Reparo geral mecanico de maquinas Brastemp (mondial, clean, eletrônicas

)
Considerando que, quem pensa em reparar essa máquina deve ter algum conhecimento de mecânica, deixarei de comentar coisas óbvias e me prenderei a alguns pontos mais importantes. Todas as máquinas Brastemp das linhas Mondial, Clean, Eletrônica (todos os tipos) são praticamente iguais, por isso, desenvolverei um só documento e poderá ser posteriormente alterado por causa de algum detalhe especifico. A primeira coisa a ser feita ao se trabalhar com essas máquinas é retirar totalmente a sua tampa fixa. Devem ser retirados os cabos e a mangueira do pressostato. Não dá nenhum trabalho e evita que se estrague a tampa que custa muito caro. O chapéu do agitador sai facilmente com auxilio de uma espátula (ele é preso nas eletrônicas com muita pressão e quem não sabe exatamente como ele sai tem alguma dificuldade). O agitador das eletrônicas sai muito facilmente (é preso por um parafuso 10 mm, bem no fundo do agitador); basta que se tenha uma chave bem longa, do tipo canhão (faça uma adaptação se necessário). Os agitadores das máquinas Clean e Mondial são bem difíceis de sair, devido ao fato de serem mais velhas e estarem expostas a mais tempo às agressões dos agentes químicos (sabão, água, amaciante). Há um parafuso por fora, no corpo do agitador (allen 5/32” ou sextavado 5/16” , que deve ser totalmente retirado. A partir daí, ele estará pronto para sair (teoricamente), bastando ser puxado para cima. Como ele estará muito agarrado, a sugestão é que seja enfiada uma cordinha fina através das aletas do agitador fazendo um laço que possa ser puxado por cima da máquina (dando “trancos”). Deve ser jogado bastante água fervente dentro do agitador para que o plástico amoleça um pouco e facilite a retirada. Para retirar o cesto é necessária a ferramenta chamada “saca-cesto”. Sem ele é muito difícil se conseguir retirá-lo (não é impossível...). Há um parafuso 10 mm que prende uma cunha que fica por baixo do cesto (não se enxerga a cunha). O parafuso não deve ser totalmente retirado; num primeiro instante, deve ser desapertado um pouco (cerca de 10 mm) e batido para baixo, para que o mesmo faça descer a tal cunha (deve descer uns 5 mm); aí então, será retirado totalmente antes de ser colocado o saca-cesto. O saca-cesto tem, em sua parte cilíndrica, duas saliências que devem estar perfeitamente alinhadas com os dois rasgos que tem o suporte do cesto (às vezes é preciso limpar bem o suporte para ver os dois rasgos). Se não for bem colocado pode estragar o suporte do cesto. Os parafusos de freno (allen 5/32”) dever ser muito bem apertados, para que a ferramenta não escorregue. Depois de retirado o cesto, deve-se retirar tudo o que restou (o tanque com toda a parte mecânica por baixo) de dentro do gabinete. Na verdade, retira-se as varas de suspensão das castanhas superiores e retira-se o gabinete por cima (é mais fácil). Antes, se deve retirar todos os pontos onde o chicote de cabos é preso ao gabinete, e os fios da bomba d’água e a mangueira da mesma. Retirado o tanque do gabinete, todo o trabalho de desmontagem a partir de agora deve ser feito com o tanque de “cabeça para baixo”. Você estará vendo: o motor , a polia, o armador do freio, etc. Retire o motor para limpeza ou substituição de rolamento (se for o caso). Comece a desmontagem pela polia, seguindo para o came externo e seus componentes (é a peça de plástico que fica sob a polia) retire tudo, inclusive o anel elástico(trava). Retire o suporte do motor da caixa de engrenagens com o auxilio de um saca polias, (a sugestão para quem não tem sacapolias é que desmonte a caixa de engrenagens, retirando os oito parafusos que prendem a parte metálica da caixa à parte plástica. Não se enxerga os parafusos dessa posição, mas são facilmente retirados com uma chave de boca de ¼ “). Vai vazar o óleo mas isso tudo é sucata mesmo. Você ficará com o suporte do motor e uma parte da caixa de engrenagens nas mãos daí é só bater que ela sai e o suporte fica somente com o rolamento antigo. Esse rolamento não sofre muita agressão, mas não se deve perder a oportunidade de substituí-lo. Ao se retirar o suporte do motor, você estará vendo apenas o que restou da caixa de engrenagens :(tubo de centrifugação), a banda de freio e o armador do freio. Agora, vem a pior parte. A caixa de engrenagens já estará solta, pronta para sair e presa apenas pelo rolamento e pela oxidação.

