Castelo de Óbidos

O que foi?

Atribui-se ao Castelo de Óbidos origem romana, provavelmente assente num castro. Foi posteriormente fortificado sob o domínio árabe. Depois de conquistado pelos cristãos (1148) foi várias vezes reparado e ampliado. No reinado de D. Manuel I, o seu alcaide manda construir um paço e alterar algumas partes do castelo. No Paço dos Alcaides salientam-se as janelas de belo recorte manuelino abertas para o interior do pátio. São ainda do seu tempo a chaminé existente na sala principal e o portal encimado pelas armas reais e da família Noronha, ladeado por duas esferas armilares. O Paço sofreu fortes danos com o terramoto de 1755. No século XX estava em total ruína tendo sido recuperado para instalar a Pousada (a primeira pousada do Estado em edifício histórico).

O que é?

O Castelo de Óbidos localiza-se na vila com o mesmo nome, Freguesia de Santa Maria, Concelho de Óbidos, Distrito de Leiria. Exemplo da Fortificação Medieval Portuguesa, erguido sobre um pequeno monte, outrora à beira mar, domina a planície envolvente pelo rio Arnóia, a Leste. Fruto de diversas intervenções arquitectónicas ao longo dos séculos, integra o conjunto da Pousada e da vila, que preserva as suas característas medievais.

O que pode ser?

Séculos mais tarde instalou-se a Pousada. A vila caracterizada pelas suas ruas sinuosas e apertadas, onde se realça a Rua Direita, artéria que coloca em comunicação o Castelejoe a Porta da Vila. Onde já há vários anos se realizam diversos eventos, como a Festa Mediaval, a Feira do Chocolate e a Vila do Natal. Por isso na minha opinião o espaço do Castelo está a ser bem aproveitado.

Trabalho realizado por: Paula Simões UFCD Formador: Cláudio Oliveira