You are on page 1of 9

escola secundária com 3º ceb gil eanes . literatura portuguesa II .

professora antónia
mancha . 2008/2009

Camilo P ess
escola secundária com 3º ceb gil eanes . literatura portuguesa II . professora antónia
mancha . 2008/2009

Camilo Pess
anha

BNP
Clepsidra,
de Camilo Pessanha, 1916.
professora antónia

Camilo Pess Camilo de Almeida Pessanha nasce em


Coimbra, na freguesia da Sé Nova, cerca
das 23:00 horas do dia 7 de Setembro de
1867, filho de Maria do Espírito Santo
.

Duarte Nunes Pereira e de Francisco António


literatura portuguesa II

de Almeida Pessanha (então estudante do


3o ano de Direito) (1).

Tirou o curso de Direito em Coimbra.


Em 1894, foi transferido para Macau,
onde, durante três anos, foi professor
de Filosofia no Liceu de Macau,
.
escola secundária com 3º ceb gil eanes

deixando de leccionar por ter sido


anha

nomeado, em 1900, conservador do


registo predial e depois juiz da
comarca.
Entre 1894 e 1915 voltou a Portugal algumas vezes,
mancha . 2008/2009

para tratamento de saúde, tendo, numa delas, sido


apresentado a Fernando Pessoa e a Mário de Sá-
Carneiro, grandes apreciadores da sua poesia.
professora antónia

Camilo Pess Publicou poemas em vários jornais e


revistas, mas o seu único livro Clepsidra
(1920), foi publicado sem a sua
participação (pois encontrava-se em
Macau) por Ana de Castro Osório, a
.

partir de autógrafos e recortes de


literatura portuguesa II

Posteriormente, o filho de Ana de


jornais.
Castro Osório ampliou a edição
original, acrescentando-lhe outros
poemas que, entretanto foram sendo
encontrados.
Apesar da dimensão da sua obra, é
.

considerado um dos poetas mais


escola secundária com 3º ceb gil eanes

anha

importantes da língua portuguesa e o


vulto máximo do simbolismo
português.
mancha . 2008/2009

Camilo Pessanha morreu no dia 1 de


Março de 1926, em Macau.
professora antónia

Camilo Pess Publicou poemas em vários jornais e


revistas, mas o seu único livro Clepsidra
(1920), foi publicado sem a sua
participação (pois encontrava-se em
Macau) por Ana de Castro Osório, a
.

partir de autógrafos e recortes de


literatura portuguesa II

Posteriormente, o filho de Ana de


jornais.
Castro Osório ampliou a edição
original, acrescentando-lhe outros
poemas que, entretanto foram sendo
encontrados.
Apesar da dimensão da sua obra, é
.

considerado um dos poetas mais


escola secundária com 3º ceb gil eanes

anha

importantes da língua portuguesa e o


vulto máximo do simbolismo
português.
mancha . 2008/2009

Camilo Pessanha morreu no dia 1 de


Março de 1926, em Macau.
professora antónia

Camilo Pess Características do


Simbolismo
Resgatando um ideal romântico, os poetas desse período
mergulharam no inconsciente, na introspecção do eu; no
entanto, fizeram-no de maneira bem mais profunda que
Garrett, Camilo Castelo Branco e outros românticos.
.
literatura portuguesa II

Misticismo e espiritualismo:
Os simbolistas negam o espírito científico e materialista dos
realistas/naturalistas, valorizando as manifestações místicas
e mesmo sobrenaturais do ser humano.
.
escola secundária com 3º ceb gil eanes

anha

Subjectivismo:
Os simbolistas terão maior interesse pelo particular e
individual do que pelo geral e universal. A visão objectiva da
mancha . 2008/2009

realidade não desperta mais interesse, e sim a realidade


focalizada sob o ponto de vista do indivíduo.
professora antónia

Camilo Pess Características do


Simbolismo
Tentativa de aproximar a poesia da música:
Para conseguir aproximação da poesia com a música, os
.

simbolistas lançaram mão de alguns recursos, como a


literatura portuguesa II

aliteração, por exemplo.

Expressão da realidade de maneira vaga e imprecisa;

Ênfase na sugestão: Um dos princípios básicos dos


.

simbolistas era sugerir através das palavras sem nomear


escola secundária com 3º ceb gil eanes

objectivamente os elementos da realidade. Ênfase no


anha

imaginário e na fantasia
mancha . 2008/2009

Percepção intuitiva da realidade


Para interpretar a realidade, os simbolistas valem-se da
intuição e não da razão ou da lógica.
Clepsidra, a simbologia de
professora antónia

Camilo Pess ums. título


Clepsidra: f., relógio de água.Foneticamente, a palavra
clepsidra contém uma
alusão ao ser mitológico
.

Objecto para definir as Hidra, a serpente marinha


literatura portuguesa II

horas, marcar a passagem cujas múltiplas cabeças


do tempo. reapareciam à medida que
eram cortadas.
.
escola secundária com 3º ceb gil eanes

anha
mancha . 2008/2009
professora antónia

Camilo Pess Clepsidra, a simbologia de


um título
Então…

Por um lado, reflecte o inevitável fluir do tempo, por outro


.

a inutilidade da acção humana, através do símbolo da


literatura portuguesa II

hidra, pois por maior que fosse o esforço, as cabeças da


serpente renasceriam novamente.

Clepsidra, a estrutura:
.
escola secundária com 3º ceb gil eanes

O volume obedece a uma intenção de conjunto, que tem


anha

como abertura o poema "Inscrição" e como termo "Poema


Final", cuja inclusão da palavra "clepsidra" estabelece uma
circularidade com o título da obra.
mancha . 2008/2009

Daí que, do ponto de vista temático, grande número das


composições façam apelo à desistência, à renúncia