1 1 x
1 x 1 x 1 x
A
, o
vetor

,
`

.
|
·
5
3
m
b
e o vetor

,
`

.
|
·
3
2
1
y
y
y
y
.
a) Encontre o conjunto solução da equação
0 ) A det( ·
.
b) Utilizando o maior valor de x que você
encontrou no item (a), determine o valor de
m para que o sistema linear
b Ay ·
tenha
infinitas soluções.
Reta / Intersecção e Bissetriz
54 - (Unicamp SP/2006)
Sabe-se que a reta
2 mx ) x ( r + ·
intercepta o
gráfico da função
| x | y ·
em dois pontos distintos,
A e B.
a) Determine os possíveis valores para m.
b) Se O é a origem dos eixos cartesianos,
encontre o valor de m que faz com que a
área do triângulo OAB seja mínima.
Polígonos / Regulares, Nº de Diagonais e Relações
Angulares
55 - (Unicamp SP/2006)
Um triângulo retângulo de vértices A, B e C é tal
que cm 6 AC · , cm 8 AB · e cm 10 BC · . Os
segmentos AC, AB e BC também são lados de
quadrados construídos externamente ao triângulo
ABC. Seja O o centro da circunferência que
circunscreve o triângulo e sejam D, E e F os
centros dos quadrados com lados BC , AC e AB,
respectivamente.
a) Calcule os comprimentos dos segmentos DO
, EO e FO.
b) Calcule os comprimentos dos lados do
triângulo de vértices D, E e F.
Equações Polinomiais / Relaçôes de Girard
56 - (Unicamp SP/2006)
As três raízes da equação 0 q x 12 x 3 x
2 3
· − + − ,
onde q é um parâmetro real, formam uma
progressão aritmética.
a) Determine q.
b) Utilizando o valor de q determinado no item
(a), encontre as raízes (reais e complexas)
da equação.
GABARITO:
1) Gab: A
2) Gab: D
3) Gab: B
4) Gab: A
5) Gab: C
6) Gab: C
7) Gab: B
8) Gab: D
9) Gab: E
10) Gab: E
11) Gab: D
12) Gab: B
13) Gab: D
14) Gab: C
15) Gab: B
16) Gab: E
17) Gab: C
18) Gab: A
19) Gab:
( ) ( ) · ⋅ · ⋅ ·
∑ ∑
· ·
2 / 1 k 2
101
0 k
2
101
0 k
k
8
2 2 3 log 2 4 log S
·
,
`

.
|
+ ⋅ ·

,
`

.
|
·
∑ ∑
·
+
·
2
1
k 2
3
1
2 3 log
101
0 k
2
1
k 2 101
0 k
2

,
`

.
|
⋅ + ·

·
3
2
k
6
1
101
0 k
, portanto S é a soma dos termos
de uma progressão aritmética finita de razão
3
2
,
cujo 1º termo é igual a
6
1
e último termo é igual a
6
405
3
2
101
6
1
· ⋅ +
. Assim,
3451 102
2
6
405
6
1
S · ⋅

,
`

.
|
+
·
,
resultado superior a
6
1
3434 2 log 3434
8
+ · +
.
Além disso, a progressão geométrica ) x x, 1, (
2
,
sendo x uma das raízes reais de 3451 x x 1
2
· + + ,
tem soma igual a S.
Logo as afirmações I, II e III são verdadeiras e a
afirmação IV é falsa.
Obs.: com relação à afirmação I, temos que,
dado qualquer real S, podemos encontrar uma
progressão geométrica com n termos cuja soma
é S: basta tomar, por exemplo,
,
`

.
|
n
S
; ;
n
S
;
n
S

.
Pode-se provar que, mesmo se fixarmos
1 q − ≠
, é
possível obter uma progressão geométrica de
razão q e n termos cuja soma é S: basta tomar
1 q
) 1 q ( S
a
n
1


·
.
20) Gab: C
21) Gab: D
22) Gab: B
23) Gab: A
24) Gab: D
25) Gab: E
26) Gab: E
27) Gab: E
28) Gab: D
29) Gab: B
30) Gab: C
31) Gab: D
32) Gab: A
33) Gab:
a) 1, 2, 4 e 8
b) 105
34) Gab:
Para
2
1
x 0 0 x
2
1
< − < ⇔ < < −
, temos
) x ( g ) x ( g − ·
e,
portanto, g é uma função par. Porém,
0 1 ) 0 ( g ≠ ·
.
Logo g não é ímpar.
35) Gab: 414
36) Gab:

