You are on page 1of 2

Constituio Federal de 1988

Ns, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assemblia


Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrtico,
destinado a assegurar o exerccio dos direitos sociais e
individuais, a liberdade, a segurana, o bem-estar, o
desenvolvimento, a igualdade e a justia como valores supremos
de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos,
fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e
internacional, com a soluo pacfica das controvrsias,
promulgamos, sob a proteo de Deus, a seguinte
CONSTITUIO DA REPBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.
Art. 37. A administrao pblica direta e indireta de qualquer dos
Poderes da Unio, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municpios obedecer aos princpios de legalidade,
impessoalidade, moralidade, publicidade e eficincia e, tambm,
ao seguinte: (Redao dada pela Emenda Constitucional n 19, de
1998)
6 - As pessoas jurdicas de direito pblico e as de direito
privado prestadoras de servios pblicos respondero pelos
danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros,
assegurado o direito de regresso contra o responsvel nos casos
de dolo ou culpa.
SEO II
Das Clusulas Abusivas
Art. 51. So nulas de pleno direito, entre outras, as
clusulas contratuais relativas ao fornecimento de produtos e
servios que:
I - impossibilitem, exonerem ou atenuem a
responsabilidade do fornecedor por vcios de qualquer natureza
dos produtos e servios ou impliquem renncia ou disposio de
direitos. Nas relaes de consumo entre o fornecedor e o
consumidor pessoa jurdica, a indenizao poder ser limitada,
em situaes justificveis;
II - subtraiam ao consumidor a opo de reembolso da
quantia j paga, nos casos previstos neste cdigo;
III - transfiram responsabilidades a terceiros;
IV - estabeleam obrigaes consideradas inquas, abusivas,
que coloquem o consumidor em desvantagem exagerada, ou
sejam incompatveis com a boa-f ou a eqidade;