1

Deve então ser retirado o suporte do tanque, que sairá facilmente trazendo o conjunto de engrenagens e o retentor velho. Tirando o suporte do tanque, o resto é sucata. Você deve arrumar uma maneira de retirar as peças do suporte. A sugestão para quem não tem as ferramentas é que serre o tubo da caixa de engrenagens , bem abaixo do rolamento do suporte do tanque; coloque o suporte do tanque sobre o tubo, com o diâmetro um pouco maior que o do rolamento, e que se bata por cima com um eixo diretamente sobre o rolamento ou, com uma marreta, diretamente no tubo. Limpe as peças que irão ser reutilizadas e faça a montagem das mesmas. Monte pela ordem: 1- Rolamento no suporte do tanque 2- Retentor no suporte do tanque 2.1 – Ao se colocar o retentor novo, deve-se tomar especial atenção ao lubrificante (graxa branca). O retentor já vem com uma quantidade de graxa, mas a quantidade não é suficiente até porque durante o manuseio às vezes perde-se um pouco dela. Você não perde por colocar bastante graxa por dentro do retentor, e também no tubo (na hora de introduzi-lo no retentor). Use, sem medo de cometer exagero A graxa branca é usada porque ela é recomendada para aplicações onde o nível de exigência é maior que o usual. Ela resiste à água quente, soluções aquosas alcalinas, ácidas e seus vapores. Indicada, também,para aplicações onde há presença de umidade, 3- Suporte do tanque no tanque 4- Banda de freio juntamente com o armador 5- Caixa de engrenagem 6- Suporte do motor já com rolamento novo 7- Anel elástico(trava) 8- Mola, anel deslizante, Came articulado, Came externo e polia. Só depois que tudo estiver completo, na parte de baixo, o tanque deverá ser recolocado no gabinete da máquina. Na hora de recolocar o cesto, deve-se prender a cunha com seu parafuso, sem se apertar. Somente depois que o cesto estiver em sua posição definitiva, esse parafuso deverá ser totalmente apertado. Esse documento deverá receber modificações ao longo do tempo. Observações importantes: 1. Não deixe de substituir a caixa de engrenagens completa, pois não vale à pena a substituição de partes dela. 2. Compre rolamentos da melhor qualidade que encontrar. Os rolamentos são especiais para resistir à umidade, não são rolamentos comuns. 3. O retentor deve ser original. Autor: Mauricio Ferreira da Fonseca 01/12/2005 m.ffonseca@bol.com.br http://inforum.insite.com.br/27116/

2

Relação de peças Brastemp mondial, Baby mondial, Clean, e todos os modelos eletrônicas (com ressalvas)
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 62 - Parafuso – Motor –Polia –Arruela –Mola –Came externo –Anel deslizante –Came articulado –Polia –Porca –Correia –Pino –Solenoide freio –Armador freio –Banda freio –Retentor do eixo –Parafuso –Tubo de centrifugação –Eixo do agitador –Engrenagem planetária –Eixo de entrada –Caixa de engrenagens –Suporte do motor –Arruela dentada –Parafuso - Anel elástico –Arruela –Parafuso –Anel do tanque –Anel hidro compensador –Parafuso 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 –Parafuso - Cesto –Suporte –Parafuso –Retentor –Tanque –Suporte do tanque e do rolamento –Capacitor –Suporte do capacitor –Parafuso –Arruela prato –Vara de suspensão –Apoio superior (castanha superior) –Tirante Apoio inferior –Suporte do filtro –Filtro –Agitador –Parafuso –mangueira de transbordamento –Mola do freio –Parafuso –Parafuso –Contrapeso –Mola –Tampa superior –Haste do filtro –Dispenser –Caixa de engrenagens completa –Cunha

