Parasitismo

Parasitas são organismos que vivem em associação com outros aos quais retiram os meios para a sua sobrevivência, normalmente prejudicando o organismo hospedeiro, um processo conhecido por parasitismo. Todas as doenças infecciosas e as infestações dos animais e das plantas são causadas por seres considerados, parasitas. O efeito de um parasita no hospedeiro pode ser mínimo, sem lhe afectar as funções vitais, como é o caso dos piolhos, até poder causar a sua morte, como é o caso de muitos vírus e bactérias patogénicas. Neste caso extremo, o parasita normalmente morre com o seu hospedeiro, mas em muitos casos, o parasita podem ter ter-se reproduzido e disseminado os seus descendentes, que podem ter infestado outros hospedeiros, perpetuando assim a espécie.

Ectoparasita é uma classificação de parasitas do ponto de vista da repartição topográfica no corpo dos hospedeiros. São designados por ectoparasitas ou parasitas externos os tipos de parasitas que se instalam fora do corpo do hospedeiro, como no , caso de piolhos, pulgas, carrapatos e sanguessugas.

Em ecologia chamam-se endoparasitas aos parasitas que vivem ecologia, no interior do corpo do hospedeiro, como é o caso de hospedeiro, muitas bactérias e das tênias. Invadem o corpo do hospedeiro . para alimentar-se ou procriar. Os endoparasitas aproveitam da protecção fornecida pelo hospedeiro, utilizam se do processo digestivo do hospedeiro para utilizam-se se alimentar, quando o mesmo não se alimenta do próprio sangue ou outros tecidos do hospedeiro, e ainda é no interior do hospedeiro que os endoparasitas se reproduzem ou desenvolve uma fase de sua vida, de acordo com o ciclo de vida de cada espécie, como no caso dos plasmódios plasmódios.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful