REGULAMENTO DA BRINQUEDOTECA, ÁREA DE RECREAÇÃO CONTÍGUA E SALÃO DE FESTAS.

O presente REGULAMENTO foi elaborado com a finalidade de proporcionar aos Senhores Condôminos o máximo de bem estar social e convivência de alto nível mediante o regramento de uso da área comum denominada como “Creche”, segundo definição constante no item “a” da Cláusula Primeira da Convenção, cujo uso foi convencionado desde o início como “Salão de Festas”, para nela estabelecer uma Brinquedoteca e área de recreação infantil, com destinação precípua à recreação e entretenimento dos moradores do Condomínio, bem como manter no mesmo espaço a realização de reuniões sociais e recreativas de interesse coletivo. Artigo 1º – DO USO DA BRINQUEDOTECA 1.1 – Os Condôminos consideram cumprido o item “a” da Cláusula Primeira da Convenção através da criação de uma Brinquedoteca no local denominado “Creche”, aqui designado como Salão de Festas. 1.2 – As despesas relativas à manutenção e ao provimento dos equipamentos necessários para o funcionamento da Brinquedoteca serão rateadas para todas as unidades autônomas, conforme estabelece a Cláusula Décima Terceira da Convenção. 1.3 - A Brinquedoteca funcionará dentro da área circunscrita pela divisória, conforme decisão proferida pela Assembléia que a instituiu, e estará aberta todos os dias das 08:00 às 20:00 hs, exceto nas datas em que houver festa ou reunião de condomínio, sendo certo que, no dia subseqüente a quaisquer dos eventos citados, terá o início postergado para às 13:00 hs., para fins de montagem dos brinquedos e limpeza do ambiente e jardim. 1.4 - A utilização é permitida somente para crianças até 06 (seis) anos, devidamente acompanhadas de seus pais ou responsáveis maiores de 18 anos. 1.5 - É proibida a entrada de crianças maiores de 06 (seis) anos e adolescentes, moradores ou visitantes, com ou sem acompanhante de qualquer idade. 1.6 – A sala foi projetada para atividades recreativas livres para crianças na fase préescolar, sendo obrigação dos pais ou responsáveis a guarda ou acompanhamento das crianças dentro e fora do recinto, cabendo aos mesmos o auxílio, orientação e zelo pelos materiais disponibilizados. 1.7 - Os jogos e brinquedos disponibilizados são para uso exclusivo dentro da sala, não sendo permitida a sua retirada em nenhuma hipótese e serão guardados por ocasião da realização de festas e reuniões. 1.8 - Não é permitido fumar, beber sucos, leite e derivados ou refrigerantes, comer e trocar fraldas no recinto da Brinquedoteca.

1.9 - Os usuários se comprometem a zelar pela boa conservação e limpeza das instalações. 1.10 - É vedada toda e qualquer atividade comercial na sala. 1.11 – O Condomínio não se responsabiliza pela guarda de valores, equipamentos ou objetos pessoais deixados na Brinquedoteca. Artigo 2º – DO USO DA ÁREA EXTERNA DE RECREAÇÃO INFANTIL: 2.1 - A utilização da área externa de recreação infantil instituída ao lado do Salão de Festas deverá obedecer ao horário de 08:00 às 20:00 horas. 2.2 – O espaço será fechado nos dias de manutenção da área verde e festas. 2.3 - O uso do Playground é exclusivo dos moradores. As pessoas convidadas poderão utilizar o mesmo desde que acompanhadas do morador, cabendo a responsabilidade de qualquer dano eventualmente causado ao anfitrião, nos termos do Regulamento Interno. 2.4 - Não é permitida a presença de pessoa estranha ao condomínio desacompanhada de morador nas dependências. 2.5 – A utilização dos brinquedos existentes na área de recreação é privativa de menores até 06 (seis) anos, que deverão necessariamente estar acompanhados pelos pais ou responsáveis maiores de 18 anos. 2.6 - É proibida a prática de jogos esportivos, notadamente futebol e vôlei dentro e ao redor do Salão de Festas. 2.7 - É proibido pisar, arrancar ou danificar plantas, colher flores, cortar galhos de árvores e de arbustos. Artigo 3º - DO USO DO SALÃO DE FESTAS: 3.1 - O Salão de Festas funcionará somente nos dias para os quais seu uso for solicitado. 3.2 - Ficam mantidas as demais disposições do Regulamento para uso do Salão de Festas aprovado pela Assembléia Geral Extraordinária de 13 de dezembro de 2006. Artigo 4º - DO ACESSO À BRINQUEDOTECA E PLAYGROUND: 4.1 – Serão confeccionadas 10 (dez) chaves do cadeado do portão que dá acesso ao Salão de Festas, o qual deverá permanecer fechado sob quaisquer circunstâncias. 4.2 - O morador que desejar se utilizar da Brinquedoteca e da área de recreação externa deverá pegar uma das chaves na Portaria, mediante a anotação em livro próprio do nome
2

completo, número da casa em que reside e o horário. Quando o morador deixar a Brinquedoteca deverá desligar as luzes, ventiladores, arrumar os brinquedos e, após se certificar que o portão de acesso está devidamente trancado, devolver a chave à Portaria para que seja dada baixa no respectivo registro. Artigo 5ª – DAS PENALIDADES: 5.1 - O morador detentor da chave só será responsável pela criança que estiver acompanhando e pelos danos causados pela mesma, no entanto, o mesmo se compromete a fazer cumprir o presente regulamento determinando, para tanto, a saída do recinto de crianças e adolescentes, que por ventura estejam no local e, se não obtiver êxito, deverá fechá-lo e, em seqüência, comunicar à Portaria sobre o ocorrido para que sejam tomadas as medidas cabíveis. 5.2 - Na hipótese de desrespeito a alguma das normas do presente regulamento, o responsável será advertido na primeira vez por escrito, sujeitando-se, em caso de reincidência, à multa prevista no Regulamento Interno e, em havendo qualquer dano material às dependências ou equipamentos, o infrator está obrigado a repará-lo, mediante o pagamento que deverá ocorrer com a primeira cobrança da taxa condominial após o evento danoso, sem prejuízo de outras sanções como a aplicação de multa e a suspensão do direito de usar o Salão de Festas por período não inferior a 06 (seis) meses. Artigo 6º - DOS CASOS OMISSOS: 6.1 – As questões não previstas neste Regulamento serão dirimidas pela Administração Interna do Condomínio. O presente Regulamento foi aprovado pela Administração Interna do Condomínio em reunião realizada no dia 03 de abril de 2008 e entrará em vigor provisoriamente até que seja submetido à apreciação da próxima Assembléia oportunamente designada. Jundiaí, 03 de abril de 2008.

3