3

4

AUTO TESTE NA PLACA DA LAVADORA ELETRÔNICA BRASTEMP . 1.Com a lavadora desligada, retire o plug da tomada e recoloque-o. 2. Acione simultaneamente os botões TIPO DE ROUPA e LIGA. O timer emite 3 bips e acende os 3 leds de NÍVEL. 3. Se ocorrerem 5 bips é porque existe água suficiente para acionar o pressostato ou o pressostato está com DEFEITO.A bomba de água é ligada. Aguarde até que toda água saia, verifique se o pressostato está OK e volte a etapa 1. 4. Acione uma vez o botão TIPO DE ROUPA para ligar a válvula de entrada de água do sabão da pré- lavagem. Os leds de nível apagam. 5. Quando atingir o nível baixo do pressostato, o led BAIXO se acende e a válvula desliga. 6. Acione novamente o botão TIPO para ligar a resistência. Se você não quiser esperar a água atingir o nível, pode acionar o botão TIPO novamente para desligar a válvula. Neste caso não vai haver teste de resistência.

Obs. O teste da resistência só funciona em lavadoras com aquecimento. Nas lavadoras que não tem aquecimento de água, ao apertar o botão ela ficará parada sem efetuar nenhuma função. 7. Acione TIPO novamente para desligar a resistência , se ela estiver ligada, e ligar a válvula do sabão de lavagem. 8. Quando a água atingir o nível médio a válvula desliga e o led de nível médio acende. Se você não quiser esperar a água atingir o nível, pode ir para a etapa 8. 9. Acione novamente o botão TIPO para desligar a válvula, se ela estiver ligada, e ligar a válvula de água do amaciante. 10. Quando a água atingir o nível de transbordo, a válvula desliga. Se não quiser esperar a água atingir o nível, pode ir para a etapa 10. 11. Acione novamente o botão TIPO para desligar a válvula se ela estiver ligada e iniciar a batida de roupa. 12. Acione novamente o botão Tipo para parar a batida e ligar a bomba d?água. Aproximadamente 1 minuto após vazia, inicia uma centrifugação de 1 minuto. Este ciclo de 1 minuto c/ a bomba e 1 minuto centrifugando se repete até que seja acionado novamente o botão TIPO.

5

13. A qualquer momento o botão LIGA-DESLIGA termina o teste.

Defeitos mais comuns:   Se a lavadora estiver com o led de início pausa piscando e não executar nenhuma função, verifique o funcionamento do interruptor da tampa. Se a lavadora, após o enchimento, efetua o barulho de bater normalmente, mas o agitador não se meche, verifique o chicote de fios da lavadora, principalmente os fios amarelo, vermelho e o branco, em toda a sua extensão, até mesmo dentro do motor. Se a lavadora estiver transbordando, verifique se a mangueira do sensor de nível está devidamente conectada, ou se não está furada. Se a lavadora não esvazia, verifique se não existe nenhum corpo estranho dentro da Eletrobomba de drenagem.

 

Lavadora emitindo bips: 1. 2 bips- No enchimento para nível baixo, o pressostato indica nível médio sem indicação p/ nível baixo. A operação continua e este aviso é apenas um alerta de possível problema no pressostato . 2. 4 bips- O nível de água atingiu o nível de transbordo. A operação da lavadora é interrompida, a bomba de água é ligada até que não mais haja indicação do nível de transbordo e a operação é retomada. 3. 5 bips- A lavadora não esvaziou no tempo normal e entra em pausa em PAUSA. Saindo da PAUSA é iniciado novo ciclo e esvazia . 4. 6 bips- Durante a operação da lavadora , o nível de água foi abaixo do mínimo necessário para operação. A operação em andamento é abortada, a bomba é ligada para esvaziar totalmente a lavadora e ela entra em PAUSA. Saindo da PAUSA é retomado o enchimento da fase que foi abortada . 5. 7 bips- A lavadora não completou o enchimento no tempo normal. Na segunda vez a lavadora entra em PAUSA. OUTRA COISA ... É ACONSELHÁVEL MEDIR O CONSUMO DOS PERIFÉRICOS DA LAVADORA SE HÁ COMPONENTES OPERANDO FORA DA AMPERAGEM DANIFICAM A PLACA, SEGUE A TABELA: Válvula d'água: 110v - 0,2 A / 220v - 0,1 A Eletrobomba : 110v ? 0,6 A / 220v ? 0,3 A Atuador : 110v 1,0 A / 220v 0,5 A Resistência : 110v 13 A / 220v 6,5 A Motor pequeno : 110v 3,2A / 220v 1,8 A Motor grande : 110v 4.0 A / 220v 3,0 A

6

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful