You are on page 1of 4

Atletismo

O atletismo é um conjunto de esportes constituídos por três modalidades:


corrida, lançamentos e saltos. De modo geral, o atletismo é praticado em estádios, com
exceção de algumas corridas de longa distância, praticadas em vias públicas ou no
campo, como a maratona.

História

“O Atletismo nasceu com o homem. Nos primórdios de nossa civilização,


começa a história do atletismo. O homem das cavernas, de forma natural, praticava uma
série de movimentos, nas atividades de caça, em sua defesa própria etc. Ele saltava,
corria, lançava, enfim desenvolvia uma série de habilidades relacionadas com as
diversas provas de uma competição de atletismo. Pode-se dizer que ao aprimorar
essas habilidades, o homem garantiu sua história".
O atletismo é a forma organizada mais antiga de esporte e vem-se destacando há
mil anos atrás.
O formato moderno do Atletismo remonta a meados do Século XIX.
Basicamente, ele engloba as corridas de pista (corridas rasas, corridas com barreiras ou
com obstáculos, saltos, arremesso, lançamentos e provas combinadas, como o decatlo e
heptatlo); de rua (nas mais variadas distâncias, como a maratona e corridas de
montanha); de cross country (corridas com obstáculos naturais ou artificiais); e marcha
atlética. Por sua característica de representar os movimentos naturais do homem, o
Atletismo é chamado de “esporte-base”, o atletismo não se limita somente à resistência
física, mas integra essa resistência à habilidade física.
A importância do esporte-base é sintetizada por uma frase que circula no meio
olímpico: “Os Jogos Olímpicos podem acontecer apenas com o Atletismo. Nunca, sem
ele”.
Comporta três tipos de provas, disputadas individualmente que são as corridas,
os saltos e os lançamentos. Conforme as regras de cada jogo, as competições realizadas
em equipes somam pontos que seus membros obtêm em cada uma das modalidades.
Assim como nos Jogos da Grécia Antiga, o Atletismo permanece como o
principal esporte olímpico dos tempos modernos.
As corridas rasas de velocidade e revezamento são antigas. As corridas com
obstáculos, foram idealizadas tendo como modelo as corridas de cavalos.
A maratona, a mais famosa das corridas de resistência, baseia-se na legendária
façanha de um soldado grego que em 490 A C. Correu o campo de batalha das planícies
de Maratona até Atenas, numa distância superior a 35 km, para anunciar a vitória dos
gregos sobre os persas.
A história atlética do Brasil começa no SéculoXIX. Na década de 1880, o Jornal
do Comercio já anunciava resultados de competições atléticas no Rio de Janeiro. Em
1924, o País participou pela primeira vez do torneio olímpico, ao mandar uma equipe
aos Jogos de Paris.
No ano seguinte, foi disputado pela primeira vez o Campeonato Brasileiro. Em
1931, brasileiros disputam pela primeira vez o Campeonato Sul-Americano. Em 1932,
Clovis Rapozo (salto em distância) e Lúcio de Castro (salto com vara) chegaram às
finais nos Jogos Olímpicos de Los Angeles. Quatro anos depois, Sylvio de Magalhães
Padilha foi o 5º nos 400 m com barreiras nos Jogos de Berlim.
Basquetebol
O basquetebol, o nome vem do inglês basketball, que significa literalmente
"bola na cesta". É um dos desportos mais populares do mundo. O basquete é um
desporto coletivo inventado em 1891 pelo professor de Educação Física canadense
James Naismith, na Associação Cristã de Moços de Springfield (Massachusetts) , EUA.
É jogado por duas equipes de 5 jogadores, que têm por objetivo passar a bola por dentro
de um cesto colocado nas extremidades da quadra, seja num ginásio ou ao ar livre.
Os aros que formam os cestos são colocados a uma altura de 3 metros e 5
centímetros. Os jogadores podem caminhar no campo desde que driblem (batam a bola
contra o chão) a cada passo dados. Também é possível executar um passe, ou seja, atirar
a bola em direção a um companheiro de equipe. O basquetebol é um desporto olímpico
desde os Jogos Olímpicos de Verão de 1936 em Berlim.

