MARATONA SÓ FAZ BEM SE FEITA UMA OU DUAS VEZES NA VIDA 27-06-2007 EDUCAÇÃO FÍSICA – ATIVIDADE FÍSICA REGULAR – MARATONA

– NUTRIÇÃO – BONS HÁBITOS – QUALIDADE DE VIDA – PREPARADOR FÍSICO E MENTAL – Dicas para seu condicionamento físico e mental Por Nuno Cobra, Prof. de Educação Física A palavra maratona é utilizada quando se quer dizer que alguém irá cumprir uma árdua e longa missão. O termo surgiu em 490 a.C. Os gregos haviam vencido os persas na batalha de Maratona e coube a Pheidippides a tarefa de levar a boa notícia até Atenas. Ele correu aproximadamente 35 km da planície da Maratona até Atenas e, ao chegar, só teve fôlego de anunciar "vencemos" e caiu morto. Essa história não é comprovada, mas mostra o quão agressivo ao organismo pode ser percorrer um percurso de 42 km, não respeitando seu momento cardiovascular, indo muito além dos limites suportáveis pelo corpo. Mas participar de uma maratona uma ou duas vezes na vida pode ser extremamente gratificante e grandioso! Por quê? A maratona deve ser um momento especial na vida da pessoa. Essa experiência única comove nosso espírito, nossas emoções, nos fortalece e nos deixa realmente outro. A vitória do corpo físico fortalece o corpo mental, emocional e espiritual. Nada é mais significativo para a mente de uma pessoa, do que ela ver, ali, seu corpo realizando tal proeza. Maratona fortalece caráter e personalidade Correr 42 km fortifica nosso caráter e desenvolve bastante nossa personalidade. Isso porque o indivíduo tem que se impor a

continuar ao longo do trajeto e não se abater, principalmente quando se percorreu os primeiros 20 km. O moral se abate, pois ainda faltam mais de 20. O obstáculo superado deixa uma marca muito concreta com um efeito terapêutico sobre nossa mente. Como deve ser feita a maratona? O organismo deve trabalhar numa freqüência cardíaca baixa conquistada com treinamento correto. Por isso é preciso preparar-se adequadamente e deixar a evolução de sua corrida vir gradativamente através de treinos sólidos. A maratona deve ser feita somente participando, relaxado, descompromissado com qualquer outra coisa que não seja festejar a vida. É um momento de se deixar levar, de se emocionar, de perceber seu corpo e sentir toda a pujança da vida passando diante de seus olhos e receber o calor das pessoas acenando, gritando e incentivando. Deve-se festejar engrandecido cada quilômetro vencido, sem pensar nos próximos quilômetros. Estar realmente dentro e somente de cada quilômetro percorrido, viver o presente. Males A maratona quando feita com uma freqüência cardíaca alta, forçando demais o ritmo natural do organismo, coloca sua vida em risco. Pude ver pessoalmente em algumas Olimpíadas o day after de alguns maratonistas. Eles sequer conseguiam caminhar... Descer escada, nem pensar! Por aí se calcula o estrago devido ao esforço extraordinário do coração, do metabolismo e do organismo: pernas, musculatura, articulações, ligamentos e tendões. É preciso acabar com essa cultura da malhação estúpida, onde se trata o corpo como máquina, impondo limites além de sua capacidade. Nuno Cobra é prof. de Ed. Física

Fonte: http://www1.uol.com.br/vyaestelar/maratona.htm

-

-

-

Sugestão de leitura complementar:
MARATONA
Maratona – A legendária façanha de um soldado grego que, no ano 490 a.C., correu do campo de batalha situado em Maratona até a cidade de Atenas para anunciar a vitória de seus compatriotas, inspirou a criação da prova atlética de corrida conhecida como maratona. Maratona é uma corrida de fundo, e seu percurso, padronizado desde 1924 em 42.195m, é quatro vezes maior que o da mais extensa prova olímpica, os 10.000m. Apresenta dificuldades e riscos, o maior dos quais é a desidratação. Um maratonista de 64kg pode perder durante a prova até dez por cento do peso, devido à transpiração e à evaporação pulmonar. Como o fluxo sangüíneo aumenta muito, a temperatura corporal pode chegar a 40o C, limite de um choque térmico. Por essa razão é freqüente que ocorram desmaios durante a prova. Idealizada pelo helenista francês Michel Bréal, a maratona faz parte das competições olímpicas desde as primeiras olimpíadas da era moderna, realizadas em Atenas em 1896, quando foi vencida por um atleta grego, Louis Spyros. Como os percursos da maratona não apresentam mesmo nível de dificuldades, a Federação Internacional de Atletismo Amador não registra recorde mundial para a prova. Uma das maratonas mais prestigiadas do mundo, depois da prova dos Jogos Olímpicos, é a Maratona de Boston, disputada anualmente desde 1897. Outras maratonas muito concorridas são as de Nova York, de Chicago e da África do Sul. As mulheres só começaram a participar de maratonas a partir de 1970, com notáveis progressos. A preparação para a maratona exige treinamento árduo, embora nas Olimpíadas de 1952 o tcheco Emil Zátopek tenha alcançado a marca, não registrada até então, de

