CURSO DE GESTÃO DA SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO

TRABALHO – 6ª EDIÇÃO

PROJECTO FINAL:
Auditoria Real e Projecto de Implementação do Sistema de Gestão da
Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho
EMPRESA: SOPRATTUTTO Café, S.A.

PARTE I

2 LISTAS DE VERIFICAÇÃO 13 2. PLANO DE AUDITORIA 11 2.1.4 DESCRIÇÃO DE ACTIVIDADES 6 1.3 Fluxograma de Reacondicionamento de Equipamento 8 1.1.4.ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA/DESCRIÇÃO DAS ACTIVIDADES 1.3 RELATÓRIO DE AUDITORIA 26 3.4. DESCRIÇÃO DO PRODUTO 4 1. BREVE HISTÓRIA DA SOPRATTUTTO 3 1.4 Fluxograma de Términus de Contrato 9 1.4.1 Fluxograma de Angariação de Clientes 6 1.4. MODUS OPERANDIS E ORGANIGRAMA 4 1.2 Fluxograma de Venda de Produto 7 1. 3 AUDITORIA 10 11 2.3. IDENTIFICAÇÃO/AVALIAÇÃO DOS REQUISITOS LEGAIS APLICÁVEIS À EMPRESA EM MATÉRIA DE SST Grupo de Trabalho: 42 .5 Fluxograma de Armazém 2.4.2.

S. tendo como principais clientes a Unicer. pelo que aproveitando quer a estrutura interna quer da rede de clientes do Canal HORECA. cotada na bolsa de Madrid. Lda. a companhia decidiu abrir uma nova frente de negócios: comercialização de café em monodoses para o Canal Office. bem como por condicionantes ao consumo. que por sua vez era participada a 100% pela AZKOYEN.PARTE I – AUDITORIA REAL 1. S. sendo líder neste sector. a Refrige. cafetarias). resultante da necessidade de reestruturação deste canal. Lda. a empresa diversificou para o negócio do café em grão para o Canal HORECA (Hotelaria. Em 2001. Este objectivo foi conseguido mediante uma parceria entre a direcção da (extinta) CHCH e duas capitais de risco através de uma operação de MBO (Management Buy Out). entre outros. era uma empresa que pertencia 100% à AZKOYEN Comercial. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA/DESCRIÇÃO DAS ACTIVIDADES 1. Desde essa data iniciou uma nova dinâmica. Sociedade Unipessoal. com máquinas de grande porte. S. facturando acima de 3MEuros anuais. Em 2004 aproveitando o cross selling com os clientes do Canal Office avançou-se também para o negócio das máquinas de água neste canal.. deu-se início a uma nova área de negócio: as Instalações Completas. Sociedade Unipessoal. e foi criada com o objectivo de adquirir os activos financeiros da empresa CHCH – Companhia de Hotelaria e Consumo Hispanolusa. restaurantes. No tabaco iniciou uma estratégia de venda para grandes armazenistas. começando por criar uma estrutura para venda de máquinas de tabaco. a Sumolis. 40% do volume de negócios e 72% dos lucros da companhia em Portugal (representados pelos distribuidores de hotelaria e pelo negócio do vending) passaram para outra companhia do grupo (AZKOYEN Industrial). que iniciou a sua actividade a 1 de Outubro de 2006. que por sua vez recolocavam as máquinas nos clientes finais (cafés. Em 2006 através da referida operação de MBO a empresa SOPRATTUTTO Café. e uma vez que os recursos humanos se mantiveram. a qual mantém até aos dias de hoje. A CHCH – Companhia de Hotelaria e Consumo Hispanolusa.A. BREVE HISTÓRIA DA SOPRATTUTTO A SOPRATTUTTO Café. por saturação do mercado. Restauração e Cafetaria).A. Em 1999. a Centralcer. é uma empresa de distribuição de monodoses de café e de garrafões de água. adquire os activos financeiros da actividade referente à distribuição de monodoses de café e de garrafões de água. Grupo de Trabalho: . prevendo a queda do negócio do tabaco.1.A. Em 2003 foi identificada uma oportunidade de negócio na Hotelaria..A. e assim continuou até 1995. (Espanha). S. A companhia fundou-se em Portugal em 1988. também dirigida ao mercado de Vending.