História

Em Dezembro de 1891, o professor de educação física canadense James


Naismith, do Springfield College (então denominada Associação Cristã de Moços), em
Massachusetts, Estados Unidos, recebeu uma tarefa de seu diretor: criar um esporte que
os alunos pudessem praticar em um local fechado, pois o inverno costumava ser muito
rigoroso, o que impedia a prática do Basebol e do Futebol Americano.
Mas o jogo não poderia ser tão agressivo quanto o futebol americano, para evitar
conflitos entre os alunos, e deveria ter um sentido coletivo. Havia um outro problema:
se a bola fosse jogada com os pés, a possibilidade de choque ainda existiria. Naismith
decidiu então que o jogo deveria ser jogado com as mãos, mas a bola não poderia ficar
retida por muito tempo e nem ser batida com o punho fechado, para evitar socos
acidentais nas disputas de lances. A preocupação seguinte do professor era quanto ao
alvo que deveria ser atingido pela bola. Imaginou primeiramente colocá-lo no chão, mas
já havia outros esportes assim, como o hóquei e o futebol.
Logo escreveu as treze regras básicas do jogo e pendurou um cesto de pêssegos
a uma altura que julgou adequada: 10 pés, equivalente a 3,05 metros, altura que se
mantém até hoje; já a quadra possuía, aproximadamente, metade do tamanho da atual.
Esse esporte chamaria-se "basquetebol".
O primeiro jogo de Basquetebol foi disputado em 20 de Janeiro de 1892, com
nove jogadores em cada equipe e utilizando-se uma bola de futebol, sendo visto apenas
por funcionários da ACM. Cerca de duzentas pessoas viram os alunos vencerem os
professores por 5 a 1.
O basquete feminino iniciou em 1892 quando a professora de educação física do
Smith College, Senda Berenson, adaptou as regras criadas por James Naismith. A
primeira partida aconteceu em 4 de Abril de 1896. A Universidade de Stanford venceu a
Universidade da Califórnia.
A prática do basquete no Brasil começou quando o norte-americano Augusto
Shaw introduziu o esporte na Associação Atlética Mackenzie de São Paulo, em 1896.
O objetivo do jogo é introduzir a bola no cesto da equipe adversária (marcando
pontos) e, simultaneamente, evitar que esta seja introduzida no próprio cesto,
respeitando as regras do jogo. A equipe que obtiver mais pontos no fim do jogo vence.
Handebol
Handebol é uma modalidade desportiva criada pelo alemão Karl Schelenz, em
1919 - embora se baseasse em outros desportos praticados desde fins do século XIX, na
Europa setentrional e no Uruguai.
Atualmente o handebol do Brasil está em ascensão apesar de nunca ter obtido
um ouro olímpico; o esporte já é largamente praticado em nível escolar, uma vez ser
fácil o aproveitamento das já muito disseminadas quadras de futebol de salão para o
handebol.

História

O handebol já apresentou grandes distinções em termos de preferência entre o


que se chamou Handebol de campo e handebol de Salão.
Atribui-se a invenção do handebol ao professor Karl Schellenz, da Escola
Normal de Educação Física de Berlim, durante a Primeira Guerra Mundial. No início, o
handebol era praticado apenas por moças e as primeiras partidas foram realizadas nos
arredores de Berlim.
A primeira vez que o handebol foi disputado em Jogos Olímpicos foi em 1936,
depois foi retirado e voltou em 1972, já na sua nova versão (de 5 jogadores) e em 1976
o handebol feminino também passou a fazer parte dos Jogos Olímpicos.
Nos Jogos de 1936, disputou-se uma única vez o handebol de campo, com onze
jogadores de cada lado. O desporto voltou a ser olímpico nos Jogos de 1972, já com as
regras atuais.
O handebol foi idealizado por um professor de Educação Física, o alemão Karl
Sshelenz que, procurando dar às suas classes femininas uma atividade alegre e
movimentada, criou o handebol com base num jogo tcheco chamado “Azena”.
Por volta de 1914, Berlim foi palco das primeiras disputas que se desenrolaram
num campo de 40x20 metros. Depois passou a ser praticado por homens, por isso,
foram modificadas algumas regras e aumentadas às dimensões do campo, passando para
40x80 metros, Mais tarde, as medidas foram igualadas às de um campo de futebol, já
com onze jogadores, com a bola reduzida de tamanho, permitindo o manuseio com uma
só mão.
Suas características, facilidade de na aprendizagem e execução natural dos
fundamentos, permitiram o emprego da velocidade, movimentação, força nos
arremessos, habilidade no manejo da bola, além de proporcionar aos mestres a
possibilidade de educar pelo jogo.
O handebol de salão tornou-se um esporte independente, com técnica e tática
própria, suplantando o handebol de campo, que sofreu a concorrência do futebol, mais
atraente e já implantado em todos os países do mundo. O handebol veio para o Brasil
por volta de 1930. Difundiu-se inicialmente em São Paulo onde, em 16 de fevereiro de
1940, foi fundada a Federação Paulista de Handebol. Inicialmente, o handebol foi
praticado por onze jogadores isoladamente, por grupos de colônias estrangeiras e por
alguns clubes classistas e equipes de firmas comerciais. Mais tarde, este esporte obteve
grande difusão nos meios estudantis, graças aos professores de Educação Física, que
desenvolveram um trabalho de profundidade nas escolas primárias. Atualmente já se
consolidou em grande numero de escolas secundárias e clubes.
Voleibol
Voleibol (chamado frequentemente no Brasil de Vôlei e em Portugal de Vólei) é
um desporto praticado numa quadra dividida em duas partes por uma rede, possuindo
duas equipes de seis jogadores em cada lado. O objetivo da modalidade é fazer passar a
bola sobre a rede de modo a que este toque no chão dentro da quadra adversária, ao
mesmo tempo em que se evita que os adversários consigam fazer o mesmo. O voleibol é
um desporto olímpico, regulado pela Fédération Internationale de Volleyball (FIVB).

História

O volei foi criado em 9 de fevereiro de 1895 por William George Morgan nos
Estados Unidos da América. O objetivo de Morgan, que trabalhava na "Associação
Cristã de Moços"(ACM),era criar um esporte de equipes sem contato físico entre os
adversários, de modo a minimizar os riscos de lesões. O criador do voleibol faleceu em
27 de dezembro de 1942 aos 72 anos de idade.