RBE  DGIDC  DREC Práticas e Modelos de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares

Outubro-Dezembro 2009  Turma 4

Ana Margarida Botelho da Silva

Sessão 5

O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (parte II)

2.ª actividade:

Duas coisas a deixar de fazer:

î A permissão de ocupação dos espaços da BE além da lotação máxima possível,
pois o excessivo número de utilizadores torna desagradável o ambiente.

î O serviço em horário contínuo; todas as pessoas necessitam de fazer pausas e o
desgaste não favorece o serviço nem o público.

Duas coisas para continuar a fazer:

î Articulação com os Departamentos e as Áreas Curriculares Não Disciplinares na
organização de actividades.

î Formação contínua em áreas de relevância para os serviços prestados pela BE.
Duas coisas para começar a fazer:
Margarida Botelho Página 1 de 1.

î A orçamentação das actividades do plano anual de actividades da BE. î Recolha de evidências e demais tarefas do processo de avaliação da BE.

Margarida Botelho Página 2 de 1.