You are on page 1of 1

A arte celta

Os celtas eram uma nação constituída de vários povos que que se deviriam em pequenos grupos, que se comunicavam através de línguas indo-europeias A maior parte da sua história é contada por objetos de uso comum feitos em metal utilizando por exemplo o alumínio, o ouro, a prata e o bronze, com incisões, relevos e motivos entalhados. Essa arte tinha como principais funções, a religião (pinturas e esculturas usadas para afastar os maus espíritos ou para glorificar os Deuses e a Natureza), poder bélico (decoração de espadas, escudos e armaduras), us o doméstico e estético (adornos pessoais).

Os celtas integram uma das mais ricas civilizações do mundo antigo e sua arte foi influenciada pelos povos como os gregos, etruscos, persas e até os romanos. Nem por isso a arte celta deixou de ter um espaço espec ial na história da arte, já que é considerada, atualmente, a primeira contribuição não-mediterrânea à arte Europeia.

Os Celtas ornavam objetos de uso comum empregando sofisticadas técnicas de incrustação, os motivos vinham de diversas fontes, mas foram transformados pela criatividade e habilidade desse povo, que se deliciava com fortes desenhos geométricos e espirais, muitas vezes combinados com formas animais estilizadas, em elementos abstratos. As figuras humanas e eram raras e sempre representadas de maneira um tanto abstrata. A conquista romana tendeu a converter as formas nativas num classicismo provincial, fazendo com que a tradição celta sobrevivesse com mais força nas áreas extremas da Europa.

Arte céltica foi importante na medida em que desenvolveu um estilo todo próprio, que muitas vezes opunha-se ao classicismo de Roma e da Grécia. Em outras palavras os celtas anteciparam em vários séculos as correntes artísticas que propunham inovar a arte tida como oficial. A arte celta é dividida em dois períodos:

Hallstatt e La Tène. O salto artístico ocorreu no período "lateniano", onde o estilo celta se espalhou e se integrou com as expressões artísticas da época.

Como já foi dito, a arte celta inovou as artes. Tinha-se grande preferência por temas ligados a natureza: árvores, flores, animais e seres sobrenaturais zoomorfos. Tais temas eram mais comuns que figuras humanas, no entanto, estas também existiam, mas pareciam preferir os compassos, que destorciam e compunham figuras recheadas de espirais, elipses e outras formas curvilíneas entrelaçadas e, por vezes, organizadas de modo concêntrico, a formar representações quase abstratas.