]
]
] π π

]
]
] π

π
− ·
4
;
6 6
;
4
V
37) Gab:
Suponha que uma das raízes de p(x) é racional.
Sejam
α
,
β
e
γ
as raízes de p(x), com
β − α

racional. Pelas relações entre coeficientes e
raízes,
a
1
a
− · − · γ + β + α
.
Se um dos números
α
ou
β
é racional, o outro
também é e, portanto,
β − α − − · γ a
é racional. Se
γ
é racional,
β − α
e
γ − − · β + α a
são racionais e,
consequentemente,
α
e
β
são também
racionais. Em qualquer caso, todas raízes de p(x)
são racionais.
Logo a afirmação do enunciado é verdadeira.
38) Gab:
2
m 96π
39) Gab:
11
2

40) Gab: 11
41) Gab: 10
42) Gab:
2
cm 144π
43) Gab:
a) 14.800 acidentes
b) 2.880 acidentes
44) Gab:
a) Por caminhão é R$ 6.875,00
Devido a uma ambigüidade na frase "Para
cada tonelada transportada por trem paga-se
R$ 8,00 de custo fixo, além de R$ 0,015 por
quilômetro rodado", cabem duas
interpretações para o custo do transporte por
trem:
Primeira interpretação: o custo por tonelada é
50 , 12 300 015 , 0 8 · ⋅ +
reais. Logo o custo de
transporte das 500 toneladas de grãos por
trem é
00 , 250 . 6 $ R 5 , 12 500 · ⋅
.
Segunda interpretação: o custo fixo do
transporte por trem é 4000 8 500 · ⋅ reais.
Logo, como o custo por quilômetro rodado é
R$ 0,015, o custo do transporte por trem é
50 , 004 . 4 $ R 300 015 , 0 4000 · ⋅ +
.
b) Seja n a distância, em quilômetros, do
armazém ao porto de Santos. Então o custo
de transporte das 500 toneladas por
caminhões é
) n 50 , 0 125 ( 25 ⋅ +
reais.
Faremos os cálculos para ambas as
interpretações do item a.
Primeira interpretação: o custo de transporte
por trem é
) n 015 , 0 8 ( 500 ⋅ +
.
Para que o transporte por trem seja mais
vantajoso que o transporte por caminhões,
devemos ter
⇔ ⋅ + < ⋅ + ) n 50 , 0 125 ( 25 ) n 015 , 0 8 ( 500
km 175 n 35 n 2 , 0 > ⇔ > ⇔
Segunda interpretação: o custo de transporte
por trem é
n 015 , 0 4000 ⋅ +
reais. Devemos ter
⇔ ⋅ + < ⋅ + ) n 50 , 0 125 ( 25 n 015 , 0 4000
km 08 , 70 n 875 n 485 , 12  > ⇔ > ⋅ ⇔
Observação: a primeira interpretação, que é
análoga à do cálculo com caminhões, deve
ser a pretendida pela banca. Entretanto, a
segunda interpretação também é cabível.
45) Gab:
a) O carro poderá percorrer 21 voltas completas
antes de reabastecer.
b) O carro irá gastar 192,5 litros de combustível
na corrida.
46) Gab:
a) A empresa possui 2200 funcionários não
especializados com até 30 anos.
b) a probabilidade é de 0,08 ou 8%
47) Gab:
a) Pode-se colocar, no máximo, R$600.000,00
na mala
b) A mala cheia pesa 18,98kg
48) Gab:
a) A probabilidade é de 1/25, ou 0,04, ou, ainda,
4%
b) O conjunto S possui 625.000 números
múltiplos de 4
49) Gab:
a) A parede da casa está a 3 metros do muro.
b) A escada possui 2 3 metros.
50) Gab:
a) A função é C(t) = 377,4.(1,005)
t

b) A concentração de CO2 na atmosfera será
50% superior àquela observada em 2004 por
volta do ano de 2084.
51) Gab:
a) O raio interno tem 30cm e o raio externo tem
60cm
b) A área de tecido necessária para cobrir o
abajur é igual a
2
cm 1125π
52) Gab:
a) A régua está a uma distância horizontal de
46 , 6 3 2 3 ≅ + metros do teodolito.
b) A escarpa está a uma altura de 33 , 3 3 6 , 1 ≅ +
metros
53) Gab:
a) As soluções da equação são
1 x
1
·
e
1 x
2
·
b) Para que o sistema tenha infinitas soluções,
é preciso que 2 / 7 m ·
54) Gab:
a) Para que haja intersecção em dois pontos
distintos, é preciso que 1 m 1 < < −
b) A área do triângulo será mínima para 0 m ·
55) Gab:
a) cm 5 DO · , cm 7 EO · e cm 7 FO ·
b) cm 2 7 FE · , cm 29 2 DE · e cm 130 DF ·
56) Gab:
a) q = 10
b)
i 3 1 x
1
− ·
,
1 x
2
·
e
i 3 1 x
3
+ ·

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->