nomeadamente nas monodoses a empresa tem uma participação de 60% do mercado sendo que os outros 40% estão atomizados em dezenas de pequenos operadores.3. No final dos 15 dias o vendedor volta a passar no cliente para efectuar os fechos dos contratos. mediante uma rota previamente definida. Existem a nível nacional 14 entregadores. A equipa do Canal Office é constituída por vendedores. A distribuição é em regime de outsourcing através de entregadores individuais ou pequenas empresas. própria para consumo humano. 1. No negócio da água a empresa é a única a trabalhar com um garrafão de 5 litros e água mineral. Direcção Geral Direcção Administrativa e Financeira Administrativos Contabilidade Direcção de Logística e Pós Venda Empregados de Armazém Entregadores 1.000 máquinas. A partir deste momento a gestão do cliente passa para a responsabilidade da administrativa de Call Center a qual.9 litros de água tratada. No negócio das monodoses os vendedores trabalham com uma zona exclusiva e delimitada fazendo uma abordagem “porta-a-porta” a empresas deixando à experiência por um período de 15 dias uma máquina com um kit de 50 monodoses de café.A. tendo um mercado potencial importante. administrativas de Call Center e entregadores (em regime de outsourcing). S.No Canal Office. DESCRIÇÃO DO PRODUTO Grupo de Trabalho: Direcção de Qualidade Office Secretária de Administração Chefe de Vendas Administrativas Call Center Comerciais . sendo que o mercado das máquinas de 18. Braga e Algarve. Este negócio é gerido directamente pelo Director Geral a nível nacional. 4 no Porto.2. 5 em Lisboa e 2 no Algarve. Os pedidos são depois passados para os entregadores os quais procedem à entrega dos pedidos e facturação dos mesmos conforme combinado com os clientes. liga mensalmente aos clientes para agendar a entrega do produto. Porto. deverá representar actualmente 40. MODUS OPERANDIS E ORGANIGRAMA A empresa está representada em Portugal através de 4 delegações: Sintra (Sede). 14 administrativas e 14 vendedores repartidos da seguinte forma: 3 em Braga. ORGANIGRAMA DA SOPRATTUTTO Café.

Consumíveis para máquina de monodoses Monodoses Lote 55 (blend de 50% de café Arábica e 50% de café Robusta). 50 copos de plástico (de 150ml cada). comercializado num kit constituído por 50 saquetas de chá. Chocolate em pó. 50 paletinas e 50 pacotes de açúcar (de 6/7g). Chá Verde. comercializa os seguintes produtos: Máquinas de monodoses Produzidas em Itália. Monodoses Descafeinado (blend de 40% de café Arábica Descafeinado Natural e 60% de café Robusta Descafeinado Natural). Chá Camomila. Grupo de Trabalho: . de fácil manuseamento e muito leves. 50 copos de plástico (de 80ml cada). Monodoses Lote 37 (blend de 30% de café Arábica e 70% de café Robusta). Mangas de 50 copos de plástico (de 200ml cada). 50 paletinas e 50 pacotes de açúcar (de 6/7g). máquinas portáteis. de fácil manuseamento e muito leve. Máquinas de água Produzidas em França. comercializadas num kit constituído por 50 monodoses de café. Fornecem água natural ou fria. fiáveis. com alimentação de água independente (depósito). comercializadas num kit constituído por 150 monodoses de café.A. comercializadas num kit constituído por 50 monodoses de café descafeinado.A SOPRATTUTTO Café. comercializado num kit constituído por 50 saquetas de chocolate. 50 paletinas e 50 pacotes de açúcar (de 6/7g). S. Consumíveis para máquina de água Garrafões de 5l de água mineral (Carvalhelhos). 150 paletinas e 150 pacotes de açúcar (de 6/7g). fiáveis. 50 copos de plástico (de 80ml cada). 150 copos de plástico (de 80ml cada). 50 paletinas e 50 pacotes de açúcar (de 6/7g). Chá Cidreira e Chá Tília. Chá Preto. 50 copos de plástico (de 150ml cada).

