You are on page 1of 2

Guia da Unidade

São objectivos desta sessão:

• Perceber a estrutura e os conceitos implicados na construção do Modelo de Auto-


Avaliação das Bibliotecas Escolares.

• Entender os factores críticos de sucesso inerentes à sua aplicação.

Leituras obrigatórias:

- Texto da sessão, disponibilizado na plataforma.

Eisenberg, Michael & Miller, Danielle (2002) “This Man Wants to Change Your Job”, School
Library Journal. 9/1/2002 <http://www.schoollibraryjournal.com/article/CA240047.html>
[13/10/2009].

Todd, Ross (2002) “School librarian as teachers: learning outcomes and evidence-
based practice”. 68th IFLA Council and General Conference August.
<http://www.ifla.org/IV/ifla68/papers/084-119e.pdf> [13/10/2009].

Todd, Ross (2008) “The Evidence-Based Manifesto for School Librarians”. School Library
Journal. 4/1/2008. < http://www.schoollibraryjournal.com/article/CA6545434.html> [13/10/2009].

Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares. Modelo de Auto-Avaliação

Tarefas:

Seleccione apenas uma das seguintes tarefas.

Tarefa 1:

Planeie um Workshop formativo de apresentação do Modelo de Auto-Avaliação dirigido à


sua escola/ agrupamento. As temáticas a abordar deverão ser, entre outras, as seguintes:

- Pertinência da existência de um Modelo de Avaliação para as bibliotecas escolares.


- O Modelo enquanto instrumento pedagógico e de melhoria de melhoria. Conceitos implicados.
- Organização estrutural e funcional.
- Integração/ Aplicação à realidade da escola/ biblioteca escolar. Oportunidades e
constrangimentos.
- Gestão participada das mudanças que a sua aplicação impõe. Níveis de participação da escola.

(Recorra, quando julgar oportuno, à informação disponibilizada, citando-a. Indique os


instrumentosa criar para a realização do workshop)

2ª parte da tarefa: Escolha a proposta de um dos colegas e comente-a identificando:


- 2 pontos fortes
- 2 constrangimentos inerentes ao sucesso da iniciativa.

Tarefa 2:

Faça uma análise crítica ao Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares, tendo em
conta os seguintes aspectos:

- O Modelo enquanto instrumento pedagógico e de melhoria de melhoria. Conceitos implicados.


- Pertinência da existência de um Modelo de Avaliação para as bibliotecas escolares.
- Organização estrutural e funcional. Adequação e constrangimentos.
- Integração/ Aplicação à realidade da escola.
- Competências do professor bibliotecário e estratégias implicadas na sua aplicação.

Recorra, quando julgar oportuno, à informação disponibilizada, citando-a.

2ª parte da tarefa: Seleccione o contributo de um dos colegas e faça um comentário


fundamentado à análise efectuada.

Bom trabalho,

As formadoras