You are on page 1of 2

O Modelo de Auto‐Avaliação das Bibliotecas Escolares

Metodologias de Operacionalização (Workshop)

O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares

Metodologias de operacionalização

(Workshop) - 7ªsessão - 2ª parte

Glória Sousa | 2009


O Modelo de Auto‐Avaliação das Bibliotecas Escolares
Metodologias de Operacionalização (Workshop)

Distinguir enunciados gerais de específicos

Analisar os enunciados 3 e 4, apontando as suas fragilidades e propondo eventuais


alterações que os transformem em enunciados específicos e que concretizem hipóteses
reais de acções para a melhoria.

DOMÍNIO ENUNCIADOS FRAGILIDADES ENUNCIADOS


GERAIS ESPECÍFICOS

Enunciado muito vago no Reunir trimestralmente


que concerne ao tipo de com os docentes dos
3. Reforçar o
articulação a desenvolver, diferentes Departamentos
trabalho
com que objectivos, com Curriculares e Não
articulado. quem o fazer e de que Curriculares, a fim de
modo será levada a cabo. articular actividades de
promoção de leitura,
desenvolvimento das
literacias e de métodos de
estudo.
Leitura e
Literacia
4. Reforçar a Enunciado vago, sem Produzir instrumentos de
produção de qualquer referência à apoio ao desenvolvimento
instrumentos de tipologia de instrumentos do currículo (fichas de
a produzir, nem à sua leitura; fichas de exercícios
apoio a ser usados
finalidade. gramaticais e vocabulares;
por professores e
jogos de palavras;
alunos. diferentes tipos de textos
em diferentes suportes;
etc), em colaboração
estreita com os docentes,
com o objectivo de
melhorar as competências
de leitura e de literacia dos
alunos.

Glória Sousa | 2009