4 DESCRIÇÃO DE ACTIVIDADES 1.4.1 Fluxograma de Angariação de Clientes ACTIVIDADE Grupo de Trabalho: RESPONSÁVEL .1.

4.2 Fluxograma de Venda de Produto ACTIVIDADE Grupo de Trabalho: RESPONSÁVEL .1.

1.4.3 Fluxograma de Reacondicionamento de Equipamento ACTIVIDADE Grupo de Trabalho: RESPONSÁVEL .

1.4.4 Fluxograma de Términus de Contrato ACTIVIDADE Grupo de Trabalho: RESPONSÁVEL .

5 Fluxograma de Armazém ACTIVIDADE Grupo de Trabalho: RESPONSÁVEL .4.1.

AUDITORIA Grupo de Trabalho: .2.

2. Metodologia da auditoria: Processo de amostragem. Data: 23 de Fevereiro de 2010 Âmbito: Distribuição de café em monodoses e de água em garrafões. bem como qualquer outro tipo de informações obtidas. onde são analisados procedimentos. S. Equipa auditora (EA): Auditor Coordenador: Helena Albuquerque (HA) Auditor: Nuno Figueira (NF) Auditor: Sandra Azevedo (SA) Auditor: Vítor Ribeiro (VR) Organização e unidades funcionais a auditar: Sede Critérios: OHSAS 18001:2007 Compromisso de confidencialidade A Equipa Auditora compromete-se a manter toda a confidencialidade relativamente a qualquer documentação que lhe seja entregue. Idioma utilizado em Auditoria: A auditoria será realizada em Português. Relatório final O relatório final segue o formato pré-definido pela EA e será emitido imediatamente após a conclusão da auditoria. Grupo de Trabalho: . Objectivos da auditoria: Verificação do grau de conformidade do SGSST da SOPRATTUTTO com os critérios de auditoria. registos e outros documentos pertinentes. PLANO DE AUDITORIA EA Plano da Auditoria Interna OHSAS 18001:2007 Organização: SOPRATTUTTO Café. incluindo qualquer solicitação que a SOPRATTUTTO entenda por bem referir.A.1. São observadas operações e realizadas entrevistas com diversos colaboradores durante as visitas às instalações. Verificação das licenças pertinentes da empresa. A presente auditoria cobre todos os requisitos das normas de referência. Recursos Necessários: Sala de reunião e impressora/computador para entrega do relatório final de auditoria.

Identificação. sem prejuízo de outros Colaboradores cuja presença a Empresa considere relevante/necessária. Análise do Plano de Auditora. cuja ausência possa inviabilizar a auditoria a essa área. arquivados. acesso e verificação da conformidade legal Gestão das Competências (Formação. Nota 2: Durante a auditoria aos processos de realização dos produtos/serviços serão também avaliados os aspectos relacionados com os Requisitos 4.EA Requisitos de retenção da documentação Quaisquer documentos entregues na auditoria que sejam pertença da SOPRATTUTTO serão.6 e 4.30 10:00 10:00 Assunto Unidade Funcional Auditor Reunião de Abertura: Apresentação da EA e da empresa. Acções correctivas e preventivas Direcção Financeira e Administrativa HA/ NF/ SA/ VR Direcção Financeira e Administrativa HA/ NF Secretária de Administração SA/ VR Direcção de Logística HA /SA/ VR --- HA/ NF/ SA/ VR Direcção Financeira e Administrativa HA/ NF/ SA/ VR ALMOÇO 14:30 17.4.7. da Norma OHSAS 18001. Nota 1: Deve ser assegurada a participação dos Responsáveis das Unidades Funcionais indicadas. 4. Sensibilização e Competência) Consulta dos trabalhadores e comunicação com as partes interessadas Notificações obrigatórias Auditorias internas Preparação e resposta a situações de emergência Tratamento de não conformidades. Notificações obrigatórias. devolvidos ou destruídos após terminado o processo de auditoria.4. Monitorização e medição do desempenho Investigação de incidentes Reunião da EA Reunião de Fecho 18. Hora 09.00 Grupo de Trabalho: .00 Visita às Instalações (Identificação de perigos e avaliação de riscos) Controlo Operacional Metodologias de identificação de perigos e avaliação dos riscos Programa de Gestão da Segurança e Saúde do Trabalho. Confirmação do âmbito da auditoria.4.5. de acordo com indicações da empresa.