2h23m3,2s, sem jamais ter corrido essa distância antes. (Para resultados desportivos, ver DATAPÉDIA.) Fonte: Enciclopédia Barsa

Maratona

-

-

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Maratona A maratona é a mais longa, desgastante e uma das mais difíceis e emocionantes provas do atletismo olímpico. Ela é disputada na distância de 42,195 km desde 1908. Índice
• • • • •

1 A maratona lendária 2 Maratonas desportivas 3 Maratonas em Portugal 4 Maratonas no Brasil 5 Ver também

A maratona lendária A lenda que deu origem à maratona moderna ocorreu após a Batalha de Maratona, na Primeira Guerra Médica, no século V a.C.. Tudo começou no ano de 490 a.C., quando soldados gregos e persas travaram uma batalha que se desenrolou entre a cidade de Maratona e o mar Egeu.

A luta estava difícil para os gregos. Comandados por Dario, os persas avançavam seu exército em direção a Maratona. Milcíades, o comandante grego, resolveu pedir reforço. Chamou então Fidípides, um de seus valentes soldados e ótimo corredor, que levou o apelo de cidade em cidade até chegar em Atenas, a quarenta quilômentros de distância. Fidípedes voltou com dez mil soldados e os gregos venceram a batalha, matando 6.400 persas. Entusiasmado com a vitória, Milcíades ordenou que Fidípides fosse até Atenas outra vez para informar que eles tinham vencido a batalha. Fidípides retornou correndo, sem parar. Quando chegou ao seu destino, só teve forças para dizer uma palavra: "Vencemos!" e caiu morto. Maratonas desportivas Em 1896, durante os primeiros Jogos Olímpicos da era moderna, Fidípedes foi homenageado com a criação da prova. No início, a distância a ser percorrida era de cerca de quarenta quilômetros, a mesma que separava Maratona de Atenas. Em 1908 nos Jogos Olímpicos de Londres, a distância da maratona olímpica foi estabelecida. Até aí, a distância era variável, embora sempre próxima dos quarenta quilômetros. Para que a família real britânica pudesse assistir ao início da prova do jardim do Palácio de Windsor, o comité organizador aferiu a distância total em 42.195 metros, que continua até hoje. A mais antiga maratona anual do mundo é a Maratona de Boston, nos Estados Unidos, disputada em todo feriado do Dia do Patriota, na terceira segunda-feira de abril, desde 1897, um ano depois da primeira maratona disputada no mundo, a dos Jogos de Atenas 1896. As maiores maratonas mundiais constituem o circuito WMM (World Marathon Majors), estabelecendo um prémio no valor de um milhão de dólares para o melhor classificado feminino e masculino, no final da temporada. Pertencem ao WMM as maratonas de Boston, de Londres, de Berlim, de Chicago e de Nova York.

Actualmente, o recorde mundial pertence ao queniano, Paul Tergat, que no dia 28 de Setembro de 2003, em Berlim, estabeleceu o tempo de 2h 04min 55 s. Anteriormente, dois atletas de língua portuguesa já quebraram o recorde mundial da maratona: o português Carlos Lopes em Rotterdã, Países Baixos em 1985, com 2:07.12 e o brasileiro Ronaldo da Costa em Berlim, na Alemanha, em 1998, com 2:06.05. Maratonas em Portugal Actualmente realizam-se anualmente em Portugal três Maratonas:
• • •

Lisboa Gold Marathon (Em 2007 no dia 15 de Abril) Maratona do Porto (Em 2007 no dia 21 de Outubro) Maratona de Lisboa (Em 2007 no dia 2 de Dezembro)

Maratonas no Brasil
• • • • • • •

Maratona de São Paulo Maratona de Curitiba Maratona de Porto Alegre Maratona de Blumenau Maratona de Santa Catarina Maratona do Rio de Janeiro Maratona das Águas

Ver também
• • • • • • • •

Campeões Olímpicos da Maratona Campeãs Olímpicas da Maratona Maratona de Boston Maratona de Nova York Rosa Mota Carlos Lopes Vanderlei Cordeiro de Lima Guerras Médicas

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Maratona