You are on page 1of 1

Pp. 97 e 98.

Em termos sociolgicos, o Estado no pode ser definido pelos seus fins, mas sim pelos meios
especficos a eles, o uso da fora fsica.
"Estado uma comunidade... " p. 98
"Para q o estado exista" 99
p. 99
legitimaes do domnio
p. 105
Diferena entre viver "para" a poltica e "da" poltica. A distino econmica.
"Na vida econmica quotidiana, somente a riqueza pode tornar o homem economicamente
independente." Relao com a ideia do Banqueiro Anarquista de que s tendo muito dinheiro
que algum se pode ver livre da necessidade de ter dinheiro.
PP. 105-107
O argumento parece ir no sentido de q a remunerao do poltico no deve estar ligada
preocupao q este ponha na obteno de rendimentos. Por outras palavras, o poltico deve
ser remunerado de forma boa e igualitria mesmo q se empenhe exclusivamente em viver
"para" a poltica. O argumento de Weber parece ser o de que, se assim for, ningum tentar
viver "da" poltica pq no ser necessrio. Viver "para"a poltica garantir o mesmo tipo de
rendas q viver "da" poltica, libertando o poltico para se preocupar exclusivamente com a sua
causa